História War of Hormone - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~Mini_Ninja

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, Fanfic Interativa, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Exibições 7
Palavras 1.097
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eai, como é que vocês tão? ¬¬
Fez uma semana e como sempre, vim lhes entregar um capitulo cheirosinho, espero que gostem, beijin ~* <3

Capítulo 7 - Deveria Calar a Droga da Boca


Fanfic / Fanfiction War of Hormone - Capítulo 7 - Deveria Calar a Droga da Boca

Hee Young

— O que vamos fazer? — Jungkook pergunta olhando as lojas ali completamente movimentadas.

— Primeiro temos que fazer um cartão, acho que não há necessidade de ser algo grande, deixamos nos estabelecimentos que provavelmente ajudarão, na maioria das vezes bibliotecas são mais certas nisso, mas como será algo sem um foco especial em coisas escolares, acho que restaurantes também se interessariam, ou até mesmo comerciantes. — Entro na Lan House e nos reservo um lugar. — Sabe editar?

— Não muito, mas posso tentar. — Dou espaço e ele se senta de frente ao computador mexendo em algumas coisas que não olhei bem o que era, já que havia deitando a cabeça sobre o braço estendido na mesa. — O que é para escrever?

— Hum... "É com prazer que nós, alunos do 1° ano da Escola Acadêmica de Seul, lhe convidamos a participar do nosso primeiro Festival Cultural Russo, onde traremos a seu entretenimento costumes do país. Ficaríamos gratos caso pudesse nos ajudar com o projeto que servirá de benefício ao colégio e suas ligas escolares, contamos com sua presença."? — Dito pensando e faço uma careta. — Está ruim.

— Não importa, caso eles derem sinal de que vão ajudar a gente tira a dúvida na hora e explicamos tudo. — Ele dá de ombros e começa a digitar.

— Se aparecermos com algo desleixado muito provavelmente não nos levarão a sério. — Rolo os olhos desaprovando.

— Não está desleixado, está resumido, você mesma disso que não era para ser grande, então vai isso e pronto. — Diz por fim e imprime as copias. — Acha que isso dá? — Se refere à quantidade.

Assenti e nos levantamos para ir embora depois de termos pagado, ficamos em torno de uma hora entregando os cartões até que paramos para fazer uma pausa em uma lanchonete, sinto meu celular vibrar e o pego do bolso do casaco que usava.

 

Min(ha) Vagabunda <3: Onde você tá criatura? A gente está te esperando e se não se importa quero ir embora ainda hoje e.e

Eu esqueci de avisar, já saí, nossa sala tem que organizar algumas coisas e fomos liberados :v estou em Hongdae

Min(ha) Vagabunda <3: Volta logo hein, ou te busco com um chinelo u.u

Pensei que bruxas usassem vassoura ¬¬

Min(ha) Vagabunda <3: Eu vou dar a linda na tua cara hein!

 

Ri e bloqueio o celular ao perceber que nosso lanche chegou.

— Quem era? — Pergunta.

— Minha irmã, é que estão me esperando. — Digo depois de beber um pouco do suco.

— Aqueles idiotas nem me perguntaram nada. — Resmunga contrariado e me permiti rir de sua indignação.

— Relaxa, devem pensar que foi sozinho ou coisa parecida. — Conforto dando de ombros. — Além de que Min Ji é bem protetora comigo.

— Eu e meu irmão faltamos nos matar, olha essa cicatriz. — Indicou a marca na bochecha. — Sabe o que causou? Um computador. A gente estava discutindo quem iria jogar primeiro, ele apelou para a agressão e me jogou um brinquedo, nem lembro mais qual era. — Gargalhei sendo seguida por ele.

— A gente vai no máximo aos tapas, mesmo assim ainda é rindo, pelo menos uma de nós, dependendo a outra pode estar putinha, ou sei lá.

Ficamos conversando um bom tempo, mas resolvo ir embora, pois Min poderia ficar preocupada, cada um segue seu caminho e não tardo a chegar em casa.

