História Você é perfeito para mim. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroshitsuji
Personagens Alois Trancy, Ciel Phantomhive, Grell Sutcliff, Sebastian Michaelis
Tags Grell Sutcliff, Sebastian Michaelis
Visualizações 95
Palavras 2.169
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom esse é o Ultimo capítulo.

Desculpem os erros e boa leitura.

Capítulo 11 - Cap.11


Fanfic / Fanfiction Você é perfeito para mim. - Capítulo 11 - Cap.11

Sebastian pisca algumas vezes, ele só poderia estar no céu, pois a sua frente estava Grell com seus olhos brilhando por estar dançando com sigo.

 

 


--Sebas-chan o nosso amor é como  o sol a lua e a verdade não pode ficar escondido por muito tempo.- Grell falava tentando mais contato com o mordomo, que se afastou rapidamente parando de dançar.

 

 

 

 
 --É uma piada só pode ser, eu deveria rir?.- Sebastian pergunta para si mesmo, ele lembrava muito bem desse dia, então ele olha ao redor vendo Ciel dançam com Elizabeth, então será que tudo foi apenas um sonho? Se pergunta o mordomo.

 

 


 --Sebas-Chan eu to falando sério.- O ruivo diz cruzando os braços.- Oque você acha de pularmos as preliminares e irmos fazer nosso filho.- Grell pergunta tentando seduzir o moreno que parecia estar imerso em seus próprios pensamentos.

 

 

 
  Sebastian é tirado de seus pensamentos com um esbarrão em seu braço, ele olha para a moça loira de vestido branco que da um sorriso gentil para ele, a garota deixa uma carta em suas mãos, antes de desaparecer no meio das pessoas.

 

 

 Grell ergue uma sobrancelha irritado, mais uma vadia dando em cima do seu Sebas-Chan, o ruivo revira os olhos e da as costa para o mordomo, hoje definitivamente não é um dia bom para tentar conquistar Sebastian Michaelis, quem sabe amanhã não será melhor que hoje. Pensa o ruivo sorrindo ao pensar que amanhã poderia ter Sebastian Michaelis exclusivamente para si mesmo.

 

 Sebastian abre a carta rapidamente.

 

 

 

   "Querido Sebastian"

 

Gostaria de fazer você sofrer um pouco mais, só que eu teria consequências graves, então decidi trazer você de volta ao seu mundo. Apenas você se lembra do que aconteceu, os outros dois podem ter algum tipo de Dejavi, mas não passa disso, sua filha Alice não nasceu ainda então não perca as esperanças. Leve isso como um presente meu, e saiba que tudo que você sentiu do ódio ao amor, você sabe que no fundo sempre teve ai, enterrado nesse coração negro, se liberte Demônio, aceite o Humano que vive em você antes que seja tarde.

 

Não esquece de agradecer o cara lá de cima.

 

 -De Olivia um Híbrido Generoso.

 


      "Adeus"

 

 

Sebastian faz a carta virar cinzas como se não fosse nada, ele olha para frente não vendo mais o ruivo, então decide procurar pelo mesmo, o encontra levantando a mão para bater em ciel, revira os olhos teria que passar por isso de novo? Como diria Alois "Mais nem fudendo".

 

 


 --Eu quero que vocês dois parem de agir como crianças, Ciel respeite o Grell-San, e você não provoca.- Sebastian diz segurando o braço do ruivo.

 

 


 --Mais foi ele quem..- Sebastian interrompi o ruivo puxando o mesmo para um beijo quente cheio de saudades.

 


 Grell arregala os olhos surpreso, mas correspondi rapidamente, Ciel não parecia surpreso era como se aquilo fosse a coisa mais normal do mundo para ele.

 

 

 --Okay, vocês ja podem parar.- diz ciel vendo os dois ficarem mais colados.

 

 

 


 --Ei, vocês dois ?- chama o menino de novo não havendo resposta.- Cade aquele Baka do Nii-San para me ajudar.- pergunta Ciel logo em seguida balançando a cabeça.

