História Was already written. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Cristiano Ronaldo, James Rodríguez, LaLi Esposito, Marcelo Vieira, Marco Reus, Mario Götze, Mats Hummels, Pattie Mallette, Pierre-Emerick Aubameyang
Personagens Ashley Benson, Cristiano Ronaldo, James Rodríguez, Lali Esposito, Marcelo Vieira, Marco Reus, Mario Götze, Mats Hummels, Pattie Mallette, Personagens Originais, Pierre-Emerick Aubameyang
Tags Ashley Benson, Borussia Dortmund, Cristiano Ronaldo, Drama, James Rodriguez, Lali Esposito, Marco Reus, Mario Gotze, Mats Hummels, Real Madrid, Romance, Sexo
Exibições 109
Palavras 1.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hellooooo hellooooo meninas 😂
Voltei o mais rápido possível, com mais um capítulo quente e cheio de tretas.
Ei, eu tava pensando em fazer Povs da Ashley, para ela explicar a história dela e do Mario. Oque vocês acham? Só que se eu fizer eu irei deixar os caps um pouquinho maiores, mais tudo bem. Isso será muito bom para vocês. 😂

Capítulo 10 - Cristiano x Marco.


Povs Deb

Puta que pariu, eu to fodida.

Essa era a única frase que rodava em minha mente, estar no meio daqueles dois era como estar em um beco sem saída. Eu estava triste por ver Marco e Cristiano trocando farpas por causa de mim, e estava com raiva de mim também por ter causado tudo aquilo. Ambos se encaravam como se fossem se matar a qualquer momento, eles ainda só não tinham começado uma briga por que eu estava no meio.
-Debra oque esse mané faz aqui? -Marco esbravejou me encarando furioso.
-Quer saber, esquece o convite que te fiz e esquece que eu estive aqui. -Cristiano se virou para ir embora, fazendo meu coração se apertar.
-Cris espera. -Corri em sua direção.
-Debra deixe ele ir, não tá vendo que ele está nos atrapalhando? -Marco segurou meu braço me impedindo de barrar Cristiano.
-Marco, volta para o quarto e me espera lá dentro. -Apontei em direção a porta do meu quarto. -Cris eu posso explicar. -Me aproximei do mesmo.
-Você não tem que me explicar nada, não somos namorados. -Falou com desdém, me fazendo ficar culpada.
-Olha presta atenção, não é nada disso que você está pensando.
-Ah não Debra e é oque? -Marco Perguntou se aproximando de mim. -Para mim você sabia oque era.
-Marco, por favor vai pro quarto. -Ele negou.
-Para você ficar aqui inventando um monte de história para esse mané e depois ir pro quarto inventar um monte de história para mim? -Se alterou colocando as calças, só aí fui perceber que Marco estava sem suas roupas e eu totalmente descabelada com o vestido todo amaçado. 
-Desculpe o em comodo srt Jannel. -Cristiano saiu do meu apartamento e foi em direção ao elevador.
-Cristiano me deixa explicar, espera por favor. -Ele nem se quer me olhou, apenas entrou no elevador e seguiu para o térreo. Rapidamente entrei na porta que dava em direção aquelas enormes escadas. Eu parecia uma louca fazendo de tudo para chegar no térreo primeiro que Cristiano. Assim que cheguei corri em direção ao elevador e por sorte ele não havia chegado ainda. Minha respiração estava totalmente acelerada, todos que entravam ou saíam me encaravam como se eu fosse um extra terrestre. As portas se abriram revelando um Cristiano totalmente furioso.
-Espera, você vai me ouvir. -Parei em sua frente recuperando meu fôlego.
-Eu não quero ouvir, eu sei oque vocês estavam fazendo. -Respirou fundo. -Eu sou um idiota mesmo, enquanto você estava se divertindo com Marco, eu estava tentando achar certas palavras para lhe chamar para sair comigo. -Porra Cristiano você estava acabando comigo, eu errei eu sei, mais era impossível ficar com um loiro gostoso do seu lado sem fazer nada.
-Você não é um idiota, você é maravilhoso. Eu sou uma estúpida, eu não deveria estar com Marco, depois de tudo que ele me fez -Senti meus olhos se lacrimejarem, eu era uma burra, estúpida e se eu tivesse uma arma eu com certeza meteria dois tiros em minha cabeça.
