História We can dream of true love... Right? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Hibridos, Palavrões
Exibições 28
Palavras 1.687
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fantasia, Ficção, Lemon, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello!
Essa é a minha primeira fanfic aqui no Social Spirit, eu queria ter postado outras fanfics aqui, mas a burra aqui- eu- não sabia como fazer para reenviar o email, foi mal qualquer erro ortográfico, se você não gosta de Yaoi, ou seja romance gay, pode ir procurando outra fanfic, depois quero ver ninguém reclamando. Espero que vocês gostem e eu ainda estou fazendo a capa, mas eu fiquei tão empolgada que decidir postar logo a fanfic.

Capítulo 1 - Prólogo


P.o.v´s Jungkook

Olho novamente para aquela escola, parecia que eu estava prestes a entrar em um labirinto enorme, era tão grande, eu ainda não acreditava que eu, um pobre como eu, estava preste a começar seu primeiro dia em uma das melhores e mais caras escolas de Seul. Meu estômago revirava dentro de mim, passei a palma das minhas mãos no meu moletom na tentativa de secar o suor que se acumulava naquele lugar, suspirei pesadamente e comecei a andar em direção a entrada, e quando entrei me senti assustado, o lugar era maior ainda por dentro, eu conseguia sentir o cheiro das ômegas, dos alfas, das betas e dos betas, conseguia ver alguns grupinhos falando em inglês, eu era fluente então conseguia entender o que eles falavam, comecei a andar e percebi que as escolas tinham armários, e eram muitos, cheguei perto de uma garota que estava mexendo no armário dela. 

_ Com licença _ Eu falo cutucando seu braço, ela se vira pra mim, fazendo a saia do seu uniforme girar.

_ Pois não? _ Ela fala com uma voz baixa e gentil. Quanta educação.

_ Eu gostaria de saber onde é a secretária, você poderia me ajudar? _ Eu pergunto falando baixo.

_ Você é novato? _ Ela pergunta e eu sussurro um sim _ Me siga _ Ela fecha o armário dela e começa a andar pelos corredores, e eu vou atrás dela como se fosse uma criança com medo do fantasma de tão encolhido que eu estava, de repente ela para e aponta para uma sala _ Essa é a secretária _ Ela disse e logo se virou voltando o caminho, consegui nem agradecer.

Entrei na sala secando o suor da palma da minha mão de novo, me virei para fechar a porta mas ela já tinha se fechado, me virei para frente de novo e comecei a balançar meu rabo de um lado para o outro nervosamente, eu me senti como uma formiga no meio dessas coisas lindas, porém muito caras.

_ Presumo que você seja o bolsista novato, certo? _ Ouvi uma voz feminina disse atrás de mim, senti minhas orelhas e meu rabo se arrepiarem com aquilo, engoli seco e olhei para trás vendo a sombra de uma mulher ligando as luzes- as que eu não percebi que estavam desligadas até agora pouco-  assim que elas são ligadas, vejo uma mulher que parecia ter uns 22 anos, cabelos meio ondulados, ela era ruiva, não era pintado, era natural, tinha umas sardinhas e olhos azuis, que combinavam com a sua pele branquinha. A mesma segurava um copo com café nas mãos _ Olá! Eu sou a Kyung-Soon, a diretora da escola.

_ A diretora? _ Eu falei me afastando um pouco dela e fazendo uma reverencia _ Bom dia, desculpe incomoda-la, mas eu queria o número do meu armário e os meus horários.

_ Ah! Sim! Jeon Jung-kook, certo? Novo bolsista da escola de Seul _ Ela fala a última parte cantarolando, a mesma vai em direção e abre seu notebook que provavelmente foi mais caro que meu um ano de aluguel, depois de um tempo mexendo no seu notebook ela pega um papel e uma caneta e anota algumas coisas _ Pegue, você pode enfeitar o seu armário do jeito que quiser, você não pode atrasar para as aulas, principalmente sendo bolsista, entendeu? _ Peguei o papel e fiz reverencia respondendo ela:

_ Sim senhora _ Me virei olhando para o papel e indo em direção a porta. 

_ E senhor Jeon Jung-kook _ Ela me chama e eu me viro para ela _ Tente não entrar em confusão nessa escola, apenas um conselho _ Ela fala com o olhar no notebook.

_ Sim senhora _ Eu falo piscando duas vezes e logo voltando a minha direção que era saída da sala dela.

------------------

Assim que eu achei o meu armário- o que demorou uns 10 minutos- abri ele e vi que todos os livros estavam lá, olhei para os lados e vi as pessoas conversando e logo depois olhando para mim, voltei a minha atenção para o armário, olhei para o meu papel vendo os meus tempos e a minha sala. Eram apenas 5 tempos, os 3 primeiros, merenda, e depois os dois últimos, peguei os meus livros e botei dentro da minha bolsa, vi um pequeno cadeado com senha meio que escondido, percebi que era para trancar meu armário. Fechei meu armário e logo escolhi a senha, uma data que eu nunca iria esquecer. Olhei para o papel de novo e vi a minha sala.