 

 


 Grell se afasta do mordomo o deixando confuso.

 


  --Oque foi?- pergunta Sebastian tentando se aproximar, mas Grell da mais dois passos para trás.

 


 --P-Por que você esta fazendo isso?- pergunta o ruivo com uma expressão triste.

 

 

 --Por que eu gosto de você, e achei que você também gostasse de mim.- diz Sebastian.

 

 

 

 --Não brinca com meus sentimentos, Eu não gosto de você, eu te amo seu Baka, então se for para me beijar para arrancar informações de mim, como você faz com aquelas mulheres, eu te pesso que nunca mais repita isso, diferente delas eu te conhesso e te amo da forma mais dolorida que possa imaginar.- Grell grita derramando algumas lágrimas, e chamando atenção de todos da festa para eles.

 

 

 


 Sebastian ri, não aquele sorriso falso, ele da uma gargalhada gostosa como se tivesse ouvindo a coisa mais engraçada do mundo, O silêncio reinava naquele local apenas o som da risada do mordomo que ecoava pelo salão, no meio daquela risada histérica dava para ver o quão quebrado o mordomo estava, a risada se transformou em soluços altos e sofridos.

 

 


 --Eu vi você morrer lentamente sem poder fazer nada. eu chorei por você eu sofri por você, eu não aguentei ficar naquele maldito mundo sem você.- Sebastian falava olhando fixo nos olhos do ruivo.- Eu  dobrei meus joelhos para  orar  por você, clamei a Deus! Você imagina eu pedindo alguma coisa para ele? Mais eu pedi que ele te trouxesse de volta para mim, mas ele não me ouviu, eu me humilhei por você, tudo isso por que eu te amo, porquê você foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, você pode não lembrar das coisa boas que vivemos juntos, mas temos tempo, eu posso te fazer feliz Novamente. Podemos ser uma família novamente, Você só precisa ficar comigo, tenho certeza que poderemos ser o melhor para nós dois.- Diz o mordomo se amaldiçoando por estar chorando na frente de tanta gente.

 

 

Como num estalo flashbacks de tudo que aconteceu, passa em um piscar de olhos pela mente de Grell.

 


--Então rosna pra mim.- diz Grell.

 


 --Oque?- pergunta Sebastian confuso.

 


 --Se você me ama rosna para mim.-repeti o ruivo.

 


 --Eu não vou rosnar pra você.- responde Sebastian envergonhado.

 

 

  O ruivo sorri e pula encima do mordomo, o abraçando firmemente, a saudade era enorme.

 

 


 --E-Eu me lembro, eu me lembro sebas-Chan eu me lembro de tudo.- diz o ruivo enchendo o moreno de beijo.

 

 


 --Eu te amo tanto Grell-San.- diz o mordomo beijando a testa do ruivo.

 

 

 

 Eles sentem ser abraçados, os dois descessem o olhar vendo Ciel chorando baixinho enquanto se agarrava nas vestes dos dois.

 

 

 

 --Por favor, continuem sendo os meus pais? - pede o garoto.

 

 


Sebastian e Grell se olham por meio segundo, logo em seguida o mordomo pega o menino no colo.

 

 


 --Você sempre será Ciel Michaelis Sutcliff o Pirralho mimado mais amado do mundo.- diz Sebastian usando as palavras de Grell.

 

 


Então os três se abraçam, e alguns convidados curiosos  voltam a curtir o baile.

 

 

 --Oque será que Alois diria se estivesse aqui?- pergunta Ciel.

 

 

 

 --Tem lugar para mais um.- pergunta o loiro sorrindo.

 

 

 Ciel pula do colo do mordomo, e corre em direção ao loiro, se jogando em cima do mesmo o derrubando no chão.

 

 

 --Ele aprendeu isso com você.- diz Sebastian abraçando Grell por traz.

 

 

 --Obrigado Sebastian por não desistir de mim.- pede Grell observando Ciel e Alois dançarem enquanto riam de uma piada só deles.

