História Weak - 2jae - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Tags 2jae, Amorzinho, Choi Youngjae, Gay, Got7, Im Jaebum, Jaebum, Jaejae, Yaoi, Youngjae
Visualizações 130
Palavras 939
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E aqui estou eu com mais um oneshot curtinha e bem gay do got7.
Espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo Único


—Im Jaebum, se você não levantar dessa cadeira agora eu vou fazer algo tão ruim para você, mas tão ruim que eu nem sei o que é ainda. — Jaebum não pôde evitar de rir, Jackson Wang tinha esse efeito sobre ele e possivelmente em 70% da população mundial.

                —Por que eu tenho que ir? Me dê um bom motivo Jack.

                —O Hyung tem que ir porque precisa relaxar um pouco, se divertir, você é um universitário. — Talvez Jackson estivesse certo, mas Jaebum sabia que esse não era o porquê do loiro querer que ele fosse. — E só para você ficar sabendo, o Youngjae vai estar lá. — Jaebum sabia, sabia que era algo envolvendo Youngjae, Jae era um novo amigo dos dois, fazia algumas semanas que eles se conheceram através de Yugyeom e Bambam, desde que se conheceram Jackson fica insistindo que os dois formam um belo par. —Vamos lá Hyung, você tem que dar uma chance para o Jae, meu 2jae tem que ser real, faça isso pelo seu dongsaeng preferido. — E as palavras do mais novo foi seguida de uma tentativa de Aegyo que fez Jaebum rir novamente.

                —Tudo bem Jackson, eu vou, mas só pela sua tentativa falha de Aegyo e porque já tá ficando chato escutar você insistindo.

                —Você não sabe o que é um aegyo de verdade, ok? Vou acreditar que foi isso que te convenceu e não o fato de eu ter citado o Jae, 2jae é meu otp. — O gritinho típico de Jackson Wang acompanhou essas últimas palavras. — Eu passo aqui as nove e meia, esteja pronto para seu Jae. — E assim Jackson saiu do dormitório do melhor amigo, Jaebum tentava se convencer de que iria sair porque precisava se divertir e não para ver Youngjae bebendo, dançando e berrando todas as músicas que ele conhecia e até as que não conhecia, esse pensamento trouxe um sorriso bobo aos lábios de Jaebum, merda, talvez se convencer não fosse ser fácil.

 

 (...)                                 

 

          Jaebum achava que tinha sido uma boa ideia sair de casa naquela noite, gargalhadas e gritos eram o que não faltavam na mesa em que os 7 amigos estavam ocupando, mas Jaebum mudou de ideia quando os cinco idiotas que conhecia a anos resolveram sair da mesa o deixando sozinho com Youngjae, talvez tivera sido melhor se ele tivesse dito não a Jackson, ele deveria estar na cama e não encarando Youngjae bebendo uma cerveja enquanto ainda ria de alguma besteira que Jackson disse antes de sair da mesa, Jaebum estava começando a ficar nervoso.

                —O Jackson ainda continua com aquilo de shippar nós dois. —Youngjae perguntou assim que parou de rir, não queria que ficassem em silêncio.

                 —Sim, ele jura que me convenceu a vim só porque disse que você estaria aqui hoje. — Enquanto Jaebum ria de suas próprias palavras, Youngjae o encarava pensativo.

 

         —E é verdade Hyung? —Jaebum não estava esperando por essa pergunta, era verdade? Se fosse Jackson ou qualquer outro dos meninos ele diria que não, mas enquanto Youngjae o olhava como se esperasse algo, ele não conseguiu mentir, mas também não conseguiria dizer a verdade.

         —Talvez seja. — Do mesmo jeito que Jaebum não estava esperando pela pergunta, Youngjae não estava preparado para essa resposta, antes que o mais novo pudesse responder alguma coisa, uma música mais lenta do Bruno Mars começou a tocar, todo mundo que conhece Youngjae sabe que ele ama Bruno Mars, então tomando o ultimo gole da bebida de seu copo, Jaebum decidiu fazer algo que talvez se arrependesse depois. —Quer dançar? — Era sua música preferida de e Im Jaebum o convidando, ele não poderia negar, nem queria.

        A música era lenta, então Jaebum usou isso como desculpa para enlaçar a cintura de Youngjae e puxar seu corpo para mais perto do seu enquanto Youngjae enlaça seu pescoço, se o outro quase colou seus corpos, ele achou que poderia quase seus rostos, e ali enquanto se balançavam, e se perdiam no olhar um do outro, o otp de Jackson deu seu primeiro beijo, no começo foi só um selinho, mas quando Jaebum pediu passagem com a língua, Youngjae não demorou em ceder, o beijo dos dois poderia ser descrito como uma disputa de línguas por espaço, como uma dança silenciosa entre elas, mas na verdade esse beijo descreve o momento em que Jaebum desistiu de resistir a Youngjae, aquilo seria impossível, e bom, o que há de errado com isso? Nada, não existe nada de errado em cair por Youngjae. Por que Jaebum não fez nada antes? Por puro medo, medo de destruir a recém amizade que construíra, apesar de conhecer Youngjae a pouco tempo, ele não queria se afastar do garoto por causa de algum sentimento não correspondido.

 

(...)

           —Se o Jackson tivesse visto isso, acho que ele estaria pulando e dando aquele gritinho típico dele. — Essa foi a primeira coisa que Jaebum conseguiu dizer depois de descolar seus lábios dos de Youngjae.

           —Acho que ele viu. — Virando, Jaebum viu Jackson de boca aberta como se gritasse e dando pulinhos estranhos perto do bar. Ao ver a cena os dois garotos não aguentaram e começaram a gargalhar, pensaram em voltar para onde estavam sentados, mas ao olhar para a mesa que estavam e ver todos os meninos os encarando com uma expressão maliciosa decidiram que não era hora de voltar para lá, apenas 4 músicas e uns 10 beijos depois acharam que era hora de voltar e encarar os amigos e suas piadinhas bestas. —Bummie, então 2jae é real?  — Youngjae perguntou antes de voltarem.

        —Realíssimo. — Disse deixando mais um beijo nos lábios do garoto, os lábios que passariam a ser seu novo vicio.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...