História Voices | Jikook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Drama, Got7, Jikook, Morte, Namjin, Vozes
Exibições 75
Palavras 728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Voices - 2


 - Parabéns Jungkook! -Disse Jin e Namjoon Juntos

 -Ah!, vocês lembraram -Disse

 - Claro, Nunca esqueceriamos o Aniversário do nosso Garotinho - Disse Namjoon 

 Desda quela noite eu fiquei muito com eles, E eles acabaram pegando minha Guarda depois de um Ano após eles me comhecerem… agora sou Oficialmente um membro da Família Kim, mesmo não tendo esse Nome

 “Não se acostume… eles ainda vão lhe expulsar” a voz ecoou em minha cabeça me fazendo olha para os lados..  

- Porque você não sai Yaeya? -Disse Jin me abraçando

 - Você sabe que eu não tenho amigos… -Disse Virando a cabeça para baixo 

 - Eu sei Jungkook… Mais porque você não tenta fazer? -Disse o Jin

 - Não sei… acho que ninguém iria quere amizade com migo, Bom mais hoje eu vou sair -Disse beijando a bochecha dos dois e saindo de casa

 […] 

 Eu estava indo até o Prédio onde acontecia vários musicais, Eu sempre ia até o terraço pois lá tinha uma Vista linda da Cidade… Ao chegar no Prédio 

eu fui diretamente ao terraço mais quando cheguei vi algo na Ponta do Prédio, E pelo visto era um garoto… Ele tinha um cabelo Acinzentado e uma jaqueta de couro, E ele estava preste a Pular!? 

- Oque você está fazendo ai? -Disse sem me aproximar

 - Não está vendo? -Disse ele apontando para o chão da rua

 - Você irá Pular!? -Disse 

 - Sim… bom e eu não quero testemunhas -Disse ele

 - Espere, porque você vai se suicidar? -Disse 

 - Porque a Vida não me aceita do jeito que eu sou -Disse ele indo pular mais eu pago seu pulso antes

 - Não Pule… não Vale apena perde sua vida por isso, Eu garanto -Disse olhando em seus olhos 

 - Como, se nem minha família se importa com migo -Disse ele indo pular novamente mais eu seguro mais forte seu pulso 

 - Por favor, não pule… eu não quero ver você perde sua vida! -Disse o olhando

 - Fácil, E só sair por aquela porta -Disse ele 

 - Não… se eu sair eu irei leva esse peso, Eu só quero que você não faça isso -Disse segurando sua mão o mais forte o possível

 - Mas porquê você não quer que eu pule?, você mal me conhecê garoto -Disse 

- Sim… eu não te conheço, mais eu sei como é senti isso, como é sentir que sua Família não se importa com você-Disse disse olhando em seus olhos

 Seus olhos se encheram de lágrimas e ele saiu da ponta do prédio, ele se sentou no chão e abraçou seus joelhos ainda chorando, Eu chego mais perto dele e o abraço e o mesmo retribui o abraço… 

 - Está tudo bem… isso logo irá passar -Disse ainda no abraço

 - Não… isso nunca vai passar, A Família Park nunca vai aceita-Disse ele olhando meu rosto

 - Família Park?… tipo a mesma família Park que é a mais rica da cidade? -Disse 

 - Sim… Eu sou o Park Jimin-Disse ele 

 - Prazer Park Jimin… meu nome e Jeon Jungkook… -Disse me levantando e o ajudando a se levantar

 "JUNGKOOK" A voz ecoou em minha cabeça em forma de um grito me fazendo colocar minha mão e gemer de dor

 - Obrigado Jungkook… por não me fazer pular -Disse ele 

 - Não precisa agradecer… vamos, você tem que se recuperar por isso, E eu também -Disse pegando em sua mão

 Nos fomos até o elevador e descemos rapidamente chegando no saguão

… pude percebe o quanto Jimin apertava minha mão e olhava prós lados como se esperasse alguém… 

 - Park Jimin! -Gritou uma Garota

 - S-Sook?, oque esta fazendo aqui? -Disse Jimin olhando para mim e depois para a garota 

 - A Mamãe está te procurando!, E agora ela vai te dar um tapa pois está andando com garotos novamente -Disse a garota 

 - Eu não me importo se ela me baterá!, isso ela faz todos os dias desde que nasci… -Disse Jimin e eu seguro sua mão mais fortemente 

 - Mais ela não quer te um filho GAY!, E VOCÊ NÃO PODE SE TORNA MAIS UM DESSES SERES -A garota praticamente gritou fazendo Jimin chora e sair correndo 

 Eu olho para a cara da loira e vou atrás de Jimin… eu saio correndo com as vozes de minha cabeça gritando mais eu pouco me importo para isso…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...