História We Need You Girls - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fanfic, Kpop, We Need You Girls
Visualizações 10
Palavras 915
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente, mil desculpas pela demora a publicar capitulo novo, explicarei melhor o motivo no final, enfim espero que gostem do capitulo.

Capítulo 16 - Declarações Parte dois


Fanfic / Fanfiction We Need You Girls - Capítulo 16 - Declarações Parte dois

[Thalia on]

 Eu acordei com o som do face time do meu notebook, levantei correndo para ver quem era, era o Tae, corri e olhei no espelho, eu estava toda desarrumada ele não podia me ver daquele jeito. Mesmo não sabendo se ele ia insistir em falar comigo eu fui me arrumar, e então ele desligou, bom parou de tocar, continuei o que eu estava fazendo, mas ele ligou de novo, foi então que eu atendi.

    Tae: Annyeonghaseyo.

    Thalia: Annyeonghaseyo.

    Tae: Tudo bem?

    Thalia: Sim e com você?

    Tae: Estou bem, você esta tão bonita.

    Thalia: Obrigada. Digo colocando o cabelo atrás da orelha.

    Tae: Então eu preciso te falar algo bem sério.

   Porque eu, porque as pessoas me escolhem para falar coisas do tipo, serias.

   Thalia: Pode falar.

    Tae: Sabe o nosso plano, então eu usei ele para me aproximar de você.

    Eu apenas fiquei olhando porque eu não sabia como reagir, porque, como assim se aproximar isso quer dizer que...

    Tae: Sim, é o que você está pensando.

    Meu esse menino tem o poder de ler mentes ou é o que?

    Tae: Eu gosto de você, desde quando eu te vi pela primeira vez no Brasil, e quando eu descobri que você estava gostando do Yoongi.... Aquilo doeu, eu fiquei um tempo pensando que se eu não fizesse algo, eu acabaria te perdendo, foi então que eu tive a ideia, mas eu não sei se funcionou como eu queria que tivesse funcionado.

    Antes que eu pudesse dizer algo Anna abriu a porta olhando para o celular.

    --Lia.

    Quando ela me olhou e viu que eu estava conversando com o Tae, as bochechas dela ficaram vermelhas e na mesma hora ela fechou a porta e saiu correndo.

    Olhei para o computador e vi que Tae tinha desligado, na mesma hora que eu fiquei com raiva da Anna, eu agradeci por ela ter me salvado daquele momento.

    [Thalia off]

    Eu havia chegado em casa e estava no meu quarto desenhando. Thalia já tinha chegado, mas estava dormindo no quarto dela, eu sei disso porque digamos que eu dei uma espiadinha. Bom mas voltando, eu estava desenhando quando recebo uma mensagem.

          {Chat on}

    Kook:Oi amor.

   Meu deus ele me chamou de amor, é isso mesmo Brasil, melhor dizendo ”É ISSO MESMO CORÉIA”. Eu não estava acreditando, quando eu li a mensagem eu dei um mini gritinho de felicidade, tomara que a Thalia não tenha escutado.

   Anna: Oi amor, tudo bem?

    Kook: Gostei.

    Anna: Do que?

    Kook: De ter me chamado de amor.

    Anna: Sendo assim eu também gostei de ter me chamado, eu quase morri aqui.

    Kook: Calma, preciso de você viva hoje.

    Anna: Porque? Perguntei animada.

    Kook: Quero te levar para um lugar.

    Anna: Onde?

    Kook: Primeiro que quero saber se você vai?

    Anna: É claro.

     Kook: Ok, te busco em 30 minutos, bjs.

         {Chat off}

    30 minutos, meu deus preciso correr, fui até meu armário e não pensei em nada, eu estava entrando em desespero, “Thalia” pensei, fui correndo até o quarto dela, quase cai.

    Nem bati, abri a porta e vi ela conversando com o Tae, droga eu sempre estrago as coisas, fechei a porta e voltei para a sala. Não demorou muito ela apareceu na sala.

    --Que foi menina? Ela perguntou.

    --Tenho 30 minutos para me arrumar para um encontro, e nem sei com que roupa vou.

    --Faz assim, vai tomar banho que eu vou escolher a sua roupa.

    --Ok.

    Corri para o banheiro e ela para o meu quarto, tomei banho correndo, quando cheguei no meu quarto a roupa estava na cama, junto com o sapato. A Thalia estava arrumando as maquiagens e o secador e a chapinha estavam na tomada.

    A roupa que ela tinha escolhido era linda, vesti e me sentei numa cadeira, em 10 minutos ela arrumou meu cabelo e me arrumou.

    Me olhei no espelho depois me virei e perguntei a Thalia:

    --Será que ele vai gostar?

    --Amiga se ele não gostar, alguém fica sem cara.

    Nós duas rimos e eu voltei a me olhar no espelho, e então a campainha tocou.

    --Espera aqui. Ela disse.

    --Ok.

    Ela saiu do meu quarto e eu fui pegar meu celular e a minha bolsa.

          [Thalia on]

    Abri a porta e JungKook estava lá, falei para ele entrar e ele perguntou:

    --Onde ela está?

    --Calma jovem, eu vou chama-la espera aqui.

    --Tá.

    Fui até o quarto e disse para ela vir depois de mim.

    --Ele está aqui na sala Anna...

         [Thalia off]

    Fui devagar, quase tropecei, sou muito desastrada, ainda bem que ninguém viu. Cheguei na sala, ele me olhou e sorriu. Eu fiquei tão feliz em vê-lo que eu não conseguia parar de sorrir.

    --Oi. Eu disse.

    --Oi, você esta tão linda.

    Olhei para trás e não vi Thalia só vi a porta do quarto dela fechando, ela vai ver so quando eu voltar.

    --Obrigada.

    --Então vamos.

    Fomos até o carro e eu perguntei:

    --Onde nós vamos?

    --Isso é surpresa, falando nisso coloca.

    Ele me entregou uma venda, meu deus quanto mistério, eu estava ficando ainda mais ansiosa, coloquei a venda e então ele segurou a minha não. Fomos o caminho todo em silencio, mas em nenhum momento ele soltou a minha mão.

    --Chegamos. Ele disse. —Espere aqui, e não tire as vendas

    --Tudo bem.

    Ele saiu do carro, e senti a porta do meu lado abrir, ele pegou a minha mão e foi me guiando. Paramos de andar, ele tirou a minha venda. Como aquele lugar era lindo.


Notas Finais


Bom acho que devo explicações a vcs, eu demorei a publicar porque tive alguns problemas relacionado a escola, tenho ficado sem tempo depois que comecei a estudar o dia todo, e por conta disso não estava conseguindo escrever ou publicar os capítulos, espero que vcs entendam, tentarei ser mais regrada, obrigada pela compreensão.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...