História We are perfect two - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Amizade, Chansoo, Romance
Exibições 183
Palavras 1.603
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


<3

Capítulo 2 - Amizades


Fanfic / Fanfiction We are perfect two - Capítulo 2 - Amizades

Eu havia ficado até às três da manhã daquele dia largado em minha cama com o notebook no colo intercalando entre escrever, fumar e beber. Não exatamente nessa ordem, mas finalmente havia conseguido escrever o primeiro capítulo inteiro e também mandar via e-mail para a editora. Fui dormir tão eufórico, e um tanto bêbado, que naquela manhã eu me concedi ao luxo de dormir até mais tarde sem me preocupar em parecer um maluco da cafeína no café de meu amigo, mas como tudo que é bom dura pouco meus sonhos maravilhosos foram cortados pelo incessante toque do celular que me fez querer quebra-lo por breves segundos.

- Alô?! - Minha voz saiu tão grossa e rouca que eu até mesmo me espantei ao ouvi-la.

- Desgraçado! - Eu conhecia aquela voz tão familiar e aquele xingamento tão amoroso. - E eu estava acreditando que não existia mais ideias nessa mente maluca, ChanYeol! Acabei de ler o capítulo que me mandou e... - Uma pausa dramática tão típica de JunMyeon quando estava feliz. - Uau! Precisamos comemorar! Liguei para YiFan e o impedi de trabalhar até tarde e também avisei a todos, hoje nós iremos fazer um jantar de comemoração.

- Precisamos mesmo comemorar? Foi só um capítulo e... - Mal consegui terminar minha explicação e JunMyeon mandou eu me calar e que estava me obrigando a comparecer em sua casa as sete da noite.

JunMyeon era um cara tranquilo e que tinha a cabeça no lugar, centrado em seus negócios e um amigo que poucos tem a sorte de ter, mas sempre se animava quando era algo voltado ao seu "escritor de sucesso", palavras dele que eu não fazia questão de mudar e nem queria pois inflava meu ego de uma forma maravilhosa. Mas essas comemorações que ele insistia em dar me deixavam nervoso, o medo sempre batia com essa pressão não sabendo se conseguiria continuar com os outros capítulos.

Meus lábios começaram a secar e minha garganta parecia pedir por cafeína, lembrei-me então de meus vícios decido a não ficar mais na cama caminhei até a cozinha, preparando um café forte acompanhado de mais um cigarro que me deixava inteiramente feliz. Antes mesmo de sentar em meu sofá confortável e curti um momento bobeira na frente da televisão, meu celular tocou e eu tive que correr até o quarto para então visualizar o nome do meu garoto favorito.

- Oh SeHun! - Voltei para a sala agora me jogando no sofá. - Cara que saudades dessa sua beleza toda.

Pude ouvir sua risada gostosa que me fez lembrar o porquê não passava mais tempo com o cara que considerava um irmão.

- Então quer dizer que vamos ter uma celebração hoje na casa dos Wu? JunMyeon me mandou uma mensagem super animada contando do seu primeiro click depois de meses na escuridão, me senti deixado de lado por saber por ele, ChanYeol. - Aquela manha falsa me fez gargalhar. Ah que saudades!

- Como eu iria contar se nem mesmo acreditava que havia uma luz que me guiaria para fora da escuridão?

- Preciso te parabenizar pessoalmente, Baek avisou sobre nosso almoço?

- Lógico! Sei que vocês vão falar apenas do casamento mas não me importo, a saudade me faz aguentar até isso.

- Você como padrinho é obrigado a fazer parte dessas conversas!

- O JongIn como noivo consegue escapar? - Ouvi novamente sua gargalhada e pude rir junto.

- Depois que começamos a ver todos os preparativos para a festa ele ficou mais animado do que eu. - O tom de sua voz era de um divertido espanto tanto quanto minha feição naquele momento.

- Ah SeHun, como senti falta dessas nossas conversas. - Disse com nostalgia em minha voz

- Eu também, Park. Sei que nossas vidas andam uma loucura, você com viagens por conta dos livros e agora com esse terceiro e eu com trabalho e o casamento que está por vir, mas juro que tentarei ser mais presente.

- Juramos! Vemos-nos na hora do almoço?

- Marcado.

~ ☆ ~

A manhã foi preguiçosa e me dediquei apenas aos primeiros capítulos do livro, montando primeiramente em tópicos o enredo e depois juntando as ideias para colocar na tela montando aos poucos a história. Nem ao menos percebi as horas passando e quando me dei conta do horário, deixei tudo em cima da mesa e fui me trocar para o almoço com meus amigos. Cheguei ao restaurante tão conhecido por todos nós um pouco atrasado, mas isso não impediu de ser recebido por abraços carinhosos de SeHun e JongIn que não via ha um bom tempo. Cumprimentei também BaekHyun e LuHan que estavam ali tão animados quanto eu.

