História War of Hormone - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Mini_Ninja

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, Fanfic Interativa, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Exibições 90
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HEY HEY GAFANHOTOS
As tia aqui é tímida (quem vê pensa e.e) enton até que a gente solte a pantera não tem notas decente sdvfyu disgurga >.<
Juro que fizemos o possível pra isso não sair um lixo, deu nisso aí embaixo :v
OBG POR ABRIR ESSA BAGAÇA E TA LENDO ISSO <3
Até nas notas finais delicias ¬3¬*

Capítulo 1 - Carta de Hogwarts, Coelhinho da Páscoa e Papai Noel


Fanfic / Fanfiction War of Hormone - Capítulo 1 - Carta de Hogwarts, Coelhinho da Páscoa e Papai Noel

 

Hyun Jae

Era meu primeiro dia de aula, estava um tanto quanto nervosa antes mesmo de descer do ônibus já que minha casa fica a mais ou menos uns 10 km, é um bairro de classe media longe do centro da cidade onde se localiza a escola, e eu posso ser fã de esportes, mas não uma maratonista. Avisto o meu ponto e me apresso para sair, estava cheio e de modo algum poderia passar, digamos que eu gastei o resto do dinheiro que sobrou com bolinhos, não me julguem, tem gosto de paraíso, os únicos trocados que faltaram são da minha volta, e vale resaltar que se não fosse os meios de transporte da vida seria uma perdida nessa cidade.

Desço suspirando fundo criando coragem, por mais que a ansiedade tomasse conta de mim claro que teria sempre uma insegurança malvada para atrapalhar. Ando enfim em direção à escola, mas por um milésimo de segundo depois me vejo no chão e com alguém em cima de meu corpo. Só pode estar de brincadeira mesmo destino.

— Eu disse pra prestar atenção sua anta! Mas quando é que você me ouve? Ah, claro, nunca. — Ouço uma voz feminina, provavelmente brigando com a pessoa que estava jogada sobre mim, mas que logo se apressou para levantar.

— Desculpa! Eu só queria ser a primeira a chegar. — A outra pragueja e me viro podendo finalmente fitar as duas. — Está tudo bem? Eu te machuquei? — A loira me estende a mão oferecendo ajuda mordendo o lábio aparentemente constrangida e de prontidão seguro voltando a ficar em pé.

— Não, tudo bem, foi apenas um susto. — Sorri a fazendo suspirar aliviada e levar um peteleco na nuca da morena ao seu lado, ouvindo um resmungo da menor.

— Oxe, pra que toda essa agressividade? — Questiona fazendo um bico colocando a mão na nuca.

— Por que você mereceu! Eu te falei e você não me ouviu! Teimosa. — A morena revira os olhos cruzando os braços. Rio baixo da atitude delas fazendo elas me olharem, arregalo os olhos vendo o jeito que me encaram e olho de um lado para o outro estranhando.

— Ah... — Limpo a garganta e as olho. — Tem algo de errado? — Passo lentamente a mão no rosto procurando o problema ainda não deixando de observá-las.

— Não é isso, é que nunca a vimos na escola, de que sala você é? Alias, me chamo Park Min Ji. — Ela estende a mão sorrindo simpática e sorri de volta a cumprimentando. — Essa é minha irmã, Hee Young. — Meneia com a cabeça a menor ao seu lado que repete seu ato sorrindo também, elas tinham o mesmo sorriso, pareciam ser bem animadas e não brigam como muitos irmãos... Bem, tirando o pequeno ocorrido de agora pouco.

— Eu estou no terceiro ano, sou Lee Hyun Jae, nova por aqui. — Reverencio brevemente recebendo um olhar animado de ambas, tombo a cabeça para o lado sem entender o humor repentino.

— Que legal, agora não sou mais a mais velha! — Min ri divertida. — Eu estou no segundo e a Hee no primeiro, venha, ou vamos nos atrasar. — Ela agarra um braço meu e sua irmã segura o outro me levando em direção à escola.

Enquanto entravamos observei detalhadamente o lugar não escutando nada do que diziam, até porque não fecharam a boca um minuto, talvez seja porque não sou acostumada com pessoas falantes. É bem grande, parecia até aquelas escolas dos dramas que assistia, só espero que as pessoas não sejam como as de lá também, nunca gostei desse povinho esnobe que se acha melhor que todo mundo, ridículos.

Saio de meus pensamentos ao ver uma mão balançando rente aos meus olhos, pisco assustada olhando para a dona da mão vendo uma garota, muito bonita por sinal.

— Oi! Eu sou a Eun Ah, prazer em conhecê-la. — Me abraça apertado tirando um pouco do meu ar, mas mesmo assim retribuo da maneira que posso.

— Assim vai matar a garota Eun, pega leve, ela acabou de chegar. ­— Eis que minha salvadora aparece fazendo a maior me soltar um pouco apavorada, respiro enfim tomando ar.

— Psiu Yang Mi. — Da língua para a loira que apareceu a fazendo rir nasalado revirando os olhos e me olha novamente. — Desculpe. — Sorri tímida.

