História Waves of love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lu Han, Sehun, Xiumin
Tags Amor, Chanbaek, Escolar, Hunhan, Kaisoo, Reprovação, Xiuchen
Visualizações 22
Palavras 1.249
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Poesias, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Um primeiro beijo de um jeito bem realista.



8 horas da manhã: despertar os músculos.

9h30: ioga.

10h30: hidroginástica na praia.

18 horas: drinque recreativo na piscina.

- O que você está escrevendo? - pergunto à minha mãe, enquanto termino de tirar a mesa. Hoje é meu turno de lavar as panelas.

- Estou fazendo a programação das atividades do acampamento.

Minha mãe roubou minha ideia: amanhã ela começa seu plano Second Life.

Pego a bacia com os pratos e panelas e vou em direção às pias.

Segundo ChanYeol, tem algo muito relaxante na lavagem de louça. Ele diz que tudo depende de como você vê as coisas. Se as lava porque pensa que amanhã servirão novamente, acaba fazendo as pressas, até bem, mas às pressas. Mas se pensa que está fazendo uma atividade completamente inútil, começa a encarar de outra maneira: se tem forças para fazer coisas totalmente inúteis, você relaxa.

Decido colocar em prática essa filosofia e começo a esfregar as panelas.

~~~

São 9 horas. Minha mãe ainda está concentrada escrevendo o seu plano de férias; meu pai está de pé e tenta abrir o saco com a minha barraca, utilizando um pé e uma muleta (pois bem, ele quebrou o pé, é nítido. Não faça perguntas bestas.).

Vou em direção à Sala de Desperdício de Tempo. Entro no Messenger. Mas nem JongIn nem KyungSoo estão online. Ia encerrar a conexão quando vejo a foto do meu colega de sala de matemática e o garoto que eu julgava como Naja (_julgava_). LuHan, só LuHan. Sem nem sobrenome. Eu não sou chegado a ele, mas é o único a disposição.

Me: Olá LuHan! Como estão as férias?

Clichê, porém não temos o que conversar.

LuHan: Olá BaekHyun! Estão bem. O namoro com o SeHun melhorou, ele só queria sexo. Mas você está namorando aquele garoto da orelha grande?

Me: BERRO. Ainda não, mas a esperança é sempre a última que morre (carinha piscando).

LuHan: Ele parece ser legal. Vocês formam um lindo casal juntos.

Me: Nem tanto. Meu objetivo não é casar e ter quatro filhos com ele.

LuHan: Calma! É só um namoro. Não é como se você fosse criar um útero e dar netinhos pra sua mãe.

Me: HAHA. Isso seria meu enterro.

Quando menos percebi, já havia se passado algum tempo desde que a gente tinha conversado. Algo que foi reprovado por mim mentalmente, já que tinha se passado 2 horas, mais do que o previsto de 1 hora.

Eu e meus pais iríamos para uma outra praia mais deserta, e eu fico pensando se já não exploramos a ilha toda. Mas o ponto é, ChanYeol iria para essa praia e poderíamos passar a tarde juntos, sem eu precisar ter que jogar damas com os meus pais, não que não seja legal, mas cansa fazer isso por exaustivos 2 meses.

No caminho para a praia, meus pais começaram a discutir sobre os planos da minha mãe, meu pai por sua vez, não estava gostando da idéia que minha mãe havia pegado, o Second Life, não que não gostasse da idéia, na verdade, super apoiaria se fosse ele quem estivesse colocando o plano em prática. Ele sempre gostou de comandar caminhadas ou férias em acampamentos por exemplo.

Na praia ocorreu tudo tranquilo, o sol estava ao favor, a água, o local, tudo. Então tomei a inciativa de ir explorar a praia nem tão grande assim. Eu e ChanYeol marcamos de nos encontrar na rocha mais longe do local que eu e meus pais estávamos acomodados.

- Cheguei finalmente. - ofego.

- Ah! Nem era tão longe assim Baek, você que é um sedento. Trouxe cadeiras e guarda sol. - me sentei tão rapidamente que por um momento pensei que a cadeira fosse rasgar.

- O dia está ao nosso favor Baek.

- Por que tanta certeza disso?

- Hoje irá ser especial. - estranho. Muito estranho.

- Hm, aham! Muito especial! Só pra você que não teve que lavar a panela e encostar na comida molhada.

- Não é disso que eu tô falando! Eu vou finalmente falar com seus pais e pedir autorização pra você passar a noite aqui na praia.

- Tá maluco??? ChanYeol é claro que não vai dar certo! Meus pais são bravos e nunca aceita- - senti ele colocar a sua mão na minha boca como se pedisse para parar de falar.

- Vai dar certo Baek!! Para de ser tão negativo assim, tá tudo ao nosso favor hoje. Agora vamos dar um mergulho.

Ele me puxou para o mar, com a água na altura de nossas cinturas e começamos uma guerra de água, digna de pessoas maduras e adultas.

- Se a água salgada entrar no meu olho você tá fudido! - Eu disse rindo enquanto jogava água nele, mas logo depois o perdi de vista, o que me fez ficar desesperado e preocupado por um momento.

Apenas por um momento.

Porque logo após, vi na água azul e claro, ChanYeol nadando do lado dos meus pés, ele se aproximava como se fosse um tubarão prestes a atacar. E isso por algum motivo me fez ficar desesperado e gritar.

- PARA CHANYEOL! SAI!!

Obviamente gritar para uma pessoa de baixo d'água não ajudaria em nada, então eu apenas senti ele me pegar pelas pernas e meu corpo ser jogado contra a água. Quando consegui me levantar e calcular o que tinha acontecido, ChanYeol já estava na areia esperando por mim e rindo. Eu como só sou feito de trouxa uma vez, sai correndo atrás dele assim que eu pisei na areia e assim começamos a brincar de pega-pega.

