História Você pensa que sou criança? 💜 VKOOK 💜 - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 301
Palavras 695
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ultimo cap do dia 😢

Kissus de toddyn ❤

Capítulo 28 - Volta em busan


Fanfic / Fanfiction Você pensa que sou criança? 💜 VKOOK 💜 - Capítulo 28 - Volta em busan

            On jungkook

  Taehyung decidiu dar uma volta pela cidade, não acho que seja uma má ideia, porém não sou muito de sair a noite e, provavelmente, ele vai querer beber

   Vou pedir para o jin nos buscar mais tarde, não vou negar que sinto falta de andar pela cidade sem rumo, vendo as lojas, pessoas se divertindo e vivendo suas vidas normalmente

     Fico me lembrando de quando um amigo meu me chamou para sair, eu gostava dele e achei que ele também gostava de mim, mas porem, minha vida antes do tae nunca fora facil em questão de relacionamentos

         FlashBack on
 
    Eu estava super feliz, o garoto que eu gosto me chamou para sair, provavelmente hoje vou conseguir ficar com ele, sinto que minha sorte esta do meu lado
   Cheguei no local combinado, logo vi uma silhueta familiar, era minha mãe, provavelmente veio me procurar pois não voltei para casa depois da escola, andei em sua dereção e percebi seu rosto de desprezo, oque estava acontecendo ali

    - Jeon Jungkook, seu amigo me contou algo que me deixou chocada, ele me disse que você é gay, por favor me diga que isso não é verdade - meus olhos fitavam o chão, eu não podia acreditar, ele me enganou e eu ainda achei que ele gostava de mim

   - omma, é verdade, eu sou gay, descobri isso faz dois anos quando conheci ele - apontei para meu " amigo " que me fitava sem dizer nada

  - você é uma vergonha para nossa familia, não merece que eu te chame de filho - disse ela indo embora, fiquei ali parado sem conseguir pensar em nada, o primeiro garoto que eu gosto fez isso comigo, parece que eu não vou achar ninguem na minha vida que me ame de verdade

              FlashBack off

       On taehyung

  Consegui convencer o kook de sair comigo para eu conhecer a cidade, estava muito animado, porém ele parecia distante, como se algo o estivesse o encomodando, estavamos em uma praça que ficava perto da casa dele, resolvi perguntar pois a curiosidade estava me matando

  - amor, está tudo bem? Você parece encomodado com algo - olhei para ele que estava ao meu lado, ele segurou minha mão e apertou forte

  - foi aqui tae, nessa praça que minha mãe disse que eu era uma vergonha para a minha familia pelo fato de eu ser gay - seus olhos encheram de laguimas, isso me partia o coração, não aguento ver ele chorar, parece que quando ele chora o mundo chora, é horrivel ver ele assim
      O puxei para mais perto e o abraçei, ele deitou em meu ombro e chorou mais, o levantei, olhei em seus olhos que estavam vermelhos por conta do choro e o beijei, não estava nem ligando para as pessoas que estavam olhando, eu so queria ele sorrindo novamente e com esses pensamentos isso não aconteceria

   - Eu te amo jungkook, você é a pessoa mais importante para mim, não fica assim por causa de algo que aconteceu seis anos atras, esquece isso, você tem eu, tem seus amigos, nada mais importa, nós só queremos o seu bem amor - disse olhando no fundo de seus olhos

  - mas tae isso doi, pois ela só descobriu porque o garoto que eu gostava contou para ela, eu era muito novo tae, não sabia que a vida era tão cruel assim - disse se desmanchando em mais lagurimas

  - kook, a vida é assim, as vezes ela nos prega peças para ver se somos fortes e você foi, foi tão forte que não desistiu de nada, continuou sempre sorrindo, sempre seguiu em frente com o que queria, não se deixe levar por conta de algo que já te feriu, pois essa ferida não existe mais, eu sou seu remedio para qualquer machucado da vida

     Ele me olhou, ficou quieto por um tempo e depois me abraçou, acho que eu consegui fazer ele entender, espero que esse assunto nunca mais se repita, ele é fragil de mais para sofrer novamente por isso



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...