História Voices | Jikook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Drama, Got7, Jikook, Morte, Namjin, Vozes
Exibições 104
Palavras 590
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaaaa Kpop's e kpobres (Eu sou ;-; )
Essa daqui e minha primeira fic no Sprint!, então espero que gostem

(OBS: CAPA DA FIC TEMPORÁRIA)

Capítulo 1 - Voices - 1


Cap.1 “Quando eu tinha quinze anos, eu não tinha nada O mundo era muito grande e eu era pequeno Agora eu não posso sequer imaginar Estava sem cheiro e completamente vazio”


 - Olha… o louco que fala com "vozes" -Disse uma Garota rindo com outras garota

"Elas tem razão, Louco" a voz ecoou pela minha cabeça 

 - E-Eu não sou Louco -Disse colocando as mãos na cabeça 

"É sim… " a Voz ecoou novamente em Minha cabeça Eu sair correndo e fui ate uma praça bem longe do Colégio e sentei-me no banco e comecei a chorar baixinho… eu abracei meus joelhos… 

 - Esta tudo Bem?… -Um garoto diz olhando para mim 

 - Sim -Disse ainda na mesma posição 

 - Tem Certeza?… qual é seu Nome? -Disse ele

 - J-Jungkook -Disse 

 - Prazer Jungkook, meu Nome é SeokJin… -Disse ele sorrindo Eu levantei minha cabeça com meus olhos avermelhados e minha cara amassada…eu olhei para o Rosto desse garoto e ele transmitia alegria e Compaixão

 - Oque você está fazendo aqui?… cadê seus pais? -Disse ele

 - Minha māe me abandonou em um orfanato… e meu pai fez a mesma coisa só que depois ele morreu… -Disse

 - Pera, você tem quantos anos? -Disse ele

 - fiz quinze anos -Disse

 - Onde você mora? -Disse ele

 - Na Casa de meus pais que tambem foi abandonada…-Disse

 - Mais você não pode fica sozinho, você é menor e idade-Disse ele 

- Ninguém quer fica com migo… eu morava em um abrigo, mais fugir -Disse

- Hm… Venha, você paresse está cansado -Disse ele me dando a mão e me Ajudando 

 - Obrigado… mais eu nem lhe conheço direito -Disse

 - Não esquente… eu vou cuidar de você… ah e eu tenho 23 anos -Disse ele 

[…] 

 - Aqui e minha casa, E a do meu marido -Disse ele abrindo a porta

 "Eles irão te expulsa" a voz novamente ecoou… "Cala a boca" penso… Eu entro na casa e vejo um Homem deitado no sofá e Jin da-lhe um beijo em sua testa 

 - Sente-se... Irei servi o Almoço -Disse Jin 

 - Posso te Ajudar? -Disse - Se você quiser… -Disse ele

 Nós colocamos o Almoço na mesa e o mesmo homem que estava dormindo acordou sem entender nada porque eu estava ali

 - Nam, esse daqui e o Jungkook... ele estava sozinho pois seus pais o abandonaram… E ele é de menor -Disse Jin atrás de mim 

 - Porque ele não está em um Orfanato? -Disse ele

 - Eu fugir porque me matratavam lá -Disse olhando para Jin

 - Hm… bom muito prazer Jungkook, meu nome e Namjoon -Disse ele estendendo a mão para mim

 "Você não vai fica mais de um dia ai" a voz ecoou em minha cabeça como se fosse uma pancada… 

- Cale a Boca -Murmurei para eles não ouvirem

 […]

 - Bom Jungkook, você vai dormi aqui -Disse Jin

 - Não precisa Jin… se quiser eu posso dormi na sala -Disse

 - Que isso, Eu não te deixaria sozinho na sala -Disse ele sorrindo

 - Porque você está fazendo isso?… -Perguntei 

 - Fazer o que? -Disse ele

 - Está me ajudando, sem mesmo me conhece -Disse o Olhando

 - Bom… eu confio em você, não sei e como se algo dissesse que eu deveria confiar em Você 

-Disse ele Arrumando a cama Ele deu um sinal para que eu pode-se me deitar na cama… eu fiz como ele disse, deitei-me na cama e ele me encobriu com o Coberto

 - Boa Noite -Disse ele

- Boa Noite -Disse sorrindo  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...