— Você é bem forte hein. — Ri para descontrair sendo seguida pelas outras. — É um prazer te conhecer também Eun Ah, me chamo Hyun Jae.

— Dá pra ver pelo seu uniforme. — Yang Mi diz e vejo Min Ji bater na testa. — O que foi menina? — A olhamos sem entender.

— Como eu não pensei nisso antes?! — Ralha indignada causando uma onda de risos da gente.

— Não diga como se fosse novidade Jinnie. — Hee passa o braço sobre seus ombros recebendo em troca um xingamento da irmã.

— Não liga pra isso Min, você é inteligente e isso que importa. — Eun reconforta a menor e concordo com a cabeça dando apoio tirando um pequeno sorriso dela.

— Eu sei que é meu charme e que vocês amam. — Nos olha convencida.

— A ilusão é uma péssima qualidade, não é Hee? — Yang Mi gargalha alto assim como Hee Young.

— Vão se catar, as duas. — Min dá língua às elas que começam a rir mais ainda.

— Pobre irmã, ainda acha que a carta de Hogwarts dela vai chegar. — Completa ignorando totalmente o que ela disse.

— Ei! ­— Praguejamos juntas e vejo que me olham, coro brevemente desviando o olhar. — Q–Qual o problema em esperar a carta? — Tomo frente e logo Min Ji se põe ao meu lado.

— É, qual é o problema? — Repete cruzando os braços encarando as duas à frente.

— E vai começar... — Eun suspira se virando para sair, mas a morena impede segurando seu braço a trazendo para perto novamente. — Olha, eu não quer ficar entre a briga de vocês, então pode ir–. — É cortada pela mão de Min tampando sua boca, revira os olhos desistente.

— O problema é que Hogwarts não existe, assim como Papai Noel e Coelhinho da Páscoa. — Yang Mi responde com as sobrancelhas arqueadas sorrindo de lado.

— Mas Coelhinho da Páscoa existe sim Mimi. — Hee murmura cabisbaixa.

— Não começa. — Responde no mesmo tom a olhando e logo volta sua atenção à gente. — Enfim, aceitem que tudo não passa de uma fantasia. — Dá de ombros.

— Eu vou bater nela hein! Segura meu brinco Jae. — Solta Eun Ah levando a mão a orelha olhando as duas revoltada, mas assim como eu, Eun para a mais nova.

— Não precisa disso, as ignore, estão apenas te provocando. — Me ponho em sua frente segurando suas mãos sorrindo, ouço logo atrás a risada de Yang Mi e Hee Young.

— Estamos apenas dizendo a verdade. — Hee volta a atiçar e antes de Min Ji respondesse escutamos alguns gritos histéricos, olho para trás assim como as outras e vejo 7 garotos vindo pelo corredor.

— Bem que estava demorando o grupo de babacas chegar. — Yang Mi resmunga enquanto eles passam e um loiro baixinho para se virando para ela, acho que ele ouviu.

— Como é? — Pergunta a encarando como se tivesse lhe matando com os olhos e ela repete silaba por silaba fazendo este avançar pra cima dela, mas acaba sendo impedido por um dos garotos que o segura pelo ombro. — Me solta, deixa eu ensinar essa vadiazinha a me respeitar. — Se desvencilha levantando a mão para a menor, e antes que atingisse seu rosto Min se põe a frente a segurando.

— Não ouse tocar um dedo nela. — Diz entredentes, mas logo Yang Mi a faz o soltar recebendo um olhar interrogativo da mesma.

— Deixe, quero vez se ele é homem como diz ser para fazer isso. — Cruza os braços o olhando, não deixando de moldar um sorriso torto no rosto.

 


Notas Finais


LEVANTA A MÃO QUEM ACHA QUE VAI DÁ MERDA ✋✋✋✋
Só pra ficarem por dentro caso não tenham entendido e são lerdos como eu quem quer dar umas bofeta na Mimi é o Suga, aquele doce amorzinho de pessoa ¬u¬
Falando em ficar por dentro, vou deixar linkizinho da face das garotas que apareceram no cap, sei que é chatinho, mas por um lado é bom, quem não quiser/gostar façam o q quiser👐

Hyun Jae
https://cdn2.vyrl.com/vyrl/images/post/_temp/71b73bd3f6cdc2fd10fcc6ea30a0aedf.jpg

Min Ji
http://weheartit.com/entry/262386687/search?context_type=search&context_user=maly_bt&query=park+hye+min

Hee Young
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/0e/f8/59/0ef8596b67f392ef24a665134100c8ab.jpg

Eun Ah
http://weheartit.com/entry/262319154/via/Jikooka99

Yang Mi
http://ohmy-girl.com/omg_official/img_windy/gallery/slide/img_mimi_01.png

Ta faltando, mas mostro a carinha delas quando aparecerem ¬u¬ hdvfs
Obg por lerem, se quiser dar opinaixion comentarios, livro e dm abertos q nem minhas pernas pros Bangtan- opa ¬u¬
DOIS BEIJO NA BUNDA, FLW <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...