História Web Destiny ( Camren) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Demi Lovato, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Lesbicas, Romance
Visualizações 122
Palavras 2.514
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoal.. aqui estou para encerrar essa maratona Mara!! Foi muito bom pra mim e espero que vocês também.
Depois desse capítulo haverá algumas passagens de tempo porque Camilinha tá sofrendo com esse ombro né?! Enfim... agradeço os comentários e os favoritos que aumentaram bastante me fazendo muito feliz e me dando força pra continuar! Obrigada de verdade! Vamos ao trabalho e podem preparar os lencinhos pq o choro é livre!

Maratona Web Destiny 5/5 :(

Boa leitura e corrijo os erros depois!

Capítulo 24 - Família Cabello - Jauregui


Fanfic / Fanfiction Web Destiny ( Camren) - Capítulo 24 - Família Cabello - Jauregui

**POV Lauren**

Quase caí pra trás quando vi Sinu vindo junto com Alejandro e Sofia ao encontro de Camila, minha mãe me olhava surpresa e eu estava mais ainda, soltei Camila e ela foi correndo para os braços da mãe que a abraçou forte e de olhos fechados.

Eu me aproximei de Alejandro e ele piscou e sorriu, dei um beijo em Sofia e ela me abraçou carinhosa. Camz e Sinu ficaram por vários minutos se abraçando e ninguém ousou interromper.

**POV Camila**

Eu e minha mãe estávamos perdidas naquele abraço, era como se tudo que houve estivesse sendo apagado durante aquele momento, ninguém se aproximava e eu já chorava muito, estava com tanta saudades, ter ela ali no momento mais importante da minha vida era tudo que eu queria. Depois de um longo tempo finalmente nos separamos, ela me olhava com amor mas também com tristeza, o silêncio já me incomodava a ponto de me deixar nervosa.

- Mama, eu achei que você nunca mais iria falar comigo! - disse com a voz embargada.

- Sinto muito Hija, eu precisava de um choque de realidade e o seu pai fez isso, então aqui estou eu. - quando ela falou me virei olhando pro meu pai e ele sorriu.

- Obrigada Papa!! - disse e ele se aproximou.

- Não por isso minha filha, sua mãe só precisava entender umas coisas.

**POV Alejandro** No dia Anterior...

Flashback on.

Depois que saí do apartamento de Camila , fui para o trabalho e estava sentido mal, precisava falar com Sinuhe, ela não podia fazer aquilo com a nossa filha. Na hora do almoço resolvi fazer uma ligação e marcar com Sinu para conversarmos.

Ligação on.

- Boa tarde Sinu como vai? - disse amistoso.

- Boa tarde Alejandro, eu vou bem e você?

- Posso ficar depois de ter uma conversa com você. - disse já me preparando.

- Conversa comigo? E sobre o que seria? - falou e respirei fundo.

- É sobre a Camila, eu já sei tudo e acho que devemos conversar! - falei e ouvi ela bufar.

- Eu não quero falar sobre isso, eu quero esquecer esse assunto Alejandro!

- Não Sinu, você não vai esquecer nada, vamos conversar sim e vai ser hoje depois que sair do trabalho.- disse ordenando.

- Tá bom, vou esperar, tchau! - falou irritada.

- tchau. - falei e desliguei.

Ligação off.

O dia passou rápido e logo estava saindo da empresa, entrei no carro indo para casa da Sinu.

Estacionei o carro, saí do carro e tomei fôlego antes de apertar a campainha, a conversa com ela não seria nada fácil. Criei coragem e apertei a campainha da casa, após poucos minutos Sofia abriu a porta pulando em meu pescoço, a peguei no colo e entrei, a coloquei no chão e fechei a porta, perguntei por Sinuhe e ela me disse que estava na cozinha terminando o jantar.

Andei até a cozinha e a encontrei mexendo algo no fogão, dei uma tosse baixa e ela se virou pra mim.

- Oi Alejandro como vai?

- Bem, e você?

- Bem obrigada.

