História We are young. - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Will Solace
Tags Hdo, Heróis Do Olimpo, Jason, Jercy, Lemon, Nico, Percy, Percy Jackson, Pernico, Pjo, Solangelo, Wilson, Yaoi
Exibições 342
Palavras 2.915
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ola amores!
sumi neh? desculpem!
mas esse cap compensa viu?
é de longe um dos meus preferidos!
e ja que vocês amam tanto o Nico (não os culpo) e querem saber como as coisas ficaram entre ele e o Will aqui está ;)

Um Pov especial para vocês.
sem contar que essa musica é uma das minhas preferidas. sou completamente viciada nela ;x

espero que gostem ;)

Boa Leitura! ;*

PS CAPA: gostei porque achei que o Nico ta com cara de pouco caso hahaha

Capítulo 28 - (Irônico e cruel)


Fanfic / Fanfiction We are young. - Capítulo 28 - (Irônico e cruel)

 

POV NICO

 

Eu estava tentando ser o mais maduro possível.

Claro que eu estava magoado e tudo o mais, porem parte de mim apenas estava contente por ainda ser amigo dele. Vê-lo feliz daquela forma... era bom, mas ao mesmo tempo machucava, machucava porque eu sabia que ele nunca ficaria daquele jeito comigo.

Percy havia aberto meus olhos para muitas coisas, me mostrado novos sentimentos e sensações o que na verdade era muito irônico já que eu namorei o Will por dois anos tive varias experiências e nunca pude sentir nem metade do que havia sentido com o Percy.

Irônico e cruel.

Não vou ser hipócrita e dizer que não sentia mais nada pelo Will, mas o que eu sentia agora, não era nada comparado ao que um dia foi. Eu me moldei para ele, aceitei seus termos de ter um relacionamento aberto só para poder ficar com ele, mas tudo tem limites. O que o Will fez com o Percy para me atingir (sim, eu sei que ele fez de proposito) foi cruel e desnecessário, o que só me fez reconsiderar tudo.

Eu não tinha raiva dele ou algo assim, muito menos de Jason, eu só não conseguia ser falso e fingir amores. Não, definitivamente eu não era assim.

Neste momento estávamos na festa de começo do ano da fraternidade, aquela que tinha todo ano, apesar de ter festas o ano todo aquela era algo mais tradicional.

De longe eu via todos dançarem, estava cansado já, meu pique para festa era quase nulo e eu só fui porque o Percy praticamente me arrastou até lá afirmando que não queria me deixar sozinho.

Como se ver ele com o Jason melhorasse as coisas.

Eles estavam mais abertos agora, não totalmente explicito, mas todos ali já sabiam do relacionamento dos dois. O que para mim não era muito agradável. Aquele moreno imbecil decidiu me beijar na frente de todos e depois me larga com cara de tacho.

Porque mesmo eu era apaixonado por ele?

Bufei desviando meus olhos deles que dançavam juntos, tomei um gole longo da minha bebida que estava forte demais. Vaguei pela festa até cansar e ir para o andar superior do meio, no meio do caminho avistei Reyna e Leo se pegando perto da escada. Parece que a garota achou alguém tão louco quanto ela afinal.

Aqueles dois eram tão descarados.

Enquanto eu pegava mais bebida senti um braço passar em volta do meu pescoço, olhei encontrando um par de olhos azuis embriagados e um sorriso para mim.

- Nicooo... – Will chamou como se eu fosse uma novidade.

Revirei os olhos mentalmente. Eu realmente não estava interessado, apenas queria ir para meu quarto e dormir.

- Oi, Will. O quanto você bebeu? – perguntei mesmo sem querer realmente saber.

- Um pouco só! - Ele abriu o sorriso para mim e me puxou para perto, sabendo o que ele faria eu desviei virando o rosto, ele pareceu ofendido. – ei... o que você acha de irmos la em cima? – ele disse ao meu ouvido tentando ser sedutor, mas estava deplorável.

Bufei.

- Não estou no clima Solace. Vamos embora antes que você faça alguma bobeira. – disse puxando ele pela cintura sustentando e indo em direção a saída.

