História Walking Men


Escrita por: ~


Sinopse:
"The Walking Men surgiu como um trio de garotos com poucos recursos e muita alma. O que encantava seu público não eram apenas a poesia política desafiadora de Kenny McCormick, a voz estarrecedora de Kyle Broflovski, a habilidade instrumental de Stan Marsh. Eles apareceram em meio ao fervor revolucionário dos anos 60, poderiam facilmente ter afundado no mar de renovações que o mundo sofria naquela época. Em vez disso, sua música foi transformadora e sobreviverá diversas gerações. Eles foram parte da mudança. Se você quer saber, para mim, o que realmente fez o sucesso daqueles garotos era a química que eles tinham no palco. Você podia ver de longe o laço que havia entre eles. É lamentável."

(Fragmento da entrevista de Eric Cartman ao jornal The Breaking, 1974)
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias South Park
Personagens Kenny McCormick, Kyle Broflovski, Stan Marsh
Exibições 127
Comentários 5
Palavras 8.659
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Walking Men
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
The boy who wouldn't hoe corn
3
88
3.995
 
2.
Wayfaring stranger
2
39
4.664

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~buttercream
Capítulo 1 - The boy who wouldn't hoe corn
Usuário: ~buttercream
Usuário
Here I am, once again~

Como vai minha escritora favorita? Aposto que ótima, já que meu deus essa fanfic está linda demais. Ainda aprecio o fato de que todas as suas fanfics divam muito, como essa e como você inclusive. Enfim sem mais delongas vamos ao comentário:

Primeiramente tenho que dizer o quanto eu adoro folk, só de saber que ia fazer uma fanfic com folk já me deu arrepio nas espinhas, você sabe não é? Que eu berrei assim que você contou? Sabe. Ótimo.
Sobre sua escrita, sempre, linda. Ela ficou simplesmente perfeita, combinando seu estilo perfeccionista (eu sei que você gosta de detalhes/detalhar) e ao mesmo tempo muito divertido de acompanhar, admito eu quase nunca me canso de ler suas fanfics (não importa se tem tipo umas 110.000 palavras) per cap.

Quando começou a descrever a primeira cena eu logo senti aquele aperto no coração, mesmo sabendo que mal posso identificar totalmente quem sejam os personagens em questão, eu juro que senti o drama inicial. E esse "ele só queria dormir" ainda que pelo cansaço soou muito como uma cena de suicídio; Uma cena triste, pesada e que por mais que o cenário fosse lindo e digno de uma provável fotografia eu pude ver a dor do... digamos "elemento 1".

Seus começos de fanfic sempre me dão aquele delicioso calor no peito, de ver que a melhor referência de escrita que eu tenho para fanfics esteja sendo mais uma vez criativa e iniciando um novo projeto que vai me cativar mesmo que ela não precise nem de total esforço para isso. Só pra constar, nunca achei que você precisasse de fans é como ser auto-suficiente e as pessoas virem até você por sua arte, acho isso lindo e é mais um motivo pelo qual você pra mim é tão <33

Ok ok, voltando ao foco. Como posso dizer, quando vi Kenny cantar (ao som do que eu já estava ouvindo aqui porque eu adoro ficar no clima da fanfic) eu tive um momento de felicidade que você não tem noção. Aquele quentinho no peito voltou, de quando eu havia visto o título. Era como voltar no passado e assistir a uma cena fora do meu cotidiano, com meus personagens favoritos.
n/a (nota rápida): No dia que eu sonhar com algum dos cenários da suas fanfics, por mais que caóticos, eu estarei completa como ser humano xiuzjmpft eu exagero as vezes, mas você merece.

O mozão (Kenny) Com uma voz peculiar, aberta e forte, aquele brilho vermelho nas bochechas por efeito do álcool, sorriso bobo, eu inclusive imagino um dos dentes dele ser um pouquinho mais separado dos outros (meu clichê do que é um redneck adorável). Nossa eu piro.
Como se descrever o lindo do Kenny já não fosse o bastante, nós temos o Stan, que também tomou parte do meu coração, por mais que breve seus argumentos sobre ele (é eu sou fanática pelo Stan, disculpe xzcixmpft).

Enfim, os sons as cores, os gostos e cheiros que me vieram a mente de álcool/pólvora e madeira velha que um dia esteve molhada, isso tudo me fez entrar completamente na sua escrita e meio que engolir as palavras (pra depois eu ler tudo mastigadinho, claro).

"Stanny-boy" Nossa eu estou morta feat enterrada. Sabe aquele amigo sem noção, lindo, delícia que te chama por apelidos nada convenientes? Esse é o Kenny. Porque se eu fosse Stanny-boy agora, tinha caído pra trás de vergonha.

A APARIÇÃO DO MEU AMORZINHO, Kyle sua pessoa maravilhosa! Não tem como, eu não consigo respirar direito quando vejo esses dois juntos minha gente! Por mais que breve, o momento é prazeroso.

E como chuchu falou- Isqueiro: 1 Kyle: 0 mxoiczjxcmpft. Eu não entendo porque essa cena me fez rir (é uma coisa de fangirl, nem tente entender também) assim como o Kenny dizendo que o banheiro dele é o mundo, super a cara de rednecks lindos/sem noção como ele fazer.

Eu nunca vejo de outra forma, mas é porque eu nunca me canso de notar e de apontar o fato de que o Kyle, mesmo que tendo a personalidade semelhante nas suas fics, me surpreenda cada vez que aparece. As feições dele quase me fizeram babar, que menino lindo minha gente! (entendo o Kenny).
Pra olhar pra um rapaz cuja aparência e forma de agir sejam tão intrigantes você tem que ser muito observador Ken, mesmo bêbado xiczmpft.

Achei um amor como ele acabou por torcer vê-lo de novo, mesmo que tendo uma conversa breve eu admito que deve ser intrigante ver um estrangeiro que te dá umas patadas e não está nem aí pra sua existência, mas ainda sim seja tão cativante.

~~~~~

OK UM MOMENTO PRA UMA ANÁLISE GERALZONA: Seu Kenny e seu Kyle, raramente mudam nas fanfics, por mais que sejam colocados em situações diferentes, reajam de formas diferentes, eu ainda sinto que é você quem as escreveu e as designou (as personalidades) mais características do que você acredita.
E você pode achar, mais uma vez, que isso é uma crítica. Mas eu estou aqui para dizer o contrário novamente, pra te dizer que essa é a SUA marca registrada e a marca que inclusive me fez apaixonar-me mais e mais pela sua escrita em geral. E essa fanfic, assim como as outras tem seu toque (provavelmente vai ser meu novo xodó porque estou vendo ela nascer e isso é lindo).

Pra finalizar essa análise completa aqui um argumento bem dócil e gentil de sua Patty: Esses personagens ficaram extremamente perfeitos para seus respectivos papéis. Kyle como um rapaz de cidade grande intrigante é PERFEITO e o Kenny então como um redneck sem noção, bêbado e despreocupado também.

Em resumo dessa BÍBLIA que eu te montei eu devo dizer: Parabéns Cacau, você conseguiu novamente, fazer eu me apaixonar de novo por um trabalho seu. Eu quero só ver como isso vai se desenvolver ao decorrer da história e como você vai quebrar meu coração em um milhão e meio de pedaços (que eu sei, você tem esse dom).

MUITOS MUITOS MUITOS Beijos, de sua leitora Patty.

P.S.: I love you god damn it!