História Want To Be My Daddy? ||Larry|| - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags Babyboy, Harrystyles, Htops, Larry, Lbottom, Louistomlinson
Exibições 409
Palavras 713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi, voltei com o capítulo prontinho, lindinho e cheirozinho do otp supremo pra vocês beijos
[Créditos na imagem]

Capítulo 25 - Be my boyfriend?


Fanfic / Fanfiction Want To Be My Daddy? ||Larry|| - Capítulo 25 - Be my boyfriend?

- Harry, eu sei que foi dificil pra você passar por tudo isso, e eu realmente odiei você por ter sido tão idiota, você merecia levar um xingo, mas eu realmente te entendo. Eu não estou bravo com você por isso, estou bravo quando Niall me contou por mensagem sobre sua noite... - Harry não percebeu quando Louis disse que foi "Niall" quem o contou, e não Liam - Eu me guardei pra você, Hazz... E você teve uma noite de putaria com esses "quaisquer" daquela merda de boate - As lágrimas estavam nos olhos de Louis e Harry sentia como se tivesse levado um tiro bem no peito. Ele estava chocado com a revelação de Louis, ele era de fato muito precioso. Louis limpou a garganta antes de continuar - Quanto ao Zayn... Eu não fiz nada com ele além de alguns beijos e uma pizza... Eu sou seu, Harry. - Ele sussurrou a última parte olhando nos olhos de Harry.

Azul no verde.

Aquilo foi o suficiente para Harry se levantar e puxar Louis para um abraço, seus grandes braços em volta da cintura fina de Louis, e as mãos pequenas e delicadas de Louis em sua nuca. Afundou o rosto no pescoço do menor sentindo um cheiro maravilhoso, automaticamente se lembrou que adora quando Louis dorme em sua casa e sua cama fica com o cheiro dele por uns 2 dias, era reconfortante e Harry se sentia em casa. Ele amava tanto aquele pequeno ser, sentia-se tao livre com ele, pena que demorou pra perceber.

- Namora comigo, Lou? - Harry sussurrou no ouvido de Louis.

Louis encarou os olhos de novamente, aquele verde intenso pronto pra fazer qualquer loucura á qualquer momento, mostrando alegria e excitação.

O fogo que envolvia a imensidão azul que poderia ser facilmente confundida com o mar. Azul, calmo e com certo medo.

- Harry eu... - Louis encarou novamente as orbes verdes de Harry mal acreditando o que ele estava propondo.
Ele era apaixonado por Harry desde que se descobriu gay, na verdade, ele descobriu que era gay quando tomou banho com Harry uma vez quando tinham 14 anos e estavam saindo do estádio em que treinavam futebol. Havia acabado a água e eles estavam dividindo o mesmo box.
Enfim, essa paixão platônica - mas nem tanto - já é antiga e isso era quase um sonho que se realizaria com uma palavra:

Sim

Era essa a palavra chave para uma vida feliz, talvez. Mas acontece que Louis ainda não estava se sentindo preparado para isso, talvez estivesse há um mês mas agora, após tudo isso que Harry fez ele já não tinha mais certeza. Não queria se magoar novamente. Era fácil a escolha, simplesmente: sim ou não.

Sabia que se a resposta fosse não, Harry provavelmente sofreria, Louis também, mas Harry não pediria novamente. Ele havia acabado de dizer que abriria mão dele se isso o fizesse feliz.

Acontece, que o que faz Louis Tomlinson feliz é Harry Styles

- Sim - Louis se apressou em dizer, ao ver os olhos de Harry quase perdendo as esperanças.

Sim ele daria uma chance a Harry

Sim ele entenderia os possíveis erros de Harry

Contanto que eles estivessem juntos, os erros poderiam ser consertados.

- Sim, sim e sim! - Louis disse mais animado fazendo o sorriso de Harry se abrir e os braços do maior o apertar contra seu corpo.

- Ele disse sim, ele disse sim, oh meu Deus, Louis Tomlinson é meu namorado! - Harry disse um pouco alto demais fazendo com que as poucas pessoas que passavam por ali os olhassem, mas naquele momento ele nem se importava, afinal, Louis Tomlinson era seu namorado.

Harry pegou Louis no colo e o girou no alto, o pequeno soltou um grito assustado, mas seu susto logo passou quando sentiu os lábios de Harry contra os seus.

Era tão boa a sensação de ter Harry o beijando, os lábios do maior pareciam feitos perfeitamente para os lábios dele. Um beijo calmo e transparecendo amor, claramente um beijo apaixonado, não era preciso dizer mais nada, nem "eu te amo" ou "eu estou apaixonado por você" porque o beijo, estava mostrando tudo que o outro sentia. Um beijo, que se dependesse dos dois, não acabaria nunca.


Notas Finais


Meu capítulo preferido, sem mais!

Até a próxima atualização

All the love, L.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...