História We are young. - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Will Solace
Tags Hdo, Heróis Do Olimpo, Jason, Jercy, Lemon, Nico, Percy, Percy Jackson, Pernico, Pjo, Solangelo, Wilson, Yaoi
Exibições 219
Palavras 2.020
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ola amores! desculpem a demora, mas vcs tb sumiram dos coments </3

bom, vocês pediram e aqui está um pouco de Castellangelo *0* <3

espero que gostem e boa leitura ;*

PS CAPA: como não EXISTE fanart desse shipp eu peguei uma Jasico que não ta parecendo tão Jasico assim hsuauhsahua

Capítulo 48 - (O tempo todo)


Fanfic / Fanfiction We are young. - Capítulo 48 - (O tempo todo)

POV NICO

 

Eu estava me sentindo nostálgico.

Toda aquela conversa sobre os anos anteriores estavam me deixando cada vez mais deprimido por ter acabado a faculdade e ao mesmo tempo feliz por isso.

Luke me mandou uma mensagem do outro lado da sala, acho que a conversa com Percy foi interrompida pelo Jason e ele não queria entrar na roda onde eu estava.

Luke: Posso falar com você la fora?

Olhei para ele que me jogou aquele sorriso travesso típico dele.

Me levantei e fui até ele que apenas indicou para que saíssemos, então eu o segui pela porta dos fundos. Ninguém pareceu notar que saímos o que me deixou mais a vontade.

O lugar estava vazio como já esperado, estava frio, mas não a ponto de nevar o que era uma pena, eu gostava da neve. Ao sair da casa Luke parou em um pilastre de concreto ao lado na varanda, fui até ele o encarando curioso. Seus olhos pareciam mais escuros agora com a pouca luz do lugar, seu cabelo tão loiro que parecia areia da praia, quase branco, sua cicatriz no rosto mal era vista.

- o que foi? – perguntei.

Luke mordeu o lábio devagar nitidamente nervoso.

- eu queria conversar com você. – falou com a voz mais grave do que o normal.

Franzi o cenho.

- certo, estamos conversando Castellan. Que cara é essa? Está me deixando nervoso.

Ele riu com isso, se desencostou do pilastre e veio até mim que não me mexi. Luke era mais alto do que eu, seus ombros eram largos, mas não como os de Jason por exemplo, eram mais discretos e proporcionais a ele.

- eu te deixo nervoso? – perguntou provocativo com malicia se aproximando ainda mais de mim e pegando minha mão lentamente.

Senti como se meu coração fosse parar a qualquer momento. O toque dele era quente na noite fria o que fez uma onda elétrica nova percorrer meu corpo fazendo minha respiração falhar.

Luke era uma pessoa diferente, seu senso de humor, seu jeito de encarar a vida, seu sorriso travesso e despreocupado... tudo nele era novo para mim, eu tinha a sensação de que ele era a pessoa mais única que eu iria conhecer.

- as vezes você me deixa nervoso. – respondi sincero e me xinguei pela minha voz sair falhada com a tensão de sua proximidade.

Luke entrelaçou seus dedos nos meus se aproximando ainda mais, seu rosto a centímetros do meu a cima, seus olhos fixos e intensos em mim. Com a outra mão ele colocou em meu pescoço me fazendo enrijecer ao saber o que ele faria.

Não é como se eu não gostasse de Luke, na verdade eu gostava muito dele, mas a sombra de Percy e o fantasma de Will ainda me rodeavam, pareciam me lembrar do quanto eu não deveria me permitir amar novamente.

- porque você me deixa nervoso com muita frequência. – ele admitiu baixo com um sorriso na voz.

Fiquei estático enquanto ele se aproximava e acabava com a distancia entre nós selando nossos lábios. Eu já havia beijado Luke antes, mas aquilo era diferente, ele não estava apenas sendo carnal, mas também emocional.

Claro que eu já havia percebido como ele ficava me encarando, na verdade acho que todos já perceberam, mas mesmo nós nos aproximando durante o decorrer do ano ele nunca fez mensão de nada o que eu até agradeci, eu realmente não estava querendo me envolver com ninguém.

Mas ao sentir o calor do choque que seus lábios proporcionaram contra os meus... naquele momento eu repensei isso. Luke era um cara muito legal, maduro e responsável...

Ele se afastou me olhando receoso o que me fez perceber que eu não havia retribuído seu beijo, estava estático demais.

