História What i want is you - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens J-hope, Lisa, Rosé, Suga, V
Tags Capitão Min Yoongi, Chaeyoung Melhor Shipp, Halloween Party, Lisa, Não Odeiem A Nayeon, Taegi, Taegideas!príncipes
Visualizações 61
Palavras 1.831
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


k7 que eu demorei séculos pra terminar isso, bom, primeiro que a ideia do taegi ideias é lindo demais pra deixar passar então sim, to aqui participando, mas olha não foi fácil não sjdfk minhas semanas foram super ocupadas e eu quase não conseguia pegar em meu computador para escrever e no final eu decidi por dividir em três caps a coisa toda e nem tá grande (serião), mas se fosse uma one ficaria muito estranho as divisões que eu fiz, então é, vai ter três caps super curtos, mas vai <3

Capítulo 1 - ;the message


A quadra se encontrava quente, com o ar pesado, era como se algo de grande importância estivesse acontecendo quando, na verdade, só estava havendo o treino do time de basquete de sua escola, ou melhor, o último treino antes do grande jogo da equipe contra um de seus grandes rivais. Talvez fosse por isso que Yoongi, o capitão, estivesse colocando tanta pressão nos outros, sempre gritando sobre pequenos erros e com uma carranca no rosto e o maxilar trincado.

Taehyung, sentado bem no alto da arquibancada, conseguia ouvir os dentes do Min rangendo a cada erro cometido pelo time e o jovem estava cogitando a ideia de que logo o capitão quebraria o maxilar daquela forma. Nem mesmo o técnico do time parecia querer estar na mira dos olhos felinos e ameaçadores do jogador, mas Taehyung sabia que logo o homem teria que apitar para dar fim àquela partida de treino, já que o tempo de treino estava se estendendo mais do que o devido.

Não deu outra, assim que Taehyung resolveu olhar em seu celular a hora o técnico apitou e todos os jogadores, com exceção de Yoongi, caíram no chão ofegantes e suados, pareciam que haviam corrido uma maratona de tão ofegantes que se encontravam. Alguns se contorciam no chão por conta das dores musculares e, outros, se arrastavam em direção aos bancos que ficavam no extremo da quadra em busca de suas garrafas de água.

O Kim observou como o único a continuar em pé de maneira estóica era Yoongi que se dirigia a sua própria mochila no intuito de a pegar e ir para os vestuários tomar uma ducha e ir embora. Taehyung sempre se impressionaria com a resistência do melhor amigo, mas, talvez, isso se dava aos mais de dez anos jogando basquete.

Olhou mais uma vez os jogadores no chão da quadra e agarrou a alça de sua mochila, ficando em pé e descendo as arquibancadas rumo a saída, esperaria Yoongi lá fora, o ar continuava abafado e já começava a incomodar Taehyung e sabia que, se ficasse mais algum minuto lá, poderia prejudicar seu ritmo respiratório acarretando em um ataque de asma, e o que mais Taehyung odiava em sua vida era ter um ataque de asma.

 

x

 

O ar do lado de fora se encontrava fresco, meio frio já que era outono, mas era uma boa mudança para Taehyung. O Kim inspirou e expirou profundamente diversas vezes, encostado na parede, sentia o ar frio encher seus pulmões e a melodia do piano em seus fones parecia acompanhar o ritmo de suas respirações profundas, Taehyung sentia-se leve, quase em paz, até que uma mão pousou em seu ombro transferindo seu calor e aquecendo sua pele mesmo que o mesmo estivesse com um grosso casaco.

“Yoongi.” Taehyung virou-se para o lado, vendo a imagem do amigo de cabelos molhados e um casaco negro gigante escondendo metade de seu rosto, o Min odiava o frio, já que sentia o mesmo de modo fácil, sempre tendo que vestir várias camadas de roupa no inverno. Era fofo e Taehyung tinha que confessar que muitas vezes sentia vontade de abraçar o mais velho só para o ninar e o esquentar da melhor maneira possível.

