História War Of Hearts - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~KendallJy

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jungkook, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Suga, Tzuyu, V
Tags Bts, Chaeyoung, Dahyun, J-hope, Jimin, Jungkook, Suga, Twice, Tzuyu
Exibições 82
Palavras 4.989
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaa.
Boa leitura! Espero que gostem!

Capítulo 2 - Why?


Fanfic / Fanfiction War Of Hearts - Capítulo 2 - Why?

Pov,s Chae.

- Parece que ela vai voltar para Busan -Tzuyu falou .

- Sério ? -  falei surpresa.

-Isso parece ótimo, não? -  a Dahyun disse.

-Isso parece estranho - Falei e elas me olharam .

-Também achei estranho ela querer voltar para Busan, depois de ter se gabado tanto da escola de Seoul - Tzuyu disse.

-Isso mesmo que pensei ...Posso ver a mensagem dela? -  Pedi a Tzuyu .

-Claro -  Ela me entregou o celular

***** ***** *****

Min Young On

Hey Tzuyu há quanto tempo não? Estava morrendo de saudades das minhas  lindas amigas, MAS TENHO UMA OTIMA NOTICIA, eu irei VOLTAR PARA BUSAN AH AH  AH, Quero terminar o ensino médio aí com minhas lindas amigas, Bom espero vocês para virem me buscar no aeroporto, próxima semana estarei embarcando em Busan...

Beijos tenho que ir agora...

*****    *****  *****

-Ela parece estar animada -  Falei sorrindo e entregando o celular a Tzuyu.

-É verdade, mais ainda acho meio estranho ela voltar agora -  a Tzuyu disse.

Eu e a Dahyun concordamos.

Colocamos um filme qualquer e comemos os sanduiches que eu trouxe, depois de um tempo assistindo o filme percebi que as meninas já se encontravam dormindo,  desliguei a TV  fui para colchão que se encontrava no chão me ajeitei rápido, e fiquei pensando no porque a Min Young vai voltar, ela sempre disse que era louca para ir embora de Busan e ir estudar em uma escola com estudo mais avançado 
O que será que houve?
Deixei esse pensamento de lado e fui tentar dormir pois teria que ir cedo para a escola amanhã.

[...]

Acordei com alguém me puxando sem parar.

-Ei ei acordar Chae, estamos atrasadas !! -  Era Dahyun .

-Que horas são? -  perguntei me sentando .

-Já passa das oito, vamos pegar o segundo horário -  ela falou me ajudando
a levantar.

-E cade a Tzuyu ? -  perguntei depois de notar a falta da Tzuyu  .

-Ela já desceu para tomar café -  ela falou indo para o banheiro.

-A minha omma já chegou? -  perguntei .

-Sim -  ela falou saindo do banheiro enquanto amarrava o cabelo em rabo de cavalo

-Vou descer -  ela falou pegando sua mochila e indo ate a porta do quarto.

- ANDA CHAE! -  ela falou e saiu do quarto, bufei e fui ate o banheiro, escovei os dentes e amarrei meus cabelos em um coque frouxo, tomei um banho rápido e vesti uma simples roupa(Calça jeans, Uma blusa de mangas compridas com o desenho de um panda e uma sapatilha preta)
Peguei minha mochila e desci, chegando lá em baixo vejo as meninas tomando café ao lado de Jungkook e AISH ESSE GAROTO AINDA SE ENCONTRA AQUI.

-Omma -   vou até ela e lhe dou um beijo na bochecha .

-Oi querida-  ela fala dando um beijo na minha testa .

-Por que a senhora não veio ontem?-  falei me sentando ao lado dela no balcão.

-Ontem o doutor acabou precisando de mim por algumas horas, acabei amanhecendo o dia lá -   ela falou bebendo uma xicara de café .

-Nossa, a senhora tem que descasar -  falei a ela .

-Não tudo bem querida eu estou bem -  ela falou dando um sorriso fraco.

-Serio omma você não está bem, precisará  descansar -  falei tirando a xicara de café das mãos dela.

-Mas eu...- ela tentou falar mas não deixei

-Eu vou ligar pro Hospital e irei pedir um dia de folga para  a senhora -   falei ajudando ela a levantar .

-Mais para quer esse mimo todo ein? -  ela disse rindo, enquanto subia as escadas.

-Só estou preocupada com a senhora, você merece um descanso -   falei a abraçando de lado.

