História We are Bulletproof - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, GD & TOP, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, G-Dragon, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, T.O.P, Tao, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Bts, Chanbaek, Exo, Got7, Gtop, Huhan, Kaisoo, Markson, Namjin, Sope, Sulay, Taekook, Taoris, Vkook, Vkookmin, Vmin, Xiuchen, Yoonseok, Yugbam
Visualizações 129
Palavras 2.360
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


desculpa a demora, acho que o capitulo ficou mair que o esperado, estou em semana de provas então vai demorar um pouco para sair a atualização mas quado sair eu prometo que haverá algumas surpresas.


Beijos da Unnie, Boa Leitura <3

Capítulo 13 - Unpleasant news!


Fanfic / Fanfiction We are Bulletproof - Capítulo 13 - Unpleasant news!

após o ocorrido TaeHyung foi para sua casa, tomou seu banho e ficou a tarde e a noite toda em seu quarto. Na manhã seguinte sua mãe foi lhe chamar para ir a escola, mas o mesmo se recusava a sair da cama.

- Kim TaeHyung, você vai para a escola ou não?* disse a senhora Kim puxando o cobertor da cabeça de seu filho*

- Eu não vou!* Pronunciou TaeHyung puxando novamente o cobertor *

- Você quer apanhar e ir? Ou vai por conta propria?

- Me bata o quanto quiser, mas eu não irei aquele inferno* TaeHyung resmungou*

- Você realmente* a mulher puxou mais uma vez o cobertor do rapaz*

- EU NÃO VOU! NÃO POSSO IR! OKAY?* Exclamou TaeHyung* Eu prefiro partir um pouco de gelo do rio Han e nadar lá, eu nunca mais volto naquela escola! NUNCA MAIS! A senhora quer que eu morra? Eu nunca mais voltarei!

-  TaeHyung...* o pai do rapaz entra no quarto* Um homem qualquer mandou isso pra você.* TaeHyung ia pegar a carta que estava nas mãos de seu pai mas sua mãe foi mais rapida*

- O que é isso?* sua mãe abre o envelope e le a carta que estava ali* Olá, gostaria de convida-los para comemorar meu aniversario de 29 anos. Por favor, compareçam. Choi Seung-hyun(T.O.P.)* a mãe do garoto ficou feliz e o pai não ficou atras* Fe..festa? Isso quer dizer que o nosso Tae vai fazer sua estreia na sociedade?
O pai e a mãe de TaeHyung começaram a fazer uma dança estranha no quarto, quase uma valsa sem jeito.

- Me de esse cartão vamos...

- Não é hora de dançarmos querido. terno, querido, precisamos de um terno.

a mãe e o pai de TaeHyung não perguntaram se ele queria ir ou não ele apenas iria, os dois viravam o quarda roupa afim de achar algo para TaeHyung usar, vocês devem estar se perguntando " por que ele não usa o que ele usou na festa passada?" então eu irei responde, ele se recusa a usar aquela poupa pois ele se lembraria do " beijo" que deu em jimin. Seus pais estavam tristonhos pois não tinha nada decente para seu filho usar.

- Desculpa Tae. Nem sequer posso dar o meu filho um terno bonito* pronunciou o pai cabisbaixo* 

Enquanto os tres estavam discutindo em como ele iria a essa festa uma mulher apareceu em sua porta querendo falar com TaeHyung.

- Olá. Um presente do senhor Choi Seung-hyun.* TaeHyung abriu a caixa e viu um lindo terno*

agora não tinha mais escapatória TaeHyung teria que ir a essa festa. Já era de Noite TaeHyung se arrumou e foi para essa tal festa, chegando lá ele procurava com os olhos alguem que ele conhecia. Em uma mesa Suga estava rodeado de algumas gaotas que estavam o importunando.

- Por que não me ligou da ultima vez? * perguntou uma delas visivelmente magoada* Disse que ia me ligar mas nunca fez isso.

