História Você é minha! - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Família, Naruhina, Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 115
Palavras 2.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Comédia, Famí­lia, Luta, Magia, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gomem! sei que demorei muito para postar, mas é que eu fiquei sem acesso a internet durante um tempo! pço que perdoe meu atraso de 2 meses! boa leitura!

Capítulo 6 - Viagem - 2 part


Fanfic / Fanfiction Você é minha! - Capítulo 6 - Viagem - 2 part

          O dia de sábado começou com o lindo sol de verão, maravilhoso para ir à praia. Boruto e Naruto ainda estavam dormindo, e eu aqui sentada dando carinho em Kuro me lembrando da conversa que eu tive com Uzumaki-san, sinto-me ridícula ate agora.

...ontem...

Hinata: irei direto ao ponto Uzumaki-san, eu quero que Boruto conheça a praia amanha, e que ele aprenda a nadar! Porem eu mesma não sei e tenho pavor de entrar na agua, por isso quero deixar isso sobre sua responsabilidade!

Naruto ate então tinha uma expressão seria, mas quando ouviu a pequena mulher a sua frente falar o “serio” problema, não se conteve e começou a ri.

Hinata: do que esta rindo?!  - perguntou raivosa e com suas bochechas coradas.

Naruto: Hinata, por que você leva esses assuntos tão a serio? – ainda rindo pôs sua mão na cabeça da mulher corada a sua frente, bagunçando um pouco seus cabelos. – Já disse, eu estou! Farei de tudo pra ver Boruto feliz e ajuda-lo a aprender varias coisas!

Hinata: Sou muito agradecida por você se importa tanto com ele! – a morena sem querer deixou uma lagrima cair. – não quero que meu filho tenha as mesmas restrições que eu tive quando menor, é por isso que eu levo muito a serio essas coisas. – deu um pequeno sorriso fraco.

Naruto: tudo bem! Se tiver outro problema é só me falar, você não esta mais sozinha! – sem a morena perceber, tinha sido puxada para um abraço e ficaram assim durante alguns minutos.

...Agora...

     Naruto é um homem muito interessante, e quando me abraçou ontem, não tive nem um pensamento pervertido como as outras vezes, na verdade o sentimento que tive foi de paz e conforto, acho que entendo o porquê da Sakura namorar ele.

Kuro: miaauuuu!  - Kuro me desperto dos meus devaneios, quando saiu do meu colo e se sentou rente a mim, acho que ele esta com fome. Me levanto e vou ate o telefone e ligo pra recepção.

Hinata: bom dia! Quero pedir o café da manha!

Atendente: o que a senhora gostaria?

Hinata: quero dois Ranme, um sanduiche de frango e suco de laranja, quero também uns peixe sardinhas e um leite!

Atendente: ok senhora, em alguns minutos chegara em sua suíte!

Hinata: obrigada! – pus o telefone no lugar e peguei o Kuro no colo de novo. – Kuro-kun ainda são 7:24 da manha, o que devemos fazer? – levanto ele na altura na minha face, e ele continua me olhando. – que tal você me acompanhar em um banho ein?

Kuro: miaauuuu! – acho que isso é um sim.

Hinata: ok! Então vamos! – o coloco no chão, vou até minha bolsa pegar minha toalha.

Kuro: heeeeehh... miaauuuu! – ouço Kuro parecer desesperado por causa do seu grito, logo me viro para saber o que é, vejo então Naruto um pouco atrás de mim segurando Kuro pelo pescoço o encarando enquanto o pobre gato se desesperava.

Hinata: Uzumaki! O que esta fazendo? Que mata-lo? – grito meio irritada, como ele pode fazer isso com um bichinho tão indefeso?! Logo vou ate ele e o tomo da sua mão, Kuro se encolhe nos meus braços e se roça nos meus seios, e continuo encarando Naruto. – eu disse para você me falar se ele te incomoda-se!

Naruto: não deveria levar essa criatura repugnante com você para tomar banho! – ele falou irritado também...  Ué qual é o problema dele?

Hinata: qual é o seu problema? Ele é só um animal! E não o chame de repugnante! – eu segurei mais firme Kuro em meus braços.

Naruto: você não sabe q... – ele pareceu mais irritado ainda, mas não concluiu a fala, eu não sei o que? – quer saber... psichi... – ele fez um barulho com a boca, e depois o Kuro saiu correndo desesperado mais ainda. – Pronto! Agora você pode tomar banho! – ele ia indo para outro local, mas segurei seu braço com a maior força que eu tive pra poder para-lo.