 

[‧‧‧]

 

Depois de um tempo andando chego finalmente em casa. Entro e vejo que Sannie e Linlin estavam brigando, reviro os olhos e pego meu gato.

— Sai! — Dou língua para ele. — MIN, SEU PULGUENTO ESTÁ MEXENDO COM O LIN DE NOVO, EU VOU SOLTAR VOCÊS DOIS NA RUA!

— PULGUENTA É VOCÊ! E EU SOU A MAIS VELHA, SE ALGUÉM VAI SAIR E VOCÊ E ESSA COISA DO MUNDO INFERIOR QUE VOCÊ CHAMA DE GATO! — Aparece na sala e pega o animalzinho no colo assim como eu.

— AI, RIDICULA! — Bufo e saio indo para o meu quarto.

Tomo banho já que estava um pouco quente, sem contar com a caminhada no meio daquelas pessoas suadas, me visto e vou direto para cozinha.

— O que tem para comer? — Pergunto abrindo a geladeira.

— Hashi, colher, garfo... — Responde sorrindo de lado.

— Inclusive eu vou pegar um daqui a pouco para enfiar na sua boca, nojenta. — Sento ao lado depois de ter lhe dado um empurrão.

— A Myung foi buscar alguma coisa, mas eu pensei que já tivesse comido. — Arqueia as sobrancelhas.

— Sim, mas vou comer de novo. — Dou de ombros. — E por que a Myung estava aqui? Com medo de ficar sozinha? Que fofa! — Ri de sua careta.

— Não sou você. — Dá língua e logo devolvi no mesmo ato. — Ela está aqui porque... — É interrompida pela campainha. — Deve ser ela.

— Eu vou, aí pego sua comida. — Ri correndo até a porta depois de escutar um xingamento seu, abro e dou de cara com três garotos. — Olá? — Digo depois de um tempo tentando entender porque estavam aqui.

— Se você tocar na minha comida eu te arrebento! — Min Ji chega atrás de mim e para ao ver quem era. — Ah, oi, entra. — Me puxa da porta e arregalo os olhos a olhando.

— Como assim “entra” querida? — Praguejo em sussurro depois de terem passado.

                — Trabalho de química querida, esqueceu que a escravidão começa no primeiro dia e termina no último? — Ri e fecha a porta.

— Por que não me falou?

— Você me falou que foi dispensada mais cedo? — Arqueia a sobrancelha com um sorriso cínico.

Cerro os olhos tentando a matar com meus poderes sobrenaturais, mas não deu muito certo, a fome me enfraquece.

— Então.... Quando a gente vai começar? — Taehyung se pronuncia em meio ao silêncio.

— Depois que a Myung chegar. — Min senta no sofá e eles fazem o mesmo, vejo ele corar. OPA, O QUE FOI ISSO!?

— Sério que eu vou ficar sozinha? — Cruzo os braços.

— Sério. — Ela ri me olhando.

— Vou matar seu pulguento enquanto isso então. — Sorri de lado indo procurar o Sannie, vejo que ele estava no corredor e quando me vê sai correndo, deve achar que eu queria brincar. — Colabora bola de pelo. — Consigo o encurralar atrás do sofá e o pego tentando não deixar cair, já que estava se debatendo.

— Solta ou eu mato o gato. — Min Ji diz e me viro a vendo segurar Lin.

— Se o Jungkook tivesse aqui ia chutar ele. — Namjoon comenta rindo fazendo os outros dois rirem também, olhamos sem entender. — Jeon uma vez chutou um gato porque ia lamber o sorvete dele que caiu no chão.

— Ele não tem coração!? — Ralho indignada.

— Então! — Tae acompanha concordando.

— Não pareceu quando ele me beijou. — Solto sem pensar, e arregalo os olhos quando me dou conta.

— Vocês o que!?


Notas Finais


Eitaaaaa! Abafa!
Caso tenha curiosidade...
Esse é o Sannie:
http://weheartit.com/entry/262277630

Esse é o Lin:
http://www.gadoo.com.br/wp-content/uploads/2014/10/1210.jpg

Foi isso anjos, até a próxima! <3 ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...