- Luke...

- eu gosto de você Nico. – ele disse firme e sincero me fazendo o encarar sem reação com o coração batendo na garganta. – você provavelmente já percebeu isso, mas eu quero deixar claro que eu realmente gosto de você.

 

This time, this place

Misused, mistakes

Too long, too late

Who was I to make you wait?

Just one chance, just one breath

Just in case there's just one left

'Cause you know, you know, you know

Nesta hora, neste lugar

Desperdícios, erros

Tanto tempo, tão tarde

Quem era eu para te fazer esperar?

Apenas mais uma chance, apenas mais um suspiro

Caso reste apenas um

Porque você sabe, você sabe, você sabe

 

- porque está me dizendo isso agora? – perguntei quando sai de meu choque.

Ele soltou o ar murchando um pouco, mas tinha um sorriso leve nos lábios e seus olhos azuis passeavam pelo meu rosto.

- porque eu estava com medo de você se afastar de mim, mas então eu percebi que você vai se afastar de qualquer forma. Não vou te ver mais todos os dias na faculdade, talvez nunca mais... – ele respirou fundo e intensificou ainda mais seu olhar. – então eu tinha que dizer para quem sabe assim você não me esquecesse, não sumisse...

 

That I love you

I have loved you all along

And I miss you

Been far away for far too long

I keep dreaming you'll be with me

And you'll never go

Stop breathing if I don't see you anymore

Que eu te amo

Eu te amei o tempo todo

E eu sinto sua falta

Estive tão longe por muito tempo

Eu continuo sonhando que você estará comigo

E você nunca irá embora

Paro de respirar se eu não te ver mais

 

- eu não entendo... – sussurrei. – porque você nunca tentou nada depois daquele dia? Se você gosta de mim, porque nunca tentou ficar comigo? – perguntei sem conseguir evitar, eu realmente queria saber.

Luke acariciou meu rosto de leve e apertou mais seus dedos entrelaçados nos meus.

- porque eu te amo. – suas palavras saíram tão casual e tranquilas me fazendo enrijecer ainda mais. Ele sorriu tranquilizador para mim vendo minha expressão. – eu te amo desde que te vi e te amo cada vez mais. Porque amo cada detalhe em você, amo como você finge não ver o bem nas pessoas e sofre por isso, amo como tenta ser egoísta e pensar só em você, mas não consegue. Eu amo quando você olha para mim com cara de quem quer me dar um soco, mas apenas ri e me chama de imbecil. – sua mão foi novamente para meu pescoço depois de tirar uma mecha perdida do meu cabelo da testa. Eu estava vidrado demais em suas palavras e rosto para fazer ou falar algo. – é porque eu te amo tanto que não queria apressar nada. Eu sei o quanto louco isso parece, eu te conheço a quase um ano e sinto como se te conhecesse a vida toda... eu tentei esperar a hora certa, tentei te deixar me conhecer primeiro para quem sabe...

Ele não terminou de falar.

Beijei-o em um impulso frenético, me doando de corpo e alma aquele momento. Luke ficou surpreso de primeiro momento, mas logo retribuiu o beijo soltando minha mão e me puxando pela cintura para mais perto dele, colando nossos corpos. Apertei minha mão a sua nuca e cabelo o puxando para mim intensificando ainda mais o beijo. Sua língua invadiu minha boca com malicia e degustação, iniciei uma dança lenta e provocante com a minha junto a sua.

 

On my knees, I'll ask

Last chance for one last dance

'Cause with you, I'd withstand

All of hell to hold your hand

I'd give it all

I'd give for us

Give anything but I won't give up

'Cause you know, you know, you know

De joelhos, eu pedirei uma

Última chance para uma última dança

Porque com você, eu resistiria a

Todo o inferno para segurar sua mão

Eu daria tudo

Eu daria tudo por nós

Dou qualquer coisa, mas eu não vou desistir

Porque você sabe, você sabe, você sabe

 

Naquele momento eu apenas senti como se meus fantasmas desaparecessem, a luz brilhou e dispersou a sombra que me afligia e essa luz era Luke. Mesmo que eu não quisesse eu já estava me entregando a aquilo, a ele. Inevitável e cativante.

Oh Luke, onde é que você esteve esse tempo todo?

