História Você Ficaria por mim? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Garota conhece o Mundo (Girl Meets World)
Personagens Maya Hart
Exibições 198
Palavras 670
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - 2


Coloquei meu vestido e coloquei uma jaqueta para cobrir meus braços, quando terminei te me arrumar, ouço todo mundo chegar, desço as escadas, e abro a porta para receber eles.

Em tão pouco tempo minha casa estava cheia de adolescentes, com bebidas alcoólicas e músicas altas.

Antes de fechar a porta ouço uma voz baixinha me pedindo para não fechar a porta, olho para o garoto na minha frente e realmente me apaixonei por aqueles olhos.

Moreno, e com olhos azuis extremamente encantadores.

-Oi, será que eu posso entrar?

-Claro, fique à vontade.

Ele entrou, e enquanto eu fechava a porta ele tinha sumido. Resolvi procurar ele, não ia deixar ele ir tão facilmente.

Procurei tudo, fui a cozinha onde muitos casais estavam aos beijos, mas nada do meu "olhos encantadores".

Finalmente, Quando sai da cozinha, e já estava na sala, vi ele com um copo na mão, sozinho..

Ando até ele, até que vejo que Amanda estava na minha frente. Com o MEU "olhos encantadores"

A festa chegou ao fim, todos foram indo embora, vejo meu "olhos encantadores" indo embora, resolvi ir atrás dele.

Chegando na rua, corro até ele, e toco no seu ombro.

-Oi

-Oi

-Então é Maya né?

-Sim e você?

-Farkle

-Farkle?

-Sim, porque?

-Um nome um pouco incomum.

Conversei, com Farkle soube que ele tinha namorada, mais não havia, nenhuma atração além de amizade com o Farkle.

Entro no elevador, e coloco o número do meu andar, logo chego e entro em casa mas não deveria. minha mãe tinha chegado, e estava falando com os empregados.

-ALGUEM ME EXPLICA QUEM FEZ ESSA BAGUNÇA?

-MAYAAA

-Sim?

-Foi vc não foi?

-Sim...

-O que vc tem na cabeça, sua inútil, faço de tudo por você, para vc fazer uma festa e bagunçar a minha casa.

- inútil? - as lágrimas já estão chegando, e agora o que ela me falou foi o que mais doeu

-Deveria ter feito aborto.

Corri para meu quarto o mais rápido possível, ela não me quer, nunca me quis.

Tranco o quarto, e me sento no chão do banheiro, pego minha lâmina e a rasgo na minha pele, cada vez mais, quando terminei, tirei minha roupa e tomei um banho longo.

Coloquei meu pijama e dormi.

Acordei com uma grande dor de cabeça, peguei meu uniforme e tomei um banho.

Desci as escadas e vi minha mãe comendo seu café da manhã.

-Nao vai comer Maya?

Como ela pode? 
Fingir que nada aconteceu e que aquilo não me machucou.

-Com você? É melhor comer na rua

-Olha como fala comigo.

-Olha você como fala comigo

-Maya  eu...

Fechei a porta. Fui pra escola o mais rápido possível.

[...]

-Olha como ele é, tão esquisito

-Muito não é Maya?

-O que?

-aquele garoto

Vi para onde ela me apontava um garoto novo, ele tinha algumas aulas comigo acho que o nome dele é Josh.

- O que tem?

-Olha Ele é tão esquisito, e excluído

Sinto pena, ele parecia ser tão legal, estava em uma das mesas, sozinho.
Mas tinha que fingir que ele é esquisito, minhas amigas não podiam suspeitar que eu acho pelo menos ele bonito.

-É deve ser um desses bolsistas, mas deixem ele.

-O que? Você quer perder a chance de colocar ele no lugar?

-Nao - não podia dizer sim.

Andamos até a mesa, e la minha amiga começou a conversar com ele.

-Então como entrou aqui, pulou os muros ?

Todas riam, já eu não, não sentia graça nisso.

-Claro, eu não estaria aqui pra estudar não é? Só por eu ser pobre, e você que mesmo rica, não estuda pra fazer da vida das pessoas um inferno.

Ri, muito um pouco alto demais, as meninas olharam para mim como se fossem me matar. 

-Vamos, não precisamos dele mesmo.

Saíram, e eu e ele nos olhamos, ele estava com uma blusa xadrez, e cabelos bagunçados, olhos azuis.

Sai, pelo resto do dia me lembrava dele, agora sendo Farkle meu amigo, ele é meu novo "olhos encantadores". 


Notas Finais


Oii


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...