História Você já pensou alguma vez em amor? - Capítulo 26


Escrita por: ~ e ~Akami0102

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Gay, Revelaçoes, Romance
Visualizações 28
Palavras 330
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


CASSAMBERASSABA!!!!!

Capítulo 26 - Uma coisa nossa


Fanfic / Fanfiction Você já pensou alguma vez em amor? - Capítulo 26 - Uma coisa nossa

P.O.V. Martin

 

-"Meu irmão... ele sempre me odiou..."

-"Martin você tem um irmão?"

-"Sim..."

-"Por que nunca me contou?"

-"Eu queria esquecer dele, ele fez muito mal pra nossa família... Já se perguntou o por que de todas as vezes que você foi em casa ele nunca esteve lá?"

-"Ele tinha saído não tinha?"

-"Não... ele se suicidou... e foi por causa do meu irmão..."

-"Como assim, o que ele fez?" -Nic me pergunta preocupado.

-"Quando nós éramos pequenos meu pai largou minha mãe para namorar um cara e depois que eles se separaram meu irmão tinha muita raiva dele. Depois de 1 ano e meio, meu pai voltou pedindo desculpas e meu irmão começou a gritar com ele e a o xingar por tudo que ele fez. Um tempo depois meu pai se suicidou e deixou uma carta falando o quanto ele queria o perdão do meu irmão e que o único jeito que ele via de se perdoar era se matando, por isso o Guilherme nunca gostou de mim, ele é homofóbico."

-"Ma-martin, eu não sei o que falar... eu não sabia disso..." -Ele me abraça fortemente e eu me sinto mais seguro, mas como não estava mais aguentando deixo minhas lágrimas caírem.

 

     Depois disso o médico entra e diz que vou ter que ficar mais um tempo no hospital já que o ar no caixão era pouco. Droga! Vou ter que fazer inalação todo o dia...

 

-"Martin, eu também lhe darei uma bombinha pra asma, já que você pode ficar com dificuldades para respirar quando estiver em pânico..." -E assim o médico sai deixando eu e Nicolas sozinhos...

-"Mor, eu só quero que saiba que eu vou te amar não importa como..." -Ele me da um abraço apertado fazendo minhas costas doerem. Eu gemo de dor... -"Desculpa, não quis te machucar..." -Percebi que tinham lágrimas em suas bochechas por causa da conversa. Ele as seca. -"Quando você sair daqui quero te mostrar uma coisa... uma coisa nossa..."


Notas Finais


Esse cap foi curto pq tô postando a semana toda amanhã tb vai ter cap. a partir de segunda os caps. vao ser maiores...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...