- Animados para a festa na casa dos Wu? - BaekHyun perguntou fitando a todos e principalmente a mim que era o motivo de tal comemoração.

- Lógico! Festa na casa de JunMyeon e YiFan é sempre regada a comida boa e bebida melhor ainda. - SeHun respondeu não deixando passar batido seu amor pelo álcool.

- YiFan cancelou quase todas as reuniões que tínhamos com alguns clientes e acionistas por conta dessa comemoração, alegando que deveria ajudar o maridinho com todos os preparativos. - LuHan falava em um tom divertido enquanto olhava o cardápio.

- Ajudar, sei. - JongIn riu debochado. - Vocês sabem que o fogo desses dois vai além de qualquer coisa e vai ser como da última vez, comida pronta e cerveja.

- Não fala isso cara! - Arregalei meus olhos fingindo preocupação. - Eu mereço camarão e vinho importado.

Todos nós rimos até sermos cortados pelo som do celular de JongIn que abriu um sorriso ao ver o nome que marcava na tela.

- Amor eu preciso atender, acho que ele acabou de chegar. Você faz o pedido para mim? - SeHun fez um aceno positivo com a cabeça e JongIn se ausentou para atender a ligação deixando todos nós intrigados.

- É um amigo de infância do JongIn. - O garoto de fios loiros disse como se fosse uma coisa extremamente óbvia. - Ele vai ser padrinho de casamento e acabou de voltar de Londres por isso vai ficar hospedado em casa por um tempo.

- Porque não oferece sua casa pra ele ficar, ChanYeol? O garoto vai atrapalhar a fodinha diária do casal. - LuHan me cutucou olhando de uma forma nada casta para mim.

- Primeiro: não o conheço. Segundo: adoro o silêncio da minha casa. - Disse tão simplista que meus amigos fizeram piadas maravilhosas sobre meu estado civil, algo que não me importava mais em ouvir pois dentre todos os amigos eu era o único solteiro e pretendia ficar assim por um bom tempo.

~☆~

Já era noite e eu estava pronto para sair de casa rumo a comemoração na casa dos Wu. JunMyeon havia me ligado algumas vezes no dia para ter certeza absoluta de que eu iria e também, fazer algumas ameaças caso eu não fosse, mas não poderia faltar pois todos estariam ali. Além de BaekHyun, LuHan, SeHun e JongIn o casal YiXing e Tao estavam de volta da China, sem contar que os recém-casados MinSeok e JongDae estavam de volta da lua de mel e eu queria ouvir tudo sobre o Havaí e me imaginar naquelas praias maravilhosas bebendo uma água de coco e pegando uma cor.

Estacionei meu carro na frente da casa de meus amigos e já fui entrando ouvindo as vozes tão conhecidas daqueles que não via a tanto tempo. Abracei os casais que ali estavam, completamente animado perguntando sobre a viagem da China e sobre os pais de YiXing que fora o motivo da viagem de última hora e também sobre a lua de mel no Havaí, percebendo que JongDae estava um pouquinho moreno e MinSeok avermelhado fazendo-me rir por conta das bochechas descascadas.

- E o resto dos caras? - MinSeok perguntou dando um gole em seu vinho.

- Eu deixei LuHan terminando algumas coisas no escritório para vir ajudar o Myeon por isso ele se atrasou um pouco, mas ele e Baek já devem estar chegando. - YiFan pronunciou enquanto acariciava a coxa de seu marido.

- O JongIn ligou e disse que vai trazer o amigo de infância que chegou de Londres hoje, estão apenas o instalando apropriadamente. - JunMyeon se aconchegava nos braços do marido.

Ficamos conversando, ouvindo as histórias dos casais e de suas viagens até que LuHan e BaekHyun chegaram fazendo barulho como sempre, alegrando ainda mais o ambiente. A noite estava apenas começando e nós curtíamos a lareira da sala de estar que aquecia o ambiente, tomando vinho até a chegada dos outros que restavam. SeHun se jogou nos braços de JongDae quando o viu, fazendo brincadeiras por conta das peles descascadas do casal, a casa estava tomada pelo barulho e todos estavam muitos animados como deveria ser o reencontro, mas algo, ou melhor, alguém me chamou a atenção. Era um rapaz baixinho que tentava se esconder atrás de JongIn, talvez ele estivesse espantado por todo aquele barulho pois seus olhos estavam grandes e olhavam para todos nós, sua feição era seria mas ele parecia uma criança acanhada pois ninguém o havia notado ali até aquele momento, pois JongIn passou a mão no ombro pequeno e chamou a atenção de todos, fazendo o garoto ruborizar ficando ainda mais acanhado e ainda menor tirando de mim um sorriso achando graça do jeito dele no meio de tantas pessoas barulhentas.

- Galera, esse é o meu melhor amigo e padrinho de casamento, Do KyungSoo. - Deu ênfase em seu nome. - KyungSoo, esses são os caras.


Notas Finais


Deixem um comentário :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...