~~~

O sol já estava se pondo e era a maldita hora de conversar com os meus pais pedindo a autorização. ChanYeol parecia animado com isso, mas eu queria esganar ele por ter tido essa idéia, e ao mesmo tempo a dar beijinhos carinhosos por conta disso.

- Olá senhora Byun, olá senhor Byun. - ele fez uma reverência exagerada, o que já fez os olhos da minha mãe brilharem de alegria. - Me chamo Park ChanYeol, e sou amigo de BaekHyun a um tempo, queria pedir a permissão de vocês para ele acampar comigo.

- É uma boa idéia. Tanto que vamos fazer isso também, sera nessa praia? - ChanYeol concordou - Ótimo! Querida, vamos acampar aqui hoje. - ChanYeol pareceu não gostar da idéia, mas logo sorriu. Não entendi.

~~~

Eram meia noite e meus pais já tinham ido dormir a altura do campeonato, então eu e ChanYeol ficamos sentados na areia na beira do mar.

- O céu está lindo hoje - ele quebrou o silêncio e eu o olhei.

- Sim. - o silêncio continuou, mas senti ele vir se aproximando lentamente de meu rosto já sentindo sua respiração pesada. O que fez meu estômago revirar e sentir as tão clichês e idiotas borboletas no estômago. Na medida que ele foi se aproximando, vi nossos rostos completamente perto um do outro, e quando fui virar a cabeça para beija-lo, ele se virou para o mesmo lado que o meu e acabamos batendo as testas.

- Ai..! - acaricia a testa - Você vai pela esquerda que eu vou pra direita. - pedi, e começamos a nos beijar, sua mão estava em minha bochecha e na hora do mexer das línguas que me caiu a ficha. Eu nunca beijei. Quando as línguas começaram a se mexer, eu fiquei completamente assustado.

Um beijo é pra ter tanta saliva assim?

Os dentes se tocando é normal?

Quando nos separamos eu havia percebido a total merda que eu tinha feito. Dentes não se encostam, beijos não foram feitos para babar na boca das pessoas!

- Você não tem experiência não é? Poderíamos repetir a dose até não ter mais dúvidas.

E foi assim que começou a noite mais longa da minha vida.


Notas Finais


Eu sei que é cedo demais pra eles terem qualquer tipo de interação a mais do que só amigos, mas eu não pretendo enrolar muito a fanfic.
Esse vai ser o penúltimo capítulo, porém, (SPOILER ALERT) já estou começando a produzir a 2° temporada rs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...