História We are Bulletproof - Interativa - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Interativa, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Suga
Exibições 112
Palavras 1.291
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Queria parabenizar a @tommoudistraida pela Minie
Estão faltando algumas informações das meninas, mas irei atualizar elas e colocar mais detalhadamente assim que eu escolher as outras duas ^^
Então boa sorte para vocês, e quero avisar que todas estão ótimas, está sendo difícil de escolher T-T
Boa leitura :3

Capítulo 3 - O primeiro dia começando triunfal


Fanfic / Fanfiction We are Bulletproof - Interativa - Capítulo 3 - O primeiro dia começando triunfal

 

Tayná estava dormindo tranquilamente enquanto Minie a empurrava, gritava, batia desesperadamente para que a garota acordasse pois já estavam atrasadas para o primeiro dia de aula

 

_Taaay - disse ela chacoalhando a amiga enquanto a outra resmungava - acorda, vamos chegar atrasadas, aaaanda!

_Só mais 5 minutos mãe - resmungou a garota puxando as cobertas

_Nem mais um segundo - disse Minie puxando suas cobertas, pegando o travesseiro dela e batendo na cara de Tayná - E eu não sou sua mãe, agora levanta!

_Urgh!! - resmungou ela tirando o travesseiro da mão de Minie,se levantando revirando os olhos e sem espreguiçando indo para o banheiro preguiçosamente - to acordada agora, satisfeita?

_Muito, agora vai rápido para o banheiro, não demora que temos que chegar lá em menos de meia hora - disse Minie  a empurrando mais rapido para o banheiro - para de ser preguiçosa e anda logo!

 

Tayná entrou no banheiro resmungando vários chingamentos e dizendo o quanto odeia a escola. Minie já estava vendo que seria um dia daqueles. Ela não sabia se ria ou se ficava brava, desde quando elas se conhecem, chegavam atrasadas no primeiro dia, era como se fosse um rito de passagem.

Minie desceu para tomar café com os tios de Tayná, que ela também considerava como se fosse os seus. Eles já tinham acabado de comer quando Tayná desceu correndo com a mochila nas costas e puxando algumas malas. Maria já tinha separado um lanche para Tayná ir comendo no caminho. As duas se despediram de Maria e foram para o carro.

 

Tay on

Meu humor não estava um dos melhores , e ainda por cima estavamos atrasadas. Fui comendo no caminho enquanto conversava com minie. Ela estava ansiosa para chegar na escola e eu realmente não entendia o porque.

_YA! Tay, você ta me ouvindo por acaso? - disse ela me assustando e quase derrubando meu café nela

_Quer me matar criatura divina? - disse com a mão no coração

_Eu esta falando que já chegamos no colégio e temos apenas 2 minutos para pegar nossas coisas, descobrir que sala estamos e encontrar a bendita sala - disse ela olhando para o relógio

_OQUE? SE TÁ BRINCANDO NE? - gritei desesperada e puxando ela pela mão - Appa! Por favopr, leva nossas coisas para nosso quarto que é o mesmo do ano passado e deixa lá.. Te amo 

 

Dei um beijo no rosto dele e sai puxando minie pelos corredores, ele ficou lá parado rindo da nossa situação. Fomos na velocidade da luz para a secretaria pegar nossos horários e turma. O pátio estava vazio, isso significava que o primeiro sinal já havia batido e nós tinhamos menos de um minuto para o segundo.

Chegamos na secretaria de a Sra. Han estava nos esperando com nossos papéis na mão

 

_Vocês estão - disse ela sendo cortada por nós duas

_Atrasadas de novo - dissemos em coro e começamos a rir

 

Ótimo, primeira aula ia ser de Geografia para começar o dia bem (Sentiram a ironia? ). Se estivessemos em uma corrida nas olimpiadas teriamos deixado Usain Bolt comendo poeira.

Ouvimos o inspetor do colégio gritando com a gente sobre estarmos correndo, que era proibido e que iriamos levar uma advertência.

Ai sim que nós corremos mais rapido que o flash.

Chegamos nos jogando na porta e o sinal bateu. O professor estava nos olhando com uma cara de " Não to acreditando, esse ano de novo não!"