Levei ela ate o seu quarto e acomodei ela em sua cama, depois voltei para a sala e vi que todos estavam  conversando, sentei no balcão para terminar o café e fiquei calada e com o choro na garganta
"A minha omma estava muito cansada de trabalhar tanto, ela sempre trabalhou a vida inteira para conseguir as coisas pra mim e o Jungkook e nunca teve apoio do nosso pai que sempre foi um egoísta de merda "
Acabei me despertando dos meus pensamentos com alguém estalando os dedos na minha frente.

-Ei acorda Chae vamos perder a hora -  a Tzuyu disse se levantando do balcão acompanhada da Dahyun.
-Ah...Claro -  falei me levantando e colocando a mochila nas costas .

Fui ate a porta acompanhando as meninas.

-Gente eu acho que ônibus já passou -  falei as meninas .

Elas iriam responder mais foram interrompidas pelo eca do  Jimin.
-Eu posso levar vocês -  ele disse se aproximando com Jungkook .

-A gente vai a pé mesmo -  falei e ele sorriu .

-Tem certeza, porque pelo que eu saiba vocês já estão atrasadas e bom eu tenho um carro espaçoso  -   ele falou sorrindo.

-AISH que coisa -   falei me rendendo .

Eu e as meninas fomos atrás deles que estavam guiando a gente até um CARRO e que carro ein.

-Bonito carro -  a Tzuyudisse .

-Ah obrigado gatinha, é uma beleza mesmo -  o Jungkook o fuzilou com os olhos e ele sorriu

-Relaxa jungkook, não tenho interesse na sua garota não -  ele disse destravando o carro .

-EI ei eu não sou garota dele -  a Tzuyu disse e vi o Jungkook abaixar a cabeça .

-Não disso eu sei, mais ele bem queria que você fosse. -  ele disse e a Tzuyu corou mais logo depois ficou seria "Até que está sendo bem engraçado isso "
Depois que todos entraram no carro percebi que único canto vazio para mim era a cadeira do passageiro ao lado do Jimin Aish! Sentei de mal vontade e ele me olhou .

-O que foi? -  perguntei rude.

-Coloca o Cinto. -  Ele disse colocando o cinto dele .

-Ah é claro -  falei  revirando os olhos e ele deu a partida no carro, fiquei calada todo o caminho pois ainda estava com a cabeça na minha omma "Preciso de um emprego"

Meus pensamentos foram interrompidos quando o carro parou na frente da escola, as meninas desceram logo e quando eu estava quase saindo o Jimin puxou meu braço.

-Algumas pessoas diriam obrigada, por que não diz? -  ele disse sorrindo de canto.

-Deve ser porque sou de diferente de muitas pessoas, mais eu agradeço pela carona até nunca mais -  falei saindo do carro .

-A gente ainda vai se ver -  ele disse sorrindo .

-Eu espero que não -  falei fechando a porta e indo ate as meninas.

O Jungkook entrou no carro meio cabisbaixo já ate imagino o porquê.

-Acho que o Jungkook está mal, mais ele é que pediu por isso depois de aparecer com prostitutas em casa  -  pensei alto e as meninas me olharam.

-Desculpa Chaeyoung mas eu não quero falar sobre esse assunto -  a Tzuyu falou e saiu andando na frente, eu e Dahyun fomos atrás dela.

-Ei ei desculpa eu falei sem pensar! -   falei parando ao lado dela.

-Tudo bem -  ela disse dando um sorriso torto.

Gostaria de ajudar a Tzuyu com Jungkook ele gosta dela faz um tempo e ela não consegue perceber,  ela pensa que ele só esta querendo brincar com os sentimentos dela só pelo fato dele ser bem mais velho que ela, mas não tem nada a ver isso tenho certeza que ele gosta dela
" Mas também foi muita burrice né ele ter aparecido com prostituta em casa"
Porém ainda acho que foi aquele Jimin que colocou aquelas piranhas lá em casa.

   Hoje a aula passou tão devagar que eu quase dormia, tivemos a apresentação do trabalho de Biologia o que me deixou nervosa mais deu tudo certo no final.

- Gente quando a Min Young vem? -  perguntei as meninas.

-Ela disse que próxima semana estaria embarcando aqui -  a Tzuyu respondeu .