 

 

 --Eu  não poderia desistir de você amor, saiba que você é perfeito para mim, então por isso eu Sebastian Michaelis peço a mão de Grell Sutcliff em casamento.- pede o mordomo sussurrando no ouvido do ruivo.

 

 

 --Sim, sim, sim.- diz o ruivo se virando e beijando o mordomo.

 


 --Oque você acha de adiantar nossa lua de mel?- pergunta Sebastian com um sorriso malicioso.

 

 


 --Sebas-Chan esta safadinho em.- diz o ruivo corado.

 

 

 

 --Você não viu nada.- Responde Sebastian mordendo os lábios do ruivo.

 

 

 


 --Nossa vocês não mudam em, vão para um quarto.- diz Alois revirando os olhos.

 

 

 

 --Senti tanto a falta do seu humor Alois.- diz Sebastian dando um selinho rápido no loiro.-Saiba que te amamos de mais e sempre vamos amar Okay.- sussurra Sebastian no ouvido do loiro o deixando corado.

 

 


 --Nos ja voltamos.- diz Grell puxando Sebastian.

 

 

 

 --Oe, onde vocês vão.- pergunta Ciel.

 

 


 --Para um quarto.- diz Sebastian dando uma piscadinha.

 

 

 


 --Ai que Nojo.- diz ciel franzindo o cenho.

 

 

 


 --Eles não têm mais salvação.- diz Alois puxando Ciel para dançar.

 

 

 

  (*****)
 

 


Sebastian estavam um pouco ansioso, Grell estava dez minutos atrasado, pensou na hipótese do ruivo ter desistido,  mas logo afastou esse sentimento, ele ja estava a muitos anos com o Shinigami para saber que ele não desistiria do seu próprio casamento.

 

 


--Calma ele ja esta vindo.- diz  o shinigami William.

 

 

 

  --Porque você esta aqui mesmo?- pergunta Sebastian, ele não gostava do William por vários motivos, dois deles eram que Grell ja teve uma queda pelo "Will" e o segundo é que o shinigami o irrita.

 

 

 

  --Por que sou o melhor amigo do seu noivo.- diz William arrumando os óculos.

 

 


Sebastian suspira fundo, não é hora para perde a paciência, hoje é o seu casamento  esperou vários séculos para finalmente conseguir se casar legalmente com seu ruivo.

 


 A porta da Igreja se abre, os convidados se levantam, o refrão de uma musica começa a tocar, "love someone".

 


 Assim que Sebastian avista Grell um sorriso enorme se estala em seus lábios, Não tinha como Negar,Grell Sutcliff era único, e daqui alguns minutos seria unicamente seu.

 


 
 Grell estava com seus cabelos amarrados em um rabo de cavalo alto, com alguns fios soltos ao lado, junto com sua franja, ele usava um vestido vermelho e segurava um buquê de flores.

 

 


 Assim que o ruivo ve o sorriso do Demônio o mesmo levanta as duas mãos olhando para o céu sorrindo, em um gesto mudo de dizer " Sou um deus da morte eu tenho que causar" e logo em seguida rindo enquanto via Sebastian fazer uma dancinha simples em resposta.

 

 

Os olhares dos dois se cruzaram, imediatamente o ruivo começou a andar sem deixar o sorriso bobo sair de seus lábios.

 

 

 

 --Você esta lindo.- diz Sebastian pegando na mão do ruivo.

 

 

 --Digo o mesmo.- responde o ruivo corado.

 

 


Então a cerimonia ocorre perfeitamente bem, era inevitável não verem a felicidade dos dois, eles nem tentavam esconder.

 


Quem diria que um dia um Demônio e um Shinigami Poderiam viver em paz.

 

 


   (*******)

 

 

 --Bem vinda ao lar Alice e Calebe.-Sussurra Sebastian.

 

 

 --Ela é ainda mais linda do que eu me lembrava, mas não me lembrava do Calebe.- diz Grell segurando o menino.

 

 

 --Porque não tínhamos ele.- responde Sebastian observando o menino que tinha cabelos bem vermelhos.

