História We Don't Talk Anymore - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Selena Gomez
Personagens Selena Gomez
Tags Charlie Puth, Fanfic, Romance, Selena Gomez
Exibições 11
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 1


Fanfic / Fanfiction We Don't Talk Anymore - Capítulo 1 - 1

07:35 a.m.

A aula não havia começado ainda, o primeiro tempo era vago. Justin estava sem falar comigo desde um dia antes, quando eu reclamei que a vagabunda da Hailey estava dando em cima dele. Não acredito nisso, além dela ser ex do Charlie ainda fica paquerando meu namorado. Essa garota tinha alguma coisa comigo, só pode.

- Selena, bom dia!! -

- "Ooi"! -

Respondi de um jeito animado como eu sempre fazia. Gostava de começar o dia bem.

- E a Meghan hein? - perguntei

- É aquela mesma coisa de sempre, ela diz que me ama e quer ficar comigo, mas não pode porque tem medo de me magoar. -

- Mano, assim, do fundo do meu coração, você sabe que eu sou sua amiga e nunca iria querer te prejudicar, mas se a Meghan te amasse mesmo não iria ter medo. Ela iria largar todos os outros por você. -

- Acho que você está certa. Vou conversar com ela, ver o que a gente decide. -

- Ok -

Meghan era minha segunda melhor amiga, depois de Charlie, e ver os dois como um casal sempre me deixou muito feliz. Só que existe uma diferença entre os dois: ela é o tipo de pessoa que só "fica" com os caras e depois esquece. Já ele é do tipo que se apaixona e abre mão de tudo por alguém. Ele já havia pedido para namorar com ela várias vezes e a resposta era sempre a mesma: "Não quero te magoar". Já Justin e eu éramos diferentes. Éramos mais colegas do que namorados. Ultimamente estavamos muito afastados por causa da Hailey, ele sabia que eu não gostava dela por ela ter magoado Charlie, e mesmo assim Justin continuava "amiguinho" dela.

Ele chegou atrasado, como o de costume, porém hoje foi diferente. Ele não sentou do meu lado, sentou do lado dela. Não sei porque eu fiquei surpresa, isso já era previsível. Nosso relacionamento estava desabando cada dia mais. Meghan, que já havia chegado, estava sentada ao lado de Charlie quando levantou e foi falar com Justin, para pedir para ele sentar comigo e conversarmos. Ele não quis, foi aí que eu levantei e fui falar com ele.

- Oi Justin - falei com um tom de arrogância, afinal eu estava chateada por ele ter me ignorado.

- Oi Selena - respondeu ele, mais arrogante ainda.

- Por que você me ignorou? -

Ele me encarou com um olhar debochado e disse:

- Porque eu quis. -

E continuou me encarando. Hailey, que estava ao lado dele, me olhou com um ar de provocação, e eu me segurei para não "voar" em cima dela. Na verdade eu não sabia se sentia ódio  ou tristeza. "Porque eu quis", Justin nunca havia me tratado assim em quatro meses de namoro. Ele sempre foi romântico e alegre. Mas aquelas três palavras acabaram comigo.

- Charlie, preciso falar com você. -

Falei, segurando as lágrimas. Ele percebeu que eu não estava bem então nem perguntou o que era, apenas concordou com a cabeça e me acompanhou até o lado de fora da sala de aula.

- Selena... -

Ele olhou nos meus olhos e eu não aguentei. Nos abraçamos e a única coisa que eu consegui dizer foi "Me desculpe".

- Você não precisa se desculpar, não fica assim meu bolinho. Eu vou chamar ele aqui e você vai acabar com isso agora, está bem? -

- Charlie eu não consigo. -

Falei, ainda chorando.

- Selena, olha pra mim. Você vai secar essas lágrimas e vai terminar com isso tudo agora entendeu? Você não precisa ficar sofrendo por um cara que não te dá valor. -

Não disse nada, apenas concordei com a cabeça. Ele entrou na sala novamente e chamou Justin, que não quis vir. Estava da porta da sala de aula observando, quando vejo Justin xingar Charlie, o que não era bom pois Charlie era o tipo de cara que não aceitava ser xingado por ninguém. Vi então Justin ser puxado pelo braço até a porta da sala, onde eu estava os esperando.

- O que você quer Selena?! - perguntou Justin, irritado.

Charlie nos deixou sozinhos para conversarmos à vontade. Meu rosto ainda estava molhado e meu nariz ainda estava vermelho.

- Por que você está me ignorando, Justin? Não tinha necessidade de tudo isso! Se você não queria mais nada comigo era só chegar e conversar! Mas não, tem que ser do seu jeito! -

- Deixa de ser ridícula garota! Quer saber mesmo porque eu estava te ignorando? Porque eu estou pegando a Hailey! Você não passa de uma idiota! -

Senti vontade de chorar naquele momento, mas não podia fazer isso, não podia entregar as cartas do jogo assim, tão facilmente. Respirei fundo enquanto ele me encarava, sem dizer sequer uma palavra. Saí dali e fui no pátio beber água, e ele voltou para a sala. Quando cheguei na porta novamente, senti os olhares dos nossos colegas de classe caírem sobre mim. Todos eles me encaravam de um jeito como se estivessem atirando em mim com os olhos. Sentei-me atrás de Charlie e Meghan, coloquei meu fone de ouvido e naquele momento, esqueci completamente do mundo.

Esse foi o dia de aula mais longo da minha vida, com todos me olhando arrogantemente e perguntando o que havia acontecido. Quando o sinal tocou, respirei aliviada e fui direto pra minha casa, sem nem conversar com Charlie ou Meghan. Cheguei em casa e nem comi nada. Apenas tomei meu banho e fui para o quarto, queria descansar. Foi quando meu celular tocou com uma notificação.

Mensagem de: Charlie

*Sel, vc está bem?

*Oq vc acha?

*Tá em casa?

*Sim, pq?

*Tá afim de ir pro píer?

*Pode ser...

*Te encontro lá em 15 min.

*O.k.

Morávamos perto de uma praia, que era imprópria para banho, pois a poluição acabara com a baía dali. Mas o píer que aquele lugar tinha era nosso ponto de encontro preferido. O tempo hoje estava nublado, com alguns ventos gelados que causavam arrepios em qualquer um. Quando cheguei, exatamente quinze minutos depois, Charlie já me esperava na beirada do píer, observando o céu. Sentei-me ao seu lado sem dizer uma palavra. Ficamos nos encarando por alguns segundos. Sua expressão era abatida, como se alguém tivesse arrancado um pedaço da sua vida. Não falamos nada. Nos entendíamos apenas com uma troca de olhares. Ele pôs o braço por cima do meu ombro me abraçando. Naquele momento já não conseguia pensar em mais nada. E de repente senti as lágrimas escorrerem pelo meu rosto, quando ouvi ele dizer:

- Vai ficar tudo bem porque eu estou aqui com você o.k.? -



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...