-Vamos buscar ela no aeroporto? -  perguntei

-Acho que temos de ir né -  a Tzuyu disse.

-Ela vai com certeza querer arrastar a gente para as festas -  a Dahyun disse

-Eu é que não vou me meter nas furadas dela novamente -  falei

-Muito menos eu, vocês se lembram quando ela ficou bêbada  naquela festa  -  a Tzuyu disse .

-Como esquecer...quase que a gente fomos expulsas da festa -  falei lembrando da cena .

-Bom...mas tirando essas furadas que ela metia a gente ainda a considero uma boa amiga -  a Dahyun falou .

-É tirando isso -  falei sorrindo .

Depois de um tempo tocou para voltarmos para a sala de aula e termos aquela bendita aula de Matemática.

[...]

Essa aula passou tão devagar que eu quase achei que seria infinita, fomos para o ponto de ônibus, chegando lá sentamos.

-Ei o que vocês estavam conversando com aquele idiota do Jimin hoje de manhã -   falei lembrando que queria  fazer essa pergunta desde cedo.

-Nada demais, por que ...ta com ciúmes?-  a Dahyun disse rindo acompanhada da Tzuyu .

-CLARO QUE NÃO! -  acabei gritando e chamando a atenção das pessoas que estavam ali.

-Nossa pra que esse grito? -  a Tzuyu disse rindo.
-Só gritei porque fiquei assustada com o que vocês pensaram... eu com ciúmes daquele babaca...-  falei rindo sem parar.

-Nunca -   falei ficando seria e elas começaram a rir .

-Achamos que você ficou meio interessada nele -  a Tzuyu disse .

-Não acredito que vocês pensaram isso de mim...logo de mim -   falei fazendo drama

-Ah você  ficou só implicando com o garoto todo tempo, meio que parece que você esta interessada por ele...ate porque ele é bem bonito não é de se jogar fora- A Dahyun falou.

-Vou fingir que nem ouvi isso, Ah e eu não estava implicando com ele eu estava apenas INCOMODADA com a presença dele, ele tem o ego muito inflado.  -  falei e elas sorriram .

-Deixa de ser chata-  a Dahyun disse.

- Só estamos brincando com você -  a Tzuyu completou .

-Tudo bem-  falei sorrindo.

-Ei Tzuyu -   a chamei  e ela me olhou .

-Fala -  ela disse .

-Eu sei que você não quer tocar nesse assunto mais...-  ela me interrompeu

-Se for sobre o seu irmão é melhor nem começar -  ela disse séria.

-Aigo, eu sei que você não quer fala sobre isso, mais é preciso, vocês não podem ficar assim -   falei e ela ia falar alguma coisa mais tomei a frente .

-Voces precisam se acertar,  não vai dar pra ficar nesse clima -  falei ela virou o rosto.

-Eu já disse que não quero ser feita de palhaça, ele diz que gosta de mim ai aparece com uma prostituta sabendo que eu estou na sua casa-  ela fala me olhando.

-Eu tenho certeza que isso não foi coisa dele. -  falei e ela sorriu .

-Voce só ta falando isso porque ele é seu irmão -  ela falou .

-Claro que não Tzuyu,  eu conheço muito bem ele e sei que ele nunca faria isso com você -  falei.

-Melhor a gente deixarmos esse assunto pra lá -  ela disse .

Depois de um tempo meu ônibus finalmente passou, me despedi das meninas e entrei no ônibus. Assim que ônibus parou na frente da minha casa agradeci mentalmente pois estava com muito sono e também vou falar com o Jungkook para saber o que aconteceu noite passada .

-OMMA  -  falei abrindo a porta e a fechando em seguida, ela  apareceu com um sorriso largo e me deu um beijo na testa .

-Como foi a escola querida ?-   ela me perguntou .

-Tudo normal como sempre -  falei indo até a sala e me sentando no sofá, a minha omma foi ate a cozinha.

-Omma -  a chamei .

-Oi -  ela respondeu da cozinha .

-Onde tá  o Jungkook -  perguntei indo ate a cozinha .

-Ele ligou avisando que iria chegar um pouco mais tarde -  ela falou indo lavar a louça.

-AH entendi...Omma pode deixar que eu lavo a louça -  falei ela sorriu .

-Obrigada filha -   falou se sentando no balcão .

-Omma eu tava pensando em procurar um emprego -  falei e ela me olhou imediatamente .