-Então porque estava com ele se sabe que ele não lhe faz bem? -Cristiano se aproximou de mim colocando uma de suas mãos em meu rosto o levantando para encarar meus olhos.
-Eu não sei, eu sou uma idiota mesmo. -Deixei que minhas lágrimas caíssem.
-Você não é uma idiota, você é maravilhosa.-Ele me encarou sorrindo, não pude segurar um sorriso pois ele havia usado a mesma frase que eu. -Eu entendo que trabalhe no mesmo local que ele, mas tente evitá-lo.
-Cristiano não é fácil, se meu chefe pedir que eu fique do lado dele terei que ficar. Marco é meu amigo de infância e eu não conseguirei parar de falar com ele.
-Debra, você sabe oque é melhor para você. -Se afastou de mim. -Se precisar da minha ajuda, eu estarei aqui. -Deu um beijo no canto dos meus lábios, fazendo todos os meus pelos se arrepiarem, fechei meus olhos tentando capturar aquele momento de seus lábios perto dos meus.
-Você me ajudaria? -Perguntei ainda groge por conta de seu beijo.
-Se você quiser minha ajuda...estarei aqui. -Ele se separou de mim aos poucos.-Preciso ir, caso queira minha ajuda, sabe onde me encontrar. -Piscou me antes de sair e me deixar ali com cara de tacho.
Subi para meu apartamento o encontrando com a porta aberta, vendo um Marco totalmente furioso. Ótimo eu ainda tinha Marco no meu cangote.
-Marco....Eu...-Ele se levantou sem dizer uma palavra se quer. Passou por mim e saiu do apartamento, segui o mesmo. -Espera, vamos conversar.
-Não temos nada para conversar Debra. -Rugiu entre dentes.
-Não Marco, temos sim e você vai me ouvir. -Segurei seu braço antes dele entrar no elevador.
-Vai dizer oque, que iria transar comigo hoje e amanhã você sairia com Cristiano, transaria com ele também? -Abaixei minha cabeça, ele estava certo em um dia era ele e no outro era Cristiano, eu estava parecendo uma puta.
-Marco...eu não transaria com ele. -Eu estava mentindo, sabia que na primeira oportunidade que tivesse eu me entregaria para aquela moreno.
-Tem certeza Debra? Porque não é oque está parecendo!
-Tenho Marco. Cristiano e apenas um amigo. -Olhei em seus olhos verdes, me aproximei dele tocando seu rosto. -Me desculpa.
-Não Debra, eu não te desculpo. -Se afastou um pouco de mim. -Achei que você tinha percebido que estava rolando algo a mais entre nós.
-Eu percebi sim, eu só...
-Não Debra, você não percebeu. Porque se tivesse percebido não pensaria em sair com aquele idiota do seu amigo.
-Olha Marco, eu não sou sua namorada ok? Posso sair com quem eu quiser. -Falei já irritada com toda aquela situação.
- Só não é porque você não percebeu.
-Perceber oque Reus? -Rugi entre dentes.
-Eu estou me aproximando de você aos poucos, pois não quero só sua amizade. Eu quero te namorar Jannel. -Fiquei perplexa com oque acabará de ouvir.
-Você....Q-quer me namorar?
-Eu quero.
-Você não me pediu em namoro.
-Talvez eu não peça mais. -O encarei incrédula, como assim ele não me pediria mais? Ele disse que queria namorar comigo. -Quando você se decidir com qual de nós dois ficará me procura. -Apertou o botão do elevador, rapidamente o elevador abriu as portas e antes dele entrar ele me encarou. -Só não demora muito para perceber, pois quando você se decidir pode ser tarde de mais. -Entrou no elevador e as portas se fecharam. Ótimo eu havia acabado de perder dois amigos por culpa de minhas mentiras. Eu estava me odiando aquele momento, eu queria morrer. Entrei em meu apartamento fechando a porta e escorregando por ela. Eu tinha feito merda, e eu sabia que estava brincando com dois corações e no fim das contas, quem seria o brinquedo seria o meu.


Notas Finais


Eita Lelê, coitada da Deb.
Eai com quem será que ela ficará??
Espero que gostem, boa leitura baby Girls.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...