História Vrá - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~Tukii

Postado
Categorias Originais
Tags Crack!fic, Odeio O Ss
Exibições 12
Palavras 379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Saga
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


OIIN POVO

FIQUEM COM ESSE CAPÍTULO DE REVELAÇÕES(?)

Poise talvez esse seja o penúltimo capítulo.

Capítulo 11 - Pt. 14 4 temp


aí minha cabeça - Jão resmungou tentando levantar. 

Só aí lembrou que dormiu no sofá, os flashes da noite passada começaram a surgir e ele correu até o quarto do filho. 

– Jonatas! Jonatas! - batia na porta do quarto do garoto, mas não tinha resposta. 


" Isso não pode estar acontecendo, não pode! Jonatas, onde você esta minha vida? " - pensou Jão depois de arrombar a porta. 

Na noite passada a casa de Jão virou um inferno, Paulo sempre foi muito ciumento e por isso Jão sempre apanhava pois, ele sempre ficava vendo as fotos com Zé.

Mas ontem tudo foi bem pior, Jão finalmente tomou coragem pra acabar tudo com Paulo, ele sabia que sua reação não seria das melhores, mas não imaginou que ele fosse fazer aquilo. 

Ele bateu muito no Jão, muito mesmo. Mas no final, quando Paulo estava indo embora ouviu um grito, era Jonatas.

Jão só conseguiu ver Paulo indo até o garoto, ai apagou. 





Ele foi até a cama do garoto e viu um papel, o medo em jão era muito, mas abriu o papel. 

"Omma eu te amo muitão... Mas não posso mais morar com você... O tio Paulo me disse e fez muitos dódois em mim... ele falou que vai me levar pra morar com o Appa... Tchau Omma."

Saiu correndo desesperado pela rua, não fazia a minima ideia de onde era a casa do Zé, mas queria encontrar o filho bem, logo. 

"Eu odeio o Paulo com todas as minhas forças, não acredito que ele fez isso com meu filho."

Parou desesperado no meio da rua ao ver seu filho no parque ao lado de Zé, mas o que mais o desesperou não foi isso, mas sim o que estava a poucos metros de Zé e Jonatas. Jorge segurava uma arma apontada para Paulo e antes que jão pudesse gritar, Jorge atirou na cabeça de Paulo, o fazendo cair. Jorge saiu correndo e em poucos segundos um carro de polícia apareceu e foi atrás de Jorge. Paulo havia morrido e Jão estava em estado de choque no meio da rua. 

– Omma! - Jonatas gritou correndo até Jão. 

Era notável os hematomas em todos os dois corpos. Jonatas abraçou Jão que depois de segundos conseguiu corresponder. 

Zé se aproximava dos dois sem nenhuma expressão. 



Notas Finais


Tantantan

Próximo capítulo será o último, quer dizer, fica a critério da tukii.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...