-Não filha, por que você quer um emprego agora? -  perguntou

-Ah mãe eu quero poder te ajudar nas  contas de casa , e também já passou da hora de eu ter um emprego -  falei me sentando ao lado dela.

-Voce não precisa começar a trabalhar agora, quero que você aproveite sua adolescência, e também seu irmão me ajuda muito nas contas de casa-   ela disse sorrindo.

-Eu sei... mas eu também quero ajudar a senhora,  e isso não vai atrapalhar em nada na minha vida -   falei me levantando.

-Tudo bem... se você quer arranjar um emprego ...eu permito -  falou suspirando.

- Sério? que bom mãe -  falei a abraçando.

- Porém eu terei que aprovar o emprego -  ela disse se desfazendo do abraço .

-Tudo bem -  falei sorrindo e indo lavar a louça .

Depois que terminei de lavar a louça, ajudei minha omma com o jantar .

-Filha -   ela me chamou enquanto eu lavava os legumes .

-Oi -  falei sem olha-la .

- Você sabe de quem é aquela bicicleta? -  falou me fazendo olhar imediatamente para a mesma.

- Que bicicleta? -  me fiz de desentendida.

- Aquela que esta no jardim -   falou .

-Ah sim...aquela bicicleta...é de um colega de classe -  falei a primeira coisa que veio a minha cabeça naquele momento .

- Por que ela esta aqui? -   perguntou .

- É que... ele acabou esquecendo comigo...ah e por falar nisso eu esqueci que tinha que devolve-la hoje -  falei achando uma ótima oportunidade para colocar aquela bendita bicicleta no lugar que a peguei .

- Você pode ir, eu termino o jantar -  ela falou

-Eu volto em um minuto tá ?-  falei lavando as mãos .

-Tudo bem querida -  dei um beijo rápido no rosto dela.

Sai de casa correndo para o jardim  e pegando  a bicicleta logo em seguida subindo.
Assim que cheguei na parada de ônibus não avistei ninguém o que facilita muito para eu deixar essa bicicleta no lugar, como era final de tarde quase ninguém passava por ali .
Fui andando com a bicicleta igual a outra vez olhando em todo lugar para ver se não tinha nenhum indivíduo atrás de mim. Consegui colocar a bicicleta onde a achei e olhei em volta mais uma vez para ver se não tinha ninguém por ali, respirei aliviada e quando estava me virando para voltar pra casa acabo escutando alguém , MERDA MIL VEZES MERDA

- Então foi você que pegou minha bicicleta?  -  Escuto uma voz desconhecida e me viro assustada, vejo um garoto alto e de cabelos  pretos.

-Olha me desculpa mesmo é serio , eu só peguei sua bicicleta porque estava atrasada para ir a escola, e eu acabei perdendo o ônibus ai acabou que eu tive essa idéia absurda, mas sua bicicleta tá inteira não tem nenhum arranhão e também ...-  como estava falando muito rápido ele me interrompeu .

-Tá tudo bem -   ele falou sorrindo .

- Sério?  -   perguntei surpresa .

-Sim, eu te entendo... e você não é uma ladra  de verdade, pois um ladrão nunca devolveria a bicicleta .

-É mesmo né? -  falei sorrindo sem graça .

-Bom...então até mais... e desculpa -   eu me virei para ir embora mais ele acabou me chamando .

-Ei -  ele falou e eu me virei .

- Oi? -  falei .

- Posso saber seu nome? -  ele disse e eu sorri .

-É Chaeyoung...mais pode me chamar de Chae -  falei e ele se aproximou

-Prazer Chae -  ele falou estendo a mão, eu apertei a mão dele com um certo receio .

- O meu nome é Jung Hoseok , mais pode me chamar de Hobi ou Hope -  ele falou rindo me fazendo rir junto .

-Pode ser Hobi -  falei e ele sorriu .

-Bom espero te ver novamente -  ele disse sorrindo .

-Tem certeza? -  perguntei confusa .

- Sim -  ele falou ainda com aquele BELO SORRISO no rosto .

-Bom...então até mais.. -   falei me curvando e ele fez o mesmo,  segui meu caminho de voltar para casa e fiquei com aquele garoto em minha mente .

