História W O L F - Imagine Kai (Reescrevendo) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Bts, Exo, Hot, Sobrenatural
Visualizações 103
Palavras 2.475
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Quem é vivo sempre aparece, não é mesmo?

Gente, papo sério agora. Estou pensando em colocar dias específicos para cada episódio das fanfics, e é isso que vou fazer.

Fanfic do Jimin: Segunda
Fanfic do Kai: Terça (hoje)
Fanfic AOA x BTS: Quinta (porém essa quinta não vou poder att)

E outro assunto sério, estou pensando em fazer minha primeira fanfic Yaoi e estou pensando em fazer com o Kai e o Kyungsoo, queria saber se vocês concordam e estão de acordo, caso eu faça a fanfic postarei todos os Sábados.

Então é isso, Boa leitura. ❤😁

Capítulo 11 - Tretas?


Fanfic / Fanfiction W O L F - Imagine Kai (Reescrevendo) - Capítulo 11 - Tretas?

P.O.V Ahri

 

 

Kira saiu confusa e depressa da sala me deixando para trás com o primo dela, ele me olhou e pelo que transparecia se sentia culpado, suspirei tristonha e joguei meu corpo um pouco para frente deitando minha cabeça sob meus braços logo em seguida. Fitei ele curiosa e o mesmo apenas me olhava quieto, o clima já estava ficando chato e eu resolvi perguntar o que estava martelando em minha cabeça.

 

-- Sabe.. eu não entendo. -sua atenção veio completamente para mim

 

-- O que? -perguntou

 

-- Se a Kami era irmã gêmea da Kira.. Como ela morreu e a Kira não? -perguntei levantando meu corpo e o olhando seria

 

-- Também não entendi na época, porém a irmã mais velha da Kira me disse algo que fez total sentido. A Kami estava muito doente, mesmo se ela não fizesse o exame iria morrer. Meus tios autorizou que fizessem o exame nela com uma certa esperança para que a licantropia matasse a doença, ou algo do tipo, mas a licantropia só ajudou a doença a se desenvolver mais rápido. -suspirou e fechou o punho- A culpa é minha..

 

-- Jungkook... não se culpe! -segurei em uma de suas mãos que estava na mesa para reconforta-lo e ele me olhou surpreso, suas bochechas estavam vermelhinhas

 

-- Tudo bem... -puxou sua mão devagar afastando a mesma da minha

 

Ficamos em silêncio em um clima bastante estranho, ele parecia estar desconfortável com algo e eu estava curiosa em saber o que. Me levantei da mesa e arrumei minha saia, joguei meus cabelos soltos para trás e então me curvei para o mesmo.

 

-- Desculpe se fiz algo que não gostou. -me levantei e ele me olhava atentamente- Já vou indo, até mais.

 

-- Huh.. até.

 

Saí a passos largos daquela sala deixando o mesmo sozinho, passei pelo corredor olhando o mesmo atentamente na tentativa de encontrar a Kira, Vi o Xiumin saindo de seu quarto acompanhado do Chen e então resolvi me aproximar deles. Xiumin estava de costas e como a boa pessoa que sou pulei em seu pescoço e o mesmo se virou assustado, quando me viu fez um bico super fofo.

 

-- Ahri.. você me assustou! -me afastei do mesmo e abracei Chen de lado

 

-- Esta dizendo que sou feia, hm? -perguntei fingindo estar ofendida

 

-- C-Claro que não, deixe de bobagem! -ele ficou com as bochechas ruborizadas, tão fofo! Chen apenas riu escandalosamente do mesmo e algumas pessoas que estavam no corredor nos olhou

 

-- Que fofo! -apertei as bochechas do Baozi e dei um selinho demorado no mesmo

 

-- Vela de novo? Aish! -Chen se pronunciou atrás de mim e eu soltei um risinho

 

-- Aproposito.. não vim namorar. -olhei para o Chen que riu- Eu vim perguntar se vocês viram a Kira...

 

-- Quem? -Chen perguntou confuso

 

-- A japonesa que divide o quarto com você? -assenti- Não..

