História War with love - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Huly, Jayminique, Scorose
Exibições 64
Palavras 1.205
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - Palavras são a nossa maior fonte de magia


-Bom dia. – Rose sorri ao ver Scorpius esperando-a ao lado de fora do salão comunal da Grifinória.

-Bom dia. – ele puxa-a pela cintura e sela os lábios com o dela, levando algumas meninas que estavam em volta à suspiros profundos. – Casal modelo de Hogwarts, hum?

-Bobo. – Rose sorri debochada, e logo os dois saem rumo ao salão principal. – Bom dia, gente!

-Bom dia! – Molly sorri animada.

-Por que estão tão felizes? É segunda feira. – Dominique.

-A Rose é por causa do novo namorado que a gente sabe. – Alice sorri de canto e Rose ri, sentando-se. – Que anel bafo é esse?

-Ele que me deu!

-Awn!

-Mas a Molly... aproveita que os meninos ainda não chegaram, conta pra gente. – Roxanne murmura encarando a prima. – Onde foram ontem?

-A gente só saiu por Hogwarts fazendo programas de casal, coisa normal.

-Ah, eu achei que eu ia ser tia! – Roxanne murmura brava, cruzando os braços.

-Vai que, né? – Molly.

-Espera, vocês...

-Bom dia! – Fred chega com Louis.

-Eu ia perguntar se...

-Bom dia! – Cassie passa sorrindo e Roxanne acena.

-Correio! – Rose murmura e as corujas passam derrubando cartas por toda Hogwarts. – Hum, uma dos meus pais pra mim e uma para o Hugo, interessante, como sempre.

-A resposta! – Dominique diz e todos a encaram, animados.

-Vamos, abra! – Fred.

-Não é assim que funciona, Fred. – Louis – Ela tem que abrir com o namorado.

-Não precisamos de burocracias Domi, pode abrir aqui mesmo! – Roxanne.

-Alguém viu a Lucy? – Rose.

-Está com algumas meninas do ano dela. – Molly aponta com a cabeça para a ponta da mesa, onde Lucy sentava ao lado de Martin e no meio de outro grupo.

-Eu vou abrir com o James na enfermaria. – Dominique.

-Nós vamos pra lá também. – Molly.

-Preciso ver meu irmão. – Rose murmura.

-Tá, tá, tudo bem, vocês podem ir comigo.

-A gente não perguntou se podia, mas tudo bem. – Roxanne murmura sapeca.

*

-Visita em grupo, que divertido! – Alvo diz ao ver os primos entrando na ala hospitalar.

-Vocês não tem aula não? – James.

-Bom dia pra você também. – Fred diz.

-Isso – Dominique aponta para a carta – é mais importante.

-Uh, essa eu quero ouvir! – Lily sorri.

-Eu leio! – James diz apanhando a carta da mão de Dominique e abrindo-a. – Olá! Quem aqui escreve é o vovô Arthur, porque a Fleur fugiu e o Gui foi atrás, e pediu para eu responder.

-Isso vai ser demais! – Roxanne murmura conjurando algumas tortinhas de abóbora e bolos de caldeirão.

-A notícia foi um choque. Não foi um completo choque como seria no mundo trouxa, onde namoro e casamento entre primos é algo realmente incomum...

-Já estão falando de casamento? – Fred.

-Fica quieto! – Molly

-... mas, foi um pequeno choque, principalmente para a Fleur. Nunca que no passado imaginaríamos os nossos netos namorando entre si, como Domi e James, Hugo e Lily...

-Coitados, são iludidos... – Fred

-Todos nós desejamos felicidades infinitas a vocês. O Harry e o Gui reagiram super bem.

-Credo, que estranho. – Rose.

-A Ginny reagiu um pouco mais diferente, mas foi questão de segundos para aceitar. Já a Fleur não gostou da ideia. Ficou extremamente nervosa, murmurando coisas em francês e aparatou para algum lugar, e Gui foi atrás.

-Só falta terem matado a minha mãe. – Louis.

-Mas no fim, sabemos que ela vai aceitar. Felicidade para vocês, e muito, muito juízo. Filhos só depois do casamento. Digam isso para Lily e Hugo também.

 -Olha o Hugo ficando vermelhinho! – Fred.

-Achei que seria mais difícil. – Domi suspira, decepcionada.