“Pronto?” Yoongi perguntou, ainda com sua mão no ombro do mais novo, o olhando com aqueles olhos pequenos e já meio sonolentos. Yoongi sempre parecia sonolento quando não estava fazendo algo relacionado à basquete e música e era uma das únicas coisas que nunca havia mudado no Min em todos aqueles anos.

Taehyung assentiu passando a caminhar lado a lado com o menor, Yoongi roubou seu fone em algum momento colocando-o e passando a curtir o som de Erik Satie, era um dos muitos gostos em comum dos dois já que Taehyung era bastante eclético e Yoongi adorava música clássica e rap (uma combinação um tanto intrigante realmente).

Era comum aquela cena, sempre no final do treino os dois iam caminhando até o estacionamento da escola, onde se encontrava estacionado o carro do mais velho, dividindo o fone e, em algumas raras vezes, jogavam conversa fora, aquele dia parecia ser um deles.

“E então, você vai para o baile?” Foi Yoongi que quebrou o silêncio confortável, e Taehyung foi pego de surpresa por aquilo. Mais pela pergunta do que por seu amigo, que na maioria das vezes preferia o silêncio, estivesse ativamente iniciando uma conversa.

“Eu...Eu não sei?” Aquilo havia saído muito como uma pergunta; Taehyung não tinha ideia do porque da pergunta repentina e, sendo sincero consigo, realmente não sabia se iria para o baile.

O Baile era a festa de Halloween de sua escola em que todos os alunos iam em suas melhores fantasias, além de que uma semana antes muitas meninas estariam fazendo campanhas ridículas, na visão do Kim, para ganhar a coroa de Princesa das Trevas, como era chamado a coroação do Baile de Halloween da escola.

Taehyung sabia que seu hyung ia simplesmente por ser esperado do capitão do time de basquete ir para esse tipo de festa e também porque Nayeon, uma versão mais fofa e menos vadia de Regina George, queria que Yoongi fosse para ser coroado junto a si como Príncipe e Princesa das Trevas. O Kim nunca entenderá bem o relacionamento dos dois, talvez fosse esperado que, por o Min ser o capitão do time da escola e Nayeon a capitã das líderes de torcida, os dois tivessem algum tipo de relacionamento além do amigável, mesmo que Yoongi sempre parecera não suportar a presença da menina.

“Ah, eu pensei que poderia contar com a sua ajuda para ter uma desculpa para escapar desse maldito baile.” Taehyung riu alto, aquele sim era seu melhor amigo, sempre odiando interações sociais além do necessário. Yoongi ao seu lado deixou transparecer em seu rosto um sorriso ladino, achando bonito o modo como o mais novo parecia rir com todo seu corpo.

“Eu não tenho fantasia e, você sabe que tenho a mesma opinião que você sobre esses bailes, hyung.” O que era verdade, o Min e ele concordavam plenamente em como aqueles bailes eram perda de tempo, Taehyung porque era um aluno exemplar e preferia estudar ou bisbilhotar pelos cantos empoeirados da biblioteca da cidade enquanto que Yoongi, além de não gostar de socializar, preferia passar a noite acordado compondo novas melodias e, quando aceitava se aventurar com o amigo na biblioteca municipal, rabiscar versos em sua caderneta preta.

“Bom, acho que ainda dá tempo de arrumar uma. Se você for, me avisa, okay?” Taehyung observou Yoongi enquanto o menor pescava as chaves em sua calça jeans logo destravando o carro. A primeira coisa que o Min fez ao entrar no carro foi ligar o aquecedor e Taehyung sentia-se agradecido, por mais que não tivesse tanto problema com o frio, sempre era bom se sentir aquecido em um tempo como aquele.

“Okay.” Taehyung não tinha muita certeza em sua resposta, mas se, realmente, conseguisse uma fantasia - já que era obrigatório usar uma no baile - tentaria salvar o amigo como queria e talvez, talvez, nessa fuga o Kim finalmente falasse sobre seus sentimentos por Min Yoongi, por seu melhor amigo.