Quando precisamos de ar tivemos que nos afastar, Luke me olhou com um sorriso ofegante e eu respirei devagar sentindo meu coração bater rápido demais. Todo meu corpo estava quente e era como se uma onda elétrica me percorresse o tempo todo, ascendendo meus sentidos especificamente para ele.

Nunca havia sentido isso com ninguém... era simplesmente incrível. Então talvez, eu achasse que sabia o que era amar alguém, mas não sabia. Porque isso sim se parece mais com o amor.

 

That I love you

I have loved you all along

And I miss you

Been far away for far too long

I keep dreaming you'll be with me

And you'll never go

Stop breathing if I don't see you anymore

Que eu te amo

Eu te amei o tempo todo

E eu sinto sua falta

Estive tão longe por muito tempo

Eu continuo sonhando que você estará comigo

E você nunca irá embora

Paro de respirar se eu não te ver mais

 

- você é mesmo um imbecil. – sorri ao dizer. - e deveria ter me dito antes.

Ele pareceu nervoso, ansioso. Suas mãos apertaram minha camisa na cintura.

- então você... gosta de mim? – perguntou incerto me fazendo rir levemente.

- é claro que gosto de você Castellan. Caso contrario jamais teria te aguentado por todo esse ano sendo um imbecil. – resmunguei divertido.

O rosto dele se iluminou com minhas palavras, ele sorriu abertamente antes de me puxar bruscamente para ele novamente me beijando com tudo o que tinha.

- então você... vai sabe... me dar uma chance? – ele gaguejou sem jeito me fazendo rir alto.

- deuses você é uma graça. – falei sem evitar o vendo ficar vermelho e passei minha mão pelo seu rosto com ternura. – sua chance começou a um ano atrás Luke. – o beijei lento e carinhoso. – e você a usou muito bem. Não vou te dar uma chance. – peguei sua mão que estava em meu pescoço e a desci para meu peito. – vou te dar meu coração.

Os olhos dele se arregalaram brevemente e depois ele sorriu com os olhos brilhantes.

- é mais do que eu poderia pedir, mas eu prometo cuidar muito bem dele. – disse com a voz tão doce e suave que fez meu coração derreter em sua mão.

 

But you know

You know

You know

I wanted

I wanted you to stay

Cause I needed

I need to hear you say

That I love you

I have loved you all along

And I forgive you

For been away for far too long

So keep breathing

Cause I'm not leaving you anymore

Believe and hold on to me and, never let me go

Keep breathing

Cause I'm not leaving you anymore

Believe it Hold on to me and, never let me go

Mas você sabe

Você sabe

Você sabe

Eu queria

Eu queria que você ficasse

Porque eu precisava

Eu preciso ouvir você dizer

Que eu te amo

Eu te amei o tempo todo

E eu te perdoo

Por ter ficado tão longe por muito tempo

Então continue respirando

Porque eu não vou mais te deixar

Acredite e se segure-se em mim e nunca me deixe ir

Mantenha a respiração

Porque eu não vou mais te deixar

Acredite, se segure em mim e nunca me deixe ir

 

- eu sei que sim. – sussurrei antes de beija-lo novamente.

Luke tinha um poder estranho e novo sobre mim, seus lábios me domavam de maneira delicada como se ele me conduzisse a uma dança lenta. Suas mãos mesmo por cima das roupas me causavam arrepios, além dos choques elétricos que me percorriam o tempo todo em que ele estava por perto também haviam as borboletas em meu estomago, como asas batendo rápido causando um frio na barriga.

Nem Percy, nem Will, nem ninguém jamais me fez sentir assim.

 

Então foi ai, neste exato momento na noite de ano novo em que eu soube que havia finalmente encontrado o cara certo pra mim.

 

 


Notas Finais


Musica: Far Away - Nickelback
Link: https://www.letras.mus.br/nickelback/286115/traducao.html
(Essa musica sempre me lembra a linda da @monogatari <3 dedicado pq sim kkk)

Geeente! eu sei poeria ser melhor, mas eu estava com uma crise de criatividade então me desculpem ;/
mesmo assim eu gostei bastante *-*
Luke é tão <333

"Não vou te dar uma chance, vou te dar meu coração."
PEGA ESSA LUKE!!!! TEM O CORE DO NICO QUER MAIS O QUE!? *0*

muito italicos porque sim!!! porque aaaaaaaaaonnwt! nosso Niquito merece ser feliz <3

gostaram!? pararam com a lumbriga do Nico? kkkkk serio gente se controlem u.u

amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...