  Chegando em casa vejo minha omma dormindo no sofá da sala, a TV estava ligada o que significa que ela estava assistindo. Desliguei a televisão, e enrolei ela com um cobertor.
Vi que ela tinha deixado meu  jantar no balcão então fui comer,  quando  eu estava quase terminando de jantar ouço alguém batendo na porta, vou atender bufando e me deparo com o Jungkook , ele passa por mim.

-Boa noite para você também -  falo e ele sai andando ate a cozinha .

- Onde estão as suas chaves? – perguntei indo atrás dele na cozinha .

-Eu acabei esquecendo na casa do Jimin  – falou  sentando-se no balcão

- Pois trate de pegar logo – falei e ele revirou os olhos.

- Cadê o jantar -   ele perguntou se levantando .

-A mamãe deixou um prato pra você no micro-ondas é só esquentar – falei e ele foi ate o micro-ondas logo em seguida colocando o prato para esquentar .

-Eu tenho que falar com você – falei ele se virou encostando-se na pia .

-Sobre ?– perguntou

-Sobre a Tzuyu – quando falei isso ele levantou a cabeça imediatamente .

-Ah...eu não quero falar sobre  ela – falou abaixando a cabeça .

-Qual seu problema ein? ... é burrice ou  que ?-  falei e ele continuou de cabeça baixa .

- Você gosta dela -  perguntei mas ele continuou do mesmo jeito.

- Jungkook eu to falando com você é pra responder – falei quase que num grito mais o idiota so fez levantar a cabeça.

-Me fala o porquê daquelas mulheres estarem aqui ontem ... só me fala isso...se não eu conto tudo para a omma  -  falei e ele e olhou serio .

-Voce não tem coragem – falou serio.

-Ah eu tenho sim, a omma  está bem ali na sala – falei me levantando e ele correu ate mim.

-Não por favor Chae não faz isso – ele falou praticamente se ajoelhando na minha frente .

-Então me fala o porquê daquelas piranhas estarem aqui ontem – falei e ele se levantou .

-Eu vou falar o  que aconteceu -  falou se sentando no balcão me fazendo sentar ao lado dele .

-Quando eu  e o  Jimin terminamos de treinar ele disse que ia sair e que ia trazer "Diversão" para a gente ...eu estranhei mais disse um "tudo bem " - falou fazendo aspas no diversão .

-Quer dizer que foi aquela coisa que trouxe aquelas piranhas para cá -  falei e ele sorriu .

-Sim, quando ele voltou com elas eu meio que me assustei e ele só empurrou uma mulher para mim e disse "divirta-se" - falou .

-Mais que tipo de ser é esse, tratou a mulher como brinquedo – falei indignada .

-Deixa eu terminar de falar ...depois ele foi para a sala e me deixou sozinho com uma das garotas e ela começou a dançar mesmo sem musica e eu fiquei cada vez mais assustado...de repente ela pulou em cima de mim e começou a me beijar, foi bem na hora que você apareceu -  falou e eu fiz minha típica cara de nojo .

-Esse seu "amigo" não é uma boa companhia, ele não presta -  falei e ele sorriu, por que ele sorriu?

-Ele é um cara legal  se você conhecer ele melhor ira gostar dele  só que ele só pensa em mulher e se divertir – falou e comecei a rir.

-Ai você acha que eu...logo eu ...vou querer conhecer esse tipo de garoto melhor -  falei e ele sorriu .

-Agora que eu já sei o porque daquelas mulheres estarem aqui...quero saber se você gosta da Tzuyu de verdade -  falei e ele abaixou a cabeça .

-Prometa que não vai fala para ela – falou e eu disse um "prometo"

-Eu...gosto dela sim e eu já tinha falado isso para você, mais antes eu não gostava tanto como agora – falou .

-Como assim? – perguntei meio confusa .

-Antes eu não ficava tão nervoso quando você dizia que ela ia vir aqui para  vocês fazerem trabalho, mas agora eu fico uma hora no espelho para saber se estou legal para ela  ou quando eu ia te buscar  na escola e ela estava acenando eu sempre tento não fica com cara de bobo...sabe ela sempre me faz sorrir, eu penso nela toda hora ...acho que acabei me apaixonando pela garota errada, porque tenho certeza que ela não sente o mesmo em relação a mim -  falou me fazendo dar um sorriso  com o que ele disse ,Não é uma gracinha esse meu maninho .

-Ai Jungkook como você é fofo- falei apertando as bochechas dele e ele sorriu tentando tirar minhas mãos do seu rosto.

