História Você não está sozinho....{ NamJin } - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.I.G (Boys In Groove), Bangtan Boys (BTS)
Personagens Benji, Gunmin, Heedo, J-Hoon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Minpyo, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Benji, Big, Bts, Drama, Heedo, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Rap Monster, Romance, Suga, Taeyoonseok
Visualizações 162
Palavras 549
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 52 - 10 Segunda temporada


Ao ouvir suas palavras, não tive como não sorrir, mesmo com tudo acontecendo, ele no fundo, bem no fundo, lembra-se de mim.


Acaricio sua bochecha e beijo a mesma, sentindo seu rosto esquentar. Ri baixo e o olhei.


— E você é a pessoa mais linda que já na vida também! — Sussurro apenas para ele ouvir, ele sorri tímido e abaixa o olhar —

— Pode fazer uma coisa pra mim?

— Claro, o que é?

— Liga para o Gunmin?

— Quem é esse?

— Um amigo! —Ele sorri de um jeito estranho, de um jeito... Apaixonado... —

— ....Claro! —Sorrio fraco— Sabe.... O número dele?

— Xxxx-xxxx —Anoto o número —

— Já volto, eu vou... Ligar para ele—Saio da sala sem ouvir resposta nenhuma, eu não vou ligar pra ninguém, Jin é somente meu e nada nem ninguém vai mudar isso!—

Logo vejo uma cambada vindo em minha direção e quase me arrolando, para entrar no quarto do Jin. Vou correndo para o quarto e vejo JungKook, Jimin, Hoseok, Yoongi e Tae em volta do Jin, o mesmo sorri alegre, parecendo lembrar de todos, todos, menos eu.


— Meninos, calma! —Ele ri— Um de cada vez!

— Como você está?

— O que aconteceu?

— Foi muito grave?

— Se machucou muito?

— Quando volta pra casa?

— Quer um Toddynho?

— Toddynho JungKook? —Ri baixo e me aproximo lentamente, o olhar de Jin caí sobre mim e eu o olho—

— Ligou para ele moço? —Moço? Ah não, não, não, não, não chora, não agora, tenta se manter forte. Todos os meninos me olham confusos—

— E-eu, liguei, M-mais ele não atendeu! —Uma lágrima solitária caiu—

— Está chorando? —Ele me olha preocupado e levanta, vem até mim lentamente, acaricia meu rosto e sorri reconfortante— Sinto que você é alguém importante, mas não consigo me lembrar, por favor, me perdoe! —Ele sussurra e me abraça, deito minha cabeça em seu ombro e me permito chorar, como uma criança —

— Eu o quero de volta Jin! —Sussurro, ele desfaz o abraço e me olha—

— Mas...—Ele suspira— Eu na...

— Jinnie? —Ouço uma voz rouca atrás de mim e Jin sorri grande, vai até a porta correndo—

— GUN!!!!! —Olho para trás e Jin está abraçando o garoto, olho para os meninos, que ainda nos olhavam sem entender nada, abaixo minha cabeça e vou até eles—

— Eu não vou aguentar ver essa cena! —Hoseok me abraça e acaricia meus cabelos—

— Estamos  aqui com você NamJoon! —Ele sussurra— Acho melhor todos nós irmos pra casa e você também NamJoon...

— Eu não vou deixá-lo sozinho com esse cara! —Ele ri—

— Continua teimoso! 

— Eu tenho que ficar!

— Mas ele quer que você fique?

— Eu... Não sei! —Suspiro—


Ouço Jin dizer tchau para o garoto e vir até nós, ele se senta na cama e nos olha.

— Alguém sabe quando irei sair daqui?

— Tenho que falar com o médico, talvez deva ficar aqui mais uns dias! —Falo entre soluços —

— Se eu tiver que ficar aqui, você... —Ele fica corado— Pode ficar comigo?

— C-claro que sim! —Sorrio grande— Eu fico o tempo que você quiser!

— Obrigado! —Ele sorri fofo— Aish, estou morrendo de fome! —Ele manha— Pode pegar algo pra mim?

— Claro, claro, eu... Eu vou pegar algo, e.. E já volto!!! —Saio correndo do quarto —

Ele... Ele me quer por perto, então, eu tenho chance, de consegui-lo de volta, e eu vou conseguir!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...