História What happened after all ...... - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Frisk, Mettaton, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel
Tags Renovação
Exibições 16
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Perdoem meu erros de escrita
Espero que gostem

Capítulo 5 - Reset


Fanfic / Fanfiction What happened after all ...... - Capítulo 5 - Reset

Eu reconheci imediatamente o local, estava no ponto de vigia de humanos, Sans e Papyrus viviam por ali, mas como fui parar ali, espera. A Toriel havia falado alguma coisa, mas eu não entendi ao certo, ela estava com uma cara muito ruim.... Eu sai andando pela trilha e vi Papyrus, ele estava andando e conversando consigo mesmo. Ele estava falando sobre um humano? Ah não, merda, merda! Eu sabia onde estava, não onde. Em que estava, no filme. O caminho Genocide. Então isso significava, significava que ela estava vindo. Chara, era tudo real, ah meu Deus! Eu adentrei nas arvores e fui correndo até onde eu sabia que Sans estava. Eu cheguei lá ofegante e ele olhou para mim e disse:

---- O que esta acontecendo Frisk?! ---- Sussurro mais baixo do mundo aff

---- Quieto! Lembra do caminho Genocide, Sans? Lembra? Lembra de tudo que acontece no filme. Papyrus, Droga!

Eu desviei meu olhar para a estrada, ela estava vindo. Droga pensa Frisk, Pensa!

----- Sans, ouça bem tudo que eu vou dizer, não desvie o olhar por um só momento, temos pouco tempo...

----- Okay.

----- Essa sena do filme não acaba se ela não matar alguém, não podemos simplesmente deixar assim, vai ser um paradoxo constante. Ouça Sans, a partir do momento que eu morro aqui, sou imediatamente transportada para o corpo dela, proteja Papyrus, não deixe ela atacar Asgore, Undyne e Mettaton, proteja-os Sans, eu vou segura-la para você, chame-a para aquela sala. Vocês só poderão lutar lá.

---- Espere, você não pode fazer isso, não pode, eu nem tive a chance de dizer...

---- Não fale isso por favor, não é como se fosse a ultima vez.

Eu encostei minha testa na dele enquanto desenrolava o cachecol vermelho do meu pescoço.

---- Nos últimos momentos, eu vou conversar com você. Não agora. Sans você é o melhor comediante do mundo, e viver em mundo sem você seria uma tortura. Me mate, por favor.

Em um movimento ágil eu enrolei nele o cachecol e corri para a estrada virando apenas uma ultima vez para dar um sorriso alegre para ele, então eu corri o mais rápido que pude até Papyrus que manteve os braços abertos para um abraço, quando ele me viu pareceu se lembrar de tudo

---- Frisk,o qu-

Eu dei um abraço rápido nele olhei para os seus olhos e falei:

---- Eu daria uma vida para sentir o gosto do seu Espaguete, você é a pessoa mais adorável que eu conheço, então viva okay?

Eu o empurrei com toda a força e ele voou para o lugar que Sans estava, então eu virei para ela, e uma parte sarcástica tomou conta de mim.

---- Quem é você?

Perguntou a assassina confusa

---- Bem eu sou você ou você sou eu, realmente não importa. Você esta ferrada de todas as formas possíveis de qualquer modo.

---- Ora sua...

Ela veio correndo na minha direção furiosa e disposta a me apunhalar com a faca. Eu não resisti, apenas aceitei. Quando a faca atravessou meu corpo, eu ainda tive um breve momento para falar, dei uma risada sarcástica e falei:

---- Oh querida, você esta tão fodida.

Toquei na sua cabeça e fui apagada. Me encontrei em uma escuridão absoluta com apenas uma janela mostrando o que estava acontecendo ao lado de fora. Eu sussurrei no escuro mesmo sabendo que minha voz não sairia.

‘’ Por favor, ande logo Sans.’’

Me encolhi no canto daquele quarto e fiquei observando a grande janela.

Sans

Ela desapareceu, e eu senti minha alma se comprimindo de dor, e Papyrus estava ajoelhado aomeu lado chorando. Oh, meu Deus. Frisk, eu precisava fazer aquilo, rápido!Eu e Papyrus saímos deixando pistas que a levassem para aquele quarto sem ter contato com os outros.

---- Ouça bro,eu preciso fazer isso sozinho.

---- Mas-

---- Tudo bem, vai dar tudo certo.

Eu fechei a porta atrás de mim e olhei para a menina que estava a minha frente, não era Frisk. Só se parecia com ela.

---- Bem menina, vamos começar isso.

---- Não comece a se achar esqueleto estupido.

Ela veio para cima de mim com a faca e eu passei meus ataques nela, porem  ela desviou de todos. Parou por um instante, e de repente era a Frisk,deu para saber só de olhar nos seus olhos, era ela. Ela largou a faca e me deu um abraço.

---- Sans, agora.

---- Me desculpe.

Os ossos atravessaram o corpo dela,e eu não podia me conter em lagrimas , eu toquei seu rosto e ela olhou nos meus olhos e encostou nas minhas mãos.

---- Bom trabalho.

Deu um sorriso meigo como sempre e tossiu um pouco de sangue.

---- Ora Sans, por que você esta a chorar? Não faça essa cara.

---- Frisk....

---- Escute, preciso te contar uma coisa.

Eu olhei atentamente para os olhos dela e ela começou a falar:

----  Sans, eu posso fazer um reset. Eu posso recriar tudo isso, nós podemos mudar o que aconteceu.

---- Então por que não fazemos isso logo?

---- Eu preciso te falar tudo antes. A probabilidade de nos lembrarmos do que aconteceu é de uma em um milhão. Bem provável que não vamos nos lembrar de nada, apenas acordar como mais um dia normal.

---- Ma-

---- Espere, eu ainda não acabei. Sans, você é incrível, mesmo. E eu cometi um gigantesco erro.

Começaram a descer lagrimas pelos seus olhos e sua pele estava pálida.

---- Sans, eu te amo. Eu te amo tanto que nem consigo descrever. Eu não falei para você, parecia tão feliz com a Toriel, era tão bom te ver feliz, eu amo tudo em você, suas piadas, seu jeito de andar e falar, o jeito que mesmo sendo sarcástico é gentil com todos. Eu não consegui aproveitar ao máximo o meu tempo com você Sans, eu não consegui. Mais uma vez, eu te amo.

---- Frisk...

Eu não pude evitar de começar a chorar, eu não queria que ela falasse mais nada. Oh Meu Deus.

---- Vamos logo fazer isso.

Ela fez um movimento como se fosse um coração, e apareceu um tipo de slide do nada, como um botão escrito RESET

---- Frisk, eu também te amo!

Peguei sua mão e dei um beijo em sua testa enquanto apertávamos o botão juntos.

 

                                                                                        Are you sure you want to reset?

                                                                                                   Yes                     No <3

                                                                                                   Yes <3                   No

 

                                                                                                             UNDERTALE

 

                                                            -------------------------------------CONTINUA----------------------------------


Notas Finais


Olha o gif http://loverofpiggies.tumblr.com/image/137718093752
Espero que tenham gostado
Kissus <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...