Hinata: você ainda não me disse por que não gosta do Kuro, e também o que você fez para ele sair tão desesperado assim? – falei seria, ele só olhou pra mim e suspirou.

Naruto: quer mesmo discutir por causa de um gato de rua? – sua face pareceu entediada com essa conversa, mas não vou perder a compostura,  continuei encarando seriamente, o vi suspirar novamente e to quase metendo minha mão na cara dele  para o fazer parar de suspirar tanto. – eu só fiz ele ir dar uma volta por ai Hinata! Não se preocupe tanto!

Hinata: apesar dele ter sido um gato de rua, Uzumaki-san, eu o adotei e o fiz parte dessa família, então eu... – fui cortada.

Boruto: mãe? Pai? Por que vocês estão brigando logo pela manha? – meu pequeno apareceu atrás de mim com cara meio tristonha.

Naruto: não estamos brigando garotão! – Naruto deu um sorriso e se aproximo do Boruto e o pegou no colo. – só estamos brincando de marido e mulher! – riu, acho que eu fiquei meia corada nessa hora, apesar do comentário dele não ter nada haver com assunto agora a pouco.

Hinata: isso mesmo querido, por isso não fique triste ok? – coloquei minha mãos em seus cabelos e baguncei um pouco e dei um sorriso.

Boruto: mas por que brincam? Vocês já não são? Papai e mamãe? Marido e marida? – falou com muita inocência na voz, eu nem se quer quis encarar o Naruto, apenas fiquei impressionada com Boruto, eu ainda não falei dessa coisa para o Boruto, como será que ele sabe? Aprendeu com um coleguinha talvez? Ri para descontrair a situação, espero que Naruto responda algo. – tia Sakura me disse que quando um homem e uma mulher moram junto e tem filho que no caso sou eu, quer disser que eles em um laço de amor, e para me ter, usaram muito amor! Ela falou que esse casal é papai e mamãe, marido e marida! – sua inocência é linda! Mas... (...) Sakura!!!! O que essa doida anda falando para o meu filho!? – e vocês dois é esse tipo de casal! – meu kami Sakura eu te mato! Ok mas agora vou esclarecer, eu olhei para o Naruto agora morta de vergonha, mas ele parecia ta se divertindo com a situação por que estava segurando seu riso.

Hinata: não meu filho, não confunda as coisas... – Boruto me olhou com duvida, e Naruto se segurou mais para presta atenção no que eu ia dizer ao pequeno. – eu sou sua mãe, e bem, ele é seu pai... – vou só manter essa pequena mentira ate ele crescer um pouco mais. – porem nós não somos esses tipo de casal, porque Uzumaki-san e Sakura já são esse tipo de casal, entendeu? – nessa mesma hora Boruto olhou para mim com mais duvida ainda, Naruto que estava querendo ri, ficou serio e surpreso rapidamente, nem sei por que eu expliquei dessa forma pro Boruto, mas sei lá, eu queria que esse Uzumaki soubesse que eu sabia da existência desse namoro dele com a Sakura.

Naruto e Boruto: como? – Boruto aparenta não entender nada do que eu falei e Naruto parece confuso, não sei por que, será que ele acha que eu vou demiti-lo?

Naruto: ei Hina... – eu o cortei.

Hinata: agora eu vou tomar banho! Fiquem atentos pôs eu já pedi o café da manha! – eu ainda estava meio corada, mas passo direto por eles sem encara-los também. 

 

............................CORTE DE TEMPO................

Boruto: aaaaaaaaahhhhh!!! Que lindo!!!!!!!  Olha mãe como é o mar! – Boruto com apenas um calção admirava a beleza da praia de Mizuka.

   Naruto e eu, organizava as coisas no local aonde ficaríamos com tranquilidade, não nos falamos desde de cedo, eu sei que provoquei, mas não quero ter um mal relacionamento com ele, acho que exagerei em tocar no relacionamento dele com a Sakura.

Boruto: mãe eu posso ir brincar com aqueles meninos que estão me chamando? – ué? Já fez amizade? eu olhei para direção desses meninos e vi que os meninos tem a mesma idade de Boruto, um tinha a pele bastante clara, cabelos loiros claros presos em um rabo de cavalo, olhos azuis clarinhos e o outro tinha cabelos pretos presos também em um rabo de cavalo e os olhos verdes esmeraldas só que ele tinha cara de sono.

