História We are one - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Personagens Originais, Sabine Cheng
Tags Adrien Agreste, Ladybug, Marinette Dupain-cheng, Sabine Cheng
Visualizações 47
Palavras 1.697
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Mutilação, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aproveitem!!

Capítulo 6 - Capítulo #6


Alguns dias se passaram, e Marinette já se sentia bem mais acomodada. 

Além de fazer amizade com Bridgette, conheceu mais uma menina que lá morava, seu nome era Tikki. Tinha a mesma idade de Bridgette e era tão gentil quanto a mesma.


As duas mais velhas pareciam ter adotado a Marinette. Tinham uma relação de proteção para com ela, que a muito tempo não sentia algo assim. Parecia estranho no começo, mas por mais que fosse dificil, ela estava tentando se acostumar com todo o carinho gratuito que recebera.


Numa sexta feira, as três estavam conversando na varanda da pensão animadamente sobre coisas aleatórias.

Quando um assunto veio a cabeça de Tikki.


-Então Mari, como vão seus estudos? 


Marinette travou. Deixou seu país de origem para se livrar de Cheng e ter a chance de encontrar sua mãe, mas deixou a escola no meio do seu último ano letivo.


-B-bem, eu..meio que não estou estudando no momento...


As duas maiores de entreolharam, depois olharam para Marinette com preocupação. 


-Mas Mari, o que você vai fazer? Precisa continuar estudando. 


-Sim, eu sei.-Disse a menina com o olhar baixo- Mas..precisei vir a Paris meio que de repente. Nem tive tempo de pensar em estudos. 


Bridgette pensou um pouco. Até voltar a falar com a azulada.


-Você disse que era emancipada, não é? 


Marinette apenas assentiu.


-Pois bem, deve ter seus documentos em mãos. Eu e Tikki podemos dar um jeito de te ajudar a entrar pra uma das melhores escolas aqui de Paris. 


-Sim, a Françoise Dupont é uma boa escolha.


As duas estavam ansiosas para a matrícula de Marinette, porém a mesma estava com medo.


Apesar de estabelecer uma boa relação com Bridgette e Tikki, não tivera coragem de contar sobre seu outro eu.


Ela apenas concordou com a idéia de suas duas novas 'irmãs', mas por dentro ainda estava relutante. 


°°°°°°°

-Bem vindo de volta , Bro!- Nino ia de encontro com seu amigo, trocando seu famos toque e o dando um abraço.


-Nino, também senti saudade irmão!-Ele disse retribuindo o abraço. 


-Bom te ver de novo Adrien!- Disse a morena sorrindo


-É bom te ver também, Alya!- Andrien falou sorrindo igualmente. 


Adrien era um modelo teen, filho do famoso estilista Gabriel Agreste. Ele posava para campanhas publicitárias sempre vestindo as famosas coleções feitas pelo seu pai.


Fizera uma viagem a China, como um pequeno intercâmbio para aperfeiçoar seu aprendizado em mandarim.


Era super ocupado no seu dia a dia, com as aulas de mandarim, piano, esgrima, e alguns ensaios fotográficos para a marca de seu pai. 


O trio conversava animadamente, até ouvirem uma voz esganiçada indo em suas direções.  


-Adrieeeen!


-Ah, o-oi Chloé.


Andrien apenas sorria amarelo enquanto a loira se pendurava em seu pescoço. 

Alya e Nino apenas reviravam os olhos vendo a cena. 


-Adricho, senti tanto sua falta. Aposto que você sentiu a minha, por isso voltou mais cedo da viagem, né amoreco?!


-Na verdade ele voltou no tempo estimado. Você é quem fantasia coisas na sua cabeça. - Alya disse em tom de deboche, fazendo Nino rir enquanto Adrien segurava a risada.


-Você tem é inveja porque sou filha do homem mais importante de Paris. Uma ligação e você será expulsa da escola, quer tentar? 


-Que.Medo.


-Por favor parem as duas.- Disse Adrien com as sobrancelhas franzidas, se afastando de Chloé. 


-Ah, Adrien. Ela que é grossa comigo.- Chloé falava em um tom dramático, se jogando no loiro. 


O trio apenas revirou os olhos.