 

-- Hum.. Obrigada, tchau meninos. -me despedi rapidamente dos dois e saí correndo de lá deixando ambos confusos

 

Passei pelo quarto do meu primo e deu vontade de chama-lo para conversar mas resolvi deixar para depois, minha amiga precisa de mim. Fui para nosso quarto e abri a porta de vez com um sorriso no rosto, porém me deparei com o Kai e a Vagabunda, opa, Margot se comento, por que definitivamente aquilo não é um beijo! Meu sorriso se desfez na hora e eu taquei um travesseiro neles fazendo assim ambos me olhar assustados

 

-- Ai garota, ta louca?! -putiane reclamou

 

-- MEU quarto não é bordel, se querem se comer vão fazer isso em outro lugar! -cruzei os braços

 

-- NOSSO quarto! -putiane falou de novo, que voz irritante!

 

-- Olha aqui sua despache do capeta, se você não calar essa sua boca eu vou enfiar esse meu chinelo goela abaixo e ele vai sair pela porta de seu cu!

 

-- Nossa, para que isso? -bufou- Quer saber, não vou discutir com você, não vou me rebaixar ao seu nível. -sorriu debochada

 

-- Nem tem como sendo que você já esta em um nível muito mais baixo! -joguei um olhar mortal na direção da mesma

 

-- OLHA AQUI SUA PIRANHA RUIVA, VOCÊ VAI SE ARREPENDER POR TER ME DESAFIADO! -ela elevou seu tom de voz e se aproximou um pouco de mim

 

-- É MELHOR VOCÊ CALAR A BOCA SATANÁS, POR QUE NÃO RESPONDO POR MIM MESMA, VOU FAZER COM VOCÊ O QUE KIRA NÃO TEVE CORAGEM! -ela veio para cima de mim e eu ia para cima dela mas fui puxada por alguém e Kai a segurou pela cintura afastando-a de mim- ME SOLTA!!

 

-- Ei, você tem que se controlar! -ouvi a voz do Xiumin mas continuei me debatendo

 

-- ALGUÉM CHAMA O TAEHYUNG, ELE AMA TRETA! -Chen gritou do lado de fora

 

-- ME LARA XIUMIN, VOU MATAR ESSA BRUXA!

 

Ele continuou me segurando e Chen ria da situação -escandalosamente-, acabei arranhando o braço do Xiumin para que ele me soltasse porém ele não me soltou, Kai conseguiu fazer com que ela calasse a boca e ficasse quieta e aos poucos fui parando de me debater, quando Xiumin viu que eu já estava calma o suficiente ele me soltou vagarosamente. Todos ficaram em silêncio e eu me afastei do Xiumin e olhei a desgraçada, ah mas ela vai ver só! Pulei de uma vez em cima dela e ela se encolheu assustada, porém Kai ficou em sua frente e eu acabei arranchando sua bochecha, ele segurou em meus braços forte.

 

-- Perdeu o Juízo Kim Ahri?! -apertou mais meus braços e eu fiz uma cara de dor

 

-- Me larga idiota!

 

-- Você e a Kira não sei não, são duas idiotas que ficam procurando brigas com a Margot, ela não fez nada! -berrou

 

-- Ela fez sim, Existiu! Agora me larga, você esta me machucando! -olhei meus braços e estavam vermelhos graças a força que ele os segurou, mandei que me largasse mas o mesmo continuou me segurando

 

-- Largue ela Kai. -Xiumin se aproximou de nós e colocou uma de suas mãos no ombro do meu primo, ele olhou o mais velho e depois me largou- Você esta bem? -perguntou me olhando

 

-- Não. -fiz cara de nojo- Não me considere mais sua prima, você perdeu todos pontos que tinha comigo. -me afastei e sai do quarto acompanhada do Xiumin

 

P.O.V Baekhyun

 

