História Você mudou minha vida, Jungkook. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Personagens Originais
Tags Hunhan, Jihope, Jikook
Exibições 23
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei de novo.

Capítulo 3 - Boa noite Park.


Fanfic / Fanfiction Você mudou minha vida, Jungkook. - Capítulo 3 - Boa noite Park.

(Pov Jimin)                                                     -Por que não?- o professor perguntou.               -Ele é chato- eu disse simples.                             -Ele é insuportável- Jeon disse.                           -Não quero saber, quero esse trabalho amanhã, se virem- o professor disse saindo da sala.                                                                     -Então, como vai ser?- eu perguntei.                   -Já que vamos ter que aturar um ao outro de qualquer jeito, é melhor fazermos isso de uma vez- ele disse e pareceu pensar- Pode ser na minha casa, as 19:00 horas- o mesmo diz e me passa seu endereço.                                       -Por mim tudo bem.                                               -Tente não esbarrar em ninguém até la.             -Engraçadão você em.

Ele sai da sala e eu continuei arrumando minhas coisas e as guardando na bolsa. Sai da sala e fui para casa. Cheguei em casa e dormi a tarde inteira. Acordei e vi que era 18:30, me levantei e fui para o banheiro, me despi e tomei meu banho rápido, vesti roupas confortáveis. Desci e vi minha omma deitada no sofá. 

-Boa noite omma, vou sair.                          -Para onde vai filho?                                              -A casa de um colega meu, fazer trabalho.        -Hum. Não demore.                                                -Não demorarei omma.

Sai de casa e peguei um táxi, passei o endereço e pouco tempo depois já estava em frente a seu apartamento. Paguei o táxi e desci. Logo cheguei a recepção.

-Boa noite, você poderia me informar o número do apartamento de Jeon Jungkook?    -Boa noite, número 104 senhor- o síndico diz.  -Obrigado.                                                                -Desculpa pela pergunta, mais qual é seu nome?                                                                       -Jimin...Park Jimin, e o seu?                                 -Jung Hoseok. Você é algo do Jungkook?         -Não.                                                                         -Aaahh que bom , tenha uma boa noite então Jimin.                                                                       -Você também Hoseok.

Eu sai em direção ao elevador, vim reparar agora, mais esse síndico é um gato em. Cheguei na porta de Jeon e toquei a campainha, ele logo abriu.

-Finalmente né Park.                                     -Desculpa.                                                               -Você só sabe se desculpar?                               -Talvez.                                                                     -Entra.- eu deu passagem para mim entrar e eu entrei.                                                                   -Eu acordei um pouco tarde e fiquei conversando com Hoseok na portaria.               -Não precisa explicar Park.                                   -Ai, grosso.                                                               -Ta, ta, vamos logo com isso, não tenho a noite toda.

Sentamos na mesa da sala e eu fiquei observando a sala e o resto do cômodo, logo parei meu olhar nele. Drogaaaaa, ele estava apenas de calça moletom, que abs é esse meu santo Kim Taehyung. Foco, Jimin, foco. Ele percebeu meu olhar sobre si.

-Por que está me olhando assim?              -E-eu não t-tou o-olhando pa-para vo-você- eu disse corado e gaguejando mais que o normal.

Ele apenas riu da minha cara e continuamos o trabalho. Quando acabamos já era 01:00 hora.

-Droga, droga, droga, já é 01:00 hora, minha omma vai me matar.                                  -Quer carona? Meu carro ta na garagem.          -Não precisa.                                                            -Então você não vai.                                              -Óbvio que vou, minha omma vai me matar.      -Você é debi mental, idiota? Ja são uma da manhã, no mínimo você vai ser estuprado.        -Avisa o Hoseok que eu tou descendo.              -Ah você não vai.                                                    -Ah eu vou. Jeon abre a porra dessa porta agora !!!                                                                     -Não você não vai e eu não vou abrir porra alguma.

Depois de muitos "Ah você não vai. Ah eu vou. Não você não vai. Eu vou sim", ele me venceu e eu fiquei.

-Aonde vou dormir?                                     -No meu quarto.                                                     -No seu quarto ????                                               -É, mais não na mesma cama né seu idiota, eu sou hetero.                                                               -Bom, eu sou gay.

Ele se calou por um tempo.

-Você é gay?                                                   -Sou, por que?                                                         -Por nada.

Ele foi até o seu quarto e eu o segui. Ele arrumou um colchão para mim e me emprestou algumas roupas, tomei meu banho e me deitei. 

-Valeu.                                                             -Por o que?                                                               -Por ter me convencido a ficar, no mínimo eu seria estuprado de verdade, e ainda mais eu, que tenho medo ate do vento.                             -Era o mínimo que eu poderia fazer depois de ter sido chato com você- ele disse para se mesmo, mais eu ouvi.                                           -Então você assumiu que foi chato?                   -Boa noite Park.                                                       -Nossa, boa noite então.

Meu santo Deus, ele ronca demais, não vou consegui dormir aqui. Eu desci as escadas e me deitei no sofá e logo dormi. Na madrugada acordei sentindo um peso sobre mim, abri os olhos e vi Jeon dormindo em cima de mim com o rosto escondido no meu pescoço e agarrando minha cintura. Eu demorei um pouco para processar. Espera. O que Jungkook ta fazendo aqui?   


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Volto assim que puder. Desculpa a hora, minha net não tava colaborando.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...