História WE DON'T TALK ANYMORE - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Colegial, Drama, Escolar, Gay, Jikook, Jimin, Jungkook, Park Jimin, Romance, Sexo, Universidade, Yaoi
Visualizações 18
Palavras 1.440
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - DO COMEÇO AO MEIO, O FIM ESTÁ PRÓXIMO


Fanfic / Fanfiction WE DON'T TALK ANYMORE - Capítulo 1 - DO COMEÇO AO MEIO, O FIM ESTÁ PRÓXIMO

Meu nome é Park Jimin, eu sou um mero estudante prestes a ir para a faculdade, meu período escolar foi muito difícil mas não pretendo falar sobre isso agora. Eu me sinto sozinho, eu sempre quis namorar mas minha vida inteira eu vivi um clichê, quando eu me interessava por alguém a outra não se interessava por mim e do contrário a mesma coisa.

Estava desabafando sobre isso com o Min Yoongi um amigo de longa data, ele disse que eu iria conhecer alguém interessante na faculdade, mas os vestibulares ainda nem começaram, pensando bem... Ele me falou para baixar um aplicativo, algo com Tin... Tindo? Tinder! Isso, ele disse que eu poderia conhecer pessoas novas através dele, será que é verdade? Acho que não tenho nada a perder.

Naquele mesmo momento eu fiz o download do aplicativo, você deve conectar com sua conta do Facebook e pronto! O aplicativo funciona como um "cardápio" digamos assim, você seleciona a distância, gênero e a média de idade das pessoas que você quer conhecer, se você gostar do perfil da pessoa você arrasta a foto para a direita, caso contrário, para a esquerda.

A outra pessoa não vai saber que você "gostou"ou "não gostou" dela, até que ela goste de você também e pronto, surgiu uma combinação, agora é só começar a conversa. Devo dizer a vocês que fiquei preso ao aplicativo durante uns quinze minutos, eu arrastei praticamente 70% das pessoas para a esquerda, 20% para a direita e apenas 10% gostaram de mim, eu devo ser uma droga.

Desses 10% havia alguém lá, era o garoto mais bonito de todos os que eu gostei, ele tinha uma foto sorrindo no seu perfil, os dentes eram tão brancos que eu pensei que iria ficar cego, um sorriso tão encantador que eu me apaixonei, então resolvi puxar assunto...

"Oi, tudo bem com você?"

- Oi, tudo s, me adiciona no WhatsApp: (XXX) X XXXX-XXXX

"Okay"

Foi o número de WhatsApp mais fácil que eu já consegui, acho que ele realmente odeia o chat do Tinder. Nós conversamos muito, ele têm a minha idade e estuda em uma escola próxima a minha casa, seu nome é Jeon Jungkook, nós temos dificuldades nas mesmas matérias e ambos queremos cursar o mesmo curso na mesma universidade, eu escolhi por ser a melhor de Seoul, mas na verdade ele só queria porquê é próximo de sua casa.

Jungkook é muito frio, nós tínhamos os mesmos gostos, ele é totalmente viciado em League of Legends, considera que o Fake (famoso jogador coreano de LoL) o seu maior crush, é um garoto que ele com certeza namoraria apesar de só achar asiáticos bonitos ele não necessariamente gosta de K-pop ou coisa parecida, sua banda favorita é Muse e eu só sei que essa banda cantou uma música para a saga Crepúsculo.

A época dos vestibulares começaram, estávamos ansiosos para este dia, nós ficamos em recuperação em matemática, éramos viciados em Snapchat e mandávamos foto desejando "bom dia" e coisas assim, conversávamos apenas por foto, lembro de quando eu mandei uma foto sorrindo e enviei para ele, automaticamente ele perguntou se eu tinha a foto, eu disse que não e em  seguida ele disse que eu estava muito bonito. Nós também falávamos sobre coisas aleatórias como Troye Sivan e meninos bonitos.

Eu passei no vestibular e a partir de hoje sou estudante de Direito e universitário, jamais irei voltar para aquela escola ao qual abomino, eu posso reescrever minha vida, eu serei quem eu quero ser, eu estou feliz. Jungkook não passou no mesmo curso que eu apesar de ter tentado muito, mas ele irá cursar Relações Internacionais que também é bastante interessante para ser sincero.

Eu sou fã de K-pop e nunca escondi isso de ninguém, nem do Jungkook que não liga muito para isso. Eu terei que viajar para a praia neste mês, sempre passamos o ano novo lá, o dia está tão tedioso, por quê o Jungkook não falou comigo ainda hoje? Ops, espera, tem uma mensagem no meu celular.

