História Wιℓℓ ι вє gαу? ¶Jikook¶ - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, CL (Chaelin Lee), Got7
Personagens BamBam, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lee Chaelin "CL", Lisa, Mark, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Black Pink, Got7, Jikook
Visualizações 89
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie!
°
°
Espero que gostem! (≧σ≦)
°
°
Boa leitura >•<

Capítulo 11 - °•°Meus lábios nos seus...°•°


" - Tem que fazer respiração boca Jungkook! - Tae fala -.

Eu? Fazer respiração boca a boca em um homem. Um homem sendo Park Jimin? "

- Por quê eu? - perguntei -.

Me sentei no chão duro ao lado de Park, que estava todo estirado e imóvel. Levantei sorrateiramente sua cabeça, que ficou sob meu antebraço direito. Eu o olhava como nunca, o olhava com desejo de que abrisse seus pequenos olhos.

- Porquê Jeon, foi você quem provocou isso. - deduziu Tae -.

E, obviamente, ele estava certo. Foi eu quem provocou isso. Dessa vez Jimin estaria na razão de me chamar de "criança". Pois agi feito uma. 

- Você tem razão... - falei, abaixando minha cabeça -.

Olhei firme para Jimin novamente, mas, dessa vez não foi em seus olhos, com a esperança de que os abrissem. Mas sim em seus lábios. Seus grandes e carnudos lábios.

Enquanto tomava iniciativa para fazer o que deveria ser feito, ouvi rumores do tipo "nossa, Jeon vai mesmo beijar ele", "não acredito que vou ver Jungkook beijar um homem!" e até mesmo um  "finamente ele saiu do armário!". Que ousadia! Não estou fazendo isso porquê quero, e sim porquê preciso! 

Eu estava tentando tomar coragem para fazer o ato, mas os comentários alheios me distraiam do meu real foco daquele momento. E, com certeza Kim Taehyung notou isso em mim.

- SERÁ QUE DÁ PRA GERAL CALAR A BOCA? NÃO SEI SE PERCEBERAM, MAS TEM UM JEON JUNGKOOK AQUI, TENTANDO SALVAR A VIDA DE UMA PESSOA QUE ELE MESMO PROVOCOU O ACIDENTE! - berrou, fazendo todos calarem a boca -.

Agradeço a Deus por colocar um grande amigo na minha vida... Mas as suas últimas palavras ditas me deu um certo peso na consciência. E com razão. Desculpa-me, Jimin.

Agora sim, tudo quieto. Mas ainda sim as pessoas veriam eu fazer isso... Ah, não me importo, olhem o quanto quiserem. Todos aqui sabem que é preciso fazer isso... 

Abaixei meu tronco, junto ao meu pescoço. Minha posição não era nada confortável, mas só tinha essa maneira de ficar.

Apertei com minha mão esquerda, suas bochechas, fazendo sua boca ficar meio aberta. 

Tomei folego, e colei seus lábios nos meus. Senti pela primeira vez, lábios carnudos de um homem contra os meus.

Mas antes que eu pudesse continuar o que nem havia começado direito, foi, não só eu, mas também todos que estavam no local, surpreendidos com um grito, que me fez assustar e levantar minha cabeça, decolando minha boca da boca dele.

- DESCULPEM A DEMORA! - o homem que se aproximava de nós dizia - EU VIM O MAIS RÁPIDO QUE PUDE. - falou ainda gritando, percebendo que não precisava mais gritar - Jeon, saía daí e deixa um profissional fazer isso.

Quem me dizia isso era Jackson, o enfermeiro do colégio. Como ele é experiente em coisas de acidentes, achei melhor obedecê-lo, e pus a me levantar do chão, deixando Jimin ainda lá. Deitado.

Jackson se abaixou, ficando de joelhos no chão, inclinou seu tronco e abriu a boca do Jimin fazendo a respiração na qual era pra eu fazer... Errh.. Quero dizer deveria ter feito, e fazendo impulso em seu peitoral para ajudar a colocar toda a água digerida para fora e voltasse a respirar de imediato.

"Vamos lá Park, respira logo, solte um suspiro, por favor"

Em menos de dois minutos o total silêncio é quebrado por tosses e barulho de água caindo dando de encontro com o chão. Era ele, mostrando que havia voltado ao normal. 

Todos suspiraram aliviados. Valeu, Park!.

- Gente do céu - Jimin diz - como eu fui me afogar, sendo que nem na água me atrevi de entrar?! 

É... Ele não se lembra, né?!. Acho que vou ter que me explicar... 

"Ele não morreu. Mas quem vai estar morto depois de se confessar vai ser eu!"

- Jimin, - Jackson o chama - Venha para enfermaria comigo, aparentemente você está bem, mas mesmo assim preciso fazer um check-up em você! - finalizou -.

- Okay... - Jimin parecia ainda não saber o nome do enfermeiro, até porquê, ainda não o conhecida -.

- Jackson, me chamo Jackson e sou  o enfermeiro daqui!  - responde, e Jimin acena com a cabeça - Agora vamos.

O enfermeiro de jateco branco sai e Jimin o segue. 

- E agora? - falei -.

- E agora o quê? - Hobi pergunta -

- Como vou dizer a ele que quase o matei, sem ele me matar? - respondo -.

- Jungkook - Tae entra na conversa - vai atrás dele, e diz o que aconteceu, ele... - Kim olha para o chão, talvez sua intensão agora era me aliviar, mas não tinha como  - Ah, se tá ligado que ele vai te matar de qualquer jeito, então só conta, enquanto isso vou ligando pra funerária.

Aqui vemos Kim Taehyung sendo Kim Taehyung.

Mas... Ele tem razão, vou falar com Jimin e dizer o que aconteceu.

- E... Jeon, vai colocar uma roupa. - Hoseok diz -.

Okay, vou me vestir e criar coragem pra enfrentar a fera do cabelo alaranjado, mais conhecido como Park Jimin.










Notas Finais


Acho que todos esperavam que Jeon salvasse o Jiminnie... É, não foi dessa vez :')
Tá curtinho mesmo... Recompensarei no próximo cap!

(caso encontre algum erro ortográfico me avise, corrigirei na hora)

вує вує 🖐🌚♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...