História Welcome to hell - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 46
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Magia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vlw

Capítulo 9 - Sonhando de novo


Fanfic / Fanfiction Welcome to hell - Capítulo 9 - Sonhando de novo

     Lá estava eu, naquela mesma esquina onde nos encontramos todos os dias exceto fins de semana, nesses dias eu vou direto para casa dele, 08:45, nada de Joni, 09:00, nada de Joni, 09:15 JA TINHAMOS PERDIDO O ÔNIBUS E NADA DE JONI.

     Estou ficando preocupado, acho que vou até a casa dele, fui flutuando por toda a rua até chegar lá, quando cheguei ouvi uma voz familiar:

     -Então, oque me diz, basta assinar aqui e você nunca mas vera Sock em sua vida- Mephistopheles que fazer um pacto com ele, não posso influênciar nisso, mas, Mephistopheles quer fazer com que em troca eu suma pra ele? Que parece de o assombrar?

     -Bem heeee- ele realmente está parando pra pensar, será que ele vai... Eu não consigo ficar aqui pra ouvir a resposta.

     Corri para casa, me jogei no sofá, a gente não precisa dormir então quase ninguém tem cama, comecei a chorar com medo do que ele iria dizer, acabei dormindo da esperança de ter um sonho com ele, mas não como aquele de outro dia.

     Sonho on
     Está entrando no quarto de Joni mais uma vez eu estava palpável pra ele, mas dessa vez eu estava sentado do lado da cama dele, em uma cadeira que ele deixa justamente pra mim:

     -Sock depois do que aconteceu da última vez eu...

     -Não liga não, vamos esquecer oque aconteceu- disse igual ele falava pra mim.

     -Sock mas a gente...- enterronpi pondo a um dedo em frente à sua boca- mas como vai ficar agora?

     -Jonathan eu também fico com receio quanto a isso mas...- não sabia oque dizer então o puxei para um abraço de novo, o chato é que quando estamos sonhando não sabemos que estamos sonhando, fiquei completamente nervoso, e o soltei correndo e fiquei olhando para o chão.

     Ele passou a mão por meu rosto me fazendo olhar para ele:

     -Sock eu to com medo- ele disse meio preocupado.

     -Não fique, de preocupados ja chega eu- ambos rimos, ele olhou para mim, era claro oque ele queria dizer, por um instante me lembrei de quando ouvi a conversa dele com Mephistopheles pela porta, não me pergunte como- Você vai mesmo fazer isso?

     -Eu não sei, e tenho medo que ele desconfie, se ele silber vai querer nos separar...

     -Então você gosta de mim?- disse meio malicioso segurando um suspensório imaginário com os polegares.

     -No fundo... Sock os sonhos foram os mesmos?- eu não sabia, tinha medo de terem sido diferentes e eu responder que sim mas também tinha medo de serem iguais e dizer que não...

     -Eu não sei Joni- disse meio triste.

     -Sock...- ele parou andou e pegou o urso do sonho, aí quase tive certeza que realmente era o mesmo sonho.

     -Era, acho que era, eu vinha até aqui e...- fui interrompido por um beijo vindo de Joni, fiquei sem entender, será que aquilo tudo iria começar de novo? De novo não, ou de novo sim, não sabia como agir, mas passou apenas poucos segundos e nos separamos com vergonha.

     -Amarelinha- disse ele.

     -Amarelinha?- perguntei estranhando.

     -Foi a primeira coisa que me veio na mente, pra servir tipo de código caso algo aconteça- disse ele, eu achei estranho mas uma boa ideia.

     -Bem pensado, Jonathan, melhor você...- ele sabia oque eu queria dizer, e sabia o porquê, mas ambos tínhamos vergonha de falar.

     -Por que eu?- ambos queríamos começar logo mas tínhamos vergonha.

     -Não é a primeira vez, se o sonho for o mesmo- disse tentando esconder a vergonha e tomar o controle da situação.

     -Sock acho que não consigo- eu sabia que ele também tinha medo.

     -Calma, eu também tô com medo, mas então por que estamos insistindo em começar isso?- ambos paramos por um instante.

     Não deu muito tempo para que ambos voassemos um em direção do outro, dessa vez ele não ia arriscar a melar toda sua cama, só com o sonho ja aprendemos isso, ele segurou na minha cintura e me apoiou na parede, eu passei a as pernas em volta de sua cintura e nos beijamos incessantes, até que do nada ele parou e me olhou:

     -Melhor não- mas não me soltou né...

     -Amarelinha, também estou com receio- aí sim ele me soltou no chão, ambos não tínhamos coragem, nem sei como aconteceu da outra vez.

     -Acho melhor não arriscar, te vejo depois é realmente...

     -Melhor esquecer oque aconteceu- dissemos em sincronia
     Sonho of

     Voltei para lá,mas antes reparei, o bótom estava no meu bolso de novo, queria ver oque avia acontecido afinal, mas quando cheguei me deparei com ele dormindo.

     Eu o acordei, ele olhou pra mim meio assustado e disse

      -...
  


Notas Finais


Só pra dar o suspense aí kkk, Brinks obg por ler vlw Mari


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...