O silêncio dominou o ambiente, jantei junto com elas e depois que Sofia subiu para dormir eu e Sinu começamos a conversar.

- Anda Alejandro diz logo o que quer! - disse impaciente.

- Bem...vou direto ao ponto, hoje pela manhã fui até o apartamento da nossa filha e ela estava com uma moça que ela me disse que é noiva, no começo eu fiquei bem surpreso, nunca tinha percebido nada em relação da preferência de Camila por mulheres, mas ela me contou que Lauren não é a primeira, e nós dois sabemos que ela só se casou com Austin porque nós forçamos ela depois de saber que eles tinham feito sexo, E erramos nisso, ele fez muito mal pra ela , a fez infeliz e eu como pai me sinto horrível por isso. Agora o que eu vi hoje Sinu era uma Camila feliz, realizada e principalmente amada!! A Lauren ama nossa filha Sinu, ela a proteje ,cuida dela e eu francamente não vejo problema nisso, você não pode julgar nossa filha por estar amando uma mulher, isso é um mero detalhe, o que importa?? Se é uma mulher ou um homem ?? Podia ser uma árvore, o que importa é a felicidade dela!! E você tem que entender isso , você está machucando nossa filha Sinu. É isso que você quer?? - falei e ela chorava.

- E-eu...eu não sei se consigo fazer isso Alejandro!! Deus não aprova isso e eu não quero condenar minha alma.!! - falou e eu me irritei.

- Você está se ouvindo??? Você está mesmo falando isso?? Sinu é a nossa filha!! A nossa Kaki!! Deus abençoa o Amor!! E o que nossa filha sente por aquela moça é um amor verdadeiro e sincero. Para de pensar apenas como sendo ela é outra mulher, além de mulher , Lauren é uma pessoa, uma pessoa que quer casar com a nossa filha, que quer ter uma família com ela, quer filhos, quer ficar velhinha ao lado dela, e isso pra mim é o suficiente e acho que pra você também tem que ser! - falei e ela ouvia atentamente.

- Acho que você está certo, não pode ser tão ruim assim, não quero que nossa filha me odeie, quero ver ela feliz, quero poder ver meus netos e ajudá-la a cuidar deles, não quero perder isso. - falou secando as lágrimas.

- Então não perca!! Amanhã os pais da Lauren vão dar um jantar de noivado pra elas, e eu tenho certeza que Camila ficaria muito feliz se você estivesse lá, eu posso vir buscar você e a Sofi o que acha? - disse e ela sorriu.

- Então parece que essa moça é séria mesmo!! Tudo bem , eu vou Alejandro! - falou e eu sorri.

- Se permita conhecer Lauren melhor, ela é uma pessoa maravilhosa! Amanhã passo aqui as 19h pra buscar vocês, agora vou indo. - falei me levantando e Sinu me acompanhou até a porta.

- Obrigada Alejandro!! - falou e eu lhe dei um beijo no rosto.

- Todos precisamos de um choque de realidade as vezes!! Se cuida e até amanhã! - falei e ela sorriu.

- Até amanhã!

Saí da casa da Sinu de alma lavada e dever cumprido, minha Kaki vai explodir de felicidade!

Flashback Alejandro off.

**Pov Camila**

Depois que meu pai explicou como convenceu minha mãe me senti ainda mais orgulhosa dele. Estava tão emocionada com toda aquela situação que nem percebi quando vi minha mãe se aproximando de Lauren, senti um friozinho na barriga ao ver que elas conversavam. Mas resolvi não atrapalhar, preferi apresentar meu pai aos meus sogros e logo ele e o pai de Lauren já estavam parecendo amigos de infância, Taylor e Sofia também se entenderam muito bem, Chris se juntou ao meu pai e meu sogro e provavelmente falavam de futebol, o casal Norminah e Ally e Troy estavam conversando e eu preferi não atrapalhar. Eu como me senti isolada resolvi atrapalhar a conversar entre minha mãe e Lauren. Me aproximei delas e apoiei meu braço no ombro de Lauren.

- Oi gente - falei e ambas sorriram.

