História Voltas esperadas - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Kimi ni Todoke, Simplesmente Acontece (Love, Rosie)
Visualizações 3
Palavras 703
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não tenho muito o'que falar kkkkk
Então, boa leitura.

Capítulo 4 - Mudanças


Fanfic / Fanfiction Voltas esperadas - Capítulo 4 - Mudanças

Nathaniel passou o internação com a gente, bom, comigo.

- se importa de me mostrar a escola ? Eu não conheço as coisas aqui ainda - disse Nathaniel meio tímido.

- cla claro, será um prazer - acho q eu tava com mais vergonha ainda.

- vamos? -

- Clara, achei que fosse ver meu ensaio hoje? -

- há, não se preocupe Castiel, só vou mostrar a escola pro Nathaniel e vou lá, não se preocupe -

- tem certeza que dá pra chegar a tempo, isso é importante pra mim..-

- eu estarei lá, prometo -

- ok, confio em você, até lá -

Eu e Nathaniel passamos o dia juntos, ele era muito divertido, o local que ele mais gostou do colégio inteiro sem dúvidas foi a biblioteca, parecia uma criança ganhando o primeiro doce da vida kkkkkk. Descobri que ele adora livros de mistério, e me deixou até curiosa pelo assunto. Fiquei de dar uma olhada depois. 

- nossa, já tá meio tarde né? Desculpa ter tomado tanto do seu tempo -

- que isso, não foi nada -

- posso te levar em casa se quiser, a gente pode ouvir música enqu..-

- música... (Engraçado, sentia que estava esquecendo de algo, até que..)

- MÚSICA, AI MEU DEUS, O CASTIEL -

Eu saí tão desesperada que nem tive tempo de explicar nada para o Nathaniel. Corri tão rápido que mal conseguia respirar quando cheguei na sala. Infelizmente, eles já estão se arrumando pra sair.

- cheguei - disse meio ofegante

- já acabou, pode ir embora - disse frio e sem olhar pra mim enquanto guardava a guitarra.

- Castiel, me desculpa, mesmo..-

(Silêncio)

- Castiel por favor, olha pra mim, fala comigo -

- falar o'que Clara, o'que você quer que eu fale? Você não se atrasou, não, você se esqueceu, se esqueceu por ter um par de olhos azuis novos na sua frente, isso era importante pra mim e queria ter dividido com você, mas acho que não era importante pra você, talvez por isso você esqueceu...- disse e foi embora sem olhar pra trás. Na hora senti uma lágrima rola pelo meu rosto, depois outra, e outra é mais outra. Enquanto eu sussurrava para mim mesma - me perdoa..-

Então, lá estava eu, sozinha no meio da rua, no escuro, indo pra casa. Sim, o Nathaniel já tinha ido, e o Castiel, bom, nem queria me ver mais. Estava tão perdida em meus pensamentos que não percebi que haviam dois caras me seguindo. E quando notei, já era meio tarde.

- boa noite querida -

- o'que uma menina como você faz sozinha por aqui a essa hora ? -

- é perigoso andar por aí sozinha sabia?-

- pode acabar encontrado pessoas indesejadas como... Bom, nós -

Nesse instante eles me jogaram em um beco e tamoaram a minha boca pra eu não gritar. Eu já estava desesperada, nunca tinha sentido tanto medo na minha vida. Ele tirou uma faca e começou a passar a lâmina pelo meu rosto, até fazer um corte.

- owwnn é uma pena machucar um rostinho tão lindo assim, mas de outra forma não teria graça não é - disse ele enquanto brincava com meu cabelo, a mão dele foi descendo até chegar na alça da minha blusa. Naquele momento, eu já me via perdida, é só conseguia pensar. - pelo amor de Deus , alguém me ajuda - fechei os olhos com força esperando pelo pior enquanto chorava desesperada. Mas ao invés disso ouvi sons de luta, então quando abri os olhos vi um dos caras brigando com outra pessoa, o outro pegou uma arma mas a outra pessoa foi mais rápida e derrubou a arma assim que ele conseguiu chegar até ela, quando ameaçou atirar nos dois eles sairão correndo.

- desgraçados, vocês nos pagam, você é essa vadia -

Ele me soltou e eu caí de joelhos, estava completamente desnorteada e mal via um palmo a linha frente. Apenas senti a pessoa passar a mão nas minhas costas e meus joelhos me levantando, posicionei minha cabeça na curva do seu pescoço, por algum motivo, eu confiava nessa pessoa, me sentia segura, eu já estava prestes a desmaiar, mas antes olhei pra cima e tive um leve deslumbre do rosto do meu salvador. Não havia dúvidas era ele. Apenas sussurrei antes de desmaiar por completo.

- Castiel...-



Notas Finais


É isso, espero que estejam gostando, obrigada a quem leu e até a próxima 😊🙃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...