Finalmente tenho a Kira em meus braços e posso afirmar com todas as letras que ela é minha, Minha pequena! Ela fica tão linda e despreocupada enquanto dorme, ela continua sendo a mesma menina de sempre, não mudou nada. Agora é uma pena saber que ela me esqueceu, sera que mudei tanto assim? Ou simplesmente não signifiquei nada para ela naquela época? Vocês devem estar se perguntando: "Como assim Baek, você já conhecia ela?" E a resposta é: Sim. Quando tinha meus 8 anos me mudei com meus pais para o Japão, íamos passar 1 anos lá em uma casa que foi de nossos descendentes, eu acho. Estava com medo pois foi a primeira vez que viajei e a primeira vez que fui ao Japão, não conhecia nada nem ninguém por la, e estava deixando meus amigos -Chanyeol e Sehun, conheço eles desde pequeno- Para trás. 3 longos dias depois que tinha me mudado saí para brincar no Jardim de casa, e vi uma garotinha sozinha olhando uma flor que crescia em seu Jardim -ela era minha vizinha, sua casa era de frente para a minha- , ela era tão pequena, fofa e desprotegida. Outras duas garotas se aproximou da mesma e ela sorriu, tão fofa! Seu nariz estava vermelhinho, provavelmente estava com frio ou gripada. Uma das outras garotas era idêntica a essa, provavelmente são gêmeas. Já a maior tinha cabelos um pouco mais curtos e castanhos, não pretos. Fiquei um tempo ali olhando elas e então a maior dentre elas me vê porém vira o rosto e entra dentro de casa acompanhada de sua irmã menor, a garotinha deu uma ultima olhada para a flor e ia entrar também porém ela me viu e acenou sorrindo, acenei de volta e observei ela entrar dentro de casa, e foi assim que conheci a Kira e definitivamente me apaixonei por ela. Estava perdido em pensamentos e então percebo uma mãozinha quente pousar em meu rosto, olho para o lado e vejo Kira sorrir, retribuo o sorriso e a aperto um pouco mais no abraço.

 

-- Já acordou? Não dormiu quase nada.. -falei baixinho e ela assentiu

 

-- Huh, uma dor esta me incomodando. -falou e eu a olhei preocupado

 

-- Te machuquei? Desculpa! -segurei seu rosto com minhas duas mãos e ela riu

 

-- Não é isso.. Já estava sentindo essa dor antes e estava um pouco mais forte, depois do que aconteceu.. bem... -ela ficou vermelha e eu ri- Ate que passou mais, provavelmente é o famoso ''cio'' que Jungkook comentou.

-- É seu primeiro cio? -perguntei e a mesma assentiu me fazendo sorrir feito um bobo

-- Por que está sorrindo como um bobo? -perguntei rindo 

-- A-Ah.. fico feliz que tenha passado seu primeiro cio comigo. -admiti e ela corou, tão fofa. 

-- Que fofinho, nem parece o Byun Baekhyun, o pegador da escola! 

-- Jamais.. com você é diferente. -ela se sentou na cama e coçou os olhinhos

-- Sei, sei. Vou tomar um banho. -levantou sem se importar em estar nua ainda e então entrou no banheiro

Suspirei e me enrolei no lençol e fui na direção do guarda roupa, peguei uma roupa limpa para mim e me sentei na cama esperando Kira terminar seu banho, depois de longos minutos ela saiu do banheiro enrolada em minha toalha.

-- Oppa, me empresta uma de suas cuecas? -inflou suas bochechas e fez um pequeno bico

-- Claro, segunda gaveta. -apontei para o guarda roupa e ela foi até o mesmo e retirou de lá uma box vermelha minha

A mesma retirou a toalha que cobria seu corpo e me devolveu a mesma, vestiu minha box e abriu uma das portas do guarda roupa e pegou um de meus moletons vestindo o mesmo, depois de se vestir sentou em meu colo e entrelaçou seus braços em meu pescoço.

-- Posso dormi aqui com você, hm?

-- Claro que sim pequena. -dei um selar rápido em sua testa e estapiei de leve seu bumbum fazendo a mesma se estremecer um pouco- Vou tomar um banho, já volto. 

Ela assentiu e me deu um selinho, levantou do meu colo e eu fui até o banheiro tomar meu banho. 

P.O.V Kira

Baek foi para o banheiro e eu me deitei em sua cama completamente espojada, fiquei pensando em tudo que aconteceu e me encontrei confusa, depois desse momento único que tive com o Baekhyun eu fiquei um pouco confusa quanto aos meus sentimentos pelo Jongin, ele é tão idiota e está cego por aquela largatixa. Levantei da cama e comecei a mexer nas coisas do Baek sem me importar se ele vai surtar ou não, estava distraída mexendo em suas coisas e cantarolando algo sem nexo até sentir braços fortes me abraçar por trás, sorri boba e o mesmo apertou mais meu corpo contra o dele me fazendo soltar um gruinho.