- Oi minha Hija, estava aqui conhecendo melhor minha futura Nora. - falou e meu sorriso se abriu imenso.

- Espero que não se assuste quando conhecer melhor!! - falei divertida e Lauren me encarou.

- Amor!! Não fala assim, o que a sua mãe vai pensar?? - me repreendeu.

- Fique tranquila Lauren, sei a filha que tenho, e tenho certeza que você é uma mulher muito boa. - minha mãe disse e Lauren corou.

- Vamos jantar pessoal!! - Clara anunciou nos fazendo virar pra ela.

Todos se dirigiram a mesa, os meus pais , os da Lauren, Dinah, Normani, Ally e seu noivo Troy, todos sentaram a mesa, e o jantar foi servido, tudo delicioso e em grande quantidade, todos em clima tranquilo e animado. Já na sobremesa tudo o que eu queria mousse de chocolate com morango, me esbaldei feito criança, Lauren sorria pra mim o tempo todo,  e estava nitidamente feliz. E eu?? Eu estava nas nuvens, minha mãe e Clara se entenderam fácil e logo estavam falando do nosso casamento. E eu imaginava o quanto seria delicioso um Natal ou fim de ano assim com a família inteira reunida, por que agora éramos uma família só, a família Cebello- Jauregui!

Quando todos estavam apenas nos drinks Lauren pediu atenção de todos e pediu para que eu levantasse. Segurou minha mão e olhando para os meus pais começou a falar.

- Alejandro e Sinu, hoje aqui neste momento eu não gostaria de apenas comemorar, e sim de fazer as coisas como a filha de vocês merece, eu sou completamente apaixonada por ela, e a cada dia este sentimento só cresce, quando eu fiquei aqueles 30 segundos morta na UTI, eu tive uma visão, ou um sonho, chamem como quiserem, neste sonho eu vi Camila, e ela estava linda e me dizia que eu não podia estar ali, e que eu tinha que voltar, não entendi no momento o que aquilo significava, mas agora tudo faz sentido, eu não podia morrer, não podia deixar ela sozinha aqui, e posso dizer com toda a certeza que eu voltei a viver por causa da Camila, e isso eu nunca vou esquecer, então eu prometo que em quanto eu viver minha principal missão de vida é fazer essa moça muito feliz! Então eu gostaria de saber se vocês me concedem a honra de me casar com a filha de vocês? - Lauren disse e eu já chorava como uma criança.

- Com toda certeza sim. - meu pai disse e sorriu.

- Apesar de tudo o que eu aprendi na vida ser contra isso, eu vejo nos seus olhos que você ama minha filha Lauren, e que cumprirá tudo o que está falando então, sim eu abençoo a união de vocês! - minha mãe disse e as lágrimas saía de seus olhos.

- Obrigada! E agora a parte importante...- Clara entregou uma caixinha de veludo azul para Lauren e ela agradeceu.- Camz, eu nem preciso dizer o quanto você é especial e o quanto eu te amo, mais só pra você não esquecer! Quero que saiba o quanto sou feliz com você e o quanto seu amor me faz bem, quero passar minha vida ao seu lado, quero ter filhos com você e viver uma linda e verdadeira história de amor, então vou te fazer essa pergunta mais uma vez, já que a primeira eu estava em uma cama de hospital e você pode ter respondido por pena. - falou e eu lhe dei uma tapinha no braço. - Karla Camila Cabello Estrabao, você aceita ser minha esposa?- falou e abriu a caixinha revelando um anel prata com uma pérola.

- Sim...Sim.. Sim!! E claro que eu quero ser sua esposa meu Amor!! - falei e ela tirou o anel e colocou com cuidado no meu dedo anelar direito.

- Esse anel é de extrema importância para mim e para minha família, ele era da minha vó, e nos éramos muito unidas, quando ela faleceu me deu ele e disse que devia entregá-lo a alguém que eu amasse muito, então você é este Alguém! - falou e meu deu beijo demorado.

- Vou cuidar bem dele Amor! - falei e logo a sala de jantar foi tomada por palmas e assobios.