_ 1º-B _ Eu falo para mim mesmo e começo a procurar pela sala, não foi difícil achar ela, pelo contrário, foi fácil, ela fica perto do meu armário, entrei na sala e vi uma sala com 5 fileiras, cada fileiras tinham 7 cadeiras, em uma conta rápida, tem 35 pessoas na sala, todas as cadeiras tinham nomes nelas, meu nome estava na 4º cadeira da fileira perto da porta, que pode ser considerada como a primeira fileira... eu acho.

Fui em direção a cadeira, de repente a sala tinha ficado em um silêncio mortal e constrangedor, me sentei gentilmente na cadeira e botei a minha mochila no chão, no espaço entre os meus pés, olhei para os lados e senti um arrepio na minha espinha, botei meu rabo para o lado e segurei ele na intenção de fazer ele ficar parado e não ficar mexendo de um lado para o outro. Ouço a campainha soar, provavelmente para mostrar que está na hora da aula, em questões de segundos os alunos começaram a entrar na sala e atrás deles a professora chegou, parecia estar na casa dos 30 anos, ela olha pra mim por alguns minutos, parece querer falar algo, mas logo desiste e manda a gente abrir os livros.

Passamos por Matemática e História, agora é Ed. física, fomos para os vestiários e nos vestimos, todos tiveram que fazer algumas corridas e exercícios, depois foram jogar queimada, assim que eu me sentei no canto da quadra, o professor me chama para jogar, tentei retrucar, mas ele, além de ter usado a voz alfa, ele disse que valia nota, então eu fui por livre espontânea pressão para o meio da quadra, e eu fiz uma das piores coisas de todas. Desviei de todas as bolas.

Quando percebi tava somente eu de um lado da quadra e um outro garoto, que era alfa do outro lado da quadra, eu conseguia ouvir o pessoal falar que eu ia levar uma bolada linda na cara, e eu estou com eles, eu vou levar uma linda bola na cara.

Fiquei parado no meio da quadra , já que ele estava com a bola, ele atacou a bola, e por instinto, eu me abaixei, ouvi o barulho da bola contra a parede e senti meu coração na garganta, agora sim eu fiquei com medo. Me levantei e olhei para trás e lá estava a bola olhei para frente e vi ele com um sorriso nos lábios. Vou em direção a bola, pego ela, e ataco na direção dele, mas ele acaba segurando. Claro Jungkook, ele é um alfa e você é um ômega, pelo amor dos deuses, pensa criatura!

Quando dou por mim ele está em posição para atacar a bola, e ele não teve piedade alguma, apenas atacou a bola na minha direção, dessa vez não tive tempo de pensar, a bola foi bem certo na minha barriga, senti todas as minhas forças irem embora, junto com o meu precioso oxigênio, assim que caio no chão a bola vai pra algum lugar, qual eu não me importo, fico de bruços e começo a tossir tentando recuperar o ar perdido ao mesmo tempo, logo percebo o tumulto ao meu redor, ouço algumas vozes gritarem com alguém. 

_ Taehyung, você por acaso ficou louco?

_ Ele é um ômega, não um alfa ou um beta, ele pode ficar com um ferimento grave.

_ Como você teve coragem de fazer isso com ele?

Sinto alguém me carregar no colo- algo que é fácil de fazer- e essa pessoa começa a andar, me levando a algum lugar, enquanto eu continuo tendo uma crise de tosses, mas agora elas estão um pouco mais leves.

Sinto essa pessoa me botar em algum lugar macio, uma cama, provavelmente, começo a parar de tossir e ter o precioso oxigênio em meus pulmões, que já estavam ardendo por conta da falta do ar. Quando eu estabilizo minha respiração me sento com cuidado na cama, sentindo a minha barriga doer, e muito, olho para o lado e vejo o alfa que atacou a bola em mim com um copo de água nas mãos.

_ Pegue _ Ele fala com uma voz grossa esticando o braço.

_ Você ataca uma bola na minha barriga sem piedade nenhuma, e agora está me dando um copo com água como se estivesse preocupado, que bipolaridade _ Eu falo erguendo uma sobrancelha.

_ Provavelmente vai servir para outras coisas _ Ele fala vendo eu pegar o copo.

_ Que tipo de coisas? _ Eu pergunto sem entender nada.

_ '' Que tipo de coisas? '' _ Ele fala tentando imitar a minha voz _ Você entendeu o que eu falei, ômega _ Ele responde com um sorriso nos lábios e piscando para mim.

_ Não, não entendi... _ Paro para pensar um pouco e logo entendo, faço uma careta de nojo e olho para ele com raiva _ Alfas como você me dão nojo _ Eu falo jogando a água que tinha no copo nele, ele se afasta da marca e olha para a camisa molhada depois para mim, ele abre a boca para falar algo mas eu me levanto sentindo a minha barriga latejar e vou em direção a porta daquela sala- provavelmente era a enfermaria- Saio de lá com raiva e vou em direção a o vestiário, com apenas um pensamento na minha cabeça. 

Mal cheguei na escola, e já odeio um alfa.

Acho que talvez eu tenha entendido o que a diretora queria dizer em não arrumar confusão.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, estou nervosa, minha primeira fanfic no Spirit, não sei qual a reação de vocês, ainda tenho que fazer a capa.
Jesus, to com medo, espero que vocês tenham gostado.
Beijinhos Darks para vocês ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...