 

 

 --Parabéns e Obrigado amor, por me dar dois presentes.- pede Sebastian beijando a testa do ruivo.

 

 


 --Desculpem o atraso.- diz ciel entrando no quarto.

 


 --O voou atraso.- diz Alois se aproximando.

 

 

 --Que lindos pai.- diz  Ciel para Sebastian.

 

 

 --São mesmo.- fala Alois.

 

 

 --Desculpem atrapalhar a lua de mel de vocês pirralhos.- pede Grell passando Calebe para Alois segurar.

 

 

 --Não se preocupem com isso, temos muito tempo para passar juntos ainda.- diz ciel abraçando Alois por traz.

 


 --Vocês formão um casal lindo, e o bom é que nuca vão envelhecer.- diz Grell sentindo a mão de Sebastian tirar alguns fios de cabelos que caim sobre seu rosto.

 

 

 --O bom foi que você conseguiu crescer antes de virar Demônio né ciel.- zoa Sebastian.

 

 

 

 --Nem tanto.- diz Alois levando um olhar mortal do ciel.

 

 

 --Tenho que confessar que nunca tive tão feliz em toda minha vida.- fala Sebastian olhando para Alice.

 

 

 --Ter família é assim pai.- diz Alois.

 


 Ciel pega Alice no colo  e começa a conversa com Alois enquanto Sebastian senta ao lado de Grell que sendo teimoso decidiu gerar as crianças ao invés de barriga de aluguel.

 


--Como você esta se sentindo?- pergunta Sebastian segurando na mão do ruivo.

 


--Estou bem, você sabe que eu me curo rápido.- responde o Shinigami.

 


--Se você esta dizendo.- Sebastian da um selinho no ruivo logo em seguida ficando bem próximo do ouvido do mesmo, o mordo rosnou de um modo que só o ruivo  ouvisse.

 


 --Uau.- resmunga o ruivo todo arrepiado.

 

 

--Eu so queria dizer que te amo.- sussurra o moreno dando mais um rosnado.

 

 

--E-Eu também te amo.- responde Grell com a voz falha.

 

 

--Eu sei.- fala Sebastian dando um beijo na mão do ruivo encima da aliança.

 


--Pai eu to com fome tem alguma coisa doce ai?- pergunta Ciel fazendo os outros rirem.- Oque foi?- pergunta o mesmo emburrado.

 


 --Você não muda.- diz Sebastian.

 


--Que saco.- resmunga o mesmo.

 


--Não faz essas caras e bocas ciel, você  acha que assusta mais na verdade você fica muito fofo.- fala Alois encantado pelo garoto.

 

 

 --Antes que vocês comecem a brigar vamos tirar uma foto.- fala Grell.

 


Eles se arrumaram em volta do Ruivo para tirar a foto.

 


--Essa vai ficar do lado daquela em que Alois e ciel estão vestido de Neko.- fala Grell.

 

 --Droga você ainda te aquele foto?- pergunta Ciel ja sabendo a resposta.

 


 --Com certeza eu tenho.- responde Grell rindo.

 

--Vou colocar as crianças para dormi você precisa descansar.- fala Sebastian para o ruivo.

 


 --Você volta?- pergunta Grell.

 


--Claro que eu volto.- diz o mordomo saindo do quarto com os quatro.

 


Após colocar cada um em seu berço, Sebastian fez alguma coisa para os dois garotos comerem antes de dormirem.

 


Sebastian verificou a segurança  da casa antes de tomar um banho e voltar para o quarto onde o ruivo dormia tranquilamente.

 

 

Sebastian se ajeita ao lado do ruivo que se aconchega em seu peito.

 

 

--Sebas-Chan o quanto você me ama?-pergunta o ruivo em meio ao sono.

 

 

Sebastian da um sorriso pequeno e afaga os cabelos do ruivo, não era possível que depois de tanto tempo o ruivo ainda se sentia inseguro.

 

 

--Só Deus sabe o quanto eu te amo meu amor.


Notas Finais


Muito obrigado a todos que leram, comentaram e deram favorito.

Beijos ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...