Hinata: só não vá muito longe, fique a onde eu possa lhe ver ok? E nada de pular na agua sem minha permissão!

Boruto: ta ok mãe! Bay! – e saiu correndo com os novos amigos, serio para quem ele puxou ser tão extrovertido assim?

Naruto: tudo bem em deixar ele sair sozinho com garotos que você nem saiba quem são os pais? – Naruto organizava ainda algumas coisas por isso nem olhou para mim, mas eu comecei a observa-lo no que estava fazendo, e me sentei em uma das cadeiras.

Hinata: tudo bem, desde que eu possa enxergá-lo ta ótimo! Sem falar que pelas características das crianças, os pais são aqueles dois par de casais! – apontei para dois homem e duas mulheres que estavam não muito longe de nos, os homem eram morenos e as mulheres loiras, um dos homens dormia a lado da mulher loira de olhos verdes que lia uma revista e o outro passava protetor na mulher loira de longos cabelos que estava deitada.

   Naruto dessa vez olhou para onde eu apontava  e depois olhou para mim com olhos supressos.

Naruto: e como você pode te certeza? – seu olhar passou a ser desafiador.

Hinata: sabendo! Agora vou ali comprar uma agua de coco pra mim, repare o Boruto depois vamos para agua ok? – Naruto apenas confirmou com a cabeça, ele parecia serio.

   Eu vinha pensando de como eu ia ficar de biquíni na frente do Naruto, meu biquíni é meio constrangedor, quando o peguei não pensei muito bem... Kuro caminhava ao meu lado, ele parecia um pouco cansado.

Hinata: se você esta cansado Kuro, por que você fica me seguindo para aonde eu vou? – me agachei e ele ficou rente a mim encarando-me. – e realmente to começando a acha que você é um gato especial! – eu sorri e o peguei no colo.

...: SOCORROOOO! – olhei para onde vinha o grito, e eu reconhecia essa voz! BORUTO! A voz dele vinha do mar, em um sobressalto larguei tudo que eu tinha nas mãos , sair tirando o sobretudo ficando somente de duas peças enquanto eu corria em direção do mar.

Hinata: BORUTO!! -  vi malmente sua cabeleira loira dentro d’água, não pensei duas vez antes de pular na agua também... A cada passo ficava  mais e mais fundo... eu não via mais o Boruto, to mais desesperada ainda! Cadê meu filho? Eu entrei ainda mais, não! Eu não to mais sentindo o fundo! To afundando, to me afogando! Droga! Quero salvar meu filho, mas eu nem mesma sei me salvar dessa situação! To perdendo a consciência... – Boruto! – falei dentro d’água... eu vou morrer aqui? E meu filho cadê você, por que eu não te acho? Naruto me salve....

   Sentir duas mãos na minha cintura, mãos grande.... sentir a brisa do ar agora, eu to conseguindo respirar, não to me afogando... abrir meus olhos devagar... e a primeira coisa que vi foram olhos azuis mar.

Hinata: cof cof cof – comecei a torci, olhei direito para pessoa que me segurava e me mantinha segura... é o Naruto!

Naruto: Hinata! Você esta bem?

Hinata: meu filho! Meu filho! Tenho que salvar o meu filho! Me deixe! E salve meu filho! – chorava e quando comecei a me remexer dos seus braços, ele me segurou mais firme me deu um tipo de abraço para não me mover mais.

Naruto: Hinata acalme-se! O Boruto esta na praia! Ele ainda nem entrou no mar! Ele esta seguro! – ele olho no fundo dos meu olhos e eu vi a sinceridade no seu olhar, mas eu tinha certeza que eu vi Boruto na agua se afogando.

Hinata: mas, mas eu vi... eu tenho certeza que o vi! – minha voz foi ficando fraca...

Naruto: Boruto ouviu seu grito e me alertou e Quando eu vi você, você estava se afogando! Ele esta muito preocupado, eu também!

Hinata: ele esta bem realmente? – Naruto confirmou com a cabeça. – eu... eu... estava com tanto medo Naruto-kun! – eu o abracei bem forte, ele me apertou contra ele também.

Naruto: esta tudo bem agora Hinata! Mas não faça mais isso, eu também fiquei com medo Hinata! Pensei que nunca mais iria ver você... – eu o escutava mais o som ia ficando cada vez mais fraco.

Hinata: fiquei com medo de nunca mais ver você também! – depois dessas ultima palavras eu desmaiei.


Notas Finais


prometo não demorar com o próximo capitulo! espero que tenham gostado! bjs da Yuli!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...