Antes que Adrien pudesse dizer qualquer coisa, o sino bateu indicando que todos deveriam ir para suas classes.


Todos ja estavam em seus devidos lugares, quando a Sra. Bustier entrou na sala.


-Bom dia alunos. Antes de começarmos a aula, gostaria de apresentar uma nova aluna. Marinette? Pode vir aqui se apresentar? 


A azulada entrou na sala meio hesitante, com o olhar timido e a cabeça baixa. Se posicionou no meio da sala, de frente pra todos. 


-O-oi...eu s-sou Marinette Cheng e..bem, venho da China..


-Bem alunos, dêem as boas vindas a sua nova colega de classe.


-Seja bem vinda, Marinette! -Disseram todos em uníssono. 


Ainda mantinha a cabeça baixa, porém ao levanta-la levemente, viu algumas pessoas sorrindo, outras não dando a mínima. Mas o que lhe chamou a atenção foi um certo loiro que já havia visto em algum lugar. Este olhava para si com certeza curiosidade, porém não contendo o sorriso. 


A Sra. Bustier agradeceu a todos pelas boas vindas a Marinette, se dirigindo para falar com ela.


-Procure um lugar para se sentar agora. 


Marinette apenas assentiu. 

Foi subindo as pequenas escadas procurando algum lugar.


-Hey, pode se sentar aqui se quiser.- Disse Alya apontando para o lugar vazio ao seu lado.


A menina foi até lá, colocando suas coisas na cadeira. 


-Oi, eu sou a Alya, senja bem vinda!- Disse a morena lhe dando um sorriso. 


-Obrigada!- Marinette disse envergonhada, porém sorrindo também- Eu sou a Marinette. 


-Ual, você é mesmo China. Mas não parece ser chinesa por inteiro. 


-B-bem, na verdade eu sou franco-chinesa.


-Nossa. Bom, faz sentido você estar então. Espero que sejamos amigas, Mari! Posso te chamar assim?


-Claro!


As duas riram. Marinette estava se acostumando a idéia de ter novos amigos, mesmo sendo diferente por dentro.


Após três horas de aula, o sinal do intervalo havia soado fazendo todos se dirigiram ao pátio.

Marinette sentou-se em um dos bancos que lá haviam, pegou seus cookies e começou a comer. 


Sua mente vagava por muitas coisas. Estava tão distraída que nem havia notado a presença de alguém ao seu lado. 


-Ahn..oi!


A menina tomou um pequeno susto. Levantou sua vista vendo o loiro a sua frente com um sorriso gentil


-Se lembra de mim? Sou Adrien, nos conhecemos no avião. 


Marinette lembrou-se do menino que retirou seu nervosismo de andar de avião apenas por ser gentil.


-Eu espero não estar atrapalhando nada..


-N-não, não, você não atrapalha. Eu só...estava pensando um pouco. 


Adrien sorriu sentando-se ao seu lado, enquanto Marinette tinha suas bochechas levementes coradas por conta da timidez. 


-E então, o que achou do colégio? Espero que se sinta a vontade aqui. 


-Bem, aqui é muito bonito. Na verdade, toda Paris parece ser um lugar lindo. 


-Ah, é siim!


Estavam iniciando uma conversa, quando alguém os interrompeu.


-Adrichoooo! Estava te procurando. Por onde se meteu?


Chloé se agarrou ao pescoço do menino arrancando uma careta do mesmo. 

Adrien apenas a afastou um pouco, enquanto Marinette voltou a comer seus cookies.


-Ain Adricho, eu estava me sentindo tão solitária sem você. Te procurei por toda a escola, e te encontro aqui com...- ao olhar para a azulada, fez uma cara de desdém. 


-Sou Marinette.- A menina estendeu uma mão para cumprimenta-la.


-Tá, tá, tanto faz.- Chloé disse, ignorando a Marinette- Adrien, estava pensando em irmos naquele restaurante chique que inauguraram semana passada depois da aula, o que acha?


-Por que não leva a Sabrina? Achei que ela fosse sua amiga..


-Ah, a Sabrina não vai se importar, ela me adora. Na verdade todo mundo me adora.- falou sorrindo convencida.


