História War of hearts - camren - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui, Personagens Originais
Tags Amor Lgbt, Camren, Sobrenatural, Vampiros
Visualizações 23
Palavras 1.568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yuri
Avisos: Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Nas notas finais galera ;)

Capítulo 3 - Maldição


Fanfic / Fanfiction War of hearts - camren - Capítulo 3 - Maldição

P.O.V. Camila

 

Ela estava me provocando, tentando despertar minha raiva, queria que eu perdesse o controle, e o pior de tudo, é que ela estava conseguindo. Com aquele olhar prepotente, aquele sorriso sarcástico, sua pose ignorante, se achando a rainha do mundo, tudo naquela maldita vampira estava me irritando profundamente, de um jeito que eu não era mais capaz de controlar. Ela se movia rapidamente por meio das árvores, minhas patas já estavam ficando cansadas, mas eu não desistiria, ela me desafiou, e eu vou matar ela. Diabos essa morcega é rápida, ela estava me levando para a parte alta da floresta, onde é mais difícil enxergar, até mesmo com os meus poderes, mas eu era capaz de sentir seu cheiro, um perfume suave, doce e delicado. Um tanto quanto irônico vindo de uma vampira que acaba de matar dezenas de adolescentes. 

Senti seu cheiro se dissipando, ela estava subindo nas árvores, indo de galho em galho e rindo da minha cara, eu estava exausta, e ela parecia se divertir com isso, o que me deixava ainda mais puta.

- Olha lobinho, não precisa sentir vergonha de querer desistir, você não vai conseguir me pegar. - Sua voz levou meu olhar até um galho alto, onde ela se mantinha balançando as pernas de um jeito infantil. - Devo admitir, você até que corre bem rápido, mas nunca será capaz de me matar. - Ela esperava que eu desistisse fácil assim? Mas nem fodendo. Rosnei alto o suficiente para que ela ouvisse. - Bom, se não pretende largar do meu pé deveria pelo menos me deixar ver o seu rosto. Tive uma ideia, o que acha de você voltar a sua forma humana pra gente conversar, não vai conseguir me pegar mesmo, podemos bater um papo. Eu não mordo - Ela piscou o olho pra mim e sorriu novamente.

- E que tal você descer daí, eu arrancar a sua cabeça e voltar pra casa pra bater um papo com pessoas que não matem humanos sem motivo Usei telepatia para me comunicar com ela. Ela gargalhou após ouvir os meus pensamentos.

- Por essa eu não esperava, um lobo com telepatia, kkkkkk não adianta insistir filhote, você não vai me matar.

- Para de me chamar de lobinho ou de filhote porra, eu tenho nome. Me estressei.

- Ok, me desculpe, qual seu nome? - Sorriu com falsa simpatia

- Camila 

- Me chamo Lauren. Você já deve me conhecer, eu brinquei um pouco com seus amigos mais cedo, eles estão vivos?

Lauren Jauregui?

- Eu mesma, em carne, osso e um coração que não bate

Se não se importa, eu quero te matar logo, tenho mais o que fazer.

- Camila, pela última vez, nem se eu descesse aí e ficasse parada na sua frente, você conseguiria me matar.

Se acha isso por que não vem logo aqui? - Ela deu uma risada baixa, fechou os olhos e disse.

- Camz, você não tem ideia no que se meteu. - E em um instante ela estava na minha frente, olhando diretamente em meus olhos, e por algum motivo eu não me movi, não conseguia, só conseguia prestar atenção naquele verde esmeralda que me encarava com tanta atenção.

O que você fez comigo, por que não consigo me mexer??

- Foi o que eu disse, não vai me matar, não importa o quanto deseje isso. - Eu estava literalmente presa a ela. - Camz, eu estou de bom humor, então é só você voltar a sua forma humana que eu te deixo sair daqui. - Eu não tinha mais controle algum sobre meu corpo, contra a minha vontade, meus ossos estavam se movendo e mudando de forma, eu estava deixando a minha forma lupina.

- O que você é? - Perguntei jé sentindo o vento gelado batendo contra meu corpo humano nú

- Hmmmm, você ficou gostosa Camila, é uma pena que eu não possa te tocar hoje, ah, fala pro seu pai que eu mandei um abraço - Me olhou de cima a baixo, e desapareceu, ela sumiu, não sei como ela fez isso, não sei como ela fez isso, mas seus olhos estavam me mantendo presa.

 

P.O.V.Lauren

- Lauren Michelle Jauregui Morgado, por Drácula, onde você estava? - Zayn me perguntou quando cheguei em casa.

- Relaxa, eu só tava brincando com aquela loba branca de mais cedo, não matei ela.

- Aquela lá é Camila Cabello, a filha do Alejandro, ela é a próxima alfa daquela matilha fedorenta.

- Eu sei, não tinha certeza até obriga-la a se transformar, mas a reconheci. Idaí?

- Por que não trouxe ela com você?? Seria a forma perfeita de nos vingarmos.