- Espera um pouco, você de disse a mesma coisa!* outra garota disse* Com quem você veio hoje?   

- Ele veio comigo* J-hope apareceu atras dele passando o braço pelo ombro do mais velho*

as garotas sabiam da sexualidade de Suga mas mesmo assim ficavam o perturbando, as meninas começaram a discutir com J-Hope ate que Suga avistou TaeHyung então o mesmo pegou a mão de J-Hope entrelaçando os dedos e o puxando para fora dali indo em direção a TaeHyung.

- Acho que você está um pouco atrasado, não?* pronuncia Suga ao se aproximar do mais novo*

TaeHyung notando sua presença deu um leve sorriso então o mais velho levou o avermelhado ate a mesa onde todos estava ate ele, sim Park Jimin. chegando lá TaeHyung cumprimentou a todos menos Jimin.      

- O que te trás aqui?* perguntou o mesmo sem paciência*

- O T.O.P. me convidou, por quê? * perguntou com um tom de arrogancia*

- esvaziou a loja de departamento?  * perguntou Jimin referente a sua roupa*

- Pensei o mesmo da ultima vez, mas o TaeHyung não fica tão lindo quando se arruma?* pronunciou J-Hope, e com isso Suga solta sua mão com uma certa brutalidade*

- É verdade. É  o mais fofinho aqui* disse Jin*

- Fofinho!? consegue transformar uma abobora em melancia só por desenhar algumas linhas nela?* perguntou Jimin*

TaeHyung estava com muita vontade de responder Jimin a altura mas T.O.P. chegou na festa acompanhado de JungKook, todos começaram a contar aquela musiquinha que todos nos conhecemos. Após a canção JungKook se retirou do salão de festas sem ao menos falar com seus amigos ou qualquer um que estava ali e TaeHyung notou isso.

- Obrigado a todos pela presença na celebração do meu 29º aniversario. Queria agradecer minha familia e amigos pelo amor e carinho. Tambem tenho um anuncio para todos vocês. O motivo pelo qual quis esta grande festa, que não é nada comum meu. 

- Cade aquele idiota do JungKook? Eles vão anunciar o noivado, certo? * perguntou Namjoon*

- Vou ir para Londres na proxima semana. E não irei voltar para a Coreia.Eu já fiz as malas e organizei tudo, tambem já cancelei todas as minhas atividades como modelo.

- do que ele está fazendo?* perguntou J-Hope*

- Eu não desejo depender do fruto do trabalho dos meus pais. Em vez disso, gostaria de começar de novo, confiando apenas nas minhas habilidades, eu não irei parar de cantar quero continuar fazendo isso, e quem sabe mais para frente formar um grupo quero aproveitar o maximo possivel. minha decisão provavelmente irá causar alvoroço, uma vez que pode ser dificil para aqueles quem têm ponto de vista diferentes entenderem. A todos... por favor, fiquem felizes por mim.* T.O.P. terminou seu discurso e se retirou assim como JungKook anteriormente*

- T.O.P... ele esta sempre cheio de surpresas* disse Suga*

- JungKook... ele sempre soube disso?* J-Hope questionou*

- Agora sabemos o motivo dele andar tão depressivo* disse Jimin em deboche*

- É impressionante, mas o que o Kookie vai fazer?

TaeHyung se retirou do meio deles que estavam tão distraido com o anuncio, então o mesmo foi em direção a porta. Em outra parte do estabelecimento onde acontecia a festa estava JungKook a brincar com uma marionete, T.O.P se aproximou do mais novo e se sentou ao seu lado.

-  Kookie, não fica assim... por favor fique feliz por mim* disse o mais velho*

- O que eu sou para você ?* perguntou JungKook visivelmente zangado*

- O nosso Kookie deve estar mesmo zangado* disse o mais velho colocando uma de suas mãos no ombro do mais novo*
JungKook se levanta bruscamente e joga a marionete em uma lata de lixo que havia ali.

- Eu tambem me sinto que fui dispensado* disse se referindo ao boneco que chogou fora*

- Se há algo que não pode ser tão facilmente dispensado... é... você.

- Não minta para mim

- Se isso fosse mentira, então não teria me incomodado que estivesse interessado em outra pessoa.

- Do que você esta falando?

- Quando correu para aquele garoto, eu não sei porque, mas o meu coração caiu. Engraçado, não é?

- Eu não estou com humor de brincadeira* suspirou JungKook passando as mãos pelo cabelo* 

- Mas não é bom? o nosso Kookie realmente tornou-se um homem.

- Não brinque comigo! Você irá me acalmar hoje e me soltar amanhã para que eu não possa ir com você nem me afastar. Eu era um brinquedo. 

- Seu eu te perder... Não serei capaz de dormir.

- Quem esta interessado em quem?* JungKook segurou os braços de T.O.P.* Apenas olhar para  Choi Seung-hyunpor 10 anos não é suficiente. Eu tambem sou um homem! Um homem que está amsioso para abraças um homem chamado Choi Seung-hyun!

-*T.O.P abraça JungKook* Eu sei, eu tambem. Desculpa Kookie, Sinto muito mesmo.

Jungkook desfez o abraço olhou nos olhos de seu Hyung e selou seus labios, e não passou disso um longo selinho, mas o que nenhum dos dois perceberam era que TaeHyung estava ali na porta que estava levemente aberta vendo e ouvindo tudo. seu coração na hora deu uma leve parada, ele encostou a porta e foi se retirando com os olhos marejados, ele se sentia meio fraco fraco e não sabia o motivo.

- Seria muito embaraçoso se desmaiasse aqui* uma voz fez TaeHyung levantar o olhar* Esse comportamento não combina contigo. Sabe disso, não é mesmo?

- E quem disse que eu ia desmaiar Jimin?* disse TaeHyung sussurrando*

TaeHyung iria se retirar o mais rapido possivel dali, mas a porta abriu e o mesmo parou ao lado de Jimin.

- TaeHyung-ah, veio... mas porque não entrou?* perguntou Choi Seung-hyun ao sair do quarto com JungKook*

- Ah... isso... uh... foi porque...* ele respirou fundo* Eu só vim para te cumprimentar e para te agradecer. Eu acabei de chegar * disse TaeHyung dando aquele seu sorriso quadrado*

- A festa fo caotica, não é* disse o mais velho rindo* Estavamos pensando em ir dar uma volta de carro juntos. quer vir conosco?

- O que? Oh, não... tudo bem.

- Nós temos que ir a ouro lugar* disse Jimin*

- Temos?* perguntou T.O.P recebendo olhares de todos ali*

- Sim, nós dois também vamos dar uma volta* disse o moreno passando o braço pela cintura de TaeHyung e obvio que ele nao gostou*

- Dirigir! Nós vamos... Então, tchau * Jimin puxou TaeHyung para longe dali*

- Até mais* disse Jimin sorrindo *

Jimin puxou para mais perto TaeHyung fazendo o mesmo passar o braço ao redor de seu pescoço para não cair.

- Já paguei a minha divida.

- Que divida?

- de me salvar da piscina

- Queres me pagar por ter salvo a sua vida assim?* perguntou TaeHyung querendo sair dos braçosde jimin mas o mesmo não deixava*

- então devemos voltar? Jimin solta TaeHyung?

- 10%* TaeHyung agarrou a mao de Jimin* vamos dizer que estamos quites...

- 50%

-25%* TaeHyung sai dali as pressas e Jimin apenas o segue*

os dois foram parar em um bar que havia ali no estabelecimento os dois se sentaram e começaram a conversar.

- Porque não há clientes aqui?* perguntou TaeHyung*

- Porque eu os mande embora.* disse Jimin simples*

- Reservei ate amanha de manhã, então faça o que quiser

- Como assim?

- Chorar, gritar. sei lá bater em alguem, quer que eu chame o senhor fortão para ir la fora?

 

- E porque eu faria isso?

- Não teve um mini ataque cardiaco ao ver os dois se beijando?* perguntou Jimin meio com receio?*

- O que? Claro que não!* disse o ruivo rindo* uma pessoa como eu não se pode comparar com Choi Seung-hyun, certo? Não sou bonito, também não sou inteligente. E venho de uma familia pobre.

- E a sua forma é medíocre e a sua personalidade também não presta.* disse Jimin*

- POIS É! Como é que um garoto como eu se atreve a ter ciumes do Choi Seung-hyun? Não tive chance contra ele desde o começo.

- Mesmo que tenha muitos pontos fracos, ainda te restam algumas coisas boas.* disse Jimin e TaeHyung o olhou surpreso* Você tem potencial.

- Como?* perguntou TaeHyung um pouco envergonhado*

- Tenho certeza que se o JungKook tivesse te conhecido primeiro, ele teria se apaixonado por você.

- Serio?

- Aparecia, cerebro e historia podem não ser grande coisa, mas você é o primeiro garoto que eu aprovo. Cheio de potencial.* TaeHyung não tira os olhos de Jimin e o mesmo vale para ele* Só um minuto já volto* Jimin se retira dali meio desconcertado* 

TaeHyung fica ali pensando nas coisas que ele acabara de dizer, sera mesmo que aquilo era verdade, aquelas palavras dele era realmente verdadeiras? TaeHyung estava tão confuso mas ao mesmo tempo estava meio alegre por ter escutado aquilo, ele precisava ja que sua auto estima estava la no sub-solo. um leve calor subiu seu rosto estava vermelho, ele estava com vergonha? quem sabe. 

- Esta quente aqui não é mesmo* ele sorriu*preciso de agua* TaeHyung notou que tinha um copo com liquido pegou o mesmo e bebeu*

Jimin por sua vez foi ate o banheiro parou em frente ao espelho e notou que seu rosto estava corado, ele respirou fundo algumas vezes se abanou um pouco e manteve um sorriso idiota em seu rosto

- Cara, que coisa* disse ele rindo* Aigo

Ao voltar do banheiro Jimin encontra TaeHyung debruçado  sobre o balcão do bar notando que o mesmo não parecia bem.

- Hei! Plebeu...* tocou levemente o braço de TaeHyung* Ei TaeHyung acorda. O que há de errado com ele?* pergunta ao barmen que estava ali*

- Bem é por causa daquilo...* o mesmo aponta para um copo que havia perto do ruivo*
Jimin pega o copo e da uma cheirada no mesmo o cheiro de alcool era muito forte ele não estava acreditando que TaeHyung bebeu tudo aquilo

- Ei! Ei! acorde garoto!* disse Jimin sacudindo o ruivo*

- Garoto!? Pois é! É, sou um garoto! Por que!? Os plebeus tambem não podem ser garotos?* perguntou TaeHyung com a lingua enrrolada ele estava muito bebado* 

Então TaeHyung começou a desabafar com Jimin o mesmo se sentou e estava rindo daquela situação, TaeHyung o xingou algumas vezes mas mesmo assim ficou ali escutando, ate que TaeHyung cai levemente no sono.

- Seu alcoolatra. Ei, rebelde! acorda! Ya~!

TaeHyung levanta o rosto e da um sorriso matador para jimin, o mesmo ja não sabia mais o que estava acontecendo

- Esses dias eu ando muito triste. Seu idiota Park Jimin. É o meu inimigo!* o mesmo apenas riu da atitude do ruivo que começou a socar seu braço* Tudo bem, desta vez porque sinto que devo. 50%! Obrigado Jimin, por me salvar hoje.* TaeHyung sorriu e Jimin o acompanhou* 

Jimin achou que o papo havia acabado pois o mesmo estav olhando fixamene para frente, mas algo o surpreendeu, TaeHyung segurou a gola do terno de Jimin e aproximou seu rosto do moreno e foi se aproximando mais e mais de Jimin, o mesmo estava sem reação quando...

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...