 

For all the times that you rain on my parade

And all the clubs you get in using my name

You think you broke my heart, oh girl for goodness sake

You think I'm crying oh my own, well I ain't

Por todas as vezes que você fez chover no meu desfile

E todas as boates que você entra usando meu nome

Você acha que você quebrou meu coração, oh menina pelo amor de Deus

Você acha que estou chorando sozinho, bem, eu não estou

 

Will falou algumas coisas aleatória no caminho até seu dormitório que eu já conhecia bem. Chegando la estava vazio como esperado já que Frank estava na festa com a Hazel.

Deixei ele na cama e fui pegar uma toalha para o colocar no chuveiro. Will estava espatifado na cama fitando o teto e murmurando coisas, parecia mais sóbrio agora, mas nem tanto. Me aproximei dele e quando fui levanta-lo ele me puxou para si me derrubando em cima dele e me prendendo em seus braços.

- Nicooo.... eu te amo! – ele disse mole e eu suspirei me soltando.

- Certo Will, vamos levante e tome um banho. – indiquei já puxando ele e o levando aos tropeços para o banheiro.

- É verdade! Eu nunca menti sobre isso. Eu amo você. Porque você não fica comigo? – ele disse enquanto eu o ajudava a se despir.

Revirei os olhos ignorando a dor que aquilo em causou. Eu amei ele por muito tempo, eu me doei a ele e nunca recebi nem um terço em troca, então eu tinha o direito de ficar chateado com aquilo.

E mesmo assim eu estava ali, o ajudando.

- Pare de choramingar Will, ande logo. – resmunguei o colocando debaixo do chuveiro.

 

And I didn't wanna write a song

'Cause I didn't want anyone thinking I still care

I don't but, you still hit my phone up

And baby I've been movin' on

And I think you should be somethin'

I don't wanna hold back, maybe you should know that

E eu não queria escrever uma canção

Porque eu não queria que achassem que eu ainda me importo

Eu não me importo, mas você ainda me liga

E amor estou partindo para outra

E eu acho que você deve ser algo

Que eu não quero segurar, talvez você deva saber que

 

Will reclamou, mas cedeu. Logo ele estava vestido e eu o puxando para sua cama. Ele me parou no meio do caminho e tentou me beijar, desviei novamente o vendo fazer bico.

- Porque você está me negando? Você nunca me nega. – observou ofendido, já estava bem mais lucido agora.

- Já disse que não estou no clima Solace. – rebati ficando irritado.

Will fez uma careta para mim.

- É por causa do Percy? – questionou como se fosse um absurdo.

- Percy não tem nada a ver com isso a muito tempo Will. -  expliquei sincero.

Realmente Percy poderia ter “aberto meus olhos”, mas ele já não era mais o motivo pelo qual eu não queria ficar com o Will. Eu estava cansado de ser apenas usado e cansado de me submeter a isso. Eu sabia que não precisava disso, sabia que poderia viver bem sem ele, agora eu sabia disso.

 

My mama don't like you and she likes everyone

And I never like to admit that I was wrong

And I've been so caught up in my job, didn't see what's going on

And now I know, I'm better sleeping on my own

Minha mãe não gosta de você e ela gosta de todo mundo

E eu não gosto de admitir que eu estava errado

E eu estive tão ocupado com meu trabalho que não via o que estava acontecendo

E agora eu sei, estou melhor dormindo sozinho

 

Tentei coloca-lo na cama, mas ele resistiu soltando minhas mãos e me olhando irritado.

- Então o que tem a ver? Eu sei que você gosta dele, mas isso tem que significar que não gosta mais de mim? – perguntou confuso e ofendido.

Suspirei pesadamente impaciente.

- Sinceramente Solace tem a ver com você mesmo. – respondi já cansado de guardar aquilo, ele estreitou os olhos para mim. – Tem a ver com o fato de eu não querer mais me rebaixar a você.

- O que? Então você está dizendo que não sou bom o suficiente para você? – ele estava ficando nervoso, mas eu não liguei.

- Na verdade, é exatamente o que eu estou dizendo. – concordei com indiferença.

 

'Cause if you like the way you look that much

Oh baby you should go and love yourself

And if you think that I'm still holdin' on to somethin'

You should go and love yourself

Porque se você gosta tanto da sua aparência

Oh amor, você deveria ir e amar a si mesma

E se você pensa que eu ainda estou me segurando em alguma coisa

Você deveria ir e amar a si mesma

 

Will ficou me encarando por um tempo, parecia pensar o que fazer agora, então colocou sua mão em meu rosto e se aproximou com um sorrisinho malicioso de canto que eu já conhecia bem.

