História We and the destiny - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lana Parrilla
Tags Seana
Exibições 88
Palavras 1.326
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Podem me matar pela demora por postar
Desculpem mesmo e não desistam de mim

Capítulo 10 - Amigos com beneficios???


Acordei com o despertador tocando e ouvi Sean murmurar alguma coisa e me apertar mais em seus braços 
-Bom dia - me virei de frente pra ele tocando seu nariz com o indicador e ele abriu os olhos sorrindo 
-Tem mesmo que ir? - ele falou manhoso roçando nossos lábios 
-Tenho senhor manhoso - dei um selinho nele e me levantei caminhando até o banheiro para fazer minha higiene matinal 


Após tomar banho,escovar os dentes e arrumar o cabelo,vesti o meu roupão e caminhei até o closet para escolher uma roupa 
Acabei por colocar uma calça jeans azul e uma simples regata branca,nós pés uma sapatilha preta 
Caminhei até a cama e Sean já estava quase dormindo novamente me aproximei e dei um cheirinho em seu pescoço 
-Não quer ir comigo? - sussurrei em seu ouvido e ele abriu os olhos 
-Estarei lá no final das gravações,ok? - ele me puxou para um beijo e eu sorri 
-Ok 


Cheguei na sala e Bex estava sentada no sofá comendo uma maçã e mexendo em seu celular 
-Bom dia - me aproximei sorrindo e ela me olhou desconfiada 
-Você sempre está de mal humor de manhã,o que o Sean fez dessa vez? - ela riu e eu revirei os olhos 
-Vamos logo - falei fugindo do assunto e caminhei até a cozinha para pegar uma maçã também e as chaves do carro 
-Esse sorriso de apaixonada não me engana 
-Faz tempo que eu não sei o que é estar apaixonada - pisquei e ela soltou uma risadinha irônica 


No caminho fomos praticamente em silêncio,Bex sabia que quando eu ficava em silêncio era porque queria pensar então ela respeitava 

Ao chegar no estúdio Bex foi para o seu camarim e eu para o meu 

Quando abri a porta me deparei com um buquê em cima do sofá,abri um sorriso enorme já imaginando de quem era
Peguei o buquê em mãos e aproximei o rosto para cheirar as flores,Aaah...ele sempre soube escolher as minhas preferidas
Caminhei até a mesa e coloquei em cima dela para poder ler o cartão
       "Minha querida melhor amiga,gostaria de convida-lá para jantar comigo essa noite,espero que você aceite o convite 
                          Sean" 

Escutei o celular tocar e quando vi o nome dele no visor meu sorriso se abriu mais ainda 
-Não aguenta ficar sem mim um minuto não é mesmo? 
-Na verdade estamos longe um do outro há exatamente...uma hora o tempo certinho de você chegar no estúdio,pegar o buquê e ler o cartão 
-Hmmm..então você planejou tudo? 
-Tudo comigo é planejado,baby - ele falou com uma voz sexy e eu ri 
-Só tem um probleminha - tentei fazer suspense 
-E qual é esse probleminha? 
-Eu ainda não sei se quero aceitar o seu convite querido melhor amigo 
-Sem problemas,eu convido outra pessoa 
-Sem graça - falei emburrada e ele riu 
-Então eu passo pra te pegar depois das gravações ok?Me surpreenda 
-Eu te surpreendo um pouco a cada dia,querido 


------

Durante as gravações todos notaram que eu estava radiante,estava muito animada para o jantar,Bex me olhava desconfiada toda vez que me pegava olhando pro nada e sorrindo como uma adolescente apaixonada 
Quando Adam nos liberou e eu fui para o meu camarim Bex resolveu me seguir e fazer um monte de perguntas como sempre 
-Por que você está assim? 
-Assim como? - tentei disfarçar e ela revirou os olhos 
-Toda feliz 
-Porque o Sean me convidou pra jantar 
-Ai meu Deus - ela gritou tão alto que eu até assustei -Como?Onde?Por que?Que horas?Você já tem roupa pra ir? 
-Ok...calma,ele me mandou um buquê de flores com um cartão pedindo pra jantar com ele daqui a... - olhei no relógio e me assustei -A exatamente daqui uma hora e eu não estou pronta 
-Ok...agora vai tirar essa roupa e maquiagem de Evil Queen enquanto eu separo um vestido pra você 


