História We Can't Back - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Halsey, Originais
Personagens Halsey, Personagens Originais
Exibições 1
Palavras 801
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heey segundo capítulo aqui, espero que gostem!! <3

Capítulo 2 - I Kissed My Friend


Fanfic / Fanfiction We Can't Back - Capítulo 2 - I Kissed My Friend

Fazia dois dias desde que tinha aceitado fazer parte da vida de Halsey, não havia mudado nada, na verdade não tive que trabalhar esses dois dias, eu apenas recebi uma quantia em dinheiro pra cuidar da aparência, o que eu achei uma ofensa, porém, aproveitei.

Comprei umas roupas que eu estava precisando, o contrato dizia que eu tinha que estar bem vestida sempre, e que a mídia iria ficar de plantão em cima de mim querendo saber tudo sobre Halsey, não liguei pra essa parte e apenas assinei o contrato logo. Além das roupas cortei o cabelo de novo, ele já estava ficando quase no meio das costas e eu odiava ele comprido. Cuidei das unhas, o que não faz muita diferença já que eu irei arrancar o esmalte em menos de três dias...

Eu estava em casa deitada reparando em como a minha vida estava parada e então decidi ligar pra alguns amigos, "amigos" nunca tive amigos, apenas conhecidos, eu apenas saia, enchia a cara, e eles me levavam pra casa... Não acho que seja ser amigo, apenas... Colega.

Entrei no banheiro, tirei minha roupa em frente ao espelho e fiquei analisando meu corpo, eu não era lá grande coisa, um pouco de curva na cintura, seios relativamente médio, soltei o cabelo e entrei no chuveiro... Deixei a água morna escorrer pelo meu corpo e molhar meu cabelo, meus demônios estavam saindo, escorrendo ralo a baixo, se eu quisesse imaginar, podia ver a água preta saindo e os gritos, mas eu não me levava tanto a sério assim.

Após um tempo termino meu banho, desligo o chuveiro e me enrolo na toalha. Me enxugo, penteio meu cabelo e seco o mesmo, vou até meu guarda-roupa e escolho uma roupa: uma saia listrada azul escura, meia calça, uma blusa normal e um casaco jeans.

Pego meu celular, saio do meu quarto e tranco o mesmo, pego o elevador e vou pro Térreo, aviso o porteiro que vou chegar tarde. Eu literalmente odiava quando eu chegava de madrugada e não havia ninguém lá, queria matar alguém ou até mesmo explodir o prédio.

Meus "amigos" chegam Ally, Franz, James... Sim duas meninas e dois meninos, se fosse a uns anos, minha mãe estaria gritando e falando que eu iria ficar com alguém... Alguns anos não, a uns 5 anos, agora nem a bronca dela eu tenho...

Ally: Hey!!- ela pula do banco de trás do carro e coloca seu braço envolta do meu ombro, eu sorrio e entro no carro.

Eles simplesmente aceleram e eu torço para que aquele carro capote e eu morra, infelizmente não acontece.

Chegamos em uma balada, Ally já estava bêbada antes mesmo de entrarmos e eu rio das coisas que ela fala.

Começa uma música da Halsey, eu gostava das músicas dela, sua voz me penetrava na alma, então eu apenas dançava de olhos fechados, nem havia bebido, sentia Franz se aproximar, mesmo de olhos fechados conseguia sentir seu cheiro de perfume barato chegando perto.

Franz: Você tá linda Chloe- ele fala no meu ouvido e eu recuo, será que ele não percebe que eu só quero curtir o som, e dançar. Ele chega mais perto e eu simplesmente o afasto com as mãos.- Qual é? Eu sei que quer...

Chloe: O que?- abro os olhos querendo que ele se arrependa de ter feito eu parar de dançar. Nunca entendi por que garotos me irritavam tanto, em toda minha vida gostei de um garoto e bom passou logo que ele tentou passar a mão e mim.

Franz: Eu sei que você é louca por mim... Sempre foi- ele se aproxima e coloca uma das mãos em minha nuca, dou um passo pra trás.- vai recuar? Eu sei do que gosta...

Chloe- antes que ele pudesse me beijar forçadamente, caminho até Ally, puxou seu braço ela me olha sem entender, meio bêbada como sempre- não você não sabe Franz- olho Ally nos olhos, e a beijo... Pensei que a sensação seria pior, mas na verdade sou atacada por uma sensação incrível, fico horrorizada com tal sensação que paro o beijo.

Fico encarando ela, como se em questão de segundos o álcool em seu corpo sai, e ela me encará com total sanidade.

Ally: Não sabia que você era...

Chloe: você acha que eu sabia?!?- seguro ela pelos braços e sorrio e rio horrorizada ao mesmo tempo.

Ally: Por que... Por que não me disse que beijava tão bem...

Eu e elas rimos, agora eu sabia, sabia o que ela era, ela era... Era uma amiga

Nós rimos e conversamos o resto da noite inteira, ela também não sabia que era tão bom beijar uma garota, acho que ninguém sabe até que prova, ou não, eu sempre reparei no corpo das meninas, mas nunca me toquei que aquilo era desejo, talvez fosse talvez não. Só sei que fui dormir com um sorriso tão grande que QUASE não cabia em mim... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...