- Se você acha isso porque está aqui Nico? – questionou insinuativo.

Ele tinha razão, apesar de tudo que ele me fez eu ainda estava ali o ajudando.

Peguei sua mão e a tirei de mim.

- Porque sou idiota, apenas por isso. E você está deplorável, durma. – respondi com desdém indicando para ele se deitar de novo, mas ele não se mexeu, me encarou desta vez com raiva.

 

When you told me that you hated my friends

The only problem was with you and not them

And every time you told me my opinion was wrong

And tried to make me forget where I came from

Quando você me disse que odiava meus amigos

O único problema era com você e não com eles

E cada vez que me dizia que minha opinião estava errada

E tentou me fazer esquecer de onde eu vim

 

- Eu quero ficar com você Nico. Porque está se fazendo de difícil? – ele disse frustrado o que me fez rir e o deixar ainda mais nervoso.

- Como você é ridículo Solace. Deixa eu só te falar uma coisa: - me aproximei um pouco dele e falei devagar e firme. – As coisas não são como você quer.

 

And I didn't wanna write a song

'Cause I didn't want anyone thinking I still care

I don't but, you still hit my phone up

And baby I've been movin' on

And I think you should be somethin'

I don't wanna hold back, maybe you should know that

E eu não queria escrever uma canção

Porque eu não queria que achassem que eu ainda me importo

Eu não me importo, mas você ainda me liga

E amor estou partindo para outra

E eu acho que você deve ser algo

Que eu não quero segurar, talvez você deva saber que

 

Ele trincou os dentes e me fitou fervente.

- Tem razão Nico, não são. Porque se fossem você estaria nessa cama transando comigo agora mesmo. – ele disse se aproximando me fazendo recuar e desviar novamente de seu beijo. Will me segurou pela cintura e beijou meu pescoço quando virei o rosto. – porque está resistindo Nico? Você sabe o quanto sou bom, você sabe que ainda sente algo por mim.

Ele não desiste?

Bufei irritado e tentei afasta-lo sem muito sucesso já que ele era mais forte que eu.

- Me solte solace! – mandei em vão. – Tem certeza de que isso se trata de mim? Não tem nada a ver com o fato de você perceber que eu era importante para você só depois? – atirei nele irritado.

 

My mama don't like you and she likes everyone

And I never like to admit that I was wrong

And I've been so caught up in my job, didn't see what's going on

And now I know, I'm better sleeping on my own

Minha mãe não gosta de você e ela gosta de todo mundo

E eu não gosto de admitir que eu estava errado

E eu estive tão ocupado com meu trabalho que não via o que estava acontecendo

E agora eu sei, estou melhor dormindo sozinho

 

Will parou me soltando e me olhou com o cenho franzido.

- Quer saber Nico, tem. Tem tudo a ver comigo com como eu me sinto, tem ainda mais a ver com essa sensação horrível de ter te perdido, não, na verdade nem cogitado essa hipótese. – ele disse tudo rápido em um suspiro e depois se aproximou de novo. – Eu te amo Nico, eu quero ficar com você.

Meu coração pareceu ter caído em um mar gélido. Aquilo me atingiu de um modo inesperado, eu esperava me sentir tentado, seduzido por suas palavras, mas na verdade só conseguir me sentir nervoso.

Eu não queria ouvir aquelas coisas dele, queria que ele aceitasse e desistisse logo. O que ele não fez.

Will insistiu em me tocar colocando suas mãos em meu rosto me olhando nos olhos.

- Eu mudo Nico, eu prometo que aceito ter um relacionamento fechado com você, eu deixo de sair e ficar com outras pessoas, mas por favor, fique comigo. – sua voz mesmo que rouca e falha saiu sincera.

 

'Cause if you like the way you look that much

Oh baby you should go and love yourself

And if you think that I'm still holdin' on to somethin'

You should go and love yourself

Porque se você gosta tanto da sua aparência

Oh amor, você deveria ir e amar a si mesma

E se você pensa que eu ainda estou me segurando em alguma coisa

Você deveria ir e amar a si mesma

 

Fechei os olhos para a onda de sensações estranhas que me percorreu, ao mesmo tempo que eu queria afasta-lo e gritar com ele, eu apenas não consegui me mexer.

Então eu só pude sentir seus lábios nos meus, frios e molhados. E para minha surpresa mais uma nova sensação me percorreu.

Eu não consegui sentir nada.

