História Welcome To Your Tape - Imagine BTS - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Drama, Imagine Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Visualizações 48
Palavras 1.635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal! Essa é a minha nova fic, espero que gostem!
Boa Leitura!

~Gabii

Ps.:______* é seu sobrenome

Capítulo 1 - Fita 1 - Begin


Fanfic / Fanfiction Welcome To Your Tape - Imagine BTS - Capítulo 1 - Fita 1 - Begin

Era apenas mais um dia como todos os outros. Estava parcialmente nublado, o que aumentou minha vontade de ficar em casa, deitado em minha cama. Porém, o barulho de minha campainha não permitiu que eu continuasse aonde eu estava. Me levantei lentamente e avisei à pessoa que estava do lado de fora que já estava indo. Com passos lentos, me direciono até a porta de entrada. A abro e não encontro ninguém.

- Aish essas crianças... – olho para os lados e não vejo ninguém. Percebo que tem uma pequena caixa em minha frente. Olho para a caixa e me pergunto quem teria me mandado tal coisa. Pego-a em minhas mãos e a deixo no sofá. Volto à porta e a fecho.

- O que será que tem aí dentro?

Olho a caixa novamente e a abro lentamente. Me deparo com várias fitas cassete empilhadas e ao lado um pequeno toca-fitas. Pego as fitas e vejo que estão enumeradas até o sete. Na fita de número um, havia um bilhete colado. “Ouça-me” era o que estava escrito. Não pude deixar de ficar assustado ao ver aquela letra. Era a letra dela.

Olhei para aquele bilhete em minhas mãos e voltei meu olhar para a fita. Peguei o velho toca-fitas, que até então, estava dentro da caixa e o liguei. Coloquei a fita e apertei o play. Não podia acreditar. Depois de uma semana de desespero, voltei a ouvir aquela voz que eu tanto queria ouvir.

“Oi é a ____, ____ ______*. Você deve estar se perguntando como isso é possível, mas sou eu, ao vivo e em estéreo. Acomode-se, pegue um lanche, porque eu vou contar a história da minha vida, ou melhor, porque ela tomou esse rumo. Se você está ouvindo isso, saiba que você é um porquê. Mas não se assuste, ouça essas fitas com atenção e entenderá... chame os garotos, quero que ouçam juntos. ”

Apertei o pause e rebobinei a fita. Preciso chamar os meninos. Possivelmente eu os chamaria mais cedo ou mais tarde e se ____ está pedindo que eu escute essas fitas com eles, não posso recusar.

Peguei meu celular e abri o contato de Jimin. Disquei o número e o garoto logo atendeu.

- Jungkook? Como está? – respirei fundo.

- Estou indo Hyung... Mas não foi para isso que eu te liguei.

- O que houve Kookie? – Jimin respondeu preocupado.

- É a ____ Jimin... – Escutei a respiração do mais velho ficar pesada.

- Soube notícias dela? Ela te ligou? Falou com você?

- Não Hyung... mas acho que tenho algo que possa nos ajudar a encontrá-la.

- Jungkook me explica isso por favor! – o garoto disse um pouco alterado.

- Venha para minha casa que eu te explicarei... avise os outros meninos e traga eles com você.

- Está bem. Chegaremos aí o mais rápido possível.

 

Trinta minutos se passaram e a campainha tocou. Corri o mais rápido que pude e a porta. Jimin e os outros meninos entraram rapidamente e se sentaram. Fechei a porta e os olhei.

- Pode nos explicar o que está acontecendo Jungkook? – Yoongi me pergunta.

Pedi para que eles me esperassem e fui até o meu quarto. Peguei a caixa com as fitas e o aparelho para tocá-las e voltei para a sala. Coloquei a caixa na mesa de centro e a abri. Todos me olharam confusos.

- O que é isso Jungkook? - Namjoon perguntou curioso.

- Eu recebi esta caixa hoje mais cedo. Dentro dela veio sete fitas e esse aparelho para escutá-las. – eu disse enquanto retirava os objeto da caixa e os colocava na mesa.

- E o que isso tem a ver com ____? – Hoseok perguntou olhando para os objetos.

- Vocês verão.

Ligo o toca-fitas e pego fita número 1 a colocando no aparelho.

“Oi é a ____, ____ ______*. Você deve estar se perguntando como isso é possível, mas sou eu, ao vivo e em estéreo. Acomode-se, pegue um lanche, porque eu vou contar a história da minha vida, ou melhor, porque ela tomou esse rumo. Se você está ouvindo isso, saiba que você é um porquê. Mas não se assuste, ouça essas fitas com atenção e entenderá... chame os garotos, quero que ouçam juntos. ”

Apertei o pause e todos olharam para mim assustados.

- É-É e-ela – diz Taehyung – é a voz dela...

- Como conseguiu isso Jungkook? - Jin perguntou.

- Me entregaram mais cedo Hyung. – Respondo.

- Quem te entregou? Como ele era?

- E-Eu não sei. Eu não o vi. Quando eu abri a porta só estava a caixa no chão.

- Tudo bem Kookie... Vamos ouvir o que essa fita diz. – Jimin respondeu.

“Bem, vamos lá... Eu sei que talvez vocês não entendam o que me levou a fazer isso, mas eu quero que me ouçam com atenção. Não tenham pressa para escutá-las, tenham paciência.

Vamos voltar a um ano atrás, onde tudo começou.