 

x

 

Taehyung se encontrava deitado em sua cama olhando para o teto e pensando em coisas aleatórias, o quase convite de Yoongi de ir ao baile hora ou outra voltava aos seus pensamentos fazendo o Kim sentir-se quente e um tanto esperançoso. Talvez aquela fosse realmente sua chance, era assim que começava a pensar e logo mudava os mesmos ao se lembrar que Yoongi iria com Nayeon para o baile, que iria combinar sua fantasia com a líder de torcida, que, talvez, gostasse minimamente da garota.

Odiava que sua mente fizesse aquilo consigo; o fazendo pensar em todos os modos que sua declaração poderia dar errado, a principal era de que poderia destruir sua amizade com o mais velho e era tudo que o Kim menos queria. Preferia amar em segredo o amigo a perder a amizade.

Seu celular, ao seu lado, tocou e pelo toque personalizado sabia que era Lisa, uma de suas poucas amigas além de Yoongi e alguns alunos do clube de dança e teatro. O atendeu no quarto toque sabendo que seria repreendido por demorar tanto a atender à tailandesa.

“Oi Lisa-ah.” Falou já se preparando para o sermão, que não demorou a vir.

“Nada de Lisa-ah pra cima de mim Kim Taehyung, que demora pra me atender, credo.” Taehyung riu, imaginando as caretas espalhafatosas que a mais nova com certeza estaria fazendo. “Agora, vamos falar sobre você, eu e Chaeyoung irmos ao baile juntos.”

Com essa frase Taehyung levantou-se da cama, sentando-se e tentando se acomodar, a surpresa era bastante aparente em suas feições.

“Como assim eu ir com vocês e servir de terceira roda?” Tae sabia que Lisa e Chaeyoung estavam em algum tipo estranho de relacionamento e que faltava realmente pouco para se assumirem, mas tudo que menos desejava era segurar vela para o futuro casal, as duas sempre que se olhavam pareciam querer se agarrar e aquilo deixava o Kim extremamente envergonhado.

“Deixa de coisa, você não vai segurar vela coisa nenhuma, a gente sabe se controlar!” Só por aquela frase já se sabia que a Manoban estava mentindo. Com certeza Taehyung teria que ver as duas se beijarem e olharem uma para a outra com corações figurativos nos olhos.

“E com que fantasia eu iria, hum? Eu não tenho nenhuma Lisa.” Sim, aquela era a melhor desculpa que havia conseguido arranjar para convencer a mais nova que não iria para baile nenhum e Taehyung sabia que havia falhado. Lisa era incrivelmente insistente, ela com certeza já deveria ter uma resposta na ponta da língua para qualquer desculpa que o Kim desse.

“Quem disse que você não tem?” Taehyung quase podia ver o sorriso malicioso nos lábios sempre pintados de vermelho da amiga e um arrepio lhe percorreu. Lisa e seus planos nunca eram bom sinal. “Sexta você vai faltar a escola para se arrumar comigo e Rosé, sem mais!”

Taehyung nem teve como discordar, a garota já tinha desligado deixando o outro com a boca meio aberta e os olhos arregalados. Nunca que faltaria a escola só para se arrumar para um baile estúpido!

“Tae!” A voz de sua mãe lhe chamando já indicava que Lisa tinha, realmente, tudo pronto. Seria difícil agora convencer sua mãe de que não iria ao baile, a Sr.Kim sempre incentivava o filho a socializar e sempre agradecia pelos poucos, mas bons, amigos que o filho tinha, então com certeza estava de acordo com os planos de Lisa sobre o mesmo faltar a escola.

No momento em que iria se sufocar com seu travesseiro seu celular apitou, informando que havia mensagem, o que fez Taehyung se apressar a pegá-lo, se fosse Lisa então com certeza daria uma bronca na loira pelo aplicativo.

Ao desbloquear a tela sua euforia diminuiu. Era Yoongi.

Ei, você vai para o jogo certo? Se for, lembre-se de nossa aposta! ;)

 


Notas Finais


minha gente eu to tremendo na base, por favor me digam se gostaram ou não djkfjskjsdk jesusis eu to nervousa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...