História We're more than Crystal Gems - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Ametista, Connie, Garnet, Greg Universo, Jasper, Lápis Lazuli, Leão, Peridot, Pérola, Personagens Originais, Rose Quartzo, Rubi, Safira, Steven Quartzo Universo, Stevonnie
Tags Amedot, Drama, Fusões, Lapidot, Pearlapis, Pearlmethyst, Rupphire, Shipps, Stevonnie, Tragedia
Exibições 93
Palavras 2.323
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem ;3

Capítulo 12 - Alone and Lost


Fanfic / Fanfiction We're more than Crystal Gems - Capítulo 12 - Alone and Lost

Garnet- Montanha- Depois da queda

Abro meus olhos lentamente, minha cabeça está doendo e sinto algo se mexer embaixo de mim. Assim que olho para baixo vejo Ônix me encarar com olhos que brilham na escuridão, ela está chorando e não consegue se mover. Acendo minhas pedras e vejo o que antes era o laboratório, ser apenas um monte de pedras pontudas. Parece que tudo foi pisoteado e destruído com a queda, mas onde estão as mesas e todos os objetos que continham relações com as experiências? Observo Ônix tentar se mover, mas sem sucesso. Logo vou saio de cima dela e tento ajuda-la, mas algo está errado, abaixo dela havia um líquido estranho que saia de sua forma física que está furada com algumas rochas. Tento enxergar o que seria aquilo e então me assusto ao tocar e ver do que se trata esse líquido...é sangue.

Você...você não deveria ter tanta lealdade a ela... eu também achei que tudo seria melhor depois da guerra... mas ela acabou com tudo.- Ônix chorava e soluçava enquanto o sangue não parava se sair de dentro dela.

- Eu não entendo... Rose disse que fomos as únicas que sobrevivemos aquilo.- digo, tentando levanta-la.

Ela disse isso?...- Ônix ri e começa a tossir sangue pela boca-... vocês foram as únicas que ela libertou, depois daquela explosão ela levou várias gems da montanha para dentro de um lugar subterrâneo, muito longe daqui.

Isso não faz o menor sentido! Por que Rose iria fazer isso?

Ela queria repetir a experiência de Pink Diamond, mas acabou nos transformando em monstros! Rose misturou DNA de um animal terrestre com minha forma física.

Por que ela queria repetir essa experiência? Qual foi a experiência que Pink fez?- pergunto tentando interligar os fatos.

- Eu não sei dizer...- ela tosse-... a única coisa que sei e que Rose entrou em conflito com Pink por causa disso antes da guerra, e que as únicas experiências que deram certo estão no laboratório de Pink Diamond.

- Este laboratório está aqui na montanha?

- Eu não sei...- ela tosse fortemente e sua forma começa a mudar rapidamente, como se a parte gem estivesse sumindo enquanto a orgânica morre aos poucos-... não procure por esse laboratório! Saia daqui o quanto antes, as diamonds fizeram deste lugar um verdadeiro inferno... apenas vá! Aproveite enquanto ainda está viva!- em seus últimos segundos de vida, vejo seu corpo desfalecer entre as rochas, parte de seu corpo some e a outra entra em óbito. Olho para seu corpo ainda incrédula, não consigo entender o por que disso tudo, Por que Rose queria tanto repetir essa experiência? Será que ela se rebelou por que se desentendeu com Pink? Será que ela realmente queria salvar a Terra? Ou apenas queria uma saída para fazer algo maior? Não consigo raciocinar, a única coisa que eu realmente entendi, foi que Rose escondia e ainda esconde muitas coisas de nós. Antes que eu pudesse tentar escalar aquelas paredes lisas e azuis, um objeto brilhante cai na minha cabeça, pego-o e vejo que é um bastão de luz pertencente a Steven, eles ainda estão vivos! Tento enxergar algo acima de mim, mas a única coisa que vejo é a escuridão. Eu gostaria de entender por que não consigo ver o futuro em relação a este lugar, tudo parece uma enorme confusão desfocada em minha cabeça, não consigo ver, perceber nem constatar algo! Pérola tem total razão ao dizer que não sou uma boa líder! Olhando o que está havendo agora eu vejo isso... Amethyst e Peridot morreram lutando, as gems mais novas das Crystal Gems, eu nunca deveria ter trago elas, e nem ninguém para esse maldito lugar!

- Garnet...- uma voz grave e baixa me acorda dos meus pensamentos.-... é você mesma?

- Quem está ai?- logo uma parede se move para trás revelando uma silhueta coberta com panos verdes e segurando um cajado de madeira.

- Sou eu Garnet...- ela retira o pano da cabeça e eu ilumino seu rosto com minha pedra, vejo então seus longos cabelos verde-claro, olhos grandes e verdes escuro, um vestido verde com detalhes de espelhos quebrados -... Emerald!

- EMERALD!- corro para abraça-la, ela foi uma das rebeldes que lutou ao nosso lado na guerra gem.

- O que faz aqui? Você está tão mudada...- sua voz falha e vejo uma interferência na sua forma física-... onde estão as outras?

