História Você é minha - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Hidan, Itachi Uchiha, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Drogas, Itachi, Itasaku, Naruto, Romance, Sakura, Sasuke
Exibições 302
Palavras 843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Josei, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - Moleque


Fanfic / Fanfiction Você é minha - Capítulo 28 - Moleque

    

      Alguns dias se passaram e Sakura estava meio diferente… Itachi sabia que era por acabar revivendo o momento do estupro já que até em programas de tv tinham falado disso.  Ele conversou algumas coisas com ela e a mesma fingiu estar tudo bem. Apesar dele dormir na casa só chegava tarde da noite pois o pai o estava enchendo de serviço não só no quartel como na delegacia. Agora Sakura e Itachi estão tomando o café da manhã.

Itachi - Sabe… Aquele seu tio vem aqui hoje para conversar sobre umas coisas. - Comentou.

Sakura - Negócios? - Perguntou comendo.

Itachi - Ele vem conversar com você. - Disse.

Sakura - Comigo!? O que ele quer comigo? - Indagou sem entender.

Itachi - Ele tem informações sobre alguém do seu sangue… Ficou sabendo recentemente. - Exitou um pouco ao falar.

Sakura - SÉRIO!? - Gritou.

Itachi - Sim! Espero que escute o que ele tem a dizer. - Sorriu.

Sakura - Ei! Mas e se ele disser que meus pais me roubaram dos meus pais!? Digo… por qual razão eu fui parar lá?

Itachi - … Quando vocês conversarem terá alguma resposta. - Respondeu simples e bebendo um gole de cerveja.

Sakura - Mas e se… Os meus verdadeiros pais me abandonaram? - Perguntava-se.

Itachi - Acho que ele vem na hora do almoço. - Falou bebendo mais um gole.

Sakura - Espera… Por que está bebendo uma hora dessa!? - Perguntou se espantando.

Itachi - Ah… É que eu tenho uma missão meio difícil hoje. Preciso me acalmar. - Contou sério.

Sakura - Não vai te agitar!? Que tipo de missão é essa?

Itachi - Preciso interrogar alguém.

Sakura - E quem precisa disso apenas para interrogação!? Não deveria beber!

Itachi - Sakura… Deixe o sermão para quando casarmos. - Falou sério e ela logo ficou quieta estranhando.

Sakura - Só estava dando um conselho!

Itachi - Obrigado pelo café da manhã. Você cozinha bem. - Elogiou e saiu antes que a garota respondesse algo.

Sakura - Que estranho…

    Sakura On

    Depois que Itachi saiu eu fiquei me perguntando porque ele estaria daquele jeito. Eu teria ligado para o Sasuke para saber se ele saberia de algo mas logo minha mente foi ocupada por um certo alguém. Haruno Akari-San… O que ele pode saber sobre os meus verdadeiros pais? Será que foi por isso que ele foi embora quando era jovem? Se foi então ele sabia que eu não sou filha do meu pai!? … Mas espera, Itachi disse que ele ficou sabendo recentemente então quer dizer que não sabia. Mas então como ficou sabendo?

Narrador

  Preenchida por dúvidas Sakura acabou pegando no sono no sofá. Dormiu tanto que logo a campainha estava tocando.

Sakura - Ah!? Já vai! - Informou um pouco alto.

Akari - Boa tarde. - Desejou olhando para a garota quando a mesma abriu a porta.

Sakura - Bo-boa tarde Akari-San! - Respondeu sem noção de que horas eram.

Akari - Eu posso entrar? - Pediu olhando para o canto da boca da garota que estava molhado de baba.

Sakura - Ah Sim! - Abriu totalmente a porta e deixou ele passar. - É… ESPERA! - Disse tocando no rosto e sentindo que estava molhado.

Akari - O que foi? - Perguntou quase se sentando no sofá.

Sakura - Senta aqui. - Ofereceu a poltrona com medo que ele sentasse em algo molhado.

Akari - Ah… Sim. - Sorriu e Sakura correu para lavar o rosto voltando com uma toalha nas mãos e se sentando logo em seguida.

Sakura - Bem… Itachi me contou que sabe de algo sobre alguém da minha família. - Disse meio nervosa.

Akari - Bem… Sim.

Sakura - Antes de tudo, quer algo para beber ou comer? - Perguntou sendo simpática.

Akari - Não. Na verdade eu acabei de almoçar. O Itachi não está?

Sakura - Ele tem trabalho na delegacia hoje.

Akari - Entendo… Bom… Na verdade eu não sei por onde começar…

Sakura - É como dizem, pelo começo. - Pediu.

Akari - Então peço que me escute e no final você fala, tudo bem?

Sakura - Okay. - Concordou achando ele parecido com aqueles tipos de professores chatos que detestam ser interrompidos.

Akari - Tudo bem… Hm… A pessoa que eu sei quem é é o seu pai… Ele era jovem na época sabe? Engravidou a sua mãe quando eram adolescentes. A situação é que ele era meio rebelde. Acho que era o que chamam de galinha. “Pegava” muitas e a verdade é que ele nem sabe quem é a sua mãe.

Sakura - De tantas que pegava!? - Perguntou meio surpresa.

Akari - Basicamente sim… Não eram tantas sabe… Mas ele vivia bebendo muito e por isso não tem como ele saber… Ao menos ainda não se lembrou.

Sakura - Então ele não soube que a tal mulher engravidou de mim?

Akari - Não.

Sakura - Quem é esse moleque irresponsável!? Ele merece no mínimo uma surra. - Resmungava irritada.

Akari - Esse moleque irresponsável sou eu...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...