-Podia ser igual aquelas novelas trouxas, em que o pai da garota vem e quebra o menino em três. – Alvo.

-Vamos, estamos atrasados para a aula. – Rose diz e os primos saem.

*

-O Harry Potter chegou, a coisa vai ficar feia. – Alvo diz vendo o pai entrar na ala hospitalar.

-Melhor abaixar. – o mais velho diz, cumprimentando a todos, e deixando um beijo na testa de Lily, que dormia profundamente, depois de uma crise de enxaqueca onde teve de tomar poções do sono para parar de gritar. – Hugo.

-Oi.

-Trouxe uma coisa para você. – Harry estende um Profeta Diário para Hugo, que apanha e abre.

OS MAIS NOVOS CASAIS DO TRIO DE OURO

Lily Potter e Hugo Weasley começam namoro aos 14 anos de idade; Scorpius Malfoy pede Rosalie Weasley em namoro.

No último sábado tivemos uma surpreendente novidade nos campos de Hogwarts. Lílian Luna Potter e Hugo Granger Weasley assumiram o namoro. Parece que Harry Potter e Ronald Weasley realmente não podem mais afrouxar os laços. O casal de ruivos deu direito até a beijos durante o quadribol, e uma linda queda de Lílian impedida por Hugo, após o garoto conseguir salva-la com a vassoura.

Agora basta esperar para ver se o namoro realmente durará, e ver o que o mais novo casal modelo de Hogwarts nos reserva.

E se pensam que o posto de casal modelo de Scorpius e Rose, como já citados antes* (olhar rodapé) foi retirado com o mais novo casal, está muito enganado. Ontem mesmo, domingo, um pedido de namoro de Scorpius para Rose aconteceu nos campos de Hogwarts aconteceu. E a garota aceitou, para a surpresa de muitos, afinal, os Malfoy e os Weasley são duas famílias inimigas.

 O ano letivo em Hogwarts está nos gerando muitas surpresas. Resta aguardar as novidades.

*citada polêmica dos panfletos sobre Rose e Scorpius em Hogwarts

Rita Skeeter

-É hilário, eu sei, pode deixar de segurar essa risada. – Harry sorri de canto. – O Ron veio comigo, assim como a Hermione. Agora ele provavelmente está caçando o Scorpius por aí, e por isso tenho que ser rápido aqui, para ir atrás e impedi-lo de ir até Azkaban.

-O que veio fazer aqui? – James murmura.

-Não se mete na conversa! – Alvo sussurra.

-Eu vim conversar com o Hugo. – Harry diz e Hugo prende a respiração, nervoso, levando olhares divertidos de Alvo e James. – E não, vocês dois não vão ouvir a conversa.

-Esqueceu que estamos no mesmo ambiente? – James.

-Esqueceu que ele é o Harry Potter? – Alvo devolve no mesmo tom, ao ver o pai fazer uma espécie de feitiço onde não conseguia-se ouvir o que ele e Hugo conversavam.

-James me contou de toda confusão que deu antes de você pedir Lily em namoro. – Harry diz sentando-se na ponta da cama, o que faz Hugo recolher as pernas. – Me conta.

-Contar o quê?!

-Cruzes, é lerdo como seu pai. – Harry sorri de canto. – Conta, o que quer fazer com a Lily?

-Eu, eu...

-Sabe, Hugo... você é ruim em se expressar. – Harry sorri de canto e Hugo solta uma risada nervosa, abafada. – Muitos anos atrás Dumbledore, um bruxo muito sábio, o qual você deve saber a história de cor de tanto que Hermione fala em seu ouvido, me disse uma frase que eu levo por toda a minha vida. Palavras são a nossa maior fonte de magia. E eu vou perguntar novamente, o que quer fazer com ela?

-Acima de tudo, quero faze-la feliz, independente da situação. – Hugo diz corando ao ver o olhar de Harry sobre si.

-Era isso o que eu queria ouvir. – Harry sussurra para o garoto, desfazendo o feitiço – Agora tenho que ir, antes que Ron mate o Scorpius. – e então o Potter mais velho deixa a sala. 


Notas Finais


Oi gente ♥
e aí, gostaram?
eu amei escrever o profeta diário, sério HAHAHA surgiu até uma ideia louca aqui... =P
o próximo capítulo promete, quero só ver a conversinha do Ron com o Scorpius! hehehe

acompanhem, favoritem, COMENTEM!
beijos ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...