- Emerald você está bem? Eu mudei bastante nos últimos 5.000 anos.- sorrio para ela, que parece não entender nada.

- 5.000 anos? Como isso é possível? Rose disse que deveria ficar aqui esperando por ela há apenas 2 dias!

- Do que está falando Emerald? A guerra acabou a mais ou menos 5.000 anos. Rose teve um filho e não está mais como antes entre nós.- digo rapidamente, tentando explicar a situação.

- Eu...eu posso jurar que Rose me deixou aqui a apenas 2 dias! Mas ela não apareceu, e eu comecei a tentar sair daqui ontem.- ela parecia não entender nada, estava angustiada.

- Você achou alguma saída? Quantas vezes procurou? Por que Rose te colocou aqui?- tento entender a situação.

- Eu não achei nada....eu não sei.- ela começa a coçar a cabeça em dúvida, o pano que cobria seu pescoço e peito cai e consigo ver sua pedra rachada.

- Emerald, sua pedra está rachada!- ela olha pra sua pedra incrédula, parecia estar louca.

- Como isso aconteceu? Eu...- ela para de falar quando olha suas roupas e vê seu próprio reflexo num pedaço de espelho que estava no meio do pano.

- Você está bem?- ela me olha e vejo que está tentando raciocinar.

- Garnet precisamos sair daqui!- ela agarra meu braço e começa a correr rapidamente pelo corredor de pedras atrás de nós, em meio a escuridão ela desvia de rochas no chão e entra em túneis estreitos, logo chegamos em uma caverna sem saída.

- Emerald o que está acontecendo?

- Você não devia estar aqui Garnet! Esse lugar me levou a beira da loucura. Eu uso o espelho para não perder a minha identidade...- ela procura algo entre as paredes, até achar um papel-... pegue, esse e o mapa das armadilhas da montanha, se tiver sorte vai conseguir sair daqui!

- Por que não saiu daqui antes? Você pode vir comigo!- pego sua mão e ela sorri.

- Esse é o problema, eu tentei sair daqui durante dias, mas nunca consegui! De alguma forma existe um código que combina todas as salas na montanha, quando esse código se modifica as salas mudam de lugar e pioram as armadilhas, e eu parei de tentar quando minha pedra quebrou- sua voz muda de tom a cada palavra.

- Pois agora nós iremos conseguir! Assim que acharmos o resto do grupo que veio comigo.

- Você veio com mais gems? Não deveria ter vindo aqui Garnet, nem se quer trago essas pessoas!- ela solta minha mão, vai em direção a uma parede que parecia ter registros de quantos dias ela passou na montanha e começa a bater a cabeça na parede.

- Pare com isso Emerald! Sua pedra já está danificada, não se mova demais!

- Você não entende Garnet! Essa montanha foi totalmente modificada! As diamonds nos colocaram numa armadilha infinita! - ela começa a correr em círculos.

- Do que está falando Emerald?- coloco-a sentada no chão.

- Você disse que estou aqui a mais de 5.000 anos, não é mesmo?!...- ela começa a tremer e aponta para os rabiscos na parede-... olha Garnet! Como é possível eu estar aqui a 5 meses e terem se passado 5.000 anos?!...- ela começa a chorar e bater a cabeça na parede de novo. - o tempo passa cada vez mais rápido quando tem mais pessoas na montanha! 

- Não pode ser... como isso é possível?...- começo a andar de um lado para o outro procurando uma resposta plausível pra tudo isso e então eu percebo.- .... nós entramos aqui a quase 4 horas... então... estamos nessa montanha a mais de 15 anos.

Amethyst- Montanha- Atrás das portas

Peridot está cada vez mais próxima de mim, posso sentir minha forma física quase explodindo quando a mesma começa a fechar os olhos lentamente e fazer um pequeno biquinho com os lábios. Eu deveria beija-la? Espera ai... com a Pery sabe sobre beijos? Por que todos querem me beijar hoje? Acho que meu charme está muito grande, por que não é possível! penso, e antes que pudesse focar na situação sinto os pequenos lábios me Peridot me beijarem...na bochecha. O chão treme exatamente no momento que ela iria me beijar de verdade, interrompendo tudo. Ela cai do meu lado e as paredes do "céu" começam a fazer movimentos giratórias entre si, assim que se viram para fora na sala, várias daquelas criaturas aparecem e entram na sala que estávamos anteriormente. A princípio não entendo o que está havendo, olho para Pery que está totalmente corada, suas bochechas estão em um tom de verde mais escuro que a deixam mais fofa.

- O que acha pode ser aquilo?- corto o silêncio que estava entre nós.

- A..a...acho que estamos numa espécie de sala replicadora.- ela evita me olhar.

- Sala replicadora?- tento olha-la nos olhos, mas ela parece estar quase explodindo de vergonha.

- S...sim, as gems de antigamente usavam para multiplicar armas e testar métodos de luta.

- Então quer dizer que não morremos? - pergunto com certa tristeza, afinal nós estávamos nos divertindo.

