História We Can't Hide This (Jikook) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Romance, Vhope
Visualizações 8
Palavras 643
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Two


Depois de um tempo, Jin volta da cozinha com a pipoca e se aconchega perto de Namjoon.

– Aqui, gente, pronto.

Esses caras devem achar que eu sou tonto ou algo do tipo, porque o Namjoon acabou de colocar os braços em volta do Jin e o Tae fez o mesmo com o Hoseok. Na moral, se eles acham que sabem disfarçar, serei obrigado a dizer o contrário.

Jimin continua agarrado em mim e eu sou obrigado a afastar ele, pelo mínimo de dignidade que me resta, diferente de certas pessoas nessa sala.

Quando eu o afasto, ele faz uma cara de desaprovação e, sinceramente, parece um bebê fazendo birra. Rio com meus pensamentos e volto a ver o filme.

Depois de vários gritos de Jimin e o Hoseok, o filme finalmente acaba e vamos todos para nossos quartos.

Coloco meu pijama e deito em minha cama, pensando na cena que presenciei hoje. Se as fãs soubessem que Namjin e Vhope é mais real do que elas imaginam, com certeza as cenas de histeria por parte delas seriam bem mais frequentes.

Porém, não acho que os mesmos admitam pra si mesmos que gostam uns dos outros. Isso é nítido pela cara que eles fazem quando tocamos nesses assuntos. Ficam mais vermelhos que tomate e negam até a morte.

Sinceramente, eu acho que sou o único hétero dessa parada. Tem o Yoongi também, mas ele demonstra um afeto sobrenatural pelo Hoseok (que me causa desconfiança) e raramente se abre pra falar sobre sentimentos ou coisas do tipo, então não tenho certeza sobre sua sexualidade.

Por último, temos o Jimin. E, porra, não tem nem o que discutir. Tá escrito na testa dele que ele é gay e, sinceramente, acho que ele tem uma queda por mim, mas não tenho certeza. Eu não correspondo e nem reconheço suas brincadeiras na maioria das vezes por pura vergonha e porque eu sou hétero, não tem porque ficar de gracinha com outros homens. Tem essa parada de fanservice, mas eu não curto muito, só faço quando me dá uma vontade a mais de agradar as fãs.

Sou interrompido dos meus pensamentos quando ouço alguém bater na porta.

– Pode entrar.

Me deparo com a figura de Jimin na porta entreaberta.

– Jungkookie, posso dormir com você? - Diz Jimin de um jeito manhoso.

Porra, aquela cena é adorável ao extremo. Jimin, de pijama, com um cobertor e travesseiro em mãos, na minha porta parecendo uma criancinha pedindo pra dormir com os pais porque está com medo. Minhas bochechas começam a esquentar e eu nem sei o porquê.

– P-por que você quer dormir aqui? - Por que diabos eu gaguejei?

– O Hope foi dormir com o Tae e eu fiquei sozinho, e eu tô com medo.

– Tá bom, vem aqui.

JUNGKOOK OFF

Jimin entra, fecha a porta e se acomoda na cama de Jungkook.

– Boa noite, Jungkook.

– Boa noite, Jimin.

Assim, os dois pegam no sono e adormecem.

Algum tempo depois, Jimin acorda tremendo com um forte barulho de trovão. É madrugada e uma tempestade começa, fazendo o menor estremecer.

Jungkook percebe a movimentação na cama e se vira para olhar Jimin.

– O que aconteceu?

– E-eu tenho medo de trovões. - Jimin diz e na mesma hora escuta um forte estrondo e acaba soltando um gritinho.

– Vem cá. - Jungkook diz e puxa Jimin pra perto, o envolvendo em um abraço. - Tá tudo bem, pequeno, eu tô aqui com você. - Diz, acariciando os cabelos do menor.

Automaticamente, Jimin cora e fica em estado de choque. Jungkook solta uma leve risada e fecha os olhos.

Assim, sob as carícias e nos braços do maior, Jimin se esquece da tempestade e adormece. E, pode-se dizer que antes de apagar e cair no sono completamente, ele considerou aquela como a noite em que ele mais se sentiu seguro e, acima de tudo, acolhido.


Notas Finais


DESCULPEM A DEMORA PRA ATT, vou melhorar isso


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...