Era uma noite fria e as ruas já estavam escuras. Lembro-me de me ver caminhando por essas ruas sem rumo. Eu estava totalmente acabada, sentia que estava morta por dentro. Não tinha mais nenhuma razão para eu continuar nesse mundo. Então, decidi acabar com esse sofrimento de uma vez.

Me sentei na mureta de proteção da ponte da avenida e deixei minhas pernas balançarem ao vento. As pessoas passavam, mas nenhuma me via, eu não me sentia mais parte desse mundo.

Olhei diversas vezes para baixo e vi a imensidão do mar que batia contra as pedras. Será que no outro mundo eu serei feliz? Me perguntei.

Senti alguém sentar ao meu lado e um cheiro suave invadiu minhas narinas. Olhei para o lado e vi um garoto, aparentemente da minha idade. Ele estava sereno, e o vento batia em seus cabelos castanhos. Ele se virou para mim e sorriu. Ah, aquele maldito sorriso.

- Mau dia? Ele me perguntou. Suspirei e assenti.

- Eu sempre venho aqui quando eu preciso pensar, a propósito, me chamo Jungkook. Jeon Jungkook

- Me chamo ____.

A propósito Jeon Jungkook... bem-vindo a sua fita. ”

Assim que ouvi tais palavras, eu automaticamente gelei. Me lembrei da cena que ela estava narrando e não pude evitar que uma lágrima caísse. Uma e depois outra, elas rolavam insistentemente pelo meu rosto e a imagem da pequena garota sentada na mureta de proteção não saía da minha mente. Eu sabia o que ela queria fazer e eu não poderia deixar isso acontecer.

“Voltei a olhar para o mar e ficamos em silêncio por um tempo até ele suspirar e voltar a se pronunciar.

- Eu sei o que pretende... por quê quer fazer isso? - Olhei para o garoto e suspirei.

- Me sinto tão sozinha... Ninguém se importa comigo. – Disse para Jungkook.

- Não fale isso, e sua família? Seus amigos? Com certeza se importam com você...

- Eu não tenho ninguém, todo mundo me odeia...

- Sei que nos conhecemos há pouco, mas eu me importo com você ____.

Ah Jungkook, você não imagina o quanto suas palavras me fizeram bem... Pela primeira vez, depois de tanto tempo, senti vontade de viver.

- Porque se importaria comigo? Você nem me conhece direito.

- Sei que pode parecer bobagem, mas, quando eu te vi sentada aqui eu senti a necessidade de vir falar contigo.

Ficamos novamente em silêncio, mas não por muito tempo.

- Quando eu tinha quinze anos, eu não tinha nada. O mundo era grande e eu era pequeno. Eu me sentia tão insignificante, eu não me sentia especial para ninguém. Meu irmão, sempre esteve comigo. Graças a ele eu descobri emoções e eu o amo tanto. Ele me fez começar, ele me refez... agora eu sou eu. – Ele deu uma pausa – Eu já estive na mesma situação que você, e eu posso dizer com toda certeza que não vale a pena acabar com sua vida.

Pensei em tudo que aquele garoto havia me dito e me senti tola ao pensar que a morte iria resolver tudo. Ele estava certo, eu não devia fazer aquilo...

- Você gosta de rámen? – Me perguntou, mudando de assunto.

- Gosto... – disse de cabeça baixa.

- O que acha de conversarmos enquanto comemos rámen? – Me perguntou já se levantando. – Assim nos conhecemos melhor... – ele sorriu. – Vamos?

- Sim...

Me levantei e fomos para uma loja de conveniência que havia ali perto. Compramos rámen e os preparamos enquanto conversávamos. A verdade é que aquela noite, que era pra ter sido a última da minha vida, se tornou o começo de uma vida nova.

Pois é Jungkook, você me fez começar, você me refez. Você se tornou uma pessoa muito especial em tão pouco tempo. Graças a você, eu comecei a sentir o que é ser importante para alguém e é exatamente por isso que você é o primeiro porquê. Por que você foi o começo de tudo.

Sei que todos vocês que estão me escutando agora, não estão entendendo nada. Mas podem ter certeza que ao fim dessas sete fitas vocês entenderão. Kookie, obrigada por me salvar aquela noite e obrigada por iluminar os meus dias. ”

E assim chegou o fim da primeira fita. O silêncio se instalou na sala e eu ainda não acreditava que eu era a primeira fita. Todos nós estávamos atônitos, sem entender nada. O que ela quis dizer com tudo isso? Eu me pergunto. Aliás, todos nós estamos nos perguntamos isso. Porque ela gravou essas fitas? Porque está nos fazendo escutar tudo isso? Eu ainda me pergunto.

- Bem... acho que por hoje chega. – Disse Namjoon. – Acho melhor ouvirmos a segunda amanhã. O que acham?

Todos nós concordamos de imediato. Já estava muito tarde, então, decidimos que seria melhor os garotos dormirem aqui.

O que será que nos aguarda na próxima fita? E o mais importante: de quem será?


Notas Finais


Bem pessoal, esse foi o primeiro capítulo... espero que tenham gostado!
Vejam também as nossas outras fics:

- Minha Oneshot do Yoongi:

https://spiritfanfics.com/historia/uma-nota-para-cada-coracao--imagine-min-yoongi-9005527

- Oneshot do Jungkook (By: Mel)

https://spiritfanfics.com/historia/the-stronger--imagine-oneshot-jeon-jungkook-9916305

- Short-Fic do Yoongi (By: Mel)

https://spiritfanfics.com/historia/the-wolf-and-the-rose--imagine-min-yoongi-9741111

Beijin meus Pujins


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...