- Parece que não...- ela olha ao redor, ainda me evitando-... se estamos numa sala replicadora, então deve haver uma base de controle por aqui.- ela olha pra cima procurando algo, e eu sigo seu olhar até ver uma placa de ferro escondida em uma nuvem mais escura.

- Ali!...- pego sua mão e nos impulsiono pra cima, ao chegar na barra metálica, tiro as nuvens da frente revelando uma cabine que tinha um vidro embaçado, tento ver o que tem lá dentro, sem sucesso.- ... fique atrás de mim, vou quebrar o vidro.- me transformo em Onça Púrpura e com um soco quebro o vidro em pedaços. Assim entramos no local, tudo está uma bagunça, com folhas jogadas no chão, luzes no teto quebradas, mesas reviradas.

- O que será que aconteceu aqui?- Pery pega um painel transparente que estava no chão.

- Acho que nunca saberemos, deixa eu ver isso.- pego o painel, e tento liga-lo. Assim que aperto um botão ele liga com uma luz amarela escrito "o que deseja replicar", sem pensar digito "bolo de chocolate". A sala começa a tremer e das nuvens começam a chover bolos de chocolate. Coloco o painel nos braços de Pery e salto da cabine caindo de boca na montanha de bolos que se formava abaixo das nuvens.

- AMETHYST O QUE ESTÁ FAZENDO!?- Pery me olhava assutada da cabine.

- Comendo!...- enfio um bolo inteiro na boca-...vem Peridot, está uma delícia!

- Não é só o bolo que está uma delícia...

- O que disse?- observo-a corar sem motivo algum.

- Nada!...- ela me olha envergonhada e digita algo no painel-... o que acha de replicar... ROSQUINHAS!?- dou um enorme sorriso ao ver rosquinhas caindo sobre mim, vejo Pery rindo e apontando pra mim, estou toda suja de bolo e rosquinhas. As risadas de Pery estão cada vez mais altas, ela cai pra trás com a mão na barriga e sem pensar duas vezes invoco meu chicote e laço ela, puxando-a em minha direção. Ao chocar com o meu corpo, nós duas afundamos na montanha de bolo.

- Experimenta! Você vai adorar.- ofereço um pedaço de bolo. Ela pega em duvida e dá uma pequena mordida, logo vejo estrelas em seus olhos.

- AAAAAAAAMETHYST, ISSO AQUI É UMA DELÍCIA!- ela come vários pedaços, um atrás do outro.

- Onde está o painel?....- vejo que Pery está com ele e pego-o.- ... hmmm que tal uma coisa mais gostosa? Sorvete.- logo começa a cair sorvete de morango das nuvens, em forma de pequenos flocos de neve, olho para Pery que observava um pequeno floco encosta na ponta do seu nariz, como será possível estarmos nos divertindo tanto juntas? Em meio a tantas situações perigosas... a alguns dias atrás eu estava louca para capturar ela, e agora eu... eu realmente não sei o que tem de diferente, eu apenas sinto que estou fazendo a coisa certa! Hoje mesmo a Pérola te beijou, e agora quase aconteceu o mesmo com a Pery. Penso no que aconteceu até agora, pelas minhas estrelas, eu nunca estive tão dividida desde que emergi do solo. Talvez haja uma forma de decidir isso! Eu senti algo com o beijo da Pérola, algo que não consigo descrever! Então por que não decidir isso beijando a Pery? Eu sei que isso é estranho, mas preciso tirar essa dúvida! Pery está realmente se divertindo com o sorvete, ela já havia comido tanto, nem sei como não explodiu! 

- Pery...você realmente iria me beijar?- antes que terminasse a frase por completo ela já estava engasgando com uma rosquinha.

- Eu..e...eu....e...eu..eu...

- Relaxa Pery, foi apenas uma pergunta.- sorrio pra ela, que já se encontrava em vários tons de verde.

- Eu..eu...- ela respira fundo-... eu estava fazendo o que sentia...- ela me olha nos olhos-...o que eu sinto!

Eu realmente fiquei sem ter o que dizer, se antes eu estava com dúvidas, imagine agora! Sempre que eu via a relação de Ruby e Sapphire, eu nunca imaginaria o que é sentir aquilo...será que isso está acontecendo comigo? Eu poderia jurar que Pery gostava da Lapis, acho que todos achariam isso, estou muito surpresa com essa situação. Pery ainda está me olhando e agora é minha vez de se aproximar, em meio a tantas coisas doces e sorvete caindo das nuvens da sala, eu seguro o rosto de Peridot e tomo seus lábios em um beijo cheio de sensações.


Notas Finais


Sobre a parte da Garnet... não se preocupem kkkkk
Eu sei que muitos de vocês shippam Pearlmethyst, Lapidot etc, então não fiquem tristes/ ofendidos/ com raiva desse cap, eu shippo os dois e amedot também, então vou dar espaço pra tudo aqui :3
Comentem o que acharam, se tiverem dúvidas, perguntas, críticas e só falar <3
Até o próximo cap cats :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...