História War Of Harmone - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~JeonGukie_

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 17
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Por favor, desculpem a demora (シ. .)シ

Capítulo 4 - Jimin e Jungkook em;; R.I.P baby Mario


    Surpirou e se olhou no espelho. Se sentia um lixo.

   As olheiras escuras em baixo dos olhos vermelhos, o nariz entupido e a garganta anrdente a cada engolida de saliva eram o resultado de uma noite de puro choro.

   Bocejou e passou a mão no rosto, enfiando os dedos brancos no meio dos fios pretos e bagunçando-os mais ainda.

   Saiu do banheiro arrastando o pé, viu de relance o rapper mais novo se mexer em sua cama e o vocal de sorriso de coelho também.

   Sorriu mínimo, ao menos alguém dormiu.

   Deixou o cômodo que dividiu com Namjoon e Jungkook e caminhou de forma tonta até a cozinha.

   O corredor estava vazio e silênsioso. Yoongi via algumas pouquinhas frestas de luz solar fluirem de debaixo das portas e das janelas fechadas.

   Deveriam ser seis da manhã, todos na casa dormiam, com exceção do rapper pálido.

   Não conseguiu dormir essa noite, cada vez que suas pálpebras se encontravam, a imagem de Taehyung chorando vinha-lhe perturbar.

   A culpa parecia crescer cada vez mais, fazendo seu peito sempre doer. Não havia acabado apenas com o seu relacionamento, mas com o de SeokJin e Namjoon também!

   Aish! Parece que todos os karmans do mundo resolveram vir para o pobre Min -que de pobre, realmente não tinha nada.

   Sentiu uma leve tontura. Fraca, mas forte o bastante para faze-lo tombar para o lado. Se apoiuou na parede amarelada e chaqualhou a cabeça.

   Ainda estava meio sonolento, resolver tomar banho em água quente só aumentou seu sono. Bocejou novamente e coçou os olhos, vendo a entrada para a cozinha se aproximar cada vez mais.

   -Hyung? -apertou os olhos na direção da voz, vendo um bochechudinho de cabelos rosas.

   -Já está acordado? -o menor assentiu sorrindo calmo.

   O rapper se aproximou da mesa, puxou uma cadeira ao lado de Jimin e se sentou.

   -Quer um café? -olhou novamente para o vocal, este balançava sua xícara azul clarinha. Yoongi assentiu, e o Park de levantou.

   O Min não pode deixar de dar uma boa olhada na bunda farta do rosado.

   Para Yoongi! Você já está muito encrencado, não precisa se afundar mais!

   Não era culpa dele -okay, na verdade era-, o restante do grupo era lindo. Fodidamente lindo.

   Jungkook com o sorriso de coelho e as lindas costas largas, Deus, só de pensar Yoongi já se animava. Mas também tinham as lindas coxas do segundo maknae do grupo, junto com a bunda farta e a clavicula marcada, como sentia vontade de foder o garoto até o mesmo se esquecer seu nome. Taehyung, aah Taehyung, a voz rouca e excitante, junto com o corpo que parecia ter sido esculpido a mão por anjos, dizer que não sentia falta das mãos esguias do Kim em seu corpo era algo que nunca confirmaria.
   Hoseok, o Happy Virus, também pode ser considerado outro Deus grego. As pernas bem torneadas, o tanquinho que o Min sabia ainda ser perfeito como na época no debut. Amou tanto quando o Jung pintou os cabelos de laranja, quando coloca uma gargantinha, ou quando dança. Sempre sentia que gozaria enquanto o mais novo dançava.

   Namjoon e, como dito anteriormente, suas adoráveis covinhas. O pálido ainda se lembrava de quão bom é ouvir os gemidos roucos do arroxeado, as mãos grandes ao redor de seu pau e então senti-lo gozar dentro de si. Como amou aquela sensação.