 

_Vocês estão - disse ele fazendo a mesma coisa que a Sra.Han

_Atrasadas - dissemos juntas novamente, fazenndo metade da sala que já nos conhecia saltarem várias risadas abafadas

_Que bom que sabem, agora vão se sentar que já estão atrapalhando minha aula! - disse ele nervoso

 

Virei para ir pro meu lugar de sempre e foi ai que dei de cara com um ser de cabelos platinados olhando pra gente com curiosidade. Até que ele era bonitinho. Senti alguém me puxar e era Minie me levando pra nossa mesa (que era em dublas). Passamos perto de nossas outras duas amigas (que todos nos chamam de quarteto do terror ). O porque? Logo voces entenderão.

Nos sentamos e não demorou muito para eu pegar num sono, porque sério, eu admiro quem consegue ficar acordado na aula do Sr.Kim

 

Tay off

 

Hwa Min on

Estavamos muito atrasadas, nunca tinha corrido tanto na minha vida como eu corri hoje. Não sei como aquela peste da Tay consegue correr e dar gargalhadas, para melhorar nossa situação o inspetor nos pegou correndo pelos corredores. Como eu queria matar a Tay! Chegamos na sala e a cara que o professor fez quando nos viu foi hilária, me segurei até o ultimo para não rir, consegui disfarçar bem, já a Tay estava azul de tanto segurar a risada o que nos rendeu uma olhada mortal do nosso professor e uma bronca.

O pior é que ela fica parada na porta encarando um novo garoto que estava na sala de cabelos platinados, ele parecia um fantasma. Havia um garoto bonitinho a seu lado, com um sorriso quadrado fofo mas isso não era importante, o importante era sentar senão nosso professor ia jogar acido na gente.

Puxei Tay pelo braço escutando ela resmungar que assim eu iria arrancá-lo do corpo dela e fomos ate nossa carteira, percebi que haviam 7 garotos novos na sala e santo GD, um mais lindo que o outro.

Sentamos na nossa mesa (que era em dupla) . 

 

_Nossa entrada foi triunfal como sempre - disse ela rindo pegando o matérias e colocando o livro na frente de seu rosto

_ Quer dizer, triunfal não chega nem perto, foi magnífica e esplêndida 

 

Nós duas rimos e quando eu percebi ela já estava abaixada e dormindo. Queria ter esse poder de encostar em qualquer lugar e dormir igual ela. O professor estava passando matéria ate que ele percebeu que ela estava dormindo. Ele se virou para pegar algum livro ou régua para bater na mesa, quando ele fez isso dei uma cotovelada nela, ela levantou rápido e fingiu que estava lendo algo no livro. Quando o professor virou para nós e viu que ela estava acordada , ele fez uma cara nada boa e voltou a explicar a matéria. As outras duas aulas antes do intervalo foram de física, ai sim ela ficou acordada, mais pra me ajudar do que por vontade, ela sabe que eu tenho um pouco de dificuldade nessa matéria então ela sempre me explica nos mínimos detalhes essa matéria.

Mal percebemos quando o sinal bateu. As meninas avisaram que estariam nos esperando na cantina e sairam.Já estava arrumando minhas coisas quando percebo que Tay esta imóvel. E sim quando olhei ela estava olhando para o garoto fantasma sair da sala

Acho que alguém chamou a atenção da senhorita coração peludo -Dei um sorrisinho e disse perto dela. Ela deu um gritinho e caiu da cadeira. Os que ainda estavam na sala viram o tombo dela, o garoto fantasma e os novatos principalmente. Comecei a rir tanto que não aguentava de tanto que minha barriga doía, ela levantou do chão limpando sua roupa e me chingando horrores, e pude ver uma das raras vezes em que ela ficou vermelha com vergonha. Ai sim eu comecei a rir mais ainda. Ela fez uma careta de que não estava gostando disso,as não demorou muito para que ela começasse a rir junto comigo.

Arrumamos nossas coisas e fomos para a cantina. Avistamos nossas amigas e fomos nos sentar com elas. O dia estava muito bom, e não estava sendo irônica, ate que foi divertido tudo isso que aconteceu, mas quando as coisas estão boas demais, sempre tem algo errado, e para nosso desprazer, essa coisa estava vindo na nossa direção....
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3
Bejios de açúcar para vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...