História Welcome to Hell - 1°Temporada - Capítulo 8


Escrita por: ~

Visualizações 8
Palavras 779
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse é o último episódio dessa temporada, segurem suas almas!

Capítulo 8 - Alma - Final


Fanfic / Fanfiction Welcome to Hell - 1°Temporada - Capítulo 8 - Alma - Final

Mephistofilis levou Jonathan ao inferno, em uma sala, com uma mesa:

-Bem garoto, você pode ter achado que seria um jogo de perguntas e respostas sombrio, ou como naquele filme, ah, como é mesmo o nome??...Jogos mortais! Isso mesmo! Mas não, relaxa, não é nada demais, só um joguei no de cartas, que tal?

-Só isso?...beleza...

-Sente - se.

Jonathan se sentou, e Mephistofilis pegou as cartas, não era um batalho comum, cada carta tinha uma figura:

-O que é isso?

-Cartas...

-Tá mas, elas têm figuras.

-Observador não é?...

-(Suspiro) ta legal...

Mephistofilis colocou três cartas sobre a mesa depois de embaralhar.

-Vamos lá garoto, escolhe uma!

Jonathan ficou pensativo, mas no final escolheu a do meio, nela havia uma figura de um monstro estranho:

-Mephistofilis, o que é isso?

-Ahm? Oh, isso?

Mephistofilis sorriu com alegria:

-Isso é o que quer te matar dessa vez...

Tudo escureceu e Jonathan se viu em meio aquela escuridão profunda, quando tudo clareou, ele estava em outro lugar, parecia uma prisão subterrânea, Ele sentiu uma grande respiração as suas costas:

Ele se virou devagar e olhou, era o mostro da figura! Tinha asas enormes, parecia um vampiro, magro e alto, porém sem olhos, no lugar dois buracos negros como um abismo.

Jonathan correu o máximo que pode, e se escondeu em baixo de uma escada.Ele ouviu a voz de Mephistofilis, entre pretendo um narrador, parecia estar falando de um alto - falante, mas Jonathan não conseguia ver de onde saia o som.

Havia também uma platéia, cujo os gritos de "emoção" pareciam mais gritos de sofrimento coletivo, Mephistofilis disse:

-BEM-VINDOS! AO PRIMEIRO! E UNICO! INFERNO!!!

Os gritos ecoavam no lugar:

-De um lado, Jonathan, um adolecentizinho, inútil em baixo moção patético.Do outro lado, o tão famoso MOSFERATHU! Ele é ou não é nosso torturador favorito??

Os gritos ecoavam mais uma vez:

-2 Entram! Só um sai! Que a luta começe!

Jonathan correu o máximo que pôde, ele não poderia lutar com aquilo mesmo se quisesse, quanto mais corria, mais ouvia o barulho de asas se aproximando, batendo como se fossem estalar e quebrar, ele se escondeu em uma sala, trancou a porta e ficou olhando pela fresta da fechadura.

A sala estava totalmente escura, então Mephistofilis disse:

-Senhoras e Senhores, parece que temos um covarde aqui, vamos deixa lo escapar? NÃO!

As luzes da sala em que Jonathan estava se acenderam, ele virou para trás lentamente, o que estava lá poderia ser pior do que o Mosferathu lá fora, Cães gigantes, três deles, Jonathan abriu a porta e correu novamente, o Mosferathu o perdeu de vista, porém os cães foram soltos.

Jonathan tentou se acalmar, os cães se dividiram, e procuraram Jonathan:

-ACHEM O GAROTO, MATEM ELE! ME TRAGAM O CORAÇAO DELE BATENDO!

Jonathan fechou os olhos e ficou onde estava, os cães eram 2 vezes maior que ele, então não o viam, um dos cães estava bem próximo dele, sentindo seu cheiro a cada passo, chegando mais e mais perto.

Ele estava a 7 passos de Jonathan,6,5,4,3,2.Foi quando o Mosferathu surgiu, ele atacou o cão e começaram uma luta sangrenta.

-Ele não é seu inimigo droga! PEGUEM O GAROTO NÃO ELE!

Jonathan viu uma alavanca, mesmo quase tendo um surto de medo, mesmo quase paralisado, ele conseguiu pensar, ele a puxou, um espinho gigantes desceu do teto, mas não acertou os Demônios.

Jonathan viu uma corda perto de seu ombro e a pegou, amarrou na alavanca e foi até o meio do salão, ele olhou tanto o Mosferathu quanto o cão, ele estava com mais medo do que em toda sua vida,dois monstros enormes, e ele sem nem mesmo com algo para se defender:

-O que estão esperando? Matem ele!

Os enormes demônios pararam de lutar entre si e foram direto até Jonathan, no momento certo ele puxou a corda que puxou a alavanca, O espinho caiu sobre os 2, que caíram um em cima do outro.

-NÃO! IMPRESTAVEIS! DEMÔNIOS INUTEIS! VÃO PAGAR!!!!

Mephistofilis estava perdendo, e Jonathan ganhando, ele gritava como louco, Jonathan mal acreditava no que tinha feito, mas foi sorte, se tudo aquilo já não estivesse pronto ele teria morrido, e ainda haviam 2 cães atrás dele.

-SEUS CÃES IMPRESTAVEIS SE NÃO MATA - LO EU MESMO TORTURO VOCÊS PELA ETERNIDADE!

Jonathan correu como nunca, se escondeu novamente, ele sabia o que tinha que fazer, respirou fundo e procurou outra saida.

Foi quando um dos cães o achou, Ele mordeu Jonathan o Partindo no meio, Tudo escureceu, quando acordou estava novamente na mesa com Mephistofilis, assustado e em choque...

-...

-...

-É garoto, você perdeu, sinto muito...

-O que, mas, eu...

Jonathan não acreditava, depois de tudo, ele perdeu a sua alma pro diabo, será que tudo acabou?

-Eu sinto muito garoto, a vida é assim, aqui é mundo real, a Sock,é minha, ela fará tudo o que eu mandar.

Mephistofilis chegou perto do rosto de Jonathan e o encarou, dizendo:

Ninguém vai vir te salvar agora, ninguém...

Continua?




Notas Finais


É lógico que esse não é o final que quero dar, vou colocar a 2° Temporada, será que Jonathan conseguirá ter sua alma de volta? E onde está Sock? fiquem ligados! E digam o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...