   E então vinha o hyung mais velho, SeokJin. Os ombros largos e as coxas grossas. Oa lábios cheios e a cintura afinada. Sem dúvida, se Jimin não existisse, Jin seria o vocal mais gostoso do grupo.

   Aish...Estava se sentindo uma puta.

   -Por que está acordado tão cedo? -apoiou a cabeça sobre a mão.

   -Tive uma...-suspirou- Pequena discussão com Jungkook. -o Park pôs a xícara branca na frente do rapper.

   -Vocês estão bem? -rodeou a porcelana com as mãos, encarando o vapor que fluia e dançava no ar.

   -Estamos, eu acho. -deu de ombros- Jungkook está com ciúmes de mim com uma amiga, mas ele não assume. -abaixou a cabeça- As vezes acho que ele está comigo só por sexo. -murmurou.

   Yoongi ouviu e suspirou.

   -Mas e você hyung? -entortou a cabeça- Onde passou a noite? -tomou um gole da bebida amarga.

   -Dormi no quarto do Namjoon. -Jimin arqueou a sobrancelha, tinha um pequeno sorriso malicioso nos lábios rosados- Aigoo! Não fizemos nada! -o vocal riu baixinho enquanto o moreno fez um pequeno biquinho.- Não achei muito bom eu dormir no mesmo quarto que o Jin hyung. -deu de ombros- Sei lá.

   -Medo da princesa arrancar sua cabeça? -o rosado provocou.

   -Ei! Que desrespeito é esse com os seus hyungs?! -Jimin riu novamente.

   -Me desculpa hyung. -Yoongi sorriu de lado.

   O barulho alto da porta da geladeira a bater chamou a atenção dos dois. O Park revirou os olhos ao ver o maknae do grupo ali.

   -Bom dia, Yoongi hyung. -Jungkook disse irônico, evitando olhar para o rosado, esse que tinha os braços cruzados e um biquinho frustrado nos lábios grossos.

   -Bom dia Kookie. -Yoongi não perdia a oportunidade de provocar, riu baixo ao ver o mais baixo dos três lhe lançar um olhar raivoso.

   Seguiram em silêncio, ou quase isso. Jimin e Jungkook continuaram a provocar um ao outro. O Jeon batia a porta da geladeira toda a vez que pagava algo -ou simplesmente a abria, olhava dentro e fechava-, enquanto o Park batia a porta dos armários, fingindo também procurar algo.

   Os dois lançavam olhares desfiadores um ao outro, como para ver que fazia mais barulho.

   Yoongi estava amando ver as picuinhas dos dois, mas quando o rapper de acbelos roxos chegou na cozinha, engoliu em seco. Logo colocou sua melhor cara de tédio. Pelo menos fingiria que seu cu não estava na mão.

   -O que eles estão fazendo? -o lider perguntou, se sentando em uma das cadeiras e fitando os dois maknaes.

   -Procovando ao outro. -deu de ombros, encostando as costas na cadeira.

   Tomou mais um gole do café já quase frio e fez um careta. Colocou a xícara na mesa e sentiu o olhar do outro rapper em si.

   O olhar dos dois se encontraram por segundos. Antes que qualquer um pudesse perguntar algo, um barulho alto de algo quebrando soou na cozinha.

   Os dois olharam na direção dos maknaes, esses que tinham um olhar assustado. Entre os dois, cacos, que antes formavam um linda caneca do baby Mario, estavam espalhados.

   -O que vocês fizeram? -o tom de tédio ainda podia ser percebido na voz do mais velho.

   -Foi culpa do Jungkook! -Jimin apontou para o mais novo, esse o olhou desacreditado.

   -Minha culpa? Foi tudo culpa do Jimin hyung! -antes que o Park pudesse dar sua réplica, um grito fino foi ouvido da porta.

   -Mais que merda vocês fizeram com a minha caneca?!! 


Notas Finais


Típico capítulo que só existe para dar continuidade à história ┐(︶▽︶)┌

s a r a n g h a e (⌒▽⌒)♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...