História Welcome To The Game - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assassinato, Bem Vinda Ao Jogo, Bem Vindo Ao Jogo, Marlon, Morte, Rojer, Voz Desconhecida
Exibições 19
Palavras 970
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Mistério
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeiro episódio da primeira temporada! Escrevi com muito carinho pra vocês, espero que gostem. ❤

Capítulo 1 - Bem Vindo ao Jogo


Fanfic / Fanfiction Welcome To The Game - Capítulo 1 - Bem Vindo ao Jogo

(Marlon acorda 7:00 na cama ao som do despertador)

Marlon - DROGA! Hoje que eu podia dormir até tarde esqueço de desarmar o despertador. Mas quando eu acordo não consigo dormir de novo!

(Marlon pega o celular e liga para Roger)

Rojer: Alô!

Marlon: Alô Rojer?

Rojer: Ahh, oii, parece que não foi só eu que esqueci de desarmar o despertador.

Marlon: Pois é.

Rojer: Mas aliás, por que me ligou?

Marlon: Sei lá, eu tenho a sensação que desarmei o despertador ontem.

Rojer: Mas quem em sã consiencia entraria na sua casa e colocaria o despertador pra tocar? É CLARO QUE VOCÊ ESQUECEU E ESTÁ TENTANDO POR MEDO EM VOCÊ MESMO. Apesar de eu também estar com essa sensação, é apenas nosso celebro.

Marlon: CEREBRO.

Rojer: Caraca, quando eu sou um poco inteligente voce vem me corrigir.

Marlon: Ahh, TCHAU!

(Marlon desliga o telefone rindo)

Marlon: Acho que vou comer alguma coisa. Mas, quer saber? Vou comprar um pão frances, faz tempo que não como.

(Marlon se arruma e sai de casa pra compra o pão)

Marlon: Rojer? Hoje não é seu dia de trabalhar.

Rojer: Não é mais eu vim. Seu CEREBRO.

Marlon: Ahh para cara..

Rojer: Veio pedir alguma coisa? Se não cai fora, CEREBRO.

Marlon: Tá bom, eu quero pão, pão frances.

Rojer: Não precisa dizer duas vezes pão, a gente só serve pão frances de manhã, você acha que eu sou muito burro né, CEREBRO DEBOCHADO.

Marlon: Só me vê dois pães por favor.

Rojer: Tá bom, CEREBRO.

(Rojer abaixa e pega dois pães)

Rojer: Aqui está, deu 1 real.

Marlon: Aqui está.

Rojer: Ei Marlon, quem é aquele parado na porta olhando pra você?

(Marlon olha de fininho para trás)

Marlon: Não sei, deve ser um cliente.

Roger gritando para o homem: EIII SENHOR QUER PEDIR ALGUMA COISA?

(O homem então sai correndo)

Marlon: DROGA!

(Marlon sai correndo atrás do homem e Rojer vai atrás)

Marlon depois de muita procura: Perdemos ele.

Rojer: Por que você correu atrás dele?

Marlon: Olha, tem uma pessoa olhando fixamente pra você e quando percebe que foi visto sai correndo, nunca é alguém bom!

Rojer: Mas o que você ia fazer? Tacar os pão na cara dele?

Marlon: Eu não sei, foi intuição!

(Rojer pega o celular)

Rojer diz para o celular: Ok Google, O que significa intuição?

Google: Faculdade ou ato de perceber, discernir ou pressentir coisas, independentemente de raciocínio ou de análise.

Rojer: Google sempre explicando "tão bem"

Marlon: Não vou te explicar o que é não.

Rojer: Tô nem aí CEREBRO.

(Rojer então volta correndo para a padaria deixando Marlon pra trás)

Marlon: Ai ai..

(O Celular de Marlon toca)

Marlon: Não Rojer eu não vou te explicar.

Voz desconhecida: Não vai? Pois então eu vou.

Marlon: Alô quem é você?

Voz desconhecida: Você não é muito bom de pega pega não é mesmo? É tão lerdinho..

Marlon: Então é você, que estava me olhando?

Voz desconhecida: Pois é. Mas eu estava um pouco sem sono, queria que o jogo comessace cedo. Desculpe o incomodo de ter que te acordar.

Marlon: Então foi você?

Voz desconhecida: Claro que foi, eu ia brincar só com você, mas só você não teria graça, então coloquei seu amigo na brincadeira também.

Marlon: O que você quer de mim? Me matar?

Voz desconhecida: Também, mas não agora, se eu quisese hoje, você já estaria morto, lembra? Eu entrei na sua casa.