"Eu estou sozinho em casa, quer vir aqui?"

- Você quer que eu vá? - respondi.

"Se você quiser, pra mim tanto faz."

- Tanto faz? Então eu não vou. - respondi e desliguei meu celular.

Onde já se viu?? "tanto faz?" eu sou qualquer um? Será que eu fiz certo? Eu deveria ter ido à casa dele? Esse menino me irrita, como ele pode perguntar se eu tenho minha foto sorrindo por que ele achou linda? Como ele pode elogiar minha voz e pedir que eu fale mais porque minha voz é bonita e depois dizer "tanto faz"? Eu estou irritado.

Passaram-se uns dias, hoje é natal. Eu odeio o natal, porque depois que meus avós morreram nós não passamos mais um natal feliz, todos vamos dormir, eu não tenho muitos amigos, Jungkook não é nada meu apenas um garoto que nunca vi mas já tenho um sentimento muito grande, ainda tenho dúvidas se gosto dele.

Enquanto o ele está se arrumando eu estou de pijama deitado em minha cama, eis que ele envia uma mensagem, uma imagem com uma legenda

"Pode fechar pra mim?"

Era uma foto de seu zíper da calça aberto, eu podia ver o logo da marca Calvin Klein em seu botão, seu pênis estava ereto para o lado esquerdo, sua cueca também era Calvin Klein, branca com o elástico preto, como uma imagem poderia me animar durante aquela noite triste? Ele tinha mania de me provocar, ele fazia acupuntura e seu ouvido ficava com vários adesivos, eu achava aquilo a visão do paraíso e ele fazia questão de me mostrar sempre.

Na noite de ano novo os papéis se inverteram, Jungkook estava tendo uma péssima noite com a sua família e dizia direto que iria matar o seu pai, eu não estava feliz mas eu estava com a família dos meus pais em uma casa de praia então eu pude aproveitar meus últimos dias de 2015 de uma maneira saudável. Durante as férias eu liguei para Jungkook algumas vezes, eu já tinha notado que estava me apaixonando mas não sabia que seria assim.

Ele me pediu o meu Twitter durante uma conversa, o Yoongi adorava me estressar no Twitter e nós conversávamos muito, foi a primeira vez que eu vi o Jungkook com ciúmes de mim. Ele disse que era meu e que eu era dele, eu ignorei completamente tudo o que ele me dizia, não sei onde eu estava com a cabeça de que isso iria fazer com que ele aumentasse o seu amor por mim.

Em uma de nossas conversas pelo telefone eu pedi que ele ouvisse músicas da Amber, estávamos falando sobre idols que parecem ser meninos mas são meninas e vice-versa, ele ficou espantado ao som do Shake That Brass e apaixonou-se por I Just Wanna, mas foram os únicos que ele ouviu até então.

As férias foram meio solitárias, conheci um garoto ao qual me envolvi e tivemos algo bom enquanto durou, mas o fim não foi lá essas coisas, não durou muito, não mantive contato com Jungkook até o primeiro dia de aula da universidade, onde quase depois de um mês ele me mandou uma mensagem

"Ansioso para o primeiro dia?" - Ele perguntou

- Sim, mal posso esperar, comprei um caderno de Game of Thrones e você, está ansioso? - respondi com entusiamo. 

"Estou, na verdade eu gostaria de voltar para a cama, parei de assistir Game of Thrones na terceira temporada" - respondeu.

- Você precisa voltar a assistir é a minha série favorita!

"Eu farei isso em breve, agora eu preciso ir"

- Você vai com uma roupa bonita? - perguntei

"Vou de short, camiseta e chinelo"

- Credo - respondi com reprovação.

Ele me mandou uma foto da sua roupa, estava de camiseta polo e uma calça jeans, como se esperar do menino mais lindo e emburrado do mundo.

"Agora eu preciso ir, até mais" - afirmou

- Ei, hoje ao meio dia eu irei na universidade, preciso pegar o meu cartão de acesso na secretaria, eu poderia te ver e dar um abraço? - perguntei

"Não, eu vou voltar cedo pra casa, tchau"

- Tchau.

Como sempre ele está sendo arrogante, nada mudou durante um mês sem conversar. Ao meio dia eu fui para a universidade como combinado, nenhum sinal dele, voltei para a casa e fiz minha contagem regressiva para o grande dia, meu primeiro dia de aula, esqueci de comentar que eu estudo a noite e ele estuda pela manhã, no meio da tarde ele me mandou uma mensagem.

"Você gostaria de vir à minha casa?"

Continua...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...