-Para Chae  – ele disse sorrindo e eu parei a tortura .

-Eu posso te falar uma coisa que vai deixar você muito feliz ?-  ele sorriu concordando .

- A Tzuyu gosta de você, ela mesma me disse – quando falei isso o sorriso dele aumentou .

-Serio Chaeyoung?  – falou e eu sorri concordando.

-Ela só acha que você esta brincando com ela por você ser mais velho e tal – falei ele me olhou sério  .

-Isso não tem nada a ver, de onde ela tirou essa ideia ? – falou  e eu sorri.

-Tambem não sei de onde ela tirou essa ideia absurda, eu quero ser o cupido de vocês – falei e ele fez uma cara de duvida .

-Como assim cupido? - perguntou meio confuso.

-Quero organizar um encontro para os dois pombinhos -  falei e ele sorriu.

-Voce acha que ela vai aceitar ?– falou meio sem graça

- Lógico que vai, se não aceitar eu enfio um sapato na goela dela – falei e ele sorriu 
-Deixa comigo maninho vai ser o primeiro e melhor encontro de vocês – falei ele continuou com o sorriso .

-Eu espero que ela ainda goste de mim – falou me fazendo revira os olhos .

- Aish ! você é muito inseguro, cala boca vai comer e me deixar planejar o belo jantar de vocês dois -  falei e ele se levantou sorrindo .

Fui para o meu quarto e tomei um banho rápido  depois vesti um vestido florido e calcei uma sapatilha "Isso mesmo eu vou sair " vou ate a casa da dahyun ela vai me ajudar a organizar um encontro para esses dois .
Sai de casa dizendo que voltava logo, não demora muito e chego na casa da Dahyun.

- Hey Chae o que faz aqui uma hora dessas ? -  perguntou dando espaço para eu entrar .

-O Jungkook finalmente admitiu que é apaixonado pela Tzuyu. -  falei e ela fez uma cara tipo O QUÊ?

-O QUÊ? -  falou sorrindo .

Depois que falei tudo que o jungkook me falou ela pulou do sofá .

- Isso é ótimo temos que ligar para Tzuyu - ela disse pegando o telefone .

-NÃO SUA LOUCA! Eu quero organizar um jantar para eles e ela não pode saber  e preciso da sua ajuda -  falei e ela se sentou novamente .

-Claro que eu ajudo -  falou sorrindo .

- OTIMO -   falei tudo que estava pensando para o jantar ela concordou com tudo.

-Como vamos reservar uma mesa nesse tal restaurante que você ta falando é muito caro -   falou depois que eu contei essa parte .

-Eu não vou pagar nada é o Jungkook que vai a gente so precisa reservar uma mesa -  falei ela sorriu .

-Que fofo da parte dele -  falou sorrindo.

- Nada de fofo é a obrigação do homem pagar o jantar-  falei ela sorriu .

- Que machismo amiga! - Dahyun falou irônica.

- Estou brincando sua louca.

-Posso reservar uma Mesa pela internet -  falei me levantando e indo ate o computador, ela correu atrás de mim .

-NÃO -  ela disse mais já era tarde eu já tinha visto a conversar dela com um tal "TaeTae "
-Quem é TaeTae? -  perguntei sorrindo ela ficou mais vermelha que sangue .

-Ele...é só um amigo virtual -  falou e eu sorri.

-Ah entendi – falei sorrindo e ela sorriu parecendo esta aliviada, já sei que ela esta afim desse tal" Tae Tae "

-Vamos reservar logo essa mesa para a Tzuyu e o Jungkook – falou tirando da conversa com o Tae Tae .

-Como é o nome dele? -  perguntei e ela me olhou imediatamente .

-Que? Quem?-  perguntou meio nervosa

-Desse tal Tae Tae – ela  sorriu meio sem graça .

-Ah sim ...o nome dele é Taehyung – falou sem me olhar

-Ele é bem bonito – falei para provocar ela e ver se ela ficava com raiva "mas realmente ele é bem bonito "

- Eu não acho ele tão bonito, mas ele ate que é legal -  falou ainda sem me olhar, ela não esta querendo admitir ne então segura essa .

-Se ele é bonito e legal ...me passa o numero dele,  quero adiciona-lo -  quando eu falei isso ela me lançou um olhar mortal .

