História What is Art? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Itachi Uchiha, Kakuzu, Kisame Hoshigaki, Konan, Nagato, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Pain, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Zetsu
Tags Akatsuki, Art, Deidara, Fanfic, Gaara, Hidan, Itachi, Itasasu, Kakuzu, Kisame, Konan, Naruto, Pain, Sakura, Sasodei, Sasori, School, Tobi, Yaoi, Zetsu
Visualizações 90
Palavras 983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Leiam as notas finais, se quiserem, não são obrigados a nada amores ashaush (• ◡ •)

Capítulo 2 - Capítulo 2


POV Deidara

Acordei olhando as horas no meu celular e tomei um susto ao ver que estava atrasado para o meu primeiro dia de aula.

- Porra!! - exclamei entrando no banheiro que tinha ali no quarto, era uma suíte e eu só fui ver isso hoje, super atento né Deidara? Olhei de relance para a outra cama de casal que tinha no quarto e vi que a mesma nem tinha sido tocada desde o dia anterior.

Tomei uma ducha rápida, e coloquei um jeans preto, com uma camisa do Guns cumprida e meu all star também preto. Passei como um furacão pela cozinha agarrando apenas uma maçã e indo chamar um taxi, de ônibus iria demorar muito.

Chegando na faculdade, na porra do meu PRIMEIRO DIA, eu estava 5 minutos atrasado. Passei rápido na ala principal e falei com uma moça que me entregou uns papéis com a grade de aulas, e me falou onde eu teria aula agora.

Corri até a sala e bati na porta.

- Entre - ouvi uma voz rouca dizer de dentro da sala.

Abri a porta e entrei, na mesa onde deveria estar o professor ou professora, estava sentado um rapaz que deveria ter uns 20 anos. Seus cabelos tinham um tom vermelho escuro, sua pele era pálida e os olhos castanhos avermelhados estavam a fitar me com impaciência.

- Desculpa o atraso, sou aluno novo, recém chegado na cidade e acabei me perdendo no caminho... - disse apressado mas fui interrompido.

- Não me importa quem sejas, deveria ter um pouco mais de responsabilidade e não deixar os outros esperando. - Disse o garoto. Visualmente ele não dava medo, mas tua voz e teu jeito de falar me causava arrepios.

- Ah, cala-te Sasori, o garoto é novato. Pegue leve com ele. - Disse uma garota de cabelo rosa e olhos verdes como esmeralda,  me estendendo a mão - Prazer, sou Sakura.

- Prazer, Deidara. - Disse lhe apertando a mão.

- Não se preocupe, a professora Kurenai está atrasada, o rabugento sentado na mesa dela é só o Sasori. - ela sorriu para mim e olhou para ele, o reprovando com o olhar.

Olhei o rapaz, que agora sabia que se chamava Sasori, nos olhos e o mesmo me retribuiu o olhar. O fitei por longos segundos e ele fez o mesmo, tua expressão indiferente, a sobrancelha levemente franzida, a confusão no vermelho dos olhos e a boca... desviei o olhar quando percebi estar corando por olhar os lábios dele e o mesmo apenas me devolveu um sorriso sínico de canto.

Nessa mesma hora Kurenai, a professora, entrou na sala.

- Bom dia alunos, perdoem o atraso. - Ela disse e me olhou. - Oh, você deve ser o aluno novo não é? - Assenti com a cabeça - Por favor, sente-se ali atrás do Sai. - ela pediu com um sorriso gentil.

Sentei me na cadeira e a aula começou. 
O dia passou voando, tive mais 4 aulas com o Sasori, pelo visto ele também era um artista e 2 com a Sakura. Quando percebi o sinal da última aula do dia tinha tocado e a maioria já estava do lado de fora da sala. Arrumei minhas coisa e sai. Olhei no relógio e era 16h, minha barriga roncou. Lembrei que sai as 9h de casa e que tinha comida apenas uma maçã e tomado um suco no almoço.

Resolvi ir ao McDonald's ali perto que eu tinha visto quando estava no taxi de manhã. Deu uns 7 minutos a pé, pedi um combo do big tasty e o devorei. Resolvi chamar um taxi e ir para casa.

Prestei mais atenção no caminho, e vi que dava uns 15 minutos de carro da faculdade até em casa.

Entrei em casa e vi Sasuke e Hidan jogando video game, sentados no chão da sala, sendo que tinha um sofá maravilhoso na mesma. Me joguei nele com a cara batendo contra o assento,  e gemi um pouco com o impacto do tecido macio.

- Barbie, teu colega de quarto resolveu dar as caras. Ele não veio pra casa ontem então acho que ainda não se conhecem, ele tá lá em cima no quarto. - Disse Hidan com um sorriso sacana no rosto mas sem tirar os olhos da tv.

- Quem te deu intimidade para chamar ele de "Barbie", teu albino irritante? - Perguntou Sasuke irritado pois estava perdendo no jogo para Hidan.

- Ele deixa - Disse Hidan, lhe piscando um olho.

- Não deixo não, e vou subir para ver se consigo relaxar um pouco. Vocês com esses joguinhos são chatos pra caralho. - Disse irritado por ter sido chamado de "Barbie" e Hidan apenas riu, enquanto Sasuke bufava ao seu lado.

- Boa sorte. - Me disseram com um sorriso maroto no rosto.

- Por que? - perguntei franzido a testa e não entendendo aonde eles queriam chegar.

- Digamos que, teu colega de quarto não é uma pessoa muito fácil de lidar. - Disse Hidan rindo.

- Acredite, mais difícil que o garoto de cabelo vermelho que conheci hoje na faculdade, não existe. - Disse revirando os olhos ao lembrar dos diversos olhares estranhos que trocamos hoje.

Sasuke e Hidan franziram o cenho e Sasuke pausou o jogo se virando para mim que já estava na escada. Ele ia falar algo mas Hidan o tapou a boca com um sorriso estranho nos lábios.

- Nada não, Dei. Bom descanso. - Disse Hidan sorrindo e colocando falsa inocência na voz.

Resolvi ignorar os dois patetas lá  baixo e me dirigi ao quarto.

Abri a porta e encarei a figura deitada na cama do lado da minha, com metade do corpo pra fora e o resto deitado, lendo um livro. A pessoa me encarou e na hora franziu o cenho irritado, atitude que eu, por sinal, fiz igual.

- VOCÊ!? - exclamamos juntos.


Notas Finais


Ahhhh eu estou tão feliz com o desenvolvimento que a fic teve aqui no Social, vocês não fazem ideia. Obrigada a quem favoritou e comentou no capítulo anterior e disse o que estava achando da fic (me deixaram muito feliz, de verdade). Prometo me esforçar para não decepcionar vocês.

All the love, Julie (─‿‿─)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...