Marlon: Merda..

Voz desconhecida: Mas de qualquer forma, eu disse que ia explicar pro seu amigo não é mesmo? Então dê um oi pra ele!

Rojer com voz de medo: Oi Marlon..

Marlon: ROJER? O que esse desgraçado fez com você?

Voz desconhecida: Se eu fosse você teria mais cuidado com as palavras. A vida do seu amiguinho está em minhas mãos.

Marlon: ROJER, ONDE VOCÊ ESTÁ QUE EU VOU TE SALVAR?

Rojer: Eu não sei, estou em um GAL..

Voz Desconhecida: CALE A BOCA INFELIZ!

(E a ligação é desligada)

Marlon: Ok, ele ia dizer alguma coisa, GAL, GAL O QUE ROJER? Pensa Marlon pensa, GAL, GAL, É CLARO GALPÃO!

(Eles entram no carro e dirigem até a casa dos avós)

Marlon: Aonde está a casa, era aqui!

Rojer: Você deve estar enganado!

Marlon: Olhe ali aquela placa, ela diz: Quem veio procurar o Sr. e a Sra. Woslon, a casa foi demolida em homenagem a eles.

Rojer: EM HOMENAGEM?

Marlon: Eles não gostavam da casa, eles devem ter pedido antes de morrer.

Voz Desconhecida: Está quente.

Marlon: Você ouviu? Então ela está perto.

Rojer: Ele deve estar nos observando!

Marlon: Agora concentresse na Isa!

Rojer: Ok.

Voz Desconhecida: Aii tão lerdos.

Marlon: Embaixo de nossos olhos, não é?

Voz Desconhecida: Eu não diria em baixo, mas em frente.

Rojer: A PLACA!

Marlon: Tem algo atrás dela?

Rojer: Com Certeza!

(Então eles olham atrás da placa e encontram um bilhete)

Não pensaram que seriam tão fácil não é mesmo? Ela está em um GAL... AHAHAHAHAHAHHAHAHA!

Marlon: GALPÃO!

Rojer: Mas em qual galpão?

Marlon: Eu sei em qual!

Rojer: Como?

Marlon: não temos tempo!

Voz Desconhecida: Vocês estão pensando que são muito espertos, mas essa é a charada de ínico, não é díficil. Mas lembrem-se eu minto de vez em quando!

(Procuraram em todo o galpão e não acharam nada)

Rojer: Talvez não fosse nesse Galpão!

Marlon: É NESSE SIM!

Voz Desconhecida: Olha, não vou dar mais dicas, tô afim de matar alguém.. Juntem as peças.

Rojer: Casa importante mas abandonada, um GALPÃO! Talvez não seja uma casa, e sim um GALPÃO IMPORTANTE ABANDONADO. JÁ SEI, O GALPÃO DE FESTAS DA ISA, É IMPOTANTE PRA GENTE, QUER DIZER, PRA ELA.

Marlon: Ela devia estar lá então ele capturou e ficou lá mesmo.

Voz Desconhecido: Bom, já são 12:00, vou piorar para vocês, SE NÃO ACHAREM ELA ATÉ 12:30 BYE BYE ISA.

Rojer: MAS O GALPÃO FICA A 30 MINUTOS DA QUI!

Voz Desconhecido: Então corram!

(12:28)

Marlon: DROGA!

Roger: Ali o galpão.

Marlon: CORRE! TEMOS 2 MINUTOS!

Rojer: ISAAAAAAAA!

Isabela: Rojer? SOCORRO!

Marlon: MERDA A PORTA ESTÁ TRANCADA!

Rojer: QUEBRE A FECHADURA!

(12:29)

Voz Desconhecida: 1 minuto!

Marlon: QUEBREI CONSEGUI!

(Eles entram e procuram loucamente)

Rojer: ISAAAAA!

Isabela: Por Favor! Largue essa faca!

Marlon: Ela está aqui dentro! MAS ESTÁ TRANCADA.

Rojer: NÃO POR FAVOR NÃO!

(12:30)

Voz Desconhecida: 12:30, nem tudo é como os filmes.

Rojer: NÃOOOOOOO!

Isabela: AAAAAAAAAIIIII

(E o homem mata a Isa em facadas)

Marlon: CONSEGUI ABRIR, TALVEZ AINDA DE PARA SALVA-LA!

(ABREM A PORTA E ISABELA ESTÁ MORTA NO CHÃO)

Voz Desconhecida: BEM VINDO AO JOGO.


Notas Finais


Obrigado galerinhaa!! ❤❤
2° Episódio já disponível!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...