- Malik, ainda com essa história de vingança? Isso aconteceu a anos, esquece vai.

- Lauren, Alejandro Cabello, matou a minha filha, nunca vou me esquecer disso.

- Não me interessa, eles podem ter matado ela e qualquer outra pessoa, eu não ligo, não to nem aí.

- Nossa Lauren, você é mais insensível do que eu imaginava, Alexa destruiu mesmo o seu coração - Me sangue ferveu, em um instante eu estava com minhas mãos em seu pescoço o empurrando contra a parede

- NUNCA DIGA O NOME DAQUELA VADIA PERTO DE MIM, ME ENTENDEU? - Avril correu até mim

- Lauren, se acalme, ele não quis dizer isso, por favor solta ele. - A loira me implorou.

- Eu.. r-re-reti-ro o q-que disse, m-me s-so-lta lau-ren, por-fav-or - Zayn gaguejava devido a força que eu mantinha em seu pescoço. O larguei no chão. Ele caiu ofegante me olhando. - Me desculpe, não quis falar disso.

 

FLASHBACK ON

 

- Lern, vem, ta na hora - Alexa me chamava animada, hoje eu conheceria sua família, ela havia me pedido um favor, o clã de bruxas a qual ela pertencia queria fazer um feitiço muito específico, e eles precisavam do meu sangue, então eu permiti. - Amor, anda logo, não podemos nos atrasar.

- Só mais um pouquinho lex, a gente ainda tem tempo amor. - Alexa era minha namorada, e eu era completamente, cegamente e estúpidamente apaixonada por ela. 

- Ferrer, aí está você, está pronta?? - Demétria questionou assim que nos viu - Lauren, o feitiço de hoje é muito importante, nada pode dar errado ok? - Assenti. - Bom, Alexa já deve ter te explicado como vai acontecer. - Demi era uma garota legal, nunca faria mal a uma mosca, ela e Normani estavam a meses se preparando para que tudo ocorresse como planejado.

- Vocês vão vincular meu sangue ao poder da lua esta noite correto? - Elas afirmaram animadas, isso era para que de tempos em tempos, a lua ficasse vermelha, e quando isso acontecesse elas pudessem absorver o poder da lua para realizar seus feitiços de proteção. Ser uma bruxa não era nada fácil, elas são imortais, assim como eu, porém elas devem proteger seus corpos humanos com vários feitiços, para que o corpo não envelheça, e isso necessitava muito poder. - Ta bom, e o que eu preciso fazer?

- Só tem que ficar ali no meio do círculo, Alexa fará o feitiço principal enquanto eu e mani vamos manter os monstros longe. - Assenti e fui até o centro do círculo, como me indicaram, Alexa não me olhava nos olhos desde o momento em que Demi chegou, deve estar se concentrando. 

O contorno do circulo em que eu estava pegou fogo, assim como o círculo onde Alexa, Demi e Mani se encontravam, eu estava no meio e elas ao meu redor, as meninas começaram os feitiços, Alexa ficou com os olhos completamente brancos e conjurou várias palavras em latin, peguei a adaga e cortei minha mão, mas ao inves do sangue escorrer, algumas gotas estavam começando a flutuar. Senti uma dor insuportável, fechei os olhos fortemente e comecei a gritar, Demi e mani perceberam que tinha algo de errado então tentaram parar o feitiço, mas Alexa estava fora de sí, ela queria me matar, ela estava tentando me matar sem motivo algum.

- ALEXA PARE, SE VOCÊ FIZER ISSO IRÁ MATAR TODOS NÓS - Normani gritou.

- FERRER PARE COM ISSO AGORA, MAGIA NEGRA É PROÍBIDO. - Ela parecia não se importar com nada, meu peito doia e eu me sentia quebrando por dentro, era como se meu coração estivesse parando de bater.

- Vou te dar a mesma maldição que foi concedida a mim Lauren. - Alexa me olhou nos olhos sorrindo. - Teu coração agora será como pedra, e tu viverás pra sempre, sozinha, você irá amar uma única pessoa a parir de agora, e passará toda a sua vida em busca dela, apenas ela será capaz de fazer teu coração bater novamente. Boa sorte para encontra-lá Lern - Alexa sumiu, e eu não sentia mais dor, não sentia raiva, eu não sentia nada.

- Lauren, eu não tinha ideia de que ela iria fazer isso, eu sinto muito - Demi chorava soluçando.

- Ela estava envolvida com magia negra, quando ela fez esse feitiço, ela não o fez apenas para ti, ela petrificou nossos corações também. - Normani me olhava, sem esboçar reação  alguma. - Aquela vadia estragou tudo.

 

FLASHBACK OFF

Alexa Ferrer não passava disso, uma vadia que tentou estragar minha vida, mas apenas me deu uns poderes a mais. Meu coração nunca bateu de verdade, eu só não sabia disso.


Notas Finais


Galera, espero que tenham gostado, comente por favor, preciso saber o que estão achando para continuar a fic
será que a camz consegue fazer o coração da lolo bater de novo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...