História Welcome to My Life - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Auto-mutilação, Depressão, dvd, Relato, Suícidio
Exibições 7
Palavras 358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Hallucination


Assim que a tela escureceu, me virei para encarar Luke. Suas feições eram indecifráveis. Seus olhos, antes fixos na televisão, se voltaram para mim.

–E aí? Estranho, não? – Falei, esperando que ele me compreendesse.

–Eu não sei o que você quer que eu diga. – Ele disse, do modo mais tedioso possível.

–Como assim?! Eu acabei de receber um vídeo de uma garota de outro país, que eu não faço ideia de quem seja, e que quer me contar a sua aparentemente deprimente vida! – Falei, percebendo o que ele queria dizer.

–E daí? – Falou, bocejando em seguida. -Escuta, acho que você está dando bola demais para essa tal de Zoey. Esquece isso.

Olhei-o, incrédulo, incapaz de dizer uma única palavra. Fiquei em silêncio enquanto ele se levantava.

–Vamos à sorveteria que inaugurou. Se você for bonzinho, prometo que pago a conta. – Ele disse, e eu soube que era melhor não discutir.

Luke soltou um sorriso irônico e abriu a porta do quarto. Me levantei e me dirigi ao corredor ouvindo seus passos abafados atrás de mim. Desci as escadas enquanto observava o garoto se deslizar até o andar de baixo pelo corrimão e correr para abraçar a mãe adotiva. Ele é muito carinhoso com ela, e com razão. A Sra. Leftman é um anjo caído na Terra. Ela adotou Luke, depois que seu pai morreu na cadeia por hipotermia, quando tinha apenas três meses. A mãe sumiu no mundo assim que soube da morte do marido.

–Minha diva maior, será que poderia me adiantar minha mesada para eu levar esse ser até a sorveteria? – Falou, bajulando-a o máximo possível.

Ela se fingiu de brava, mas não conseguiu por muito tempo. Soltou um sorriso doce.

–Tem 50 libras em cima do balcão, querido.

Luke se encaminhou ao balcão de granito negro e pegou algumas notas. Abri a porta e surpreendi-me com o vento fresco que atingiu meu rosto, enquanto meus olhos passaram calmamente pela rua até ver uma garota sentada no meio fio, de olhos fechados. Tinha a pele excessivamente alva, os cabelos negros e anelados e algumas sardas salpicadas pelas bochechas. Ela abriu os olhos negros e me encarou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...