-- Gosto do jeito que reage aos meus toques. -falou rouco em meu ouvindo fazendo-me se arrepiar 

Me virei para o mesmo para olha-lo, ele estava sem camisa, seus cabelos estavam molhados e ele estava apenas com uma box azul marinho, mordi meus lábios enquanto o olhava e ele me jogou um pouco que desajeitado na cama e ficou por cima de mim, arfei alto e o mesmo deu um risinho e começou a beijar meu pescoço, fechei meus olhos me entregando novamente aos seus toques, tudo que eu queria naquele momento era ser chupada por Byun Baekhyun e tê-lo dentro de mim novamente. 

-- Jagiya, posso? -fiquei sem entender seu pedido e resolvi abrir meus olhos e o olhar, seus olhos agora estavam vermelhos como sangue. 

-- Por que seus olhos estão vermelhos? -perguntei passando minha mão por seu rosto e o mesmo fechou os olhos aproveitando o carinho

-- Sou híbrido.. -segurou minha mão e levou meu pulso até seus lábios- Posso me alimentar um pouco do seu sangue?

-- E o que ganho em troca? -mordi meus lábios novamente e ele sorri sapeca 

-- Uma noite inteira sendo fodida pelo seu Oppa! -assenti sorrindo e fechei meus olhos, senti suas presas afiadas perfurarem minha pele e logo sinto meu sangue ser sugado

No começo doeu um pouco porém me acostumei com a pequena dor, abri meu olhos e vi que ele estava concentrado no que fazia, ele parou de sugar meu sangue depois de alguns minutos e então me olhou e sorriu, retribui o sorriso e ele selou nossos lábios iniciando um beijo, pediu passagem com a língua e eu cedi, o gosto metálico do sangue ainda estava em sua boca o que deixava tudo especial, principalmente para ele. O mesmo adentrou com sua mão dentro da box vermelha que eu usava e enfiou um de seus dedos dentro de mim, arqueei um pouco as costas para trás e mordi o lábio inferior do mesmo, ele sorriu durante o beijo e depois enfiou mais dois dedos, arranhei suas costas nua e então separei nossos lábios, ele fazia movimentos de vai e vem com seus dedos enquanto olhava atentamente minhas reações, começou com movimentos devagar me fazendo gemer baixinho porém aumentou as estocadas com seus dedos e automaticamente comecei a gemer um pouco mais alto, gemia de prazer e um pouco manhosa, hora ou outra gemia seu nome o que fazia o mesmo ir mais rápido com os movimentos, meu baixo ventre se contorceu e senti minhas pernas ficarem bambas, fechei os olhos e gemi sôfrega de prazer, estava quase gozando até alguém bater na porta e automaticamente Baek retirou seus dedos de dentro de mim, o olhei tristonha e o mesmo parecia estar desapontado. 

-- Alguém estragou nossa brincadeira.. -mordeu o lóbulo de minha orelha e se levantou- Já estou indo.. 

O mesmo falou enquanto ia até a porta e eu me cobri com o edredom e continuei deitada, a porta foi destrancada e aberta e logo Kai entra, ele olha Baek desconfiado e seu olhar se volta para a cama do mesmo, logo ele me vê deitada na mesma e então sua expressão ficou séria e talvez, só talvez, ele tenha ficado com raiva ou ciúmes, trouxa. 

-- Por que ela tá aqui? -perguntou apontando para mim

-- O que foi? Não posso mais passar o dia com minha namorada? Aproposito, ela vai dormi comigo. -Baek falou sorrindo e eu acabei soltando um riso baixo de sua reação, Kai pareceu se irritar mais e percebi que o mesmo estava um pouco tenso

" Vai ser uma longa noite.."

 


Notas Finais


Sjaksbajnsb E essa treta da Ahri com a Margot? Adoro! Obrigada por ter lido e obrigada pelos favoritos, leiam as notas do autor, tem um aviso importante na mesma.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...