Will Solace me beijou com carinho depois de muito tempo e eu simplesmente não consegui retribuir, não consegui sentir nada de amoroso ou afetuoso por ele. Nem se quer um rastro do que um dia eu senti, apenas o leve incomodo de que eu não queria mais aquilo.

Afastei Will delicadamente e ele me olhou confuso e frustrado. Não queria magoa-lo de jeito nenhum, mas era necessário. Era tarde demais para tudo aquilo.

- Não quero ouvir essas coisas de você Will. Não quero que mude por mim ou se force a mudar. Você tem que achar alguém que aceite você como você é e honestamente eu achei que era esse cara, mas não sou. – falei sincero e calmo para ele que se manteve me olhando incrédulo. – Eu amei você Will, mais do que você pode imaginar e muito mais do que você um dia me amou, mas agora acabou. – eu tirei suas mãos de mim e o encarei com compaixão. – Eu só queria deixar claro.

 

For all the times that you made me feel small

I fell in love, now I feel nothing at all

I never felt so low when I was vulnerable

Was I a fool to let you break down my walls?

Por todas as vezes que me fez sentir pequeno

Eu me apaixonei, agora não sinto nada

Nunca me senti tão pra baixo quando estava vulnerável

Eu fui um tolo quando deixei você derrubar minhas paredes?

 

Will se manteve estático, parecia ter levado um soco ou algo assim. Quando vi que ele não teria reação nenhuma passei por ele andando até a porta para ir embora, mas suas mãos seguraram as minhas rapidamente. Olhei para ele confuso e ele tinha lagrimas nos olhos o que me surpreendeu, meu coração doeu por vê-lo daquele jeito, mas isso não mudava nada.

- Não me deixe. Nico, não faça isso comigo. – ele choramingou baixo, seus olhos em nossas mãos.

Suspirei tristemente para ele.

- Você fez isso a si mesmo Will. Eu realmente não desejo mal nenhum a você, pelo contrario e espero que você curta muito a vida livre que você tanto ama. – atirei nele soltando-me e saindo do seu quarto sem olhar para trás.

 

'Cause if you like the way you look that much

Oh baby you should go and love yourself

And if you think that I'm still holdin' on to somethin'

You should go and love yourself

Porque se você gosta tanto da sua aparência

Oh amor, você deveria ir e amar a si mesma

E se você pensa que eu ainda estou me segurando em alguma coisa

Você deveria ir e amar a si mesma

 

Eu sabia que aquilo tinha sido cruel, mas era necessário. Eu conhecia Will Soalce o suficiente para saber que ele não ia desistir até eu esclarecer bem as coisas.

O mais estranho foi que eu me senti leve, como se tivesse acabado de tirar um peso das minhas costas. Eu estava guardando aquelas palavras por muito tempo e finalmente tomei coragem de dize-las. Não, não acho que coragem seja a definição certa. Eu tinha medo de dize-las porque ainda o amava e agora isso não existia mais.

Cheguei ao meu dormitório e como eu já esperava Percy não havia chegado, talvez nem voltasse para ca e fosse para qualquer outro lugar com o novo namorado.

Certo, foi uma coisa idiota de se pensar já que meu coração pareceu ter sido apertado por mãos de ferro.

Tomei um banho rápido e me joguei na cama fitando o teto.

Eu estava um pouco confuso agora, porque veja bem: Se eu não sentia mais nada pelo Will significava que o Percy tinha todo meu coração? O quanto terrível isso poderia ser? Digo, eu tinha que ver ele o tempo todo com o Jason e mesmo eu disfarçando e até aceitando isso não tinha sangue de barata. Doía.

Foi nesse momento que prometi a mim mesmo me desapegar. Não queria mais sofrer por ninguém ou me apaixonar de novo. Sabia que seria impossível me afastar do Percy e nem queria isso, mas eu me recusava a ceder aquela paixão irracional.

Decidi que depois de muito tempo me importando demais com os outros eu finalmente voltaria a pensar em mim mesmo.

 


Notas Finais


Musica: Love Yourself - Justin Bieber
Link: https://www.letras.mus.br/justin-bieber/love-yourself/traducao.html

ain como eu amo essa musica <3

eae minha gente o que acharam desse cap?
Nico tentando ser egoista? será que ele consegue? será que algo vai mudar?

Espero que tenham gostado e vejo vocês no proximo ;)
até mais ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...