Todos nos abraçaram e nos parabenizaram pelo noivado, Dinah ameaçou Lauren de morte caso ela me fizesse sofrer e ela retrucou dizendo o mesmo em relação a Normani, Ally gargalhava vendo a discussão das duas enquanto eu e Normani tentávamos em vão acalmar as duas. Aquela de fato estava se encaminhando para uma noite longa e alegre.

**POV Lauren**

Depois de correr pela casa atrás de Dinah que me jogou no chão me fazendo bater a bunda, eu estava parada na porta dos fundos recuperando o ar quando Camila me chamou para ir pra sala porque as pais dela estavam de saída, eu a acompanhei e chegando na sala vi Sofia deitada nos braços de Alejandro e Sinu já bocejava. Camila beijou a mãe e o depois o pai , e eu fiz o mesmo.

- Juízo viu meninas. - Sinu falou.

- Pode deixar mama! - Camila disse e eu sorri.

- Você vai dirigir Lauren? Não bebeu demais? - Alejandro me perguntou e eu sabia que estava alta o suficiente para não arriscar.

- Não, nós vamos dormir aqui e Amanhã pela manhã vamos embora. - falei e ele concordou.

- Boa noite meninas! - eles disseram juntos.

- Boa noite! - eu e Camila respondemos juntas.

Pouco tempo depois e todos já haviam ido embora e eu e Camila resolvemos ir dormir, nos despedimos dos meus irmãos e dos meus pais, e subimos para meu antigo quarto. Abri a porta e me surpreendi ao ver que ele ainda era do mesmo jeito que deixei quando saí de casa os 18 anos, ainda tinha aquela cara de adolescente. Peguei duas toalhas de banho e algumas peças de roupas que eu deixava ali pro caso de ter que dormir lá, Camz tomou banho e eu logo em seguida, me vesti e a ajudei a se vestir e vi seus olhinhos pequenos de sono, a levei pra cama e puxei o cobertor para nos cobrir.

- Está feliz meu amor? - perguntei e ela sorriu.

- Muito, estaria mais se meu ombro já estivesse bom, não aguento mais isso !- falou com tom triste.

- Calma querida, logo você estará boa e faremos uma maratona de sexo.- falei e ela sorriu.

- Estou ansiosa por esse momento! - falou e eu gargalhei.

- Eu te amo muito minha pequena, e quero casar logo com você, mas estava pensando que nós poderíamos esperar mais uns meses, até a gente completar 1 ano juntas o que acha? De certa forma já estamos casadas, e também assim temos tempo de organizar tudo direitinho. Não quero fazer tudo correndo, o que acha? - falei e ela suspirou.

- Tudo bem amor, você tem razão não adianta fazer tudo as pressas, estou de acordo! Eu te amo Lolo.- falou forçando os olhos para abrir.

- Eu também te amo baby girl, agora vamos dormir.

- Boa noite meu amor.- falou e dei um selinho demorado.

- Boa noite my baby! - falei e a abracei apoiando a cabeça em seu ombro esquerdo como havia fazendo durante toda semana.

Eu queria aquilo pra sempre... todo esse amor...esse carinho!!

Estar com alguém é muito mais do que estar sempre beijando, ou sempre transando, o amor ele é tudo...uma entrega sem fim, participar de cada sorriso e de cada lágrima, estar disposta a fazer tudo e qualquer coisa parecer infinita! Esse é o amor...e o entregar-se sem medo e sem julgamento... é viver cada minuto com a intensidade de uma vida, e fazer do sorriso do outro o principal motivo que te segura na terra!

Amar é se tornar infinito a cada Olhar trocado e respirar aliviada ao se encontrar na imensidão de um abraço, é encontrar o prazer desconhecido no calor dos lábios, e a felicidade absoluta ao saber que quem se ama vai dormir e acordar para sempre ao seu lado! .


Notas Finais


É isso galera!! Foi muito bom fazer isso!! E se você insistirem um pouquinho eu posto um bônus ok!!

Bjoka da lyncy e até a próxima!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...