-------

Tirei a roupa e coloquei um robe,sentei na cadeira em frente ao espelho e comecei a tirar a maquiagem 
-Esse aqui é maravilhoso não é? - ela falou e eu franzi a testa 
-Mas esse vestido não é meu 
-Eu sei,é da Emilie 
-Você contou pra Emilie do meu encontro com o Sean? Bex não é pra contar pra todo mundo 
-Ok...ok,desculpa,agora coloca esse vestido logo 

O vestido era azul marinho,ia até um palmo acima dos joelhos,totalmente rendado e colado ao corpo com mangas longas também de renda,para o sapato escolhi um na cor preta,e para dar um toque a mais coloquei um colar que Sean me deu pouco antes de ir embora,com pingente maravilhoso de maçã e um de flecha,e por fim Bex fez uma maquiagem simples porém sem deixar o batom vermelho de lado 

Quando já estava pronta escutei alguém bater na porta,olhei pelo olho mágico e lá estava ele,respirei fundo e abri deixando-o de queixo caído -literalmente- 

-Érr... - ele tentou falar algo mas as palavras não saiam,o que me fez rir
-Bom,eu já vou indo - Bex quebrou o silêncio - Aproveitem a noite pombinhos - ela piscou pra mim e encarou Sean para que ele desse passagem para ela sair,ele o fez e voltou a me encarar 
-Vamos? 
-Vamos - sorri quando ele segurou minha mão entrelaçando nossos dedos 


-----

Chegamos no restaurante,sentamos e pedimos a comida sem trocar muitas palavras 
-Foi cansativo hoje? - Sean perguntou e eu concordei com a cabeça pois estava com a boca cheia -Hm... - ele murmurou 
-O que aconteceu?Você está...estranho 
-Queria que você tivesse ficado feliz com o jantar 
-E quem disse que eu não fiquei? 
-Não sei eu só... 
-Vou deixar meu orgulho de lado só pra te dizer que eu pensei nesse jantar à tarde inteira e eu estou muito feliz de estar aqui agora - falei e ele sorriu realizado 

Terminamos de comer e percebemos que alguns casais dançavam no centro do restaurante,rapidamente Sean se levantou e estendeu a mão pra mim 
-Me daria essa honra? - ele falou e eu sorri 
-Com certeza 

Caminhamos até lá e ele colocou as mãos em minha cintura e eu os braços ao redor de seu pescoço e começamos a mover o corpo em um balanço gostoso 
-Por que teve a ideia de me trazer pra jantar? - perguntei de olhos fechados com a cabeça encostada em seu peito,sem parar a dança 
-Porque como seu melhor amigo sei que o que você mais gosta nesse mundo é comer - ele falou e nós rimos 
-Nunca imaginei que teria você aqui novamente,meu melhor amigo - dessa vez abri os olhos e olhei nos olhos dele para falar 
-Foi muito difícil ficar sem você - ele acariciou meu rosto e eu encostei nossas testas 
-O que será que teria acontecido se você não fosse? - sussurrei 
-Iríamos viver na mentira,até agora 
-Mas pouparíamos sofrimento das duas partes
-Sabe como é para um homem estar apaixonado e saber que a mulher que ele ama é de outro e ele não poderá toca-la,beija-la e acaricia-lá na frente dos outros? - ele perguntou,um pouco irritado e eu abaixei a cabeça 
-Quando você foi embora eu me senti um lixo,tinha certeza que eu não passava de um brinquedo pra você 
-E no fundo você acha isso até hoje não é? 
-Sean agora eu entendo que nós na verdade nunca poderemos assumir nada para os outros,somos apenas os melhores amigos com benefícios 
-E por que acha que eu não te assumiria como minha mulher? 
-Não sei eu só... - ele me calou com um beijo e eu senti os olhares de todos sobre nós 
-Mesmo que você ache que não,desde que eu te conheci naquela sala de reuniões,desde que eu troquei algumas palavras com você,desde quando viramos amigos...melhores amigos ou o que seja,eu quero um futuro com você,eu quero namorar com você,casar com você,ter filhos com você,envelhecer com você,e todos esses anos,todos os acontecimentos...nada me fez mudar de ideia,sabe por que? 
-Por que? - sussurrei,esperando ansiosa pela resposta 
-Porque eu amo você,Lana - senti meu coração acelerar ao ouvir aquilo

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado Pq o cap foi meio no "improviso" nada planejado,a inspiração foi surgindo e eu fui escrevendo hahaha
Comentem e até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...