-Nossa, 'todo mundo te adora'; essa é nova pra mim.- Alya se aproximou dos três junto a Nino. Chloé apenas a olhou irritada. 


-Não me lembro de te-la chamado na conversa. 


-Ah, eu sinto muito madame.- Alya disse revirando os olhos- Oi Adrien, oi Mari. Eu e Nino estamos querendo ir na lanchonete depois da aula, vocês topam?


-Eu topo! Você vêm Mari?


Ela corou um pouco por ter sido chamada pelo seu apelido por Adrien. 


-C-claro, vou adorar!


O trio apenas sorriu para Marinette, que sorriu de volta. 

Enquanto Chloé olhava indignada.


-Plebeus. Sentem é inveja porque eu e Adrien estamos acima de vocês, e somos incríveis juntos.- Chloé apenas bufou, virando de costas e saindo andando.


O sino do intervalo tocou, fazendo com que todos voltassem para suas classes. 


Mas algumas horas de aula se passaram, até chegar ao fim.

Alya, Nino, Adrien e Marinette foram à lanchonete que haviam falado. Foram todo o trajeto conversando sobre coisas aleatórias. 


Ao chegarem no estabelecimento, fizeram seus pedidos. Durante a espera, conversaram sobre muitas outras coisas. 


-Então Mari, o que está achando da cidade?- Perguntou Nino.


-Bem, Paris é um lugar lindo. Já vi muitas coisas na internet sobre esse lugar. Realmente encantador.


-Bem, e quanto aos seus pais? Eles trabalham com algo por aqui? 


Marinette parou um pouco. Mesmo que eles não soubessem de sua vida, se sentiu incomodada com a pergunta. 


-Bem...eu sou emancipada. Moro sozinha aqui.


Os três se encararam fazendo um 'aaah' em uníssono. Rapidamente mudaram de assunto. 


O fim da tarde havia sido muito divertido para os quatro, que após o lanche se encaminharam até suas devidas casas.


Entretanto, Adrien decidiu ficar e acompanhar Marinette até sua casa.


-Não precisava me acompanhar.


-Ah, não é nada. Você é nova na cidade, precisa de um guia turístico, não é mesmo?!- Os dois riram. 


-É, tem razão.-Ela disse rindo-Paris parece ser bem grande. 


-Sim, ela é. Existem muitos outros lugares que você pode conhecer.-Ele disse empolgado.- Estava pensando de irmos todos ao cinema algum dia.


-Poxa, eu ia adorar!


-Otimo, podemos marcar com a Alya e o Nino. Eles são muito bons em escolher os melhores filmes. 


Os dois riram. Estavam tão entretidos na conversa, que não repararam que haviam chegado a casa de Marinette. 


-Obrigada por me acompanhar, Adrien. Foi ótimo conhecer todos vocês. 


-Igualmente. Nos vemos amanhã na escola então. Até


-Até. 


Então, Marinette entrou na pensão enquanto Adrien seguiu caminho até sua casa. 


Marinette pensou em como sua vida havia mudado da água pro vinho só por estar em Paris. 

Conheceu pessoas novas, fez amigos, encontrou pessoas que se importavam consigo mesmo não a conhecendo por muito tempo.


Pensou em como o destino foi gentil de faze-la se encontrar com Adrien depois da viagem de avião. 


Aquele seria o começo de uma grande amizade.

 

°°°°°°

 

Estava de noite, Marinette se preparava para dormir. Soltou seus cabelos, os escovando levemente, ao olhar-se no espelho, viu uma marca roxa em seu pescoço.

 A marca que seu tio avô havia deixado com o tapa forte que recebera semanas atrás antes de vir a Paris. Fechou os olhos fortemente, voltando a lembrança de sua vida na China.

Lembrou de Cheng, e do quanto o odiava. 

Lembrou-se de sua mãe, e do quanto sentia saudades.


Sua mente estava entrando em colapso, sua cabeça já estava doendo. Precisava de um alívio. 


Foi quando olhou-se ao espelho, e a viu.


-Não se esqueça do por quê está aqui.


Marinette apenas apertou seu colar de joaninha em seu pescoço.


-Não vou esquecer. 



Notas Finais


Espero que tenham gostado!!♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...