-Vai fazer o que dar em cima dele ? – perguntou seria e eu comecei a rir .

-Eu sabia – falei rindo ainda mais .

-Não acredito que cai nessa -  ela falou sorrindo com as mãos no rosto .

-Então você esta interessada em um garoto e não falou as suas amigas, que consideração ne senhorita Kim Dahyun ?– ela riu .

-Eu ia falar mais fiquei com vergonha – falou sem me olhar .

-Não tem para quer ter vergonha,  vai chegar uma época que todo mundo vai gostar de alguém -  falei a fazendo sorri .

-Acho que já chegou ne, a Tzuyu gosta do Jungkook eu meio que gosto do Tae e você ...- a interrompi .

-E eu o que? -  falei seria e ela sorriu

-Gosta do Jimin -  falou sorrindo, ela vai se arrepender de ter completado essa frase .

-Eu...não...gosto...daquele...idiota – falei pausadamente .

-Deixa de mentir chae, eu sei que você tem uma quedinha por ele – não tem medo de morrer .

-QUER MORRER? – falei fazendo minha pior expressão .

-Calma criatura, eu só estou brincando – falou rindo.

   Depois que terminamos de fazer a reserva pelo computador eu fui para casa, já estava muito tarde eu acabei demorando muito na casa da Dahyun, como tudo estava totalmente apagado peguei meu celular para iluminar o caminho. O medo já estava tomando conta de mim eu estava praticamente tremendo com  aquele caminho, aquela escuridão, pode ter um assassino me perseguindo , quando escuto passos atrás de mim a única coisa que veio a minha cabeça foi correr , correr muito porém minhas pernas travaram totalmente parecia que eu estava presa ao chão eu não consegui me mover, ouço os passos chegando mais perto e paraliso ali mesmo.

- O que você  esta fazendo na rua uma hora dessas?- escuto uma voz familiar e viro assustada era quem eu menos queria ver ...

-Meu deus garoto você quer me matar de susto ...quase morro -  falo colocando a mão no peito .

-Desculpa Chaeyoung é que eu vi você andando  que nem uma doida e resolvi parar pra ver se você precisava de uma carona -  falou sorrindo me fazendo revirar os olhos.

-Legal da sua parte querer me oferecer uma carona, mais eu sei andar e valeu, boa noite, ate nunca mais – falei me virando mais ele me puxou.

-Voce não quer mesmo uma carona?-   perguntou ainda segurando o meu braço .

- Não, obrigada, boa noite e ate NUNCA mais -  falei a mesma coisa novamente mais ele parece não ter se tocado , tentei me soltar mais ele segurou meu braço com força .

-SERA QUE DÁ PRA ME SOLTAR? – gritei com raiva e tentando me soltar.

-Deixa eu te dar pelo menos uma carona , eu não tenho outra intenção com você ate porque você não faz o meu tipo -   falou sorrindo debochado e soltando meu braço.

-E nem você o meu , eu sei andar como já disse então vou sozinha .

-OKAY então pode ir -  dei meia volta mas ELE ME CHAMOU .

-Não vai nem me dar um beijinho de boa noite? – falou me fazendo virar .

-Quer saber...VAI PRO INFERNO- falei virando e indo embora dessa vez

Esse garoto consegue me tirar do serio em questão de segundos , eu tinha que me deparar logo com ele .
Chego em casa em questão de segundos pois vou correndo, chegando em casa  vejo tudo escuro e vou para o meu quarto, tomo um banho longo e visto a primeira peça de roupa que vejo, amarro meus cabelos em um coque frouxo e me deito para dormir pois estou muito cansada Fico bolando na cama por muito tempo e não consigo dormir, por que não consigo dormi se estou tão cansada?
Desço para tomar um pouco de água e vejo minha omma sentando-se na sala falando com alguém pelo telefone fico sentada na escada para escutar o que ela estava falando .

-Tá difícil a situação aqui em casa o meu salario e o do  Jungkook não esta dando mais para pagar as minhas contas e ...as suas – falou chorando .

Espera,  como assim? ela está pagando contas de quem ?


Notas Finais


Oioioiii Agaain.
Lembrando que essa fanfic é a @KendallJy que escreve, porém eu ajudo com algumas ideias e a postar o capítulo 😀
É só isso mesmo ..
Obrigada por lerem até aqui e pelos favoritos!
Até o próximo capítulo !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...