História Wanted - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 13
Palavras 646
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ficção, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi, crianças, tudo bom?

Capítulo 1 - Capítulo Único


Foi em uma noite chuvosa que você apareceu. 

 Ah! Eu me lembro até hoje... 

Estava toda molhada, seus cabelos negros e longos escorriam pelos ombros, usava botas de couro marrom, uma jaqueta preta, que ficava gigante em você, onde eu mal podia ver suas pernas magras, usava também um cachecol branco, que pingava incessantemente à frente de seu corpo. 

Dizia que estava perdida, sofreu um acidente por causa da pista molhada, seu carro bateu em uma árvore. Saiu a procura de ajuda, andou e andou... Até encontrar minha casa, que era a única da região. 

Deixei-lhe entrar. Perguntei se lembrava onde seu carro está e, respondeu-me quê não. 

- Sairemos a procura dele amanhã - Eu disse, enquanto subia a escada, que ficava na sala - Venha, vou lhe arrumar roupas limpas e uma toalha para tomar banho. 

 Mal sabia que eu é que ficaria perdido no final... 

Perdido em seus lábios gordos e doces. 

Perdido em seus olhos, cor azul do mar.

 Perdido em seu corpo esbelto nas noites quentes e intensas de amor. 

Perdido em seu cheiro... perfume adocicado da Victoria's Secret. 


 E foi em uma noite chuvosa que eu perdi você.

 Ah... Eu me lembro disso também... 

Como poderia esquecer o dia que você chegou e ainda mais quando foi-se embora? 

Vasculhei a redondeza atrás de você, as florestas, as cidades, até as mais longe, tudo e sem encontrar nada. 

Comecei a pensar que o problema era eu. Fiquei revivendo cada momento para tentar lembrar de algo que pudesse ter feito. Nada. Praticamente, você só me elogiava. Ou estava mentindo. 

Então, o problema era você. Quem sabe fosse casada, tivesse filhos e foi viajar a trabalho quando me achou e, eu sendo apenas um amante. Bem, essa era a teoria mais sensata para mim 

Foram tantas noites intensas, com infinitas promessas de amor para sempre. Dizia que eu era diferente. Que estava conseguindo acreditar no amor outra vez por minha causa. 

É, o amor nos prega uma peça as vezes.


 Estava lá eu, em uma noite fria, sentado no sofá, assistindo ao jornal da televisão. 

 Estavam a procura de uma ladrona nada burra, que sempre conseguia fugir sem deixar rastros. 

Olhando a foto dela... 

Passei a reconhecer, os lábios gordos que me deixavam louco, os cabelos longos e no caso louros, os olhos cor do mar e o nariz muito bem desenhado naquele rosto angelical. 

Era você. Estavam a sua procura. 

Havia roubado bancos e, dava golpes em pessoas importantes.

 Eu fiquei atordoado. Levantei-me rapidamente e sai a procura de um cofre reserva que deixava na casa. Quando o abri, levei um susto, todo o dinheiro estava ali, não faltava nada. 

Mas, encontrei algo, algo que não deveria estar lá. Era uma carta; a peguei, notei que tinha sua caligrafia. Dizia a carta: 

Não quero o seu perdão. Só quero que acredite nas minhas palavras... Tudo que lhe disse, todas as promessas são verdadeiras. Sei que o quê eu fiz com você foi errado, mas, acredito que agora você me entenda, eu tive que ir... 

E você é sim diferente, especial, e por isso também eu fui embora, porque você é perfeito demais para mim.

Com carinho, Jessie.

Eu não sabia o que pensar.

 Mas, eu sabia que ainda te amava e, no fundo queria acreditar em tudo o que vivemos, acreditar em tudo o quê você já me falou. 

 Você roubou algo a mais que dinheiro, meu coração.

 Voltei a sala. Não aguentava ficar longe do cobertor. 

 O assunto ainda era sobre você... 

Pegaria uns 36 anos de cadeia, por bom comportamento. Rum, se você tivesse deixado mais rastros, pegaria perpétua. Eles acreditavam que você tinha feito os outros roubos, mas não tinha provas. 


 Os anos foram passando, e descobri que quem pegou perpétua fui eu por te amar. 

O amor é estranho, louco... 


 Foi em uma noite quente que você voltou para casa.   


Notas Finais


O quê acharam?
Bjkas :* :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...