História We are not Broken - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Sakura Haruno
Tags Itachi, Itasaku, Naruto, Sakura
Exibições 297
Palavras 2.188
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meu povo, aqui vai o capítulo final dessa fic. Espero que gostem. Deixem nos comentário o que acharam. Isso me incentiva a escrever mais.

Estou com um canal no Youtube, quem tiver interesse em conhecer é só pedir. Por favor me ajudem com o crescimento do canal.

Capítulo 35 - Capítulo 35


Sakura acordou sentindo muito calor. O sol invadia a sala e esquentava todo o cômodo. Tentou se mexer mas sentiu um corpo enroscado no seu.  

Flashs da noite anterior vieram a sua mente.

- Merda. - Sua cabeça doía. Olhou para Itachi deitado ao seu lado e a noite anterior veio a sua mente. - Merda…

- Pare de se mexer… Merda…

- O que foi?

- As crianças voltaram.

- O QUE? AI MEU KAMI. SERÁ QUE NOS VIRAM?

- Provavelmente… Sakura eu…

- Tudo bem… - Não sabia o que dizer.

- Eu não sei o que deu em mim.

- Bebida Itachi. Você estava bêbado.

- Eu não sou disso. Mesmo bebendo…

- Tudo bem. Você não me forçou a nada.

- Isso não se repetirá mais.

- Tudo bem. Estou morrendo de vergonha de encarar meus filhos.

- Eles estão no restaurante.

- Como sabe?

- Posso sentir o Chakra deles.

- Ótimo, preciso de um banho. - Itachi pensou em se oferecer para ir com ela, mas achou melhor não. - Quer vir comigo. - O convite partiu por parte dela.

- Tem certeza?

- Já fizemos tanta coisa que um banho é o de menos.

- Eu quero mais que um banho Sakura. - Direto como sempre.

- Porque?

- Você sabe o porque.

- Não Itachi, eu não sei. Você é sempre muito quieto e calado. Eu nunca sei o que você está pensando ou como se sente. Talvez isso seja uma característica dos Uchihas, pois o Sasuke é do mesmo jeito.

- Quer saber o que eu sinto?

- Sim.

Itachi respirou fundo. Era agora ou nunca. Não tinha mais nada a perder mesmo.

- É você, sempre foi você e sempre será você. Eu te quis desde o dia em que botei os olhos em você e depois de tudo que passamos… Depois de todos esses anos eu continuo te querendo. Eu não vou falar do passado porque eu já lhe disse há tempos o quando eu sinto muito por tudo. - Não estava paralisada. Nem respirar ele conseguia. Ali estava Itachi depois de todos esses anos se declarando para ela. - Eu te procurei porque queria ficar perto de você. Eu faço qualquer coisa por você, por isso eu protegi o Gaara. Porque eu sei o quanto você o amava, eu estraguei tudo com você, mas queria que você fosse feliz. Eu acho que devo isso a você.

- Você não me deve nada Itachi.

- Sim eu devo. Eu fui um monstro com você, mas como eu disse não vamos falar nisso. Ficarei ao seu lado até quando você me mandar embora. Não peço nada. Não precisa retribuir nada. Apenas quero sua companhia e a do meu filho.

Uma lágrima escorreu pelo olho de Sakura. Mesmo depois de tanto tempo ela ainda se sentia de luto por Gaara, mas a declaração de Itachi a deixou balançada. O que dizer pra ele?

- Eu não sei o que dizer.

- Não precisa dizer nada. Como eu disse não vou lhe cobrar nada… Apenas estarei aqui sempre que você quiser.

- Agora eu só quero um banho. - Itachi sorriu pra ela e a pegou no colo. Juntos tomaram um banho bem demorado.

                                                         …

Durante o dia eles não tiveram tempo para conversar. Durante o horário do almoço o restaurante estava lotado de turistas e a noite foi a mesma coisa. Só tiveram descanso quando fecharam o restaurante.

Toda a família estava jantando quando Sasuke resolveu se pronunciar:

- Vocês estão juntos?

Sakura ficou vermelha.

- Não diga essas coisas moleque. - Disse Itachi.

- Ué, depois da cena que vimos hoje de manhã pensei que estariam juntos.

Sakura queria dizer que sim, mas não sabia o que sua filha iria pensar sobre isso. Será que ela se sentiria traída ao ver sua mãe com outro homem.

- Eu acharia bom se vocês estivessem juntos. - Disse a menina. “essa pestinha está lendo mentes?” Sakura se perguntou. - Mãe, sei que você se sente sozinha depois da morte do papai. Logo eu não estarei mais aqui e o Sasuke… Bom um dia ele terá sua própria família… Já se passaram mais de 2 anos. Quero que seja feliz.

- Porque estamos discutindo minha vida amorosa na hora do jantar? Ai meu Kami.

- Tudo bem dona Sakura. Não vamos mais constrangê-la. - Disse Sasuke.

                                                             …

Todos tinham ido para seus respectivos quartos. Estavam apenas Sakura e Itachi na cozinha. O silêncio reinava entre eles até que Sakura o quebrou.

- Dorme comigo hoje?

- Se é o que você quer…

- Sim, é o que eu quero.

                                                              …

UM MÊS DEPOIS:

Sakura e Itachi dormiam juntos praticamente todos os dias. O tempo ia passando, mas eles não sabiam o que estava rolando. Não podiam chamar de compromisso, mas também não iam negar o que estava acontecendo. Sakura gostava de estar com ele, não ia negar, mas o que eles tinham?

Sakura arrumava as mesas, era quase hora do almoço e logo o restaurante estaria lotado de turistas.

Puxou uma cadeira e se sentiu mal. Tudo rodou e ela caiu fazendo muito barulho. Quando acordou Sasuke estava com ela no hospital.

- O que houve? - Perguntou.

- Você quase me mata do coração. Pensei que tivesse morrido. Não faz mais isso mãe. - Ele estava preocupado. Não queria perder sua mãe agora que estava feliz ao seu lado.

- Foi só uma tontura filho. Eu estou bem… Temos que ir… O restaurante…

- Yuki e meu pai estão lá. Descanse, você bateu a cabeça quando caiu.

Nesse momento uma enfermeira entrou no quarto.

- Que bom que acordou.

- Já posso ir pra casa?

- O que a  minha mãe tem?

- Sua mãe está mais do que saudável. O médico apenas receitou algumas vitaminas e que tome cuidado. No seu estado não deve fazer esforço.

- Merda. - Disse Sakura. Ela era médica e entendeu o que a enfermeira quis dizer. - E agora…

- O que foi ? Mãe… Você vai morrer?? - O garoto já começava a se desesperar.

- Sua mãe não está doente menino. Pelo contrário. Você vai ganhar um irmãozinho.

-  O QUE? …

Sakura respirou fundo. Depois de tanto tempo… Uma criança. Como seus filhos reagiriam?

                                                                    …

Sakura e Sasuke entraram no restaurante lotado, Sakura tentou ajudar, mas Sasuke a impediu dizendo que ela precisava descansar. A contra gosto ela foi pra casa, tomou um banho relaxante e deitou. Não demorou muito e pegou no sono. Ficou imaginando como contaria isso para Itachi…

Teve sonhos calmos. Sonhou com o início de seu casamento com Itachi e em como tudo era perfeito, até que… Levantou com um susto. Levou a mão ao rosto e viu  que estava chorando. Se lembrou de quando seu menino foi tirado de si. Instintivamente levou a mão a barriga.

- Já sei de tudo. - Itachi disse de um canto escuro do quarto assustando a mulher. - Me desculpe, não queria te assustar.

- Eu vou matar aquele fofoqueiro. Que moleque mais intrometido. Eu queria ter tempo pra conversar com você.

- Estamos conversando agora.

- Itachi… Eu não sei o que dizer. Eu realmente não esperava por isso… Merda… Eu estou velha demais pra isso.

- Sakura, você nem chegou aos 40.

- Meus filhos já são adultos… Meu Kami. A Yuki vai pirar quando souber.

- Tenho certeza de que ela entenderá.

- O que faremos?

- Não é óbvil?

- Não, Itachi.

- Volte a ser minha esposa.

- Eu não vou me casar com você só por causa de uma gravidez.

- Então seja minha esposa porque eu ainda te amo e a quero ao meu lado pelo resto dos meus dias. - Sakura se segurou para não chorar.

- Itachi, eu…

- Já sofremos muito. Tudo que eu quero é uma vida de paz e tranquilidade a seu lado e dos nossos filhos. Os deuses estão nos dando mais uma chance.

- Sim. Eu aceito me casar com você outra vez. - Itachi sorriu.

- E dessa vez eu farei tudo certo meu amor…

                                                            …

2  ANOS DEPOIS:

Itachi segurava a garotinha de pouco mais de um ano nos braços. Ela queria descer e correr pela rua, mas esta estava lotada de pessoas. Ela poderia se perder. Ele observava de longe a cerimônia de nomeação de Yuki como Kazekage da vila da Areia. Podia ver Sakura orgulhosa ao lado da filha mais velha.

Muitas pessoas importantes estavam na cerimônia inclusive o Hokage de Konoha que não ficou muito feliz quando soube que Sasuke, um Uchiha, seria o conselheiro de outra vila.

Sakura estava muito feliz, mas ao mesmo tempo triste pois seus 2 filhos iriam sair de casa, mas assim era a vida. Sorriu ao se lembrar da sua pequena nos braços de Itachi. Nunca imaginou que depois de tanto tempo teria mais um filho, mas ali estava Sayuri.

                                                                 …

- Haaaa Mãe, vocês têm mesmo que ir hoje? - Disse Yuki emburrada.

- Me desculpe filha, mas não podemos deixar o restaurante sozinho.

- Mas os outros funcionários estão lá.

- Eu sei… Sinto muito… - A verdade é que ela se sentia estranha em ficar naquela vila. Ali era era a esposa do Gaara e está ali com Itachi era estranho. - Espero você em casa.

- Daqui a um mês poderei viajar.

- Estou muito orgulhosa de você. Dos dois. - Disse Olhando para Sasuke que Sorriu para a mãe. - Mas vou me sentir sozinha.

- Você tem a Sayuri.

- Cada filho é diferente.

- Ai mãe, não faz drama. Vamos nos ver sempre. - Disse Sasuke.

- Não é drama… Eu já estou com saudade dos meus bebês.

- Vocês poderiam vir morar na vila.

- Não… Quem sabe daqui há alguns anos.

- Mãe… Tudo bem, eu entendo. - Yuki sabia o motivo e mesmo que fosse morrer de saudades da mãe ela entendia. Quando sabe depois de alguns anos.

                                                             …

Sakura e Itachi estavam em casa. A pequena Sayuri dormia e o casal se preparava para dormir também. Sakura estava sentada na cama de costas para o Marido e Itachi pode ouvir que ela chorava baixinho.

- Sakura… Você sabia que isso um dia fosse acontecer.

- Eu sei, mas saber é diferente de vivenciar. Eu não estava preparada para perder meus dois filhos de uma vez.

- Você não perdeu. Sabe muito bem onde eles estão e pode ir até eles sempre que quiser.

- Isso não faz com que eu me sinta menos triste.

- Vem aqui… Eu vou fazer com que você fique menos triste.

- Itachi…

- Eu quero te amar Sakura.

- Então ame… Quero esquecer de tudo em seus braços.

                                                               …

6 ANOS DEPOIS:

Sakura e Itachi levavam a pequena Sayuri para a academia ninja da vila da Areia.

5 anos após Yuki ter assumido como Kazekage, depois dos filhos tanto insistir, Sakura e Itachi finalmente se mudaram para a vila da areia. Já viviam ali a mais de um ano e estavam amando ter seus filhos por perto.

Yuki tinha se tornando uma mulher incrível e assim como seu pai foi, ela era uma grande governante. Admirada por toda a vila. Foi a primeira mulher a se tornar Kazekage e por conta disso todas as Ninjas queriam ser como ela.

Sasuke tinha se casado com uma ninja do clã que manipulava marionetes e logo seria pai. Ele sempre disse que não ia se casar, mas acabou caindo de amores pela ninja. Não demorou muito e se casaram.

Yuki não tinha namorado, mas Sakura já tinha percebido a troca de olhares entre ela e o chefe da Ambu da areia. Seu coração de mãe lhe dizia que logo logo aquilo resultaria em algo…

- No que está pensando? - Disse Itachi.

- Em como meus filhos cresceram. Logo a Sayuri também será adulta e sairá de casa.

- Não diga besteira. Ela só tem 7 anos. - Itachi deu um beijo na testa de sua esposa. - Vamos.

- Eu te amo Itachi. Te amo por todos esses anos e por não ter desistido de mim.

- Eu te amo mais… E quando eu morrer ainda vou continuar te amando.

Sakura sorriu para ele. Tinham uma longa história juntos. Idas e vindas. Sofreram tantas coisas, mas o destino insistiu que eles tinham que ficar juntos e ali estavam. Itachi nunca imaginou que um dia fosse viver em outra vila, mas ali estava ele como cidadão da vila da areia e seu filho. Um Uchiha como segundo no comando. Depois da Kazekage ele Sasuke quem dava as ordens. Aquilo o enchia de orgulho. Um Uchiha… Já foram tão temidos e hoje ele via como as pessoas da vila amavam Sasuke.

- Agora sou eu que devo perguntar no que você está pensando? - Disse Sakura.

- No quanto eu estou feliz em estar aqui com você e com nossos filhos.

Segura segurou a mão de seu esposo e juntos andaram pelas ruas da vila em direção a sua casa…

 

                                                                              FIM